Aprenda a escolher a máquina de lavar perfeita para sua casa com um profissional

Foto: Getty Images

Foto: Getty Images

As máquinas de lavar roupa surgiram em 1920, quando a empresa americana Hurley Company começou a fabricar a Thor, considerada a primeira máquina de lavar elétrica. Além de facilitar a tarefa de lavar as roupas, o equipamento também mudou os hábitos de higiene da população do século XX, que passou a lavar suas roupas mais frequentemente.

Hoje, a lavadora já se tornou um eletrodoméstico essencial para o dia a dia das pessoas. “Com sua utilização, é possível efetuar lavagens mais assertivas, econômicas e conseguir ótimos resultados em pouco tempo, trata-se de um produto que otimiza um dos principais serviços domésticos”, diz Guilherme Soares, diretor de qualidade, serviços e atendimento ao consumidor da Whirpool Latin America, dona da marca Consul.

Conheça os diferentes tipos de lavadoras de roupa

Segundo Guilherme, é sempre importante levar em consideração o volume de roupas a ser lavado cotidianamente para escolher o modelo e tipo de lavadora mais adequado às necessidades dos habitantes da casa. Esse é o ponto norteador para a definição de capacidade do produto a ser adquirido. “Feito isso, o consumidor deverá analisar as medidas do aparelho, verificando a sua viabilidade de instalação no local desejado, bem como as funcionalidades apresentadas”, alerta o profissional.

Confira abaixo uma relação das máquinas de lavar disponíveis hoje no mercado brasileiro e suas respectivas vantagens e desvantagens:

Automática

A lavadora automática é o modelo mais completo do mercado e possui muitos diferenciais que ajudam no dia a dia do morador. Modelos desse tipo contam com centrifugação e, com isso, fazem com que as roupas saiam quase secas da máquina, sendo ideal para o morador que não possui um varal muito arejado, como em apartamentos por exemplo. Outro detalhe é que esse modelo pode ter capacidade de até 15 kilos, possibilitando a lavagem de maior quantidade de peças por vez. A maioria dos modelos possui uma boa variedade de tipos de lavagem, proporcionando ao morador a facilidade de apenas girar o botão e deixar que o aparelho faça todo o trabalho.

Da esquerda para a direita: Eletrolux por R$1.439,00 na Casas Bahia; Brastemp por R$1.405,00 no Extra; Consul por R$1.120,05 na Magazine Luiza | Imagem: Tua Casa

Da esquerda para a direita: Eletrolux por R$1.439,00 na Casas Bahia; Brastemp por R$1.405,00 no Extra; Consul por R$1.120,05 na Magazine Luiza | Imagem: Tua Casa

Vantagens: cuidado maior com as roupas, ciclos de lavagem, centrifugação e troca automática de água.

Desvantagens: por ser a mais completa, é também a lavadora de maior preço.


Semiautomática

A máquina semiautomática não faz o trabalho completo, pois não conta com a função de centrifugação e torção das roupas, de forma que a secagem das roupas é dificultada e, para que seja efetiva, o morador deve possuir um local bastante arejado e ao ar livre ou uma centrifuga avulsa, já que as roupas saem da máquina bem mais molhadas. Porém, é uma boa opção para o morador que procura algo mais em conta.

Da esquerda para a direita: Lavamatic por R$447,90 na Casas Bahia; Colormaq por R$489,00 no Extra; Lavamatic por R$439,00 no Ponto Frio | Imagem: Tua Casa

Da esquerda para a direita: Lavamatic por R$447,90 na Casas Bahia; Colormaq por R$489,00 no Extra; Lavamatic por R$439,00 no Ponto Frio | Imagem: Tua Casa

Vantagens: preço mais acessível, menor consumo de energia e menos agressão às roupas.

Desvantagens: não garante a centrifugação e também não possui troca automática de água.


Lava e seca

A máquina lava e seca garante uma melhor lavagem e seu maior diferencial é a roupa já sair seca do eletrodoméstico. Esse modelo é uma boa opção para quem mora em apartamentos e casas com pouco espaço de lavanderia, já que as roupas não precisam ir para o varal para secar. Um diferencial é que alguns modelos de lava e seca contém um recursos como esterilização, deixando as roupas mais higienizadas.

Da esquerda para a direita: LG por R$2.299,00 na Americanas; Samsung por R$2.475,00 no Ponto Frio; Eletrolux por R$3.299,00 no Fast Shop | Imagem: Tua Casa

Da esquerda para a direita: LG por R$2.299,00 na Americanas; Samsung por R$2.475,00 no Ponto Frio; Eletrolux por R$3.299,00 no Fast Shop | Imagem: Tua Casa

Vantagens: lavagem com água quente, a roupa sai seca e pronta para ser passada e usada.

Desvantagens: valor mais alto do que as lavadoras automáticas.


Tanquinho

O tanquinho é um modelo inferior quando se pensa em lavagem, pois não tem o mesmo cuidado com as roupas. Nesse caso, a troca de água não é automática e a opção de centrifugação também não é disponível, fazendo com que as roupas saiam bem molhadas do eletrodoméstico, coisa que não acontece com as lavadoras automáticas.

Da esquerda para a direita: Arno por R$398,00 na Casas Bahia; Mueller por R$1.001,90 na Americanas; Colormaq por R$299,00 no Walmart | Imagem: Tua Casa

Da esquerda para a direita: Arno por R$398,00 na Casas Bahia; Mueller por R$1.001,90 na Americanas; Colormaq por R$299,00 no Walmart | Imagem: Tua Casa

Vantagens: valor acessível para o morador que precisa de um eletrodoméstico provisório.

Desvantagens: não possui capacidade de centrifugação, troca de água não é automática e precisa ser feita manualmente.


Minilavadora

Ideal para lavagem de roupas íntimas ou para uma quantidade mínima de peças. Essa é uma boa opção para pessoas que moram sozinhas.

Da esquerda para a direita: Praxis por R$ 348,00 no Walmart ; Suggar por 299,00 na Americanas ; Suggar por 327,00 na Casas Bahia | Imagem: Tua Casa

Da esquerda para a direita: Praxis por R$ 348,00 no Walmart ; Suggar por 299,00 na Americanas ; Suggar por 327,00 na Casas Bahia | Imagem: Tua Casa

Vantagens: mais flexível para instalação, ocupando um espaço menor se comparado à uma lavadora convencional.

Desvantagens capacidade de roupas bem reduzida.


O que analisar antes de comprar a máquina de lavar

Foto: Getty Images

Foto: Getty Images

Como acontece com todo eletrodoméstico, há pontos importantes que devem ser considerados antes da aquisição da máquina de lavar. É necessário perceber, por exemplo, qual necessidade será sanada pelo objeto e qual a melhor forma de utilizá-lo. Pensando nisso, Guilherme Soares, porta-voz da Whirpool, traz os 10 principais aspectos que devem ser estudados na hora de comprar uma lavadora:

  1. Quantidade de roupa a ser lavada;
  2. Frequência das lavagens;
  3. Durabilidade do eletrodoméstico;
  4. As dimensões do produto devem ser compatíveis com o local de instalação;
  5. Posição da porta — lateral ou superior;
  6. Tensão do produto compatível com a disponível na residência;
  7. Consumo de energia;
  8. Níveis de água;
  9. Ciclos de lavagem;
  10. Capacidade de quilos compatível com a necessidade do morador.

Como instalar a máquina de lavar em segurança e sem erros

De nada adianta adquirir um ótimo modelo de máquina de lavar roupas e instalá-lo de maneira insegura e incorreta. Guilherme Soares descreve a melhor maneira de instalar a máquina de lavar, para que não se tenha problemas na hora de realizar a primeira lavagem: “primeiramente, antes de conectar o plug na tomada, deve-se instalar a mangueira de saída de água no tanque ou em um tubo exclusivo para o escoamento. Depois disso, é hora de rosquear a mangueira de entrada de água na torneira. O próximo passo consiste em posicionar a lavadora em um local de superfície plana, evitando trepidações e danos ao produto, e também afastada da parede ou de móveis. Por fim, é preciso certificar-se de que o produto não esteja instalado em local com exposição ao sol ou à chuva e que seus pés estejam bem nivelados”.

Com as dicas de Guilherme, o uso da lavadora será muito mais seguro e sua vida longa será garantida, além de o morador não precisar de ajuda de terceiros para instalar seu novo eletrodoméstico.

Manutenções e cuidados com a lavadora de roupas

Foto: Getty Images

Foto: Getty Images

Todo eletrodoméstico de uso diário pode ter sua vida útil diminuída se não for usado com cuidado e não for feito nele as manutenções necessárias. Com a lavadora não é diferente, uma das coisas mais importantes para o cuidado com esse eletrodoméstico é realizar limpezas e manutenções. Guilherme diz que a limpeza interna da lavadora deve ser realizada a cada dois meses e, para fazê-la, basta certificar-se de que não existe nenhuma peça de roupa dentro dela, colocar meio litro de água sanitária diretamente no cesto e ligá-la no maior programa de lavagem para garantir que todo o alvejante seja removido ao final da limpeza.

A limpeza externa deve ser feita semanalmente para evitar o acúmulo de resíduos, principalmente na tampa. Utilizando sabão neutro aplicado com esponja ou pano macio diretamente na lavadora, é possível realizar a limpeza de maneira simples e eficaz. Guilherme ainda aponta que nunca se deve utilizar limpa vidros, álcool, removedores ou substâncias abrasivas na máquina e que é necessário sempre deixar a superfície seca e higienizada para evitar ferrugens.

Perguntas frequentes respondidas pelo porta-voz da Consul

Por existirem tantos modelos de lavadoras disponíveis, é normal possuir dúvidas quanto a preço, tipo, capacidade e usabilidade. Por isso, o profissional da Whirpool, dona da marca Consul, esclareceu algumas dúvidas recorrentes sobre as lavadoras e suas especificidades para o dia a dia do morador:

1. Vale a pena comprar uma máquina de menor valor?

A escolha da lavadora, como mencionado anteriormente, deve ser feita conforme as necessidades apresentadas pelo consumidor. O valor atribuído ao produto no ponto de venda deve ser um ponto importante de análise, mas as suas funcionalidades também devem ser levadas em consideração.

2. Deve-se optar pela máquina com tampa lateral ou superior?

A posição da tampa da máquina é uma preferência do consumidor. É importante ressaltar que os modelos front load, com tampa frontal, normalmente utilizam um volume menor de água e mantêm a performance de lavagem. Entretanto, é importante que o consumidor compare as características dos modelos considerados para a decisão de compra.

3. Como escolher a capacidade em litros?

Na verdade, a capacidade das lavadoras no Brasil, é mostrada em Kg de roupa. Normalmente, deve-se optar por máquinas com maior capacidade, no caso de famílias maiores. Nesse caso, vale também a avaliação da necessidade de cada consumidor.

3. Como saber se o consumo de água e de energia vai ser acessível?

Quanto à eficiência energética, cada modelo traz a sua própria especificação. Nesse caso, cabe entender a disponibilidade de investir recursos com o gasto energético. Para calcular quanto o eletrodoméstico consome por mês e quanto custaria na conta de energia, deve ser feito o seguinte cálculo: Potência (KW) x Tempo de uso por dia (h) X Quantidade de dias X Preço do KWh (na conta de luz).

4. Como funciona a lavagem econômica?

Na lavagem econômica, o ciclo é otimizado para economizar energia elétrica. Também existem produtos que possuem ciclos que reutilizam água. Nesse caso, em determinada etapa de lavagem, a água da lavagem não é drenada automaticamente para que o consumidor possa utilizá-la para outro fim, como limpeza do chão etc.

Qual o número ideal de programas de lavagem? No que essa diferença interfere no dia a dia?

Quanto maior o numero de programas de lavagem um produto possui, mais opções otimizadas para cada situação do dia a dia ele oferece, como por exemplo: ciclo rápido, delicado, dia a dia etc.

Com as instruções e dicas do porta voz é possível analisar qual a necessidade que o morador tem quando se trata de lavagem de roupas e, assim, encontrar com maior facilidade o modelo de lavadora perfeito para cada caso e especificidade de casa, quantidade de pessoas e estilo de vida.

PARA VOCÊ