Pequeno oásis: 40 projetos incríveis de lagos em jardins de casas

Escrito por Priscila Silva

Foto: Reprodução / Daniel Nunes Paisagismo

Para acalmar os ânimos, nada melhor do que ouvir o barulho da água, seja em som de ondas, águas que descem a correnteza de um rio, chuva na janela… Mas além desses sons adoráveis da natureza, apreciar a água também proporciona a sensação de calma e leveza. Então, que tal ter um lago em casa?

A ideia parece absurda? Não se aflija! É possível criar lagos de todos os tamanhos, usá-los como parte da decoração ou para criação de peixes e plantas aquáticas. Além disso, o lago chama a atenção de quem chega e valoriza o imóvel. É possível ter um lago em um apartamento, casa térrea, de campo, de praia, clubes e em áreas comerciais. Para torná-lo ainda mais bonito, vale recorrer a alguns artifícios, como uma fonte, chafariz ou cascata, além de jarros e pedras de diversos tipos.

Se o espaço permitir, capriche na parte da decoração e do paisagismo, e posicione bancos, namoradeiras ou garden seats para que você possa sentar, observar e apreciar seu novo cantinho. Se houver dúvidas na hora da escolha dos móveis, basta seguir uma única regrinha: obedecer ao estilo do projeto paisagístico adotado, previamente definido pelos detalhes arquitetônicos da construção, como por exemplo: mais rústico, mais chique, entre outros estilos.

Como montar um lago no jardim

Foto: Reprodução / Biopet Lagos Ornamentais

Para montar um lago no jardim, é indispensável alguns cuidados antes e depois da instalação, como a qualidade da água. De acordo com o paisagista Fernando Legatti, da Dr. Jardim, a vida de um lago está intimamente ligada a qualidade da água. Por isso, “é fundamental a boa oxigenação e a filtragem”, explica o profissional.

1. Tipo do terreno

Foto: Reprodução / Home Interior And Design Ideas

Segundo o paisagista Luiz Henrique Alves, paisagista profissional do GetNinjas, o terreno deve ser o mais plano possível, até para facilitar na hora da escavação e montagem. Mas vale lembrar que também é possível fazer com que o projeto do lago se adeque à topografia e ao espaço do terreno.

2. Espaço

Foto: Reprodução / Home Interior Design

Quanto maior o lago, mais bonito ele será, e maior a possibilidade de decoração também. E quanto menor ele for, mais delicado irá parecer. De acordo com Luiz Henrique, não existe um espaço considerado ideal, tudo varia conforme a necessidade do cliente.

“Dependendo do espaço disponível e objetivo de criação do lago, não há restrição de habitação, podendo o lago ser feito em um apartamento com espaço disponível de 40×80 cm, como em um terreno com espaço de 2x3m²”, explica o profissional. Além do espaço e objetivo da criação do lago, vale lembrar que também conta o grau de investimento que o cliente tem disponibilidade.

3. Tipos de uso

Foto: Reprodução / Ecosys

O lago pode ser ornamental, apenas para decoração do jardim, para criação de peixes ou como uma pequena piscina. De acordo com Luiz Henrique, os usos mais comuns são mesmo para a decoração, “dando mais vida a áreas inutilizadas no ambiente”. É importante decidir qual será a finalidade logo que tiver a ideia de ter um lago, assim facilita o restante do processo, como a escolha de materiais decorativos.

“O projeto de um lago está muito além de um só benefício, pois ele tem um valor ornamental, capaz de valorizar qualquer espaço paisagístico”, conta Fernando. Além disso, “o lago acaba sendo um microambiente capaz de dar suporte a espécies de peixes, ser fonte de vida para plantas aquáticas e pequenos insetos, e também serve de bebedouros para pássaros”, explica o profissional.

Como bem lembra Fernando, a definição do uso do lago implica até mesmo em sua localização. Por exemplo: se o lago for abrigar peixes, o ideal é que o local escolhido receba sol, nem que seja parcialmente.

4. Manutenção

Foto: Reprodução / Porada

Para manter o lago com a água com boa qualidade, a manutenção periódica é necessária, assim como piscinas precisam de tratamento. A cada dois ou três meses deve ser feita a retirada das folhas mortas do jardim e lago, além da manutenção do pH e cloro da água. “O método mais aconselhado para manutenção diária é por meio da bomba de aquário, que mantém a água em circulação corrente. Assim evita-se que a água fique parada, o que pode ocasionar doenças aos proprietários e vizinhança”, explica Luiz.

Segundo Fernando, a estrutura de um lago deve prever um conjunto de motobomba, que deve ter a função de movimentar a água, com o objetivo de oxigená-la, além de um filtro com lâmpada ultravioleta. Ele, por sua vez, deverá ter a função de esterilizar a água, matando todos os possíveis agentes patogênicos que possam atacar e causar doenças aos peixes, além de evitar a formação de algas.

Deixe áreas externas mais charmosas com pergolados

Ainda dentro da manutenção, além da limpeza periódica do filtro, também é necessária a reposição da água perdida pela evaporação. “É importante ficar atento ao controle da quantidade de alimentação a ser ministrada aos peixes, pois o excesso de ração acaba fermentando no fundo do lago, reduzindo o nível de oxigênio dissolvido na água”, explica Fernando.

5. Como montar um lago no jardim

Foto: Reprodução / Biopet Lagos Ornamentais

Os profissionais usam o seguinte passo a passo para montar um lago no jardim:

  • Definição do objetivo ou função do lago;
  • Escolha do local e demarcação do contorno no solo;
  • Escavação;
  • Instalação da rede elétrica e hidráulica;
  • Concretagem da base (ou moldar e aplicar a manta impermeável);
  • Selecionar e posicionar os elementos decorativos;
  • Plantar a parte ornamental no entorno;
  • Conectar a bomba e filtro;
  • Instalar e testar a iluminação;
  • Encher o tanque e monitorar o nível da água para descartar possíveis vazamentos;
  • Medir o pH antes da soltura dos peixes;
  • Plantar espécies aquáticas.

O ideal é que você procure a ajuda de um profissional, para que o resultado do trabalho fique impecável. Mas, caso você queira colocar a mão na massa e montar seu próprio lago, atente-se para nossas dicas:

Imagem: Tua Casa

Passo 1: defina o objetivo ou função do lago e escolha o local.
Passo 2: encha as garrafas com as pedras e areia e posicione-as de maneira que forme o entorno do lago.
Passo 3: coloque a manta impermeável. Ela deve ficar aproximadamente a 10cm de distância das garrafas.
Passo 4: passe cimento branco para fixar as garrafas, ou cola de PVC.
Passo 5: após a secagem, coloque os ornamentos (jarras, plantas, seixos, entre outros) e encha o lago com água.
Passo 6: faça a conexão das bombas de aquário na entrada de água através do cano de PVC, que deve estar conectado à rede de água.
Passo 7: finalize com a jardinagem e decoração! Coloque grama, plantinhas e decorativos em volta do lago e, se possível, banquinhos ou outros assentos. Prontinho! Agora é só curtir o espaço!

40 projetos incríveis de lagos em jardins

Você tem duas opções: contratar um profissional que vai deixar seu jardim impecável com um lago, ou você mesmo montar o seu. Confira algumas ideias e inspire-se:

1. Lago no pátio

Foto: Reprodução / Roberto Migotto

Nas construções antigas, além das casas serem bem grandes, a parte central da construção era vazia, sendo uma espécie de pátio. Algumas vezes, recebiam uma fonte e plantas. Você pode adaptar a ideia para sua casa. Mesmo em construções modernas, a ideia do pátio fica muito linda, e você pode substituir o espaço aberto por um jardim com lago.

2. Jardim com lago e cuba

Foto: Reprodução / A1 Arquitetura

O jardim pode ser feito de forma mais rústica, dando quase a aparência de sempre ter estado ali, feito pela natureza, ou ele pode ser mais moderno e contemporâneo, com linhas retas e elementos de decoração, como cubas e vasos.

3. Barulhinho de água

Foto: Reprodução / Aquiles Nicolas Kilaris

Se o seu sonho é aquele barulhinho delicioso de água, instale uma fonte grande, uma cascata ou várias pequenas fontes. Independente do tamanho da queda d’água, o que importa é o resultado: o canto da água em movimento.

4. No jardim de inverno

Foto: Reprodução / Eduarda Corrêa

No jardim de inverno também é possível ter um lago. Para essa área, que não costuma ser tão grande, vale investir em uma iluminação bacana, que valorize o ambiente, e em objetos decorativos, como estátuas ou pequenos objetos, como sapinhos e gnomos.

5. Quase piscina

Foto: Reprodução / Leonardo Hermenegildo

Se a ideia for usar menos terra e mais concreto para o lago, uma ideia é usar ladrilho ou azulejo em tons azulados, como os que são usados para revestir piscinas. Independente do tamanho (altura e largura) do lago, o visual vai remeter à ideia mesmo de piscina. E que tal relaxar enquanto coloca a leitura em dia e os pés balançam calmamente na água? A ideia é fascinante!

6. Praça da tranquilidade

Foto: Reprodução / Biopet Lagos Ornamentais

Em espaços coletivos (como condomínios) e comerciais (como empresas e universidades), vale a pena montar um lago em uma praça. Para deixar o ambiente mais interativo, use banquinhos para as pessoas pararem para um bate-papo na hora do intervalo, e peixinhos para chamar a atenção.

7. Finalização da casa

Foto: Reprodução / Dormir no Jardim

Se a casa está sendo construída, a hora de montar o lago no jardim é na finalização, quando a casa está recebendo os acabamentos e toques finais. Aqui, o jardim de inverno ficou pronto pouco antes da casa ser finalizada. Aí é só fechar a porta de correr de vidro e a água fica protegida dos pequenos entulhos que possam aparecer e cair no lago.

Ofurô: como ter um spa em casa e aproveitar banhos relaxantes

8. Sob as pedras

Foto: Reprodução / Marpa Design Studio

Quem já teve o privilégio de estar perto de uma cachoeira sabe o som inconfundível e delicioso que é o da água batendo nas pedras. Essa ideia é perfeita para grandes espaços, como casas de campo, chácaras e fazendas. Monte uma corredeira, com muitas pedras, de tamanhos e formatos diferentes.

9. Capriche na iluminação

Foto: Reprodução / Grant and Power Landscaping

Espaços grandes permitem brincar com toda a parte paisagística, inclusive, com a iluminação. Peça para o profissional instalar pequenas lâmpadas sob as cascatas. Assim, a água ficará iluminada à noite.

10. Respirar e acalmar

Foto: Reprodução / Biopet Lagos Ornamentais

Sabe quando bate aquele nervoso durante o expediente de trabalho e você precisa parar, respirar devagar e contar até dez para se acalmar? Então, a ideia é essa para esse jardim. As empresas deveriam investir em espaços assim, para a alegria dos funcionários.

11. Vejo flores em você!

Foto: Reprodução / Liquidscapes

Se você é apaixonada por plantas e suas flores, bem coloridas, vai se divertir na montagem do lago. Em volta dele, encha de árvores e vasos com plantinhas de cores e formatos diferentes. O espaço vai ficar encantador!

12. Espelho d’água

Foto: Reprodução / Roberto Migotto

Construções mais modernas recebem muito bem lagos. Essa casa, com estilo contemporâneo, ganhou um espelho d’água, em linhas retas, que valoriza a arquitetura. Os grandes janelões, de vidro, quando abertos dão direto para as águas.

13. Para um fim de tarde perfeito

Foto: Reprodução / Suzanne Hunt Architect

Casas de campo, chácaras ou fazendas têm a opção de criar lagos maiores. Monte o lago perto de uma grande árvore, que sirva como sombra para uma parte próxima, e use essa sombra para abrigar um jogo de sofás e poltronas de ratan, local perfeito para relaxar no final do dia!

14. Carpas para colorir

Foto: Reprodução / Biopet Lagos Ornamentais

Espécie de peixe das mais indicadas para lagos, as carpas são bem coloridas, perfeitas para dar um toque de cor e alegria ao espaço. Quando pequenas, elas são bem gordinhas, uma graça. Para quem quer ter carpas, precisa dispor de um bom espaço, já que elas crescem bastante, podendo chegar a até 90cm.

15. Use madeira também

Foto: Reprodução / Planet Kriya

Se o lago for feito em uma casa na área urbana, em um jardim não muito espaçoso e bem perto da área fechada da casa, use madeira para formar um deck em volta do lago. Use material apropriado para área externa e molhada.

16. Plantas de todo tipo

Foto: Reprodução / Ecosys

Para o cantinho ficar charmoso e original, use plantas de diversos tipos e tamanhos: desde as rasteiras e aquáticas, até coqueiros e buchinhos. O que vale é deixar o jardim bem diversificado.

17. Lago no condomínio

Foto: Reprodução / EcoValle

Condomínios que têm grandes jardins podem investir em um lago na parte paisagística. Além de valorizar o espaço, deixa a área comum mais bonita e convidativa, ótima desculpa para parar e conhecer um vizinho – melhor um papo no jardim do que o famoso “Será que vai chover?” no elevador.

18. Pedras e seixos

Foto: Reprodução / Biopet Lagos Ornamentais

Além de escolher pedras de tamanhos e formatos diferentes para o lago, invista também em seixos, que são pedrinhas pequenas, geralmente em formato arredondado, bem lisinhas. Você pode usar para decorar a parte interna do lago, beiradas, contorno e até fazer um caminho com eles. Diferente das outras pedras, essas não machucam os pés, pelo contrário. Quase que massageiam!

19. Como chegar lá

Foto: Reprodução / EcoValle

Na hora de colocar as plantinhas em volta do lago, não esqueça de deixar um espaço para chegar até a água, não só para apreciar o local, mas para facilitar na hora da manutenção também. Crie um caminho com pedras ou seixos.

20. Água cristalina

Foto: Reprodução / Binh Garden

Alguns lagos têm a água mais clarinha, e outros ficam mais turvos. Se a sua ideia é ver o fundo do lago e os peixinhos, mantenha a manutenção em dia e evite plantas aquáticas. Conforme elas crescem, o lago vai “escurecendo”.

21. Faixa de água

Foto: Reprodução / Home Landscaping

O espaço de descanso não precisa necessariamente ser um jardim em toda sua extensão. Você pode criar um jardim lateral, que siga a parede. Para dar um toque moderno ao espaço, crie uma faixa no chão para um pequeno lago.

Piscina de vinil: baixo custo e design versátil para embelezar seu lar

22. Piscina natural

Foto: Reprodução / Roberto Migotto

Essa casa foi construída bem no centro do terreno, então permite que o paisagismo seja bem criativo. No caso, o lago mais parece uma piscina natural, de extensão larga, que segue quase metade do tamanho da residência.

23. Local para meditar

Foto: Reprodução / Better Home Stitle

Praticantes de meditação e yoga são apaixonados por jardins e espaço com muito verde e água, que ajudam na concentração. Se você pratica uma das opções, crie um ambiente de lazer e relaxamento para ajudar nas práticas diárias.

24. Gazebo para namorar

Foto: Reprodução / Alameda Paisagismo

Esse espaço pode ser muito bem de uma casa com um amplo jardim, um hotel ou pousada. O lago, de frente para o gazebo, permite uma soneca ao som relaxante de águas. Perfeito para a sesta ou para namorar.

25. Chame os passarinhos!

Foto: Reprodução / Biopet Lagos Ornamentais

O lago também serve como bebedouro para os pássaros. Na sua decoração, use animais decorativos, bem coloridos, para chamar a atenção das aves. Em pouco tempo seu cantinho será compartilhado com alguns amigos de penas.

26. Jardim japonês

Foto: Reprodução / Doitri

O lago é uma peça importante para a criação de um espaço zen ou um jardim japonês. Para montar o ambiente, use juncos, peças de bambu, madeira, decorativos e bonsais, e capriche no uso das areias clarinhas e seixos.

27. Jardim encantador

Foto: Reprodução / Marcelo Novaes

A mostra recebeu um lago rodeado por seixos brancos e pequenos coqueiros. Em um dia de sol, as árvores formam sombras no lago, e dançam conforme o vento, criando um som gostoso do farfalhar das folhas e movimento da água.

28. Para pensar na vida

Foto: Reprodução / Premier Imóveis

Um cantinho gostoso, que recebe o sol de braços abertos, perfeito para ficar ali por uns minutos para pensar na vida. Além dos lagos serem visualmente bonitos, ainda têm o benefício de acalmar quem está por perto.

29. Capriche no paisagismo

Foto: Reprodução / Biopet Lagos Ornamentais

Para o lago ser bonito, não basta ter um tanto de água em um espaço. Todo o conjunto precisa combinar, ornar, e conversar entre si: materiais usados, plantas e até o desenho. Aqui, a tocha no jardim dá um chame extra. O material é perfeito para uso nessa área, e a cor segue a tonalidade do deck.

30. Mini lago

Foto: Reprodução / Femme Actuelle

Se a ideia do lago for unicamente decorativa, ele pode ser bem raso – inclusive, fica bem delicado e charmoso. Use seixos em toda a borda, criando um desenho bem definido dos limites da água.

31. Em vez de piscina, lago!

Foto: Reprodução / Blog da Paisagista

O quadrado originalmente poderia ser uma piscina pequena (já que lá atrás já tem uma grande), mas a ideia mudou e o lago apareceu. Flores aquáticas e vitórias-régias dão o charme do espaço, pequeno e cheio de bom gosto.

32. Plantas altas

Foto: Reprodução / Comuna Videiras

O lago não precisa, necessariamente, estar rodeado por árvores e plantas em toda a borda. Na verdade, as plantas também podem ficar um pouco distantes, possibilitando, inclusive, que a pessoa se sente na grama, de frente para o lago. Se o tamanho for razoável, coloque plantas altas no meio do lago. O visual fica diferente e chama a atenção de longe.

33. Por baixo da passarela

Foto: Reprodução / Biopet Lagos Ornamentais

O lago também pode ser grande, comprido, e ter um deck em cima, uma passarela que é um charme extra para a entrada da casa. Então, para chegar à porta principal, é necessário passar “por cima” do lago. A ideia é incrível.

34. Cascata no lago

Foto: Reprodução / Peixe & Vida

Independente do tamanho do lago, se ele tiver uma cascata, já ganha uns olhares extras – sem falar que, com certeza, será point para fotografias. Se o lago estiver em uma grande área aberta e comercial, use guarda-corpos, para evitar que crianças caiam e se machuquem.

35. Piscina e lago

Foto: Reprodução / Ecosys

A direção do hotel teve uma ideia incrível: onde termina o lago, começa a piscina. Essa, por sua vez, num patamar mais alto. Dessa forma, os hóspedes que estiverem na piscina podem ficar na borda, admirando a vista para o lago.

36. Ilha das tartarugas

Foto: Reprodução / Peixe & Vida

Além dos peixes, o lago também pode abrigar tartarugas. Para criar um ambiente completamente adequado para essas baixinhas, faça uma pequena ilha no centro do lago. Assim, as pequenas poderão também sair da água e tomar um banho de sol.

37. Da cor da grama

Foto: Reprodução / Ecosys

O material usado na montagem do lago faz toda a diferença quando ele finalmente está pronto. A cor da areia, inclusive, influencia muito na tonalidade da água. Aqui, a areia escolhida faz a água parecer que tem a mesma cor da grama.

38. Na sacada também pode

Foto: Reprodução / Art Lagos

O menor de todos os lagos apresentados nessa seleção, essa versão aparece no cantinho de uma sacada, provando que até em apartamentos e espaços pequenos é possível ter um lago, e ainda com direito a plantinhas decorativas, seixos e iluminação especial.

39. Paraíso na Terra

Foto: Reprodução / Ecosys

A casa de descanso para toda a família está situada em um terreno amplo e plano, local perfeito para um lago, bem no meio do jardim. A propriedade, cercada de verde, ganhou ainda mais ares de paraíso.

40. Espelho, espelho meu

Foto: Reprodução / Estudio Sespede Arquitectos

Tão límpida, que parece um espelho, refletindo tudo: do casarão às nuvens do céu. Esse lago, decorativo, é largo, comprido e bem raso. O revestimento nas bordas, em azul, ajuda a dar essa tonalidade à água.

Com tantas opções, o que não vai faltar é ideia para você ter seu lago agora! Pequeno ou grande, não importa. Qualquer cantinho serve!

COMENTÁRIOS