Como limpar vidros e espelhos sem danos e com segurança

O uso dos produtos certos e nas quantidades adequadas são a grande chave para que a limpeza dos diferentes tipos de vidros presentes dentro de casa seja feita com maestria. Cada vez mais, o vidro é utilizado em diversas partes das casas e vem se tornando um toque a mais na decoração, tanto para tornar apartamentos mais modernos quanto para delimitar áreas como os boxes dos banheiros e as varandas.

Porém, com a beleza e elegância dos vidros é necessário um cuidado redobrado na hora de limpar as diferentes superfícies são instalados. Cada tipo de vidro e exige atenções específicas na hora de utilizar os produtos de limpeza, tanto os mais corriqueiros como os alternativos.

Paula Roberta da Silva é gerente da marca Dona Resolve, uma franquia de limpeza, e apresenta várias soluções para que o momento de limpeza de vidros seja o mais eficiente possível para os donos da casa.

Receita caseira de limpa-vidros

Foto: Getty Images

Foto: Getty Images

Existem várias receitas caseiras de limpa vidros, mas é importante seguir sempre instruções de uma pessoa que entenda do assunto. Paula Roberta dá uma dica caseira infalível para limpar vidros muito sujos: “deve-se misturar parafina em partes iguais com álcool desnaturado, a pasta resultante da mistura pode ser diretamente esfregada no vidro até que ele fique completamente limpo”, ensina.

Essa receita é uma ótima pedida, já que parafina e álcool são dois itens muito comuns e simples de serem encontrados em mercados ou em lojas especializadas para produtos de limpeza.

Como limpar os vidros

Foto: Getty Images

Foto: Getty Images

Limpar os vidros de casa não tem segredo, desde que o processo seja feito com atenção e cuidado. A gerente da marca Dona Resolve separou a limpeza em 3 partes simples: materiais, procedimento e observações. Seguindo estes passos fica mais fácil entender como limpar os vidros e o que utilizar em cada momento:

Materiais e equipamentos básicos

  1. Luva;
  2. Rodo para vidro com lã de carneiro ou 100% algodão;
  3. Detergente para vidro ou limpa-vidros;
  4. Panos de limpeza;
  5. Balde;
  6. Raspador.

Procedimento

  1. Aplique o detergente de vidro com o rodo e esfregue com a espuma;
  2. Remova a solução com um limpador;
  3. Limpe com o pano os resíduos deixados nos caixilhos;
  4. Finalize o processo limpando todo o equipamento utilizado para uma próxima limpeza.

5 cuidados necessários durante a limpeza

  1. O produto deve ser aplicado de forma uniforme e sem excessos;
  2. É importante remover as possíveis crostas com o raspador enquanto o vidro ainda estiver úmido
  3. Inicie a remoção da solução com o limpador na parte superior do vidro e arraste sempre na posição vertical em linha reta até o final;
  4. Manuseie o limpador aplicando sempre a mesma pressão;
  5. Quando terminar de limpar o vidro, limpe e seque o caixilho com pano absorvente.

Como limpar diferentes tipos de vidro

Foto: Getty Images

Foto: Getty Images

O vidro amplamente utilizado no dia a dia doméstico, desde uma mesa para refeições até um box de chuveiro podem ser compostos por esse material; a relação entre vidro e luz é uma das mais importantes quando se trata de janelas e portas. Por conta disso, a variedade de tipos de vidro tende apenas a aumentar no mercado, tornando-o um protagonista na construção e na decoração.

Sendo assim, é necessário entender que os diferentes tipos de vidro que existem dentro de casa podem pedir limpezas específicas, como é o caso de casa uma das variedades listadas abaixo. Paula mostra como limpá-las de maneira simples e funcional.

  • Vidro jateado: para a limpeza desse tipo de vidro é recomendado não utilizar produtos abrasivos. Pode-se utilizar água e sabão neutros e dispensar produtos que tenham cores, pois podem causar manchas. Depois do processo de limpeza, uma dica é utilizar uma mistura de três partes iguais de água e uma de álcool.
  • Vidro canelado, fumê, boreal, esmaltado e temperado: o processo para esses tipos de vidro é o mesmo. A indicação é que o morador prefira o produto específico para limpar vidros encontrado em mercados. Entretanto, é importante verificar no rótulo em quais tipos de vidro a solução pode ser aplicada — na maioria das vezes, esse produtos pode ser utilizado em qualquer tipo. Caso a pessoa não tenha um limpa-vidros em casa, é possível contar com detergentes neutros e se atentar para nunca utilizar produtos alcalinos, abrasivos ou ácidos.
  • Espelhos: não é necessário nenhum tipo de produto de limpeza para limpar espelhos, basta molhar uma esponja macia com água, colocar quatro gotas de detergente e esfregar com bastante cuidado. Depois, remover o sabão com um pano molhado e enxugar com um pano seco. Para finalizar, o indicado é passar um papel toalha com um pouco de álcool, sempre em movimentos circulares, para que o espelho fique limpo, nítido e com brilho.
  • Box de banheiro: muitas vezes, o box do banheiro possui uma sujeira um pouco mais incrustada devido à oscilação de temperatura. O vapor da água forma uma camada oleosa na superfície do box fazendo com que fique mais sujo. Para uma limpeza mais profunda, a dica é fazer aplicação de vinagre branco puro com um pano umedecido. Caso a solução não resolva, é recomendado contratar uma empresa especializada.
  • Vidros pequenos: uma dica para vidros pequenos é colocar as peças de molho em água quente com sabão neutro por algumas horas. Para secar é indicado utilizar um papel absorvente; evite usar panos, pois eles podem soltar fiapos e prejudicar a limpeza.

Métodos para limpar vidros

Foto: Getty Images

Foto: Getty Images

É comum encontrar métodos alternativos para limpar vidros, eles estão na internet e no boca a boca, mas é importante sempre prestar atenção e buscar dicas de especialistas para não ter seus vidros danificados por técnicas ou produtos equivocados. Paula lista alguns dos materiais mais famosos em sistemas alternativos de limpeza, atentando, inclusive, para aqueles que não são realmente confiáveis.

  1. Com jornal: por mais que se escute falar muito sobre utilizar jornal na hora de limpar os vidros, essa é uma alternativa que precisa ser evitada pois o jornal pode riscar a peça.
  2. Com palha de aço: assim como o jornal, não é indicado utilizar a palha de aço para a limpeza dos vidros, porque a chance de riscar a peça é muito alta. A dica é priorizar buchas de dupla face, fazendo o uso do lado mais macio.
  3. Com vinagre: para a limpeza com vinagre, a indicação é utilizar sempre o tipo branco e puro com panos de microfibra, pois esses não soltam fiapos.
  4. Com bicarbonato de sódio: é recomendado utilizar sempre um pano macio e ter a mistura com bicarbonato de sódio bem diluída para que não risque o vidro no momento da limpeza.
  5. Estopa: a estopa também é um material que não é indicado na hora da limpeza pois solta muitos fiapos, que podem grudar nos vidros.
  6. Álcool: é um item simples que pode ser utilizado na limpeza com um pano de microfibra para não juntar fiapos.

Como remover diferentes tipos de sujeira de vidros

Foto: Getty Images

Foto: Getty Images

Um dos maiores problemas na hora de limpar os vidros é diferenciar os tipos de sujeira que estão ali. Cada um deles tem uma especificidade e, por isso, exige cuidados diferenciados. A especialista em limpeza lista as mais encontradas nos vidros das casas e sugere as melhores técnicas de remoção para cada caso.

  • Vidro manchado de água: para essa limpeza, o mais indicado é utilizar uma solução de bicarbonato e vinagre branco, essa mistura deve ficar espessa e consistente. Com uma esponja macia, aplique essa mistura somente nas manchas de água fazendo movimentos circulares e deixe agir por 15 minutos. Após esse processo, basta utilizar um pano úmido e macio para retirar os excessos. Caso as manchas não saiam, pode ser que não sejam marcas de água e sim de gordura; para isso, é necessário utilizar um limpa-vidros para a limpeza final, nunca se esquecendo de enxaguar bem.
  • Vidro riscado: no caso de riscos, não é possível retirá-los com limpeza. Provavelmente a peça já foi danificada.
  • Vidro engordurado: antes de iniciar a limpeza, passe um papel toalha para retirar o excesso de gordura. Depois disso o indicado é utilizar um limpa vidros específico.
  • Vidro pós-obra: para essa limpeza, serão necessários produtos específicos dependendo da sujeira que ficou no vidro. O mais indicado é contratar uma empresa especializada para que a limpeza seja efetiva e o vidro não sofra nenhum dano.
  • Vidro embaçado: nesse caso, basta utilizar o vinagre branco e uma flanela. A dica é aplicar o líquido em todo o espelho e deixar secar. Depois de seco, utilize outra flanela seca para limpar a superfície embaçada.

8 dicas infalíveis para limpar vidros e espelhos

Foto: Getty Images

Foto: Getty Images

  1. Nunca utilizar produtos abrasivos como lixa, palha de aço, esponja ou produtos ácidos;
  2. Produtos com amoníaco, cloro ou água sanitária também são extremamente danosos para espelhos;
  3. Para garantir a longevidade dos vidros do banheiro e mantê-los sem manchas, é essencial sempre secá-los após o banho;
  4. Os produtos mais comuns e sugeridos como soluções caseiras para limpeza de vidros e espelhos são o sabão e o detergente neutros, sempre em pequenas quantidades;
  5. Sempre limpe os vidros e espelhos com movimentos circulares ou em ˜s˜;
  6. Para casos de manchas, a dica é utilizar água quente;
  7. Para tirar gordura, pode-se utilizar sabão neutro;
  8. Uma dica interessante para limpar vidros é fazer movimentos verticais de um lado e horizontais do outro, assim fica mais fácil perceber de qual lado é necessário retocar a limpeza.

Como limpar janelas de apartamento com segurança

Foto: Getty Images

Foto: Getty Images

Paula da Silva explica que para limpar as janelas do apartamento com segurança é necessário seguir alguns passos importantes: “primeiro é preciso colocar um pano macio e retirar a poeira do vidro com cuidado, depois é indicado a utilização do rodo com o pano úmido para a retirada da sujeira e um pano seco logo após para secar o vidro”. O uso do rodo é muito importante, e quando maior o cabo, melhor; já que a pessoa poderá ficar distante da janela se o cabo for mais comprido.

Além disso, realizar a limpeza em dias nublados é uma forma de evitar que o sol não manche o vidro molhado. Também há opções de rodos próprios para vidros, com espuma para limpeza completa, assim é mais fácil de retirar a sujeira incrustada sem precisar realizar muitos passos.

Outra dica simples e bastante útil é confeccionar em casa uma esponja magnética, que garante a segurança para a limpeza de janelas externas, principalmente de andares altos. Para tanto, o morador vai precisar apenas de esponja de cozinha e dois imãs, esses imãs devem ser do tipo “super imã”, para que o resultado seja perfeito.

Como as janelas são espaços grandes, o ideal é ter duas esponjas para que a área de limpeza seja maior. É necessário que seja feito um furo entre as partes ásperas e a macias da esponja com uma tesoura para que o imã possa ser colocado dentro dela. Repare bem de quais lados os imãs se atraem o coloque-os virados para o macio, que entrará em contato com o vidro.

Assim, você terá duas esponjas magnéticas que podem ser colocadas uma do lado de dentro e outra do lado de fora da janela. Com os movimentos feitos de dentro do apartamento, o morador conseguirá limpar os dois lados do vidro com muita segurança e facilidade.

Seguindo as dicas da especialista, é possível realizar as diferentes limpezas em casa tipo de vidro com perfeição. O importante é sempre tentar identificar o tipo de vidro e qual sujeira precisará ser limpa, para que assim se utilize os materiais corretos e não danifique as peças dentro e fora de casa.

PARA VOCÊ