Espada-de-são-Jorge: beleza natural para alegrar qualquer ambiente

Escrito por Ana Kordelos

Foto: Reprodução / Bug On My Leaf

Apostar em plantas ornamentais para decorar a casa é a opção ideal para quem deseja contato com a natureza no interior do lar, além de trazer cor e charme ao ambiente. Dentre as opções mais belas e fáceis em se cultivar está a espada-de-são-Jorge, espécie que não necessita de muitos cuidados.

De origem africana (Sansevieria trifasciata ou Sansevieria zeylanica), é muito comum encontrá-la no Brasil em projetos paisagísticos, tanto no interior quanto no exterior das residências.

Segundo a paisagista Beatriz de Santiago, esta planta “é uma excelente escolha para quem não possui muito tempo para sua manutenção, além de ser extremamente resistente”. A profissional explica que ela é uma planta herbácea sem caule, com folhas de consistência suculenta, largas e achatadas surgindo direto do rizoma (caule que cresce horizontalmente, geralmente subterrâneo, mas podendo também ter porções aéreas), com altura variável, podendo atingir cerca de 1 metro ou ultrapassar esta marca.

Em relação às suas flores, possui inflorescência branco-amarelada, perfumada e pequena, ocorrendo normalmente na época do verão, e não possui importância ornamental devido às suas belas folhas, de coloração verde, apresentando manchas transversais em verde escuro e borda amarela. “Algumas folhas, porém, se apresentam somente verdes com as listras em verde escuro”, acrescenta a paisagista.

Uma espada para cada estilo

Foto: Reprodução / Made By Malle

Apesar de possuir três espécies, devido a sua aparência com poucas diferenças, acaba-se atribuindo o nome de espada-de-são-jorge para todas. A verdadeira, segundo a profissional, possui as folhas completamente verdes, com pequenas manchas em tons diferentes por toda a sua extensão.

Outra variação desta espécie é conhecida como espada-de-santa-Bárbara, com folhagens semelhantes à anterior, possuindo como diferencial apenas a borda na cor amarela em toda a extensão de suas folhas.

Por fim, existe a lança-de-são-Jorge, com a aparência um pouco diferente das anteriores. Suas folhagens são fechadas, apresentando características de uma lança e com formato cilíndrico.

Como plantar a espada-de-são-Jorge

Foto: Reprodução / A Tu Salud em Línea

Segundo a profissional, o método mais prático é utilizar uma muda da planta, retirando-a do local original e realizando o plantio no local desejado. “Separe a touceira (tufo espesso, composto por diversos eixos de uma única planta), retirando pelo menos 1 folha contendo um pedaço de rizoma, e plante-a em um vaso com substrato orgânico já preparado”.

O vaso deve ter o solo ideal para o plantio, com a seguinte sequência: o fundo deverá ser coberto com argila expandida. Sobre ela, posicione uma manta bidim e adicione areia até completar 2/3 do vaso. Finalize com o composto orgânico misturado com terra e então posicione a muda da planta. Complete com casca de pinus para manter a umidade e servir como matéria orgânica.

Como cuidar e manter uma espada-de-são-Jorge

Foto: Reprodução / Horto da Prata

Segundo a profissional, um dos motivos da grande procura por esta planta está na pouca manutenção que ela demanda. “Suas regas deverão ser bem espaçadas, ocorrendo uma vez a cada 20 dias”.

Como não permite poda, é recomendável realizar uma limpeza no momento em que sua touceira esteja muito cheia, eliminando as folhagens mais antigas e deixando as mais novas. Já as adubações, com o intuito de repor os nutrientes, poderão ser realizadas uma vez ao ano, dissolvendo uma colher de sopa do granulado em cerca de 2 litros de água e regando-a.

Proibida para pets

Foto: Reprodução / Meows Cat Sitter

Infelizmente, esta planta possui alta toxicidade para animais de estimação caso seja consumida pelos pets. Dentre a sintomatologia apresentada por animais que foram intoxicados, é possível observar dificuldade nos movimentos, na respiração e salivação excessiva. “O ideal é que quem possua animais de estimação opte por outros tipos de espécies para se ter em casa. Outra opção é posicionar seu vaso em locais protegidos, onde os animais não tenham acesso”, alerta Beatriz.

25 espadas-de-são-Jorge na decoração

Capaz de embelezar qualquer ambiente, seja ele interno ou externo, a espadas-de-são-Jorge é a opção ideal para adicionar cor e charme a qualquer canto do seu lar. Confira a seguir uma seleção de lindos ambiente decorados com a espadas-de-são-Jorge:

1. Trazendo cor à parede rústica

Foto: Reprodução / Priscila Dalzochio

Um conjunto de cinco vasos com espadas-de-são-Jorge com longas folhas foi posicionado junto à parede com o acabamento rústico, de tijolos aparentes. Deste modo, a seriedade causada pelo abuso de tons sóbrios no ambiente foi quebrada, garantindo um visual mais alegre ao home office.

2. Criando contrastes

Este cômodo com projeto de marcenaria ousado possui, por si só, grande personalidade. Para adicionar um ponto de cor em meio ao abuso da madeira em cor clara, o vaso com a espadas-de-são-Jorge foi posicionado ao lado da escada.

3. Ideal também para espaços pequenos

Foto: Reprodução / Bibia Bueno

Apesar de atingir a altura de até 1 metro, quando plantadas recentemente, possuem tamanho reduzido, possibilitando decorar a parte de cima dos móveis. Aqui, as duas espécies diferentes ganham charme extra ao serem plantadas em vasos cheios de estilo: xícaras divertidas, no tamanho ideal para receber a planta.

4. Uma composição cheia de estilo

Foto: Reprodução / Casa Comida e Drink’s

O canto da mesa do bar recebe destaque especial ao ganhar uma bela composição contendo quatro vasos com espécies variadas da planta. O tamanho do vaso varia conforme o tamanho da espada-de-são-Jorge, que ficam ainda mais belos pelo acabamento com pedras brancas ornamentais.

5. Opção ideal para donos de cachorros

Foto: Reprodução / AYOZen Yoga & Spa

Além de garantir uma decoração inusitada ao serem plantadas em vasos suspensos, esta ideia é perfeita para quem têm cachorros em casa, já que garante que as plantas, tóxicas para eles, fiquem longe de seu alcance. Uma boa dica é caprichar na escolha do vaso e utilizar cordas rústicas para pendurá-lo.

6. Embelezando a escada

Foto: Reprodução / MeyerCortez

Esta solução é uma ótima pedida para quem deseja um jardim interno, porém não possui espaço para tal. O truque é adicionar vasos de tamanhos e espécies de plantas variadas na área desejada. Aqui a escada ganhou mais charme ao receber grandes vasos com a espécie lança-de-são-Jorge.

7. Ótima para purificar o ar em ambientes internos

Foto: Reprodução / Atmosfera Plantas & Paisagismo

Poucas pessoas sabem, mas a espada-de-são-jorge está na lista de plantas que purificam o ar, indicadas para ambientes internos. Além de liberar oxigênio à noite, ela ainda possui a capacidade de absorver formaldeídos, um dos poluentes mais comuns encontrados no ar.

8. A varanda ganha novos ares

Foto: Reprodução / Studio Ester Nogara

Anteriormente, este era o espaço dedicado aos churrascos, porém a própria churrasqueira se transformou em um belo jardim vertical, proporcionando contato com a natureza para os donos deste apartamento. Para complementar o visual, lindos vasos de espada-de-são-Jorge dão mais charme ao local.

9. O verde contrastando com o roxo

Foto: Reprodução / MeyerCortez

Para este ambiente integrado, como a parede ao fundo e o móvel que delimita a sala de tv da sala de jantar possuem tons de roxo, ao optar por um suntuoso vaso de espadas-de-são-Jorge bem no meio dos dois espaços, é possível acrescentar contrastes e informação ao cômodo.

10. Que tal alegrar a mesa lateral da sala?

Foto: Reprodução / Espaço Florescer

Posicionada ao lado do sofá, esta mesa confeccionada em madeira de um lindo tom caramelo ganhou mais cor ao receber vários mini vasos de espada-de-são-Jorge recém-plantadas. Esta opção se mostra como uma boa ideia para presentear visitas ou como lembrança de um evento.

11. Em meio à cactos

Foto: Reprodução / Alexei Gomes Paisagista

Se você gosta de mais de uma planta e deseja que seu ambiente seja decorado com variedade de espécies, procure mesclá-las com opções que possuam a mesma coloração e tamanho, criando uma harmonia no local. Destaque para o cachepot com rodinhas, ideal para o momento da faxina no cômodo.

12. Marrom e verde, combinação imbatível

Foto: Reprodução / Nina Tseleva

Este ambiente mostra como fica lindo adicionar um pequeno vaso de espada-de-são-Jorge em um cômodo que seja predominantemente marrom. Tanto a tinta na parede quanto a opção por móveis de madeira ressaltam o tom abundante na natureza e o verde da planta complementa esta combinação..

13. Facilidade no cultivo

Foto: Reprodução / Environments By Miko

Duas opções de plantas que não necessitam de muita manutenção, demandando regas esporádicas, sem a necessidade de podas. A combinação do canteiro de suculentas em cima da mesa de refeições com os belos vasos de espada-de-são-Jorge nos cantos do cômodo é de encantar.

14. Estilo à escadaria

Foto: Reprodução / Cassú

Esta é uma boa ideia para adicionar graça e delicadeza aos degraus da escada. Com tamanhos semelhantes, as duas espécies de plantas se complementam ao serem plantadas em vasos com estampas opostas, brincando com grafismos em preto e branco.

15. Mix de plantas e estilos

Foto: Reprodução / Túska

O mix de estilos de vasos utilizados garante um visual mais contemporâneo ao local, mesclando o rústico dos vasos de barro com o contemporâneo dos vasos em alumínio. A natureza impera em cima deste móvel, mas poderia também estar decorando um beiral de uma janela.

16. Rusticidade em todos os cantos

Foto: Reprodução / Living Gaia

Com visual atual, é possível perceber que o estilo rústico pode estar presente mesmo em residências essencialmente urbanas. Com uma parede de pedras em seu formato natural e a outra com tijolos aparentes, o chão com revestimento amadeirado e a mesa com madeira não negam o estilo.

17. Um detalhe a mais

Foto: Reprodução / Casa Josephine

O home office possui abundância de itens decorativos e cores vibrantes em cada canto. A ampla estante repleta de livros é um charme à parte, enquanto a mesa rústica garante o foco da decoração. Dois vasos da planta foram posicionados ao seu redor, destacando-se sobre o tapete vermelho.

18. Os mais discretos também se beneficiam

Foto: Reprodução / Tofuchi

Se o seu desejo é trazer um pouco de cor e vivacidade à um ambiente neutro, opte por um vaso sem muitos detalhes, com tons sóbrios para garantir destaque total à planta. Com poucas, mas belas folhas, encanta a mesa lateral do quarto em meio a outros objetos de decoração.

19. A área de lazer fica mais bonita

Foto: Reprodução / Tampa Designs By Jo

Como a área de lazer é ampla, foi possível elaborar um canteiro de espadas-de-são-Jorge que circunda toda a área comum do local. Plantadas em cachepots de rattan, o mesmo material do restante dos móveis, garante harmonia na varanda.

20. Dando graça à lareira

Foto: Reprodução / MeyerCortez

Esta lareira foi implementada abaixo do painel da tv, e tem revestimento em mármore bege. Como o painel também possui um acabamento mais rústico, a adição de grandes e imponentes vasos na cor branco gelo ao lado da lareira garante destaque à ela.

21. Enfeitando a mesa de centro

Foto: Reprodução / Nosso ap 302

Local ideal para dispor elementos decorativos, velas e plantas, a mesa de centro ganha mais charme ao receber dois pequenos vasos de espadas-de-são-Jorge. O vaso em vermelho combina perfeitamente com o recipiente para velas e o espelho como tampo do móvel reflete toda a beleza natural da planta.

22. Um jardim externo sem igual

Foto: Reprodução / Oliveira Arranjos

Um trabalho de paisagismo pode fazer a diferença em um quintal. Com variedade de espécies, a utilização de pedras brancas decorativas garante mais destaque ao verde das plantas. Detalhe especial para o efeito causado pelo tronco no centro da composição.

23. Espada-de-são-Jorge dando as boas-vindas

Foto: Reprodução / The Potted Earth Co.

Posicionada estrategicamente no hall de entrada, a planta garante boas-vindas esbanjando charme para quem entra na residência. De tamanho mediano, ganha estilo ao ser plantada um vaso com visual diferenciado, de cor preta e longos pés em madeira caramelo.

24. Como o destaque do cômodo

Foto: Reprodução / Design Sponge

Apesar de ser cheio de informações, este cômodo possui estilo mais clássico, com mesa lateral em vidro e metais, abajur estiloso e sofás em cinza. Por isso, a planta se destaca em dois momentos: no amplo vaso de corda feito artesanalmente e no vaso suspenso, com material que remete a uma pedra natural.

25. E por que não em cima do criado-mudo?

Foto: Reprodução / The Vintage Rug Shop

Existem pessoas que preferem plantas com inflorescências para decorar o criado-mudo, mas que tal ir na contramão desta tendência e apostar na beleza natural da espada-de-são-Jorge? Além disso, vale ressaltar sua função purificadora do ar, que garante noites mais tranquilas.

Planta muito resistente às condições climáticas, pode ser cultivada tanto sob o sol quanto na meia sombra, possui desenvolvimento rápido, não necessitando de regas frequentes, sendo a escolha ideal para que não tem muito tempo livre para cuidado, mas deseja o contato com a natureza em seu lar.

PARA VOCÊ

COMENTÁRIOS