Grades para a janela: segurança e beleza para a fachada de casas

Escrito por Ana Kordelos
Foto: iStock

Foto: iStock

Item decorativo com papel importante na segurança de uma casa, as grades nas janelas e portas têm como principal função a segurança em relação a entrada de pessoas estranhas no imóvel e a proteção em relação à saída de animais, crianças ou até adultos em algumas situações especiais.

Além disso, segundo revelam as arquitetas Pilar Hernandez e Andreia Hernandes da AHPH Arquitetura, elas ainda podem ter outras funções agregadas como servir de brise, barrando a entrada do sol, desde que se pense em um projeto adequado para tal função, ou ainda ser um elemento decorativo, com desenhos especiais e diferenciados.

As opções disponíveis no mercado são variadas, sendo encontradas versões pré-fabricadas ou com a possibilidade de encomendá-las sob medidas. Segundo o arquiteto Avner Posner, os tamanhos mais comumente encontrados são 120cm x 120cm, no caso de janelas, 210cm x 80cm no caso de portas e para basculantes, 60cm x 60cm.

Já o arquiteto Thiago Papadopoli revela que estes tamanhos podem variar, medindo de 100cm x 100cm, 100cm x 200cm, 100cm x 150cm, 120cm x 100cm, 120cm x 200cm, 120cm x 120cm, a 150cm x 120cm, os quais são os tamanhos estabelecidos para esquadrias padrões.

Em relação ao custo, as profissionais da AHPH Arquitetura revelam que “grades prontas apresentam a vantagem de diminuírem o tempo de execução e instalação, porém por serem padronizadas não terão um valor estético agregado, ficarão comuns”.

Segundo explicam as arquitetas, os tamanhos das grades seguem as padronagens das janelas, podendo ser um pouco maiores quando são fixadas por fora ou “exatamente do mesmo tamanho, quando são fixadas dentro do mesmo vão da janela, seguindo os padrões de mercado, inclusive podendo apresentar alguns modelos já com grades embutidas”.

Existe ainda a possibilidade de mandar fazer, ou ainda adaptar uma grade pré-fabricada. “Assim conseguimos tamanhos mais apropriados para o uso e resultados estéticos mais interessantes. No caso de reformar uma grade pré-existente, na maioria das vezes é possível, principalmente no caso do ferro, mas dependendo da necessidade pode ter um custo mais elevado do que uma grade nova, alerta Thiago”.

Ainda segundo o arquiteto, as grades pré-fabricadas em alumínio possuem preço por volta de R$200,00 a R$300,00, enquanto as feitas por encomenda podem chegar a custar de R$300,00 a R$500,00, nas medidas mais tradicionais.

Os principais materiais utilizados para fabricar grades

Foto: iStock

Foto: iStock

“Os materiais mais comumente utilizados para a fabricação de grades são o ferro, alumínio e metalon”, informa Avner. Em relação ao ferro, este é considerado o mais barato, com boa resistência, porém não é muito durável, já que este pode oxidar, além de ser pesado, podendo vir a ser um problema em alguns casos.

Para as arquitetas da AHPH Arquitetura, o alumínio é o mais leve, possui preço mediano, além de ser durável e não oxidar. Porém, em termos de resistência, não é o melhor, pois este pode deformar ou amassar, não tendo o melhor desempenho para a função.

“Já o metalon é composto por tubos de aço com formato quadrado ou retangular, constituídos por ferro chumbado galvanizado, permitindo maior segurança e durabilidade, além de ser um material inoxidável”, esclarece Thiago.

Em relação à pintura, o arquiteto ainda informa que as grades de ferro e metalon podem ser pintadas sem problemas, onde o ferro deve ser pintado frequentemente para sua melhor conservação. No caso do alumínio, embora seja possível, ele requer uma pintura especial chamada eletrostática, a qual deve ser aplicada com um compressor. Esta, além de ter um custo alto, ainda possui poucas opções de cores.

“No caso do ferro não é necessário o uso de selante, apenas um material prime para tirar a ferrugem ou ainda quando for novo, para proteger melhor e evitá-la. No caso do metalon, o prime servirá apenas para que a tinta tenha maior eficiência”, explica Thiago. Para pintar as grades, esmalte sintético é a melhor opção.

Grades para portas e janelas

Foto: Reprodução / Felipe Hess

Foto: Reprodução / Felipe Hess

No caso de janelas e portas, é possível optar por grades fixas ou móveis. As grades pantográficas, também conhecidas como camarão, são uma opção que além de serem vazadas são articuladas e retráteis, podendo ser utilizadas em janelas e portas, com a vantagem de poderem ser recolhidas nas laterais, permitindo que o vão fique totalmente livre, diferente das grades fixas.

Para o arquiteto Thiago estas já foram muito utilizadas na decoração de residências, porém “hoje em dia perderam um pouco sua presença no mercado, por diversas questões, inclusive a estética”. Devido a isso, este tipo de grade é mais encontrado somente em residências com estilo mais antigo, ou em estabelecimentos comerciais, proporcionando segurança aos mesmos.

Normalmente feitas sob medida, são frequentemente confeccionadas com uma grande variedade de desenhos e cores, conferindo personalidade e beleza, além de segurança ao local.

Modelos de grades para portas e janelas

Formando desenhos incríveis, estas podem ser fixas ou móveis, permanecendo totalmente ou parcialmente abertas, permitindo a passagem ou não de pessoas, ou ainda separando ambientes. Confira a seguir uma seleção com lindas grades pantográficas e fixas, com desenhos variados:

Foto: Reprodução / Dotta Studio

Foto: Reprodução / Dotta Studio

Foto: Reprodução / Andre Laiza

Foto: Reprodução / Andre Laiza

Foto: Reprodução / Estúdio Penha

Foto: Reprodução / Estúdio Penha

Foto: Reprodução / Sá & Cioni

Foto: Reprodução / Sá & Cioni

Foto: Reprodução / Omnibus Arquitetura

Foto: Reprodução / Omnibus Arquitetura

Foto: Reprodução / Estúdio Penha

Foto: Reprodução / Estúdio Penha

Foto: Reprodução / Witt Construction

Foto: Reprodução / Witt Construction

Foto: Reprodução / Oscar Mikail

Foto: Reprodução / Oscar Mikail

Foto: Reprodução / Renata Matos

Foto: Reprodução / Renata Matos

Foto: Reprodução / Flavia Secioso

Foto: Reprodução / Flavia Secioso

Grades para cercar casas

Foto: iStock

Foto: iStock

Este tipo de grade, quando utilizada no lugar do muro, para cercar a casa, garante segurança, porém mantem a beleza do imóvel, possibilitando visibilidade, tanto de seu interior quanto para o exterior.

Para Avner, além da maior visibilidade, este tipo de grade ainda “melhora a iluminação, a ventilação e torna o ambiente mais leve”. Dentre alguns dos modelos disponíveis, é possível encontrar grades desenhadas ou ainda barras verticais e horizontais.

“O modelo a ser escolhido deve ser pensado a partir das suas necessidades. Por exemplo, modelos com barras horizontais podem funcionar como escadas o que é perigoso quando se tem crianças, mas também podem servir como suporte a vasos de plantas pendurados o que não acontece nos verticais”, orienta Thiago. Segundo ele, também é importante observar a distância entre uma barra e outra, evitando assim que uma criança ou animal corra o risco de ficar preso entre as barras.

Este tipo de cerca é considerado atualmente mais segura que muros. Apesar de muros oferecerem maior privacidade ao morados, este dificulta a visibilidade do interior da residência, favorecendo a ação de criminosos.

“Além disso, hoje em dia é possível executar um projeto diferenciado para barrar um pouco a visibilidade de fora para dentro, colocando as barras em um ângulo que favoreça esta intenção”, revelam as profissionais Pilar e Andreia. A altura ideal recomendada varia de acordo do local onde será implementado e sua regulamentação vigente, mas permanece por volta de 190cm a 220cm.

Ainda é possível mesclar as duas possibilidades, utilizar metade muro e metade grades, proporcionando deste modo tanto a visibilidade quanto mantendo a privacidade dos moradores.

“Deve-se tomar cuidado com a forma como a grade será fixada no muro, pois na maioria das vezes, ela deverá ser chumbada, sendo necessário fazer as barras verticais maiores. No caso do alumínio, ela pode ser parafusada apenas, porém tomando cuidado para que fique bastante firme”, alerta Thiago.

Se você busca utilizar as grades como elemento decorativo, saiba que elas podem ser uma ótima opção para deixar seu lar mais encantador. Conforme as arquitetas Pilar e Andreia revelam, qualquer desenho é capaz de enriquecer um projeto. “No caso de grades de proteção, se forem pensadas em conjunto com as janelas, portas e os outros elementos da fachada, certamente trarão sofisticação e beleza ao projeto, sendo até mesmo um elemento de destaque, por sua cor, formato e grafismo”.

Modelos de grade para cercar residências

Se você deseja decorar sua casa desde o seu exterior, confira a seguir lindo projetos utilizando grades para cercar as residências, seja elas substituindo muros ou mesclando-se a eles:

Foto: Reprodução / Carla Romanelli

Foto: Reprodução / Carla Romanelli

Foto: Reprodução / Bernard Andre

Foto: Reprodução / Bernard Andre

Foto: Reprodução / Apê 102 Arquitetura

Foto: Reprodução / Apê 102 Arquitetura

Foto: Reprodução / Juliana Lahóz

Foto: Reprodução / Juliana Lahóz

Foto: Reprodução / Edmundo Costa

Foto: Reprodução /
Edmundo Costa

Foto: Reprodução / Oscar Mikail

Foto: Reprodução / Oscar Mikail

Foto: Reprodução / Simone Duch Arquitetura

Foto: Reprodução / Simone Duch Arquitetura

Foto: Reprodução / Patricia Zat Arquitetura

Foto: Reprodução / Patricia Zat Arquitetura

Foto: Reprodução / Paulo Oliveira

Foto: Reprodução / Paulo Oliveira

Foto: Reprodução / Masa Studio

Foto: Reprodução / Masa Studio

Grades para sacadas

Foto: Reprodução / Heloísa Titan

Foto: Reprodução / Heloísa Titan

Este tipo de grade é conhecido como guarda-corpo, tendo como função a proteção, evitando possíveis quedas e a utilização segura e tranquila do espaço. Segundo as profissionais da AHPH Arquitetura, a altura padrão recomendada “fica entre 90cm e 120cm, variando de acordo com a legislação vigente para o tipo de edificação”.

As possibilidades de materiais a serem utilizados para a confecção deste tipo de proteção são variados, indo desde o ferro, alumínio, metalon, vidro, madeira, sendo estes sozinhos ou em composições, “desde que sejam observadas as questões de segurança nesse caso com relação à resistência terão função de guarda-corpo”, evidenciam as profissionais.

Modelos de grades para sacadas

Como as sacadas proporcionam a ideia da decoração do interior da residência, é importante que a mesma possua visibilidade, porém sem se esquecer da segurança. Confira alguns exemplos da belíssimos guarda-corpos, e inspire-se a escolher o seu:

Foto: Reprodução / BC Arquitetos

Foto: Reprodução / BC Arquitetos

Foto: Reprodução / Chris Silveira

Foto: Reprodução / Chris Silveira

Foto: Reprodução / Rodrigo Maia

Foto: Reprodução / Rodrigo Maia

Foto: Reprodução / Lo Interiores

Foto: Reprodução / Lo Interiores

Foto: Reprodução / Chris Silveira

Foto: Reprodução / Chris Silveira

Foto: Reprodução / Lo Interiores

Foto: Reprodução / Lo Interiores

Foto: Reprodução / Brunete Fraccaroli

Foto: Reprodução / Brunete Fraccaroli

Foto: Reprodução / Haus Arquitetura

Foto: Reprodução / Haus Arquitetura

Foto: Reprodução / Casa 2 Arquitetos

Foto: Reprodução / Casa 2 Arquitetos

Foto: Reprodução / Marcy Ricciardi

Foto: Reprodução / Marcy Ricciardi

Se você procura maior proteção para o seu lar, utilizar grades é uma ótima opção. Elas ajudam a evitar possível roubos ou acidentes no caso de altura e barram a entrada de pessoas ou animais indesejados na sua residência.

Além disso, cuide do seu lar sem deixar a beleza de lado. Escolha o modelo que mais lhe agrade, utilize cores que harmonizam com o restante do exterior de sua casa e obtenha maior visibilidade, com muito estilo e segurança.

PARA VOCÊ