30 fotos apaixonantes de asplênio para começar sua urban jungle

Escrito por
Atualizado em 10.11.21

Por
Atualizado em 10.11.21

O asplênio é uma folhagem e uma parente distante da samambaia. Essa planta tem origem no sul e sudeste asiático. Além disso, ela pode ser plantada em vasos ou diretamente na terra. Nesse post você verá o que é o asplênio, seus tipos, como cuidar e ainda 30 maneiras de harmonizar essa planta com a sua decoração.

Publicidade

Índice do conteúdo:

O que é o asplênio

O asplênio ou asplenium nidus é uma planta de origem asiática. Além disso, ela é uma parente distante da samambaia. Por isso, essa planta também é conhecida como samambaia ninho-de-passarinho, devido à sua forma.

Por ser nativa de uma região tropical e úmida, o asplenium deve ficar em uma região de sombra ou meia-sombra. Sua principal função, atualmente, é embelezar as casas e jardins. Além disso, a samambaia ninho-de-passarinho é epífita. Ou seja, ela cresce se agarrando em troncos, pedras ou árvores.

Publicidade

A coloração dessa planta é verde clara e muito brilhante. Além disso, suas folhas são dispostas em roseta. Suas folhas possuem um formato de lança e são rígidas. Em certas espécies, elas podem ser mais onduladas ou mais lisas. As características mudarão conforme o tipo de planta.

Tipos de asplênio

    iStock

  • Asplenium nidus: esse é o tipo mais comum dos asplênios. Suas folhas podem lembrar uma bananeira. Contudo, elas têm entre 50 cm e 150 cm e podem chegar até a 20 cm de largura. Seu caule central é mais escuro e, em certos casos, pode ser preto.
  • iStock

    Publicidade

  • Asplenium antiquum: esse tipo também é conhecido como asplênio Osaka. Suas folhas são crespas e muito longas. Na natureza, ela pode chegar até a um metro e meio de tamanho. Além disso, há uma variação dessa espécie cujas folhas são lisas. Ela se diferencia da espécie Asplenium Nidus por suas folhas com larguras uniformes.
  • iStock

  • Asplenium australasicum: essa espécie foi documentada pela primeira vez na Austrália, daí vem seu nome. Suas folhas têm entre 40 cm e 80 cm. Elas são em forma e lança e predominantemente lisas. Ela pode ser diferenciada do asplênio clássico devido à rugosidade no centro das folhas.
  • iStock

  • Asplenium crissie: essa planta tem como principal característica as folhas ramificadas nas extremidades. Além disso, elas são lisas e rígidas. Assim como todos os asplênios, ela não precisa de muita manutenção e se dá bem com baixa luminosidade.

Todas essas espécies de asplenium podem parecer difíceis de serem mantidas. Contudo, essa planta não requer muita manutenção e se adapta a vários ambientes. Ainda assim, é importante saber cuidar das suas novas plantas.

Como cuidar de asplênio

Uma das maiores frustrações dos pais e mães de plantas é quando uma delas morre. Seja por falta de água ou por, digamos, excesso de amor. Por isso, ao adquirir uma nova habitante da selva caseira é muito importante saber quais são os cuidados principais e como fazer a manutenção. Para isso, veja os vídeos selecionados:

Como cuidar do asplênio

O engenheiro agrônomo Gaspar Yamasaki, do canal Cultivando, ensina como cuidar do asplenium. Essa planta, que é um parente distante da samambaia, é indicada para pessoas que estão iniciando na jardinagem porque é fácil de ser cuidada. Ao longo do vídeo, o engenheiro dá dicas de como cuidar, como deve ser a rega e qual o ambiente ideal para a a planta.

Como cultivar o asplênio

A youtuber Pathy, tira diversas dúvidas sobre a planta queridinha do momento: o asplênio. Dentre as perguntas que o vídeo do Canal da Pathy responde estão: qual o ambiente indicado para essa planta e como fazer muda de asplênio. Para tirar essas e outras dúvidas, assista ao vídeo sobre essa planta.

O que é o asplênio

Publicidade

Essa planta tem feito cada vez mais sucesso. Por isso, a paisagista, florista e youtuber, Nô Figueiredo, explica o que é o asplenium, quais são suas características e como fazer mudas. Além disso, ao longo do vídeo, a paisagista explica de que forma se deve cuidar dessa planta para que ela tenha uma vida longa.

Como plantar asplênio

Apesar de ser uma planta epífita, os asplenium também podem ser plantados em vasos. Para que esse serviço seja feito de uma forma, em que planta não seja prejudicada, veja o tutorial do canal Dica Virtual Plantas. Ao longo do vídeo, é possível ver dicas de preparação do solo, do vaso e de regas.

Com essas dicas será muito mais fácil dar uma vida longa para sua nova planta. Daqui para frente a sua única preocupação deve ser de que forma a sua folhagem ficará na decoração da casa.

30 fotos de asplênio que vão te apaixonar

Quando alguém chega com uma planta nova da rua, é importante que a nova habitante da casa fique confortável. Além disso, é preciso que ela faça algum sentido no cômodo que ela ficará. Assim, confira 30 maneiras de usar o asplênio na decoração!

1. O asplênio é uma planta de origem asiática

2. Em específico, ela é nativa do sudeste asiático

3. Além disso, essa planta também é natural de outras regiões

4. Por exemplo, o oeste do continente africano, Madagascar e Austrália

A Lojinha Estúdio

Publicidade

5. O asplenium tem características que lembram sua parente distante

6. As folhas em roseta e compridas é uma delas

7. Contudo, em quase todas as variedades, suas folhas são inteiriças

8. Algumas delas podem ser crespas nas laterais

9. Em outros casos, as folhas são lisas e mais largas

10. O asplenium é uma planta de crescimento muito lento

11. Por isso, é preciso paciência para ela ficar grande e vistosa

12. Em alguns momentos, pode parecer com que ela não vai dar certo

13. Porém, para que seu asplenium seja incrível, é preciso usar a sigla AAC

14. Ou seja, Amor, Atenção e Carinho

15. Além disso, é preciso de cuidado com a hora da rega

16. Receber água demais pode ser prejudicial

17. Na pior das hipóteses, as raízes podem apodrecer

18. Isso pode ser irreversível e levar à morte da planta

19. Entretanto, pouca água faz com que as raízes fiquem secas demais

20. Esse resultado também é ruim e pode ser irreversível

21. O asplênio é uma planta de origem tropical

22. Por isso, sua terra ou substrato, deve sempre ser úmido

23. Nesse caso, a dica de ouro é colocar o dedo no solo antes de regar

24. Se ele ficar entre úmido e seco, sua planta está com sede

25. É importante lembrar que a rega deve ser feita diretamente no solo

26. Afinal, a água parada na roseta pode ser um foco do mosquito da dengue

27. Outro ponto importante para a saúde do asplênio é a iluminação

28. Ela deve ficar em um ambiente de sombra ou meia-sombra

29. Isso faz com que ela seja ideal para ambientes internos

30. Dessa forma, sua planta será muito saudável e vistosa

Com essas ideias fica evidente que a sua próxima planta precisa ser um asplênio. Não é mesmo? Seus diversos tipos e espécies fazem ela ficar ainda mais bonita em vasos ou diretamente na terra. Além disso, para dar continuidade na sua urban jungle, uma boa ideia é apostar em plantas próprias para quartos.

Este conteúdo foi útil para você?
SimNão