Decore com a simplicidade e o requinte do estilo escandinavo

Escrito por Natália Cagnani
Foto: Reprodução / Caroline McCredie

Foto: Reprodução / Caroline McCredie

Se a decoração por si só inspira versatilidade, os diferentes tipos de combinações tendem a agradar ainda mais a todos os gostos. Em busca de elementos que remetam a personalidade de cada um e até para fugir do convencional, muitas pessoas optam por uma temática específica para decorar sua casa. É neste contexto que está inserido um estilo pouco usual, mas que vem ganhando cada vez mais adeptos entre moradores, designers e arquitetos. Com um ar clean, minimalista e um toque contemporâneo, o estilo escandinavo deixou de ser tendência e veio para ficar.

O estilo surgiu no século XX no norte da Europa, em uma região conhecida como Escandinávia, composta por Suécia, Dinamarca, Noruega e Finlândia. Inspirado em referências nórdicas, nas características do artesanato regional e na paisagem ao redor, tem forte influência do clima local, que conta com muitas horas de escuridão e invernos prolongados. “Os grandes aliados desse tipo de decoração são os ambientes amplos, com móveis de linhas simples e sóbrias em estilo minimalista; a luminosidade natural intensificada através de grandes janelões; o uso de cores claras e pálidas, com destaque para o branco, acentuando a luminosidade; a simplicidade dos objetos e artigos de decoração, com um ar mais despojado e natural; e um toque rústico através da madeira, que traz aconchego ao ambiente. Em geral, a ambientação é aconchegante, simples, tranquila e agradável. A mistura entre o tradicional e o moderno traz muita personalidade”, revela Alana Sparemberger, designer de interiores da Feeling.

Como aplicar o estilo escandinavo nos ambientes

Foto: Reprodução / Tatiana Nicol

Foto: Reprodução / Tatiana Nicol

Cada estilo tem suas particularidades e pode estar presente em detalhes do ambiente. Para criar uma atmosfera inspirada no estilo escandinavo de decorar comece pela base neutra, abusando de cores como branco, cinza e bege, combinando com elementos levemente envelhecidos. “O estilo nórdico é essencialmente minimalista. Os excessos são dispensados, tendo a simplicidade como um dos pontos fortes da proposta. Móveis funcionais, peças de madeira clara, itens compactos e espaço livre para a circulação simplesmente não podem faltar nas decorações escandinavas”, ensina a especialista.

Outra característica bastante presente neste tipo de decoração é a iluminação natural, com janelões e cortinas leves, ou as luzes artificiais, sempre priorizando as brancas e potentes. Aqui vale cuidar a composição para não criar sombras e escurecer o ambiente. Passar aquela sensação de que você acabou de se mudar também faz parte do estilo escandinavo. Por isso, é válido deixar lâmpadas penduradas por um fio ou quadros encostados no chão. Confira como aplicar a decoração em cada ambiente:

Salas

Nas salas, aposte em pisos brancos ou bem claros. Aliás, um dos elementos mais utilizados no estilo escandinavo é o piso de madeira pintado de branco. “Não é uma regra. Uma madeira clara com acabamento suave também pode cumprir bem a função”, complementa a designer de interiores. Para combinar, opte por sofás em cinza, bege ou branco, deixando o destaque para as almofadas e mantas, e um tapete, criando aquela sensação de aconchego. Complete a decoração com móveis em madeira rústica clara e objetos soltos pela sala.

Quartos

Nos quartos, use roupas de cama claras, priorizando o aconchego, a simplicidade e o conforto natural. Não se preocupe tanto com a arrumação. A ideia é deixá-las desarrumadas ou, se você gosta de organização, com os lençóis levemente fora do lugar. “O aspecto mais bagunçado e despojado é determinante no estilo escandinavo”, destaca Alana Sparemberger. Além disso, o armário costuma ser substituído por araras de madeira clara, levando o conceito ao extremo. A decoração é complementada por paredes brancas e janelas grandes para garantir a luminosidade.

Como ousar na decoração com o estilo industrial

Quartos de bebês e infantis

Nos quartos de bebês e infantis, mais uma vez as cores claras e neutras vêm com tudo para pintar as paredes e os móveis. A mobília, no entanto, também pode ser em tons de madeira natural. Almofadas e cortinas podem seguir a mesma ideia da sala, ganhando algum destaque. “Tapetes de pele falsa e outros elementos que remetem à decoração típica de países mais frios dão um toque bem aconchegante ao quarto. A propósito, o mais importante é criar um ambiente acolhedor, bem iluminado e arejado”, conta a profissional.

Cozinhas

Nas cozinhas, a simplicidade mais do que nunca é a palavra chave. Isso já pode ser visto nos armários, em geral de madeira branca, com poucos ou nenhum toque de cor. Aqui quem ganha destaque são os elementos naturais e mais despojados. “Mesas em madeira de demolição, paredes em tijolinhos e vigas de madeira são bem-vindos. Objetos pendurados na parede ou expostos em prateleiras ajudam a dar aquele ar mais despojado e casual, característico desse estilo”, completa Alana.

6 itens típicos do estilo escandinavo

Foto: Reprodução / Urban Couture

Foto: Reprodução / Urban Couture

A proposta decorativa do estilo escandinavo é composta por elementos rústicos e naturais, como plantas e madeiras; tudo sempre em cores claras, formas simples e sem excesso de detalhes, para valorizar a simplicidade, palavra que dita as regras seguidas pelo estilo. Outro ponto é a mistura de móveis vintage e clássicos com objetos contemporâneos, promovendo o encontro do tradicional com o moderno. Acompanhe a lista dos itens típicos da decoração:

  • Madeira: presente nos móveis, em revestimentos e objetos espalhados pela casa, a madeira traz elementos da paisagem nórdica para dentro de casa, criando a sensação de aconchego ao redor da composição neutra. Pode aparecer envernizado ou branco com o pinho, acre, faia ou carvalho.
  • Tecidos naturais: utilizados para quebrar a “frieza” de um ambiente onde o branco predomina tanto nas paredes, quanto no piso e na mobília, a lã, o linho, o algodão e as peles surgem principalmente em forma de mantas no sofá, poltronas ou cadeiras.
  • Plantas silvestres: em forma de flores, galhos ou folhagens, as plantas são elemento obrigatório para dar aquele ar de renovação ao ambiente e energia com o toque da natureza. Heras, pequenas árvores como carvalhos e oliveiras, arranjos ou folhas secas são os tipos mais usuais.
  • Luminárias: a luminosidade faz parte do conceito que rege o estilo escandinavo. Pode ser amplamente explorada em todos os ambientes, inclusive em cores fortes ou com os fios à mostra para dar um toque moderno.
  • Quadros: os quadros dispensam a parede neste tipo de decoração. A forma mais comum é colocá-los encostados no chão, mas se você é adepto do bom e velho prego, pode criar composições misturando molduras em preto e branco.
  • Cerâmicas e vidros: para criar uma decoração leve e ao mesmo tempo agradável, invista em cerâmicas e vidros de cores neutras, seguindo os tons nórdicos com base no branco, cinza e bege.
Ideia de decoração para uma casa rústica e confortável

Esses materiais, que fazem referência a paisagens ricas em lagos, florestas, rios e montanhas, aliados à iluminação natural, são os personagens principais do estilo, os que fazem toda a diferença na hora de decorar tendo como guia as inspirações nórdicas. Lembre-se de explorar o uso de várias luminárias na falta de janelões, já aproveitando para criar aquele clima aconchegante.

Desvende as cores predominantes no estilo escandinavo

Foto: Reprodução / Sven Fennema

Foto: Reprodução / Sven Fennema

Inspirada pelas paisagens frias da região nórdica, quem dita a paleta de cores da decoração escandinava é o branco, acompanhado por outros tons neutros, típicos do estilo, como cinza, bege, off-white, nude e tons naturais de madeira.

Para quebrar um pouco esta sobriedade provocada pelo branco em excesso, incorpore elementos mais vivos e vibrantes, com cores que criam um contraste. Vale investir em castanho, vermelho, amarelo, tonalidades de azul e verde, além de tons pastéis, sempre bem-vindos. Outra dica para romper com a monotonia do ambiente é apostar em quadros, fotografias, livros, plantas ou acessórios coloridos. Isso sem falar naqueles elementos característicos do estilo, que foram listados acima. A composição traz vida, aconchego e conforto.

Para decorar o sofá, use almofadas estampadas ou mantas com uma cor de sua preferência. Combine simplicidade e personalidade, moderno e tradicional, lembrando sempre de incorporar seu estilo, seu jeito e seu modo de viver nos detalhes para complementar a decoração.

Aprenda a criar o efeito “bem iluminado” do estilo escandinavo

Foto: Reprodução / Taylor + Taylor

Foto: Reprodução / Taylor + Taylor

Além da cor predominante, a luminosidade cumpre papel de protagonismo na decoração escandinava. Afinal, outra marca registrada desse estilo é o projeto luminotécnico. Na falta de janelas amplas e iluminação natural, tem sempre um jeito de criar o efeito de luz característico da decoração nórdica. “Para garantir um ambiente bem iluminado, ao estilo escandinavo, quando não se tem iluminação natural abundante, o ideal é investir em uma iluminação difusa com lâmpadas de luz branca com boa intensidade. Use luminárias que geram uma iluminação parelha por todo o cômodo, como os plafons, por exemplo. Evite luminárias com foco fechado, pois produzem muitas sombras e ambientes dramáticos, fugindo do estilo escandinavo”, ensina a designer.

Alana também destaca a importância das paredes brancas, que rebatem a luz, ajudando a manter um ambiente bem iluminado. E se a sua casa tiver janelões, aproveite ao máximo a luz natural. Evite cortinas ou opte por modelos com tecidos claros e fluidos para não barrar a passagem da luz. Aposte em vidros para ganhar amplitude e aumentar a reflexão da luz.

14 dicas para incrementar a decoração escandinava

Foto: Reprodução / Sand Design

Foto: Reprodução / Sand Design

Agora que você já conhece as principais características do estilo escandinavo, você pode adotá-lo por inteiro ou, se preferir, pode apenas criar aquela atmosfera nórdica através da composição de alguns elementos típicos da decoração. “Aposte em paredes claras (de preferência brancas), móveis leves e de linhas simples, elementos rústicos (madeira clara principalmente), enfim, decoração que remeta ao clima nórdico, com tapetes de pele, mantas de lã, almofadas de linho. Priorize uma iluminação natural abundante e crie uma atmosfera casual e despojada com algumas peças fora de lugar ou soltas pela casa”, complementa a especialista. Confira mais alguns itens:

  1. Sem excessos: mantenha a simplicidade na decoração, com espaços livres, limpos e sem muita informação. Enfeites, bibelôs ou qualquer outro objeto decorativo, devem ser utilizados com moderação.
  2. Formas definidas: escolha mobília com design de linhas retas, sem muitas curvas, e siga a mesma lógica para detalhes construtivos, como escadas, por exemplo.
  3. Pontos focais: quebre o tom sóbrio com cores vibrantes em móveis ou em detalhes que vão incrementar a decoração, como almofadas, quadros, mantas.
  4. Iluminação: use e abuse de luminárias de chão, parede ou teto com design minimalista e um toque de modernidade.
  5. Janelas em destaque: como a iluminação natural tem papel de destaque neste tipo de decoração, mantenha as janelas livres, sem adornos.
  6. Piso claro: independente do piso, embora a madeira seja o tipo de revestimento mais utilizado, dê preferência para cores claras.
  7. Indústria em alta: incorpore toques rústicos e industriais para compor o ambiente. Deixe fios à mostra, canos expostos, quadros encostados na parede.
  8. Preto e branco: a boa e velha combinação P&B sempre tem vez em qualquer estilo e não poderia ficar de fora da decoração escandinava. Acrescente iluminação natural e tons de madeira para dar equilíbrio.
  9. Detalhes em cobre: o metal também faz parte da decoração escandinava, principalmente na forma de luminárias de cobre em globo para incrementar o visual da cozinha.
  10. Tons de azul: embora o branco seja a cor oficial, o azul também tem grande apelo neste estilo, já que sobressai diante da combinação P&B e tons de madeira.
  11. Cactos à mostra: os cactos, pequenos ou grandes, surgem como fortes candidatos a romper o branco, dando vida ao ambiente monocromático.
  12. Números e gráficos: quadros ou calendários com números e gráficos vão bem em paredes brancas, inspiradas nos ares nórdicos.
  13. Ripas na decoração: as ripas de madeira harmonizam com as cores neutras e podem criar aquela sensação de aconchego ao ambiente.
  14. Lareiras: se você tiver espaço na sala ou no quarto, por que não uma lareira? Além de aconchego, ela reflete bem o clima nórdico.
Plantas ornamentais para deixar o seu lar ainda mais charmoso

Essa lista traz mais algumas dicas para você incorporar o estilo escandinavo na sua decoração, qualquer que seja o ambiente, mesmo que apenas em detalhes, o que vale é encontrar os elementos que mais combinam com a sua personalidade.

Inspire-se em ideias que seguem a decoração escandinava

Se você tem um estilo de vida mais clean, aprecia a luz natural e gosta de cores mais básicas, a decoração escandinava pode transformar qualquer ambiente da sua casa em um lugar leve, agradável e aconchegante para você aproveitar com sua família ou amigos. A galeria traz um mix de ideias com base no estilo escandinavo de decorar para vários ambientes: cozinhas, banheiros, quartos, salas, home office. Confira as mais belas imagens para estimular a sua criatividade!

Se a ideia é conhecer um pouco mais o estilo nórdico ou encontrar inspiração para começar a incorporá-lo no seu dia a dia, lembre-se de acrescentar toques da sua personalidade ambiente. Assim, por mais que você siga os preceitos do estilo — branco, luminosidade, simplicidade, materiais naturais — sua decoração será única, baseada nos seus gostos e no seu modo de viver.

COMENTÁRIOS