Quer deixar a sua casa bem graciosa? Aposte nas almofadas de crochê na decoração

Escrito por Priscila Horvat

Foto: Reprodução / Kêmilly Rocha



Almofadas são um exemplo de como algo barato pode transformar completamente a cara de um cômodo. Cores, modelos, formatos, texturas… As opções são muitas! E que tal se elas forem de crochê? Você pode confeccionar com o ponto preferido, com a linha que acha mais bonita e com a cor desejada. O mercado oferece algumas opções: fios sintéticos (de acrílico, nylon e poliéster), fios naturais (como algodão e bambu), fios de origem animal (como a lã caxemira), fios de malha e barbante.

As melhores alternativas para confeccionar almofadas são as linhas de algodão, barbante e os fios de malha. Não se esqueça que a agulha não é sempre a mesma. Para cada linha, um tipo de agulha. Na hora da compra, peça ajuda para escolher a melhor agulha para o trabalho em questão.

Para fazer as peças, se você ainda não domina a técnica do crochê, assista às aulas na internet, ou adquira revistas e materiais específicos em bancas de jornal. Mas, é claro, que a melhor opção para aprender é pedir para uma amiga, tia querida ou avó para ensinar – e, de preferência, que seja em um chá da tarde. Assim já dá para colocar o papo em dia.

Além de ser um projeto fácil e gostoso de fazer, você pode usar como desculpa para finalmente colocar a técnica em prática e refinar suas habilidades manuais. Faça durante uma viagem, enquanto assiste ao noticiário ou em um momento de lazer. Junte linhas e agulha e mãos à obra.

Você pode, inclusive, fazer conjuntinhos, e compor a decoração do ambiente com cores que combinam entre si. Ou então, fazer várias peças, aos poucos e sem pressa, e presentear pessoas queridas em diversas datas comemorativas durante o ano ou, claro, no Natal. Confira algumas ideias:

1. Dégradé

Foto: Reprodução / Vyazunchiki Spb

Use fios de malha em tons diferentes. Se usar três cores ou mais, é possível criar o efeito dégradé. Se tiver uma parede com essa técnica (ou ombré), use as mesmas cores nas almofadas, vai ficar lindo!

Você quer descobrir como fazer peças de crochê lindas? Aprenda neste curso online como fazer peças em crochê passo a passo, do iniciante ao avançado. São mais de 3 mil modelos para você. Recupere o investimento logo no primeiro mês. Quero receber o conteúdo exclusivo

2. Barbante também serve

Foto: Reprodução / Pompelmia Home

Existem linhas de diversas gramaturas e texturas. Se tiver bichinhos em casa, principalmente gato e cachorro, e eles tiverem acesso às almofadas, invista em um fio mais grosso e resistente, como o barbante.



3. Mosaico de cores

Foto: Reprodução / Dwa Guziki

Separe as cores usadas na decoração do cômodo, e reproduza-as nas almofadas, formando desenhos específicos, geométricos, abstratos… um mosaico que combine com o restante do décor.

4. Kit presenteável

Foto: Reprodução / Pugliese Crochê

Crie um desenho, ou uma estampa, em um papel. Depois, reproduza no crochê, para a almofada. Repita o processo em outras almofadas, apenas alternando as cores usadas. Você terá um kit completo para presentear.

5. Tom sobre tom

Foto: Reprodução / DB Alves

Caso você já tenha algumas almofadas que combinem entre si, escolha uma cor predominante e use para criar uma nova almofada, que se juntará às outras para uma composição bonita e elegante.

6. Almofada de retalhos

Foto: Reprodução / Karine Gauer Pastore

No mesmo estilo da tão famosa colcha de retalhos, só que, no caso, uma almofada. Capriche na confecção de cada quadrado. Use cores que combinem entre si, e de preferência linhas com a mesma textura.

7. Almofadas para o frio

Foto: Reprodução / Agnieszka Stateczna/Shnoorek

Não existe – pelo menos, o mercado não inventou até agora – uma almofada para o frio. Mas você pode dizer que tem uma específica para o inverno se confeccioná-la usando pontos que formem tramas comuns em casacos de frio, como esse exemplo. Seu cantinho vai ficar um charme!



8. Efeito visual

Foto: Reprodução / Fafafaz

Para a primeira opção, faça quadradinhos separados, em duas cores, e depois una-os com uma terceira cor de linha. Para a segunda almofada, você pode usar uma linha que tem várias cores por toda sua extensão, ou emendar várias cores, para que cada quadrado do desenho fique de cor diferente.

9. Pontos fechados

Foto: Reprodução / Amanda Klüppel Gerei

Pontos bem fechadinhos formam, primeiro, uma flor, em formato circular. Depois, o contorno deixa o desenho quadrado, e vários são colocados juntos para formar a frente da almofada. Para fazer o forro, use um tecido da mesma cor de alguma das linhas usadas.

10. Cores iguais, formatos diferentes

Foto: Reprodução / Casa da Dona Santa

Um conjuntinho charmoso para a cama, com duas almofadas com a mesma linha, mas formatos diferentes. Além de servir como decoração, a peça no formato de rolinho também serve como apoio para elevar os pés – ideia perfeita para quem teve um dia puxado.

11. Muito amor!

Foto: Reprodução / Agnieszka Stateczna Shnoorek

Use um fio grosso, ou fio de malha, para confeccionar essa almofada em formato de coração. Prefira usar um ponto só, para deixar a peça uniforme. Essa ideia fica perfeita para usar em um quarto de casal, uma jovem romântica ou presentear alguém especial.

12. Aposte no clássico

Foto: Reprodução / Glauce Fraga Ateliê

Para não errar, comece com desenhos sejam clássicos e que os gráficos sejam fáceis, como essa ideia. Os pontos abertos formam quatro triângulos. Unidos por uma das pontas, formam o meio da almofada, com uma rosa ao centro.



13. Básico para iniciantes

Foto: Reprodução / Zinho Crochê

Para quem está entrando agora no mundo das linhas, o indicado é fazer pontos básicos, e com uma mesma linha. Se essa parte você já domina, continue por um tempo praticando os pontos, e inove misturando cores. É um ótimo exercício!

14. Faixas coloridas

Foto: Reprodução / Mariana Mazzaro

Na almofada redonda, com cores diferentes, se possível use linha que tem várias cores na sua extensão, ou opte por usar tons em dégradé, para a divisão entre as cores ficar suave e delicada.

15. Conjunto coordenado

Foto: Reprodução / Sublime Ateliê

Você olha todo dia para aquele cantinho e pensa que está faltando algo, um toque a mais para ficar perfeito. Invista em almofadas iguais, em tamanho, formato e cores, e use o kit para decorar.

16. Quarto de bebê

Foto: Reprodução / Achei Design

Alguns quartos de bebê têm como tema animais, selva ou zoológico. Para esses quartinhos, faça almofadas em formato de bichinhos. Use feltro para fazer os olhos, por exemplo, e uma linha mais fofa para criar pompons, que podem servir como nariz, orelhas ou rabinho.

17. Pontos abertos para facilitar

Foto: Reprodução / Suely S. Pereira

Pontos abertos são mais fáceis de fazer, já que o básico deles é fazer a correntinha e continuar com o ponto, deixando espaços maiores entre um fechamento e outro. Pontos maiores facilitam a confecção da peça.

18. O conforto das texturas

Foto: Reprodução / Agnieszka Stateczna/Shnoorek

Almofadas fofas, com texturas, deixam qualquer ambiente mais aconchegante, e trazem a sensação de conforto. Invista em desenhos em alto relevo. Ficam perfeitas em poltronas e sofás perto da lareira.

19. Redondo dentro do quadrado

Foto: Reprodução / Amanda Klüppel Gerei

Flores circulares feitas com pontos altos, baixos e picô foram interligadas por estrelas com ponto correntinha. Por ser de barbante cru, combina com qualquer tipo ou cor de decoração.

20. Flores altas

Foto: Reprodução / Casa da Dona Santa

Uma almofada em linha de cor neutra ou crua permite detalhes com cores mais fortes. Nessa almofada retangular, flores em alto relevo marcam o centro de cada quadradinho.

21. Não tenha medo das cores

Foto: Reprodução / Rute Rocha

Desenhos de criança sempre são pintados com diversas cores, resultando numa combinação que provavelmente os adultos não fariam. Ouse mais nas suas criações e mix de tons para criar peças diferentes e originais.

22. Azul e branco

Foto: Reprodução / Sublime Ateliê

O ponto alto duplo aparece em toda a extensão da almofada. Para facilitar a confecção, use o mesmo ponto e a mesma linha para fazer a peça. Quebre a monotonia com peças de outras cores.

23. Formatos diferentes

Foto: Reprodução / Meraki Atelier

Almofadas não precisam, necessariamente, sempre terem o mesmo formato, quadrado. Aqui ela aparece retangular, e fica perfeita se estiver sobre o assento de uma poltrona, tomando toda a extensão do encosto da peça.

24. Crochê com os dedos

Foto: Reprodução / Agnieszka Stateczna Shnoorek

Caso você opte por usar uma linha um pouco mais grossa, como barbante ou fio de malha, é possível fazer crochê usando os dedos, em vez de uma agulha. Vá treinando aos poucos. Não ter uma agulha adequada não será mais desculpa!

25. Tudo em alto relevo

Foto: Reprodução / Casa da Dona Santa

O fundo do desenho dessa almofada é formado por vários quadradinhos, com pontos baixos alongados e picôs. Depois, eles foram unidos, e na junção deles, uma linha em alto relevo na horizontal e vertical delimita os espaços. Flores coroam o meio de cada um.

26. Diagrama

Foto: Reprodução / Zinho Crochê

Essa almofada usa muito os pontos pipoca, alto e baixo. O ponto pipoca é o responsável por esse visual de diagrama em alto relevo, mas, na verdade, ele fica apenas gordinho. Você pode mesclar o uso de linha fina – no caso, bicolor – com barbante, o efeito fica muito bonito.

27. Decoração básica

Foto: Reprodução / Alessandra Mataitis

Se você optar por um modelo simples, básico e fácil de fazer, essa é a melhor aposta. Predominantemente fechados, os pontos seguem o mesmo modelo por toda a extensão, e a almofada ganhou ainda um babadinho de ponto diferente.

28. Decorando o jardim

Foto: Reprodução / A Crocheteira

Para celebrar a primavera ou o verão, use cores claras e alegres na decoração do jardim ou varanda. Aqui, o amarelo chama toda a atenção para a almofada de fundo branco, e as rosas são um charme à parte.

29. Pequena raposa

Para quem é apaixonado pelo mundo das raposas, ou simplesmente para decorar o quarto com um bichinho simpático, essa é a ideia: uma almofada redonda, fácil de fazer, que ganha olhos, focinho e orelhas para preencher o quarto com coisas bonitas e fofinhas.

30. Trio no décor

Foto: Reprodução / Agnieszka Stateczna Shnoorek

Para dar um up no visual de um cantinho esquecido na decoração, use mais de uma almofada. Não precisa, necessariamente, serem de cores diferentes. Nessa ideia, elas são todas de barbante cru, mas os modelos (pontos e desenho final) são diferentes.

31. Contraste com todo o cômodo

Foto: Reprodução / Casa da Dona Santa

O sofá branco recebeu uma almofada quadrada, com alguns desenhos em cores clarinhas, e que casam super bem com o restante das cores do ambiente. Para quebrar o clean total, uma almofada redondinha e com amarelo bem vivo.

32. Quase retalho

Foto: Reprodução / Zinho Crochê

Se você olhar de longe, pode até parecer fuxico, mas não é! Para fazer essa almofada, foram usadas várias linhas, e todas são de duas cores, então a combinação fica, no mínimo, interessante.

33. Almofadas gêmeas

Foto: Reprodução / Sublime Ateliê

Uma ótima ideia para presentear, são pares idênticos de almofadas: desenho, cor e pontos, tudo igual. Elas ficam bem na cama, no sofá, ou até naquele cantinho da leitura, embaixo da janela.

34. Kit criativo

Foto: Reprodução / Amanda Klüppel Gerei

Para dar uma mudada na sua sala – ou mesmo para dar um presente diferente – um kit de peças diferentes, mas com as mesmas cores. Duas almofadas, uma quadrada e outra com a união de hexágonos, e uma mantinha – que pode, também, ser facilmente usada como caminho de mesa.

35. Presente da vovó

Foto: Reprodução / Opa Disso eu Gosto

Uma almofada que tem cara de presente recebido carinhosamente pela vovó. Pontos abertos e altos, com correntinha, em formato arredondado. Perfeita para enfeitar uma cama bem arrumada.

36. Quase um travesseiro

Foto: Reprodução / Handmade With Love

Tão fofinha, tão gordinha, perfeita para ficar de preguiça no sofá e usar como travesseiro. Essa almofada, feita com barbante e ponto alto. Use uma cor contrastante e combine com outras almofadas.

37. Presente delicado

Foto: Reprodução / Casa da Dona Santa

Pétalas formam uma linda rosa azul, em tom bem delicado, que marcam o centro de vários quadrados. Unidos por pontos fechados e com babadinho também de crochê, formam uma linda almofada.

38. Peça multicolorida

Foto: Reprodução / Mooui

Um fundo com tecido preto serve de base para essa almofada multicolorida. Com carreirinhas de ponto predominantemente fechados feitas do centro para as laterais, ao todo são 20 cores, peça ideal para decorar um cômodo de cor neutra ou monocromático.

39. Cor de violeta

Foto: Reprodução / Valéria Caetano

O tom violeta foi escolhido para fundo e linha dessa almofada, que tem pontos bem abertos formando flores, intercalados com pontos mais fechados, unindo cada flor para formar um grande jardim lilás.

40. Barbante cru

Foto: Reprodução / Arte Nelie Lima

Ao olhar para um rolo de barbante cru, comece a ver as possibilidades do que ele pode ser transformar. Se usá-lo para criar uma capa de almofada, por exemplo, abuse da versatilidade do tom cru, que combina com tudo, e use a capa com almofadas de diversas cores (do tecido que faz o fundo).

41. Caleidoscópio

Foto: Reprodução / Cama de Gato

Cores que combinam entre si, intercaladas com linha de tom neutro ou cru criam uma almofada no melhor estilo dos desenhos de caleidoscópio. Use em locais que tenham pelo menos uma das cores da peça na decoração.

42. Para montar o enxoval

Foto: Reprodução / Pano Doce

Quartos de bebê não precisam, necessariamente, ter almofadas só em formatos infantis. Para quartinhos de menina, o uso de flores na decoração cai muito bem. Use a cor de um objeto de criança – um par de sapatinho, por exemplo – como base para criar uma peça personalizada e cheia de cor.

43. Combine peças

Foto: Reprodução / Casa da Dona Santa

O banquinho foi repaginado, e recebeu uma capinha de crochê com candy colors. Para acompanhar a decoração nova, uma almofada com fundo branco e desenhos com as mesmas cores.

44. Mandala de crochê

Foto: Reprodução / Atelier Meninas Arteiras

Se você tem um lado esotérico e adora incorporar detalhes que remetem ao mundo místico na sua decoração, a ideia é fazer uma almofada que lembre uma mandala. Use cores fortes e pontos diferentes, para deixar o desenho visualmente agradável.

45. Renda de crochê

Foto: Reprodução / Atölye Örgü

O trabalho de crochê pode fazer peças extremamente delicadas também. Essas almofadas, feitas de linho, ganharam detalhes em crochê que mais parecem renda. Linha fina e um desenho bonito valorizam a peça.

46. Conjunto colorido

Foto: Reprodução / Pugliese Crochê

Um conjunto de almofadas coloridas podem mudar a cara de um ambiente e deixá-lo mais alegre e descontraído. Use em cômodos que recebam jovens e adolescentes, ou em ambientes com cores neutras, para contrastar.

47. Cinza e amarelo

Foto: Reprodução / Casa da Dona Santa

As cores cinza e amarelo, não importa em qual tonalidade – se mais clara ou mais escura – sempre faz um ótimo conjunto. Invista em combinações de cores certeiras como essa!

48. Flor de fogo

Foto: Reprodução / Maria Aparecida

Para deixar a peça mais interessante, capriche na escolha das cores das linhas também. Tons avermelhados e vinhos – cores quentes – com um bom desenho, pode até imitar pequenas chamas, como as pétalas dessa flor. Para valorizar ainda mais a peça, decore o miolo da flor com mini pérolas.

49. Compondo a decoração do quarto

Foto: Reprodução / Madeleine Decor

Para deixar a cama com aquela aparência bonita, invista em composições interessantes e que fujam do comum. Por exemplo: roupa de cama coordenada com um kit de travesseiros e almofadas de tecidos, texturas e cores diferentes.

50. Almofada para presente

Foto: Reprodução / Kah Crochet

Uma almofada feita com fio grosso e pontos fechados, com um bom enchimento, parece até um pacotinho de presente. Se for usar para presentear, inclusive, não precisa nem de um super embrulho. Uma embalagem transparente, que mostre a beleza da peça, já é o suficiente.

51. Um mimo para seu sofá

Foto: Reprodução / Rute Rocha

Às vezes bate uma vontade de repaginar o cômodo, seja pintando as paredes ou trocando o sofá. Mas se você está financeiramente apertado, melhor optar por mudanças mais sutis, como apenas mudar um móvel de lugar, encapar o sofá e colocar novas almofadas na decoração.

52. Combo para a sala

Foto: Reprodução / Rosa Flor Crochê

Você pode montar um combo para renovar a sala também, com uma manta ou uma capa de sofá, um kit de novas almofadas, com desenhos e cores diferentes. Esse é um tipo de decoração barata e que muda a cara do cômodo.

53. Pequeno jardim

Foto: Reprodução / Maria Aparecida

Vai presentear uma pessoa querida e não sabe o que dar? Que tal se você construir um jardim florido de crochê, em uma única peça? Faça flores iguais, com cores diferentes, folhagens em volta, e una todas com pontos bem largos, de forma que dê para ver o fundo da almofada.

54. Criado novo

Foto: Reprodução / Casa da Dona Santa

O criado-mudo não precisa ser unicamente um móvel de madeira, bem quadradinho ao lado da cama. Pode ser um móvel mais antiguinho, com uma cara nova. Encape com um tapetinho. Coloque uma linda almofada ao lado para combinar.

55. Encosto perfeito

Foto: Reprodução / Kah Crochet

Uma linda almofada, de tamanho um pouco maior que o convencional, pode fazer as vezes de encosto para uma cadeira de trabalho, por exemplo, ou um banco na varanda. Como ela será frequentemente usada, opte por usar uma cor neutra, de preferência, não muito clara, para não sujar com facilidade.

56. Para fazer um charme

Almofadas de crochê são tão versáteis, que além de estarem presente na decoração do dia a dia, podem também aparecer como acessório de decoração em cenários de fotografia, como pequenos estúdios fotográficos.

57. Kit maternidade

Vai fazer uma visita para uma mamãe e o novo membro da família na maternidade? Monte um kit de crochê para levar, e seu presente será único: faça almofadas de tamanhos diferentes e capinhas para os itens de higiene do bebê.

58. Apoio no cantinho

Foto: Reprodução / Agnieszka Stateczna Shnoorek

Quem não tem um cantinho preferido para se aconchegar no sofá e ver um filme bacana, ou simplesmente para pegar um livro e colocar a leitura em dia. Para isso, uma almofada bem fofinha é essencial, para servir de apoio.

59. Jardim secreto

Foto: Reprodução / Casa da Dona Santa

Um jardim já tem sua beleza natural, mas ele ainda pode ficar ainda mais charmoso. Escolha móveis que ajudam a compor a decoração, deixando um ar bucólico, como nos filmes. Use objetos coloridos, como almofadas floridas, para deixar o visual mais alegre.

60. Suntuosidade

Foto: Reprodução / Mina Brinkey

Para montar uma cama suntuosa, não é necessária roupas de cama de alto valor ou muito luxo. Basta saber compor as cores e montar um visual atraente, daqueles que só de olhar dá vontade de se jogar na cama.

61. Forro adequado

Foto: Reprodução / Opa Disso eu Gosto

Quando usar apenas uma cor de linha para confeccionar a almofada, opte por escolher um fundo que seja: da mesma cor da linha, para harmonizar, ou tecido branco ou preto, justamente para criar um contraste.

62. Pontos iguais

Foto: Reprodução / Rute Rocha

Todas essas almofadas seguem o mesmo estilo: ponto correntinha básico, com os triângulos característicos de quase todas as peças tradicionais de crochê. Use cores diferentes, mas que tenham harmonia entre si.

63. Para um quarto infantil

Foto: Reprodução / Novelo das Cores

Se a criança tem uma história ou lenda preferida, personalize uma almofada com o desenho de algum personagem. Você pode fazer a carinha do personagem no meio da peça ou criar a peça inteira no formato dele.

64. Cores fortes

Foto: Reprodução / Rosa Flor Crochê

Para presentear pessoas com opiniões fortes e presença marcante, porque não apostar em um kit composto de almofadas também com cores mais fortes? Como essas cores já chamam a atenção, opte por fazer os mesmos desenhos em todas, para montar um conjunto coordenado.

65. Para amantes de gatinhos

Foto: Reprodução / Rosa Flor Crochê

Aqui está uma ótima ideia para presentear alguém que é apaixonado pelos felinos. Seguindo a mesma ideia de desenho, mudando algo aqui e acrescentando algo ali, dá para fazer uma coruja também.

66. Um cantinho aconchegante

Foto: Reprodução / Ida Interior Lifestyle

Incremente o cantinho da leitura com uma almofada personalizada com as cores do ambiente. Além de deixar o pedacinho do cômodo mais charmoso, vai aumentar o conforto!

67. Composê

Foto: Reprodução / Love, Thomas

Para uma varanda, quintal ou sacada, faça almofadas coloridas, ou com fundo cru e detalhes coloridos. Se tiver plantas no ambiente, use as mesmas cores das flores. A combinação fica incrível.

68. Alto relevo

Essa dupla de almofadas cinzas de crochê tem o mesmo desenho. A ideia é uma espécie de medalhão ao centro, com pontos bem fechados, e uma rosa sobressalente, em alto relevo. Os demais pontos, mais apertos, com detalhes nos cantos.

69. Zig-zag Chevron

Foto: Reprodução / Chérie – Arte em Crochê

A estampa Chevron – popularmente conhecida como zig-zag – é uma das atuais queridinhas dos decoradores. Use a ideia a seu favor e personalize seu cantinho com pontos que sobem e descem. Use cores fortes sempre com branco.

70. Tudo no mesmo tom

Foto: Reprodução / Atölye Örgü

Para criar mais harmonia entre os objetos de decoração do ambiente, procure usar a mesma cor ou tons bem próximos. Nesse caso, o tom da parede e do ventilador retrô foi reproduzido na almofada e mantinha.

7 tutoriais para você fazer almofadas de crochê em casa

Muitas inspirações! Agora é hora de pegar a linha e agulha preferidas, e trabalhar na confecção das suas próprias almofadas:

1. Quadrados de crochê

Esse é o básico, aulas para iniciantes, com os pontos mais usados no crochê. O passo a passo ensina a montar um quadrado. Quando vários desses quadrados são unidos, podem formar uma almofada, manta ou uma colcha de retalho.

Como esse é o primeiro passo para aprender novas peças – e maiores –, use pedaços pequenos de linhas que poderiam ir para o lixo. Assim, se você tiver alguma dificuldade, pode fazer, desmanchar e refazer. E mesmo se você já domina a arte do crochê, não jogue fora esses pequenos pedaços de linha: eles podem servir para fazer um detalhe em uma peça.

2. Mini margarida

Esse é um square, que são tipos de pontos iniciais. Para essa peça, a escolha foi lã. Assim, depois de pronta, a almofada fica fofinha, daquelas gostosas de descansar o rosto. A margarida é aquela flor com miolo bem amarelo e pétalas brancas. Então, para essa peça, foram usadas quatro cores.

Além dessas duas, verde para as folhas e amarelinho bebê, para o quadrado. Para as pétalas, pontos altos e ponto pipoca. Correntinhas com pontos baixos e baixíssimos ajudam a dar corpo ao quadrado, que serve como moldura para a flor.

3. Escamado

O círculo mágico dá início a essa peça. Um ponto alto + duas correntinhas + dois pontos altos. Essa é a receita básica para formar a base, que receberá a escama. Essa, por sua vez, é composta por cinco pontos altos.

Essa carreira, com quatro escamas inicialmente, é chamada de fantasia. O ponto baixo é o responsável por deixar as escamas no lugar. Intercale escamas com grade. Para fazer uma almofada de tamanho tradicional, faça 10 carreiras de ponto escama.

4. Maxi crochê sem agulha

Use fio de malha para fazer essa opção. O maxi crochê não utiliza agulhas, os dedos são os responsáveis por fazer os pontos baixos e formar a almofada. Com a mesma receita, dá para fazer um tapete! Como o fio de malha é fino, use pelo menos 3 fios juntos, de uma vez. Se for um pouco mais grosso, use 2 juntos.

O ideal é que a espessura do fio seja de um dedo, mais ou menos. O mesmo ponto básico, feito na agulha, que é a correntinha, é feito aqui, só que com os dedos. Fazendo uma carreira de correntinhas, a ideia é que a aparência seja de uma trança. Use duas ou mais cores, para valorizar a peça.

5. Almofada colorida

A primeira etapa é fazer o miolo. Em seguida, já troque a cor da linha para fazer as pétalas da flor, com correntinha, pontos altos e baixos. Troque novamente de cor para fazer a segunda carreira de pétalas, com os mesmos pontos. Novamente, troque a linha. A nova cor será a responsável por fazer o primeiro quadrado, representando as folhas.

Pela última vez, a troca de cor, só que dessa vez, para montar o quadrado final. Depois da rosa pronta, com a moldura do quadrado, é hora de unir os bloquinhos. Quatro juntos já formam uma peça de tamanho bom, para uma almofada pequena. Finalize com os acabamentos de carreiras coloridas em pontos altos, em volta de toda a base.

6. Almofada flor Gisele

Para fazer essa almofada você vai precisar de linha natural (ou crua) e outras três de cores diferentes. Duas delas farão parte das flores e outra para as folhas. Para fazer a flor, comece fazendo correntinhas. Para o miolo, são feitos pontos altos, e para as pétalas, ponto pipoca. Para as pétalas de fora, já em outra cor, faça pontos altos também. Mude mais uma vez de cor para fazer as folhas, em ponto alto.

Com a flor pronta, o centro da peça, falta o restante da frente da almofada. Finalize unindo a frente e o verso para formar a capa e já dando acabamento com biquinho, composto de ponto alto e picô.

7. Almofada Crochê Ponto Abacaxi Candy Color

Candy colors são cores doces e suaves, que deixam as peças bem atuais e delicadas. Projetinho bem rápido de fazer, já que essa é a frente da almofada apenas – ela é colada em um tecido pronto de almofada.

O desenho fica na diagonal, com um X dividindo a peça, feito todo em ponto pipoca. O ponto abacaxi é feito no meio dos pontos V, formado por sete pontos altos intercalado por correntinha. O acabamento é feito com correntinha, meio ponto e ponto alto duplo, e pingentes para cada um dos quatro cantos.

São muitas opções para você escolher e caprichar na decoração de algum cantinho aí da sua casa, ou mesmo surpreender alguém com um presente personalizado.