Paredes decoradas: 80 ideias e dicas profissionais para arrasar na decoração

Escrito por Amanda Akemi
Foto: Reprodução / Marlon Gama

Foto: Reprodução / Marlon Gama



Basta entrarmos na casa de alguém para conhecermos um pouco mais sobre a sua personalidade. É na escolha de elementos para decorar nossas casas que acabamos demonstrando um pouco de nossas preferências e gostos particulares. E, a parede acaba sendo a parte mais divertida de decorar em uma casa – dependendo da forma com que for utilizada, ela pode se tornar o centro das atenções, uma vez que pode receber quadros, fotografias, papéis de parede e revestimentos dos mais diversos. Basta que se decida pela melhor forma de decorá-la para que todo o ambiente ganhe uma aparência nova.

Muitas pessoas têm medo de ousar na ornamentação e, com o tempo, enjoar do tipo de decoração escolhida. Se você é esse tipo de pessoa, não se preocupe, existem muitos materiais fáceis de aplicar e retirar depois de certo tempo. E, se você se preocupa mesmo com o investimento que terá que fazer para melhorar o visual do seu cantinho, relaxe! Existem opções para todos os bolsos, basta escolher o que melhor combina com você.

Para entender mais sobre os tipos de artigos decorativos disponíveis no mercado, confira a lista abaixo com imagens para te inspirar e algumas explicações da arquiteta Roberta Zaghe, proprietária da empresa Casa Quadrada.

1. Na dúvida, utilize uma mesma paleta de cores em sua decoração

Foto: Reprodução / Wenk-Gama

Foto: Reprodução / Wenk-Gama

O tom natural do tijolinho aparente combina muito bem com a madeira freijó. Você pode intercalar ornamentos mais rústicos e outros mais elegantes sem medo de misturar estilos diferentes, pois os tijolinhos são muito versáteis e podem ir bem com muitos estilos de decoração.

2. Paredes claras dão amplitude ao ambiente

Foto: Reprodução / D.signers

Foto: Reprodução / D.signers

No caso deste espaço, optou-se por utilizar paredes de pedras de tom claro, deixando o ambiente mais leve. Mas, é necessário ter cuidado, pois se o ambiente for pouco iluminado e o revestimento tiver um tom mais escuro, o efeito pode ser contrário.

3. A combinação de uma paleta de cores alegre com os tijolinhos à vista deixou o espaço mais moderno e aconchegante

Foto: Reprodução / Luana Gaspar

Foto: Reprodução / Luana Gaspar

“Os tijolinho estão sendo muito utilizados. Sua origem vem das grandes fábricas antigas da revolução industrial inglesas, mas em alguns cidades como Bogotá e Madri a sua utilização é muito intensa, devido a pouca manutenção e a estética memorável”, como explica Zaghe, esse tipo de decoração não demanda muita manutenção, por isso, pode ser a solução para muitas pessoas que não desejam investir muito.



4. O espaço da sala de jantar ornamentado com tijolos aparentes é mais um exemplo de sua praticidade e diversidade

Há muitas formas de utilizar essa décor em suas paredes, principalmente se você não deseja sujar sua cozinha ou qualquer outro espaço. Alguns optam pelas plaquetas, que simulam muito bem o material original ou pelos papéis de parede que também recriam a sensação dos tijolinhos.

5. Sua parede antiga pode ser reaproveitada ao deixar os chamados “tijolos de demolição” à vista

Foto: Reprodução / Amanda Forte

Foto: Reprodução / Amanda Forte

Adicionar plantas e vegetais traz mais vivacidade a esse tipo de decoração, deixando o ambiente mais acolhedor. Escolha bem onde esse tipo de parede será utilizada, pois em períodos de frio o material dos tijolos acaba tornando o cômodo ainda mais frio.

6. O tijolo branco revela um estilo mais contemporâneo e deixa o ambiente menos rústico

Foto: Reprodução / Estúdio Penha

Foto: Reprodução / Estúdio Penha

“As cores mais utilizadas para a ornamentação são as de tijolinhos naturais: marrom, vermelho telha, um pouco mais amarelada. Mas em muitos espaços também se utiliza, principalmente, o tijolinho de cor branca”, afirma Zaghe.

7. A varanda recebe toque natural com pedras grandes de relevo

Foto: Reprodução / Dado Castello Branco

Foto: Reprodução / Dado Castello Branco

As pedras decorativas rementem a natureza e combinam muito bem com ambientes externos. Assim como os tijolinhos, o custo-benefício desse artigo é muito bom, pois dispensam a mão de obra para pintura e a necessidade de manutenção constante.

8. A janela longilínea acaba sendo emoldurada pelas pedras e traz a natureza para dentro da sala

Foto: Reprodução / Renato Teles

Foto: Reprodução / Renato Teles

Zaghe diz que, no Brasil, além das pedras decorativas serem amplamente usadas em fachadas, elas também estão sendo muito usadas em paredes internas dos ambientes. A dica é escolher uma parede de destaque para a aplicação.



9. Quadro em destaque

Foto: Reprodução / Officina44

Foto: Reprodução / Officina44

“Quando falamos de obras de arte de maior importância, ou de dimensões significativas, é legal dar preferência para uma parede vazia, assim ela será mais valorizada”, explica Zaghe.

10. Escolha molduras atraentes que combinem com o conteúdo do quadro

Foto: Reprodução / Ju Nejaim

Foto: Reprodução / Ju Nejaim

As gravuras na parede deixam a sala com uma atmosfera criativa. Na dúvida, selecione uma paleta de cores e adicione quantos quadros desejar, neste caso, podemos notar a predominância do preto e do verde água.

11. Os quadros são capazes de mudar a decoração de qualquer ambiente

Foto: Reprodução / Debora Saraiva

Foto: Reprodução / Debora Saraiva

O local onde os quadros serão fixados também é muito importante. Eles podem compor apenas um ambiente em especial, ou também podem organizados de forma a ligar ambientes diferentes, como a sala de jantar e o bar para receber amigos.

12. O aparador dá cor aos tons neutros do hall de entrada

Foto: Reprodução / Wenk-Gama

Foto: Reprodução / Wenk-Gama

O mais interessante dos quadros é o conteúdo diverso que podem receber. Da mesma forma que as fotografias, esse é o melhor jeito para mostrar os gostos e personalidade de quem mora na casa.

13. Os espelhos podem ser utilizados como um fundo para as obras

Foto: Reprodução / Hildebrand Silva Arquitetura

Foto: Reprodução / Hildebrand Silva Arquitetura

Os quadros, junto aos revestimentos, acabam muitas vezes tendo a função de delimitar espaços, como esta sala de estar que mesmo integrada a cozinha recebe uma decoração única.



14. Parede preta, que tal?

Foto: Reprodução / Casa Quadrada

Foto: Reprodução / Casa Quadrada

Zaghe dá mais algumas orientações muito interessantes. “Outra dica legal é valorizar a sua obra com a cor de parede onde ela vai ser instalada. Utilizamos em uma de nossas obras uma parede preta, e ficou fantástico! Utilizamos também uma iluminação com Spots em eletro calha, e o resultado foi uma parede com estilo museu em uma sala super contemporânea”, diz.

15. A escolha do amarelo mostarda junto ao amadeirado deixou a sala de estar com um ar mais vintage

Foto: Reprodução / Rodrigo Azevedo Fotografia

Foto: Reprodução / Rodrigo Azevedo Fotografia

A disposição dos quadros foi muito bem aplicada nesta sala, as duas imagens de cores neutras harmonizaram muito bem com o todo e deram ainda mais destaque a obra central.

16. As listras remetem a um estilo mais sóbrio e nas cor azul marinho reflete o estilo navy na decoração

Foto: Reprodução / Wenk-Gama

Foto: Reprodução / Wenk-Gama

“O papel de parede surgiu há aproximadamente 200 anos a.C. na China. Depois, já no século XVI, começou a ser usado na Europa para decorar as paredes substituindo as tapeçarias e ainda traduzindo todo o glamour medieval da época. Hoje, mais de 2000 mil anos depois e com muitas evoluções, o papel de parede ainda está super em alta”, explica Zaghe.

17. Quando incorporado ao branco, o vermelho ganha mais leveza e se torna ideal para ambientes amplos e bem iluminados

Foto: Reprodução / Wenk-Gama

Foto: Reprodução / Wenk-Gama

Antes de adquirir o seu papel de parede, não se esqueça de analisar qual o impacto visual de suas cores e padrões, e também, se a iluminação do ambiente será favorável.

18. O papel de parede mais sutil é uma ótima escolha para quartos pequenos

Foto: Reprodução / Cavalcante e Ferraz

Foto: Reprodução / Cavalcante e Ferraz

Essa é uma ótima escolha para decorar paredes se você deseja transformar o ambiente de forma simples e rápida, e principalmente sem obras.

19. A parede com espelho bronze reflete o padrão listrado e dá a impressão de continuidade

Foto: Reprodução / Bambu Arquitetura

Foto: Reprodução / Bambu Arquitetura

O bronze, que está em alta, quando unido ao papel de parede listrado atemporal resulta em uma composição equilibrada e sofisticada.

20. Quartos infantis merecem cores divertidas na decoração

Foto: Reprodução / Debora Saraiva

Foto: Reprodução / Debora Saraiva

Zaghe ressalta mais um benefício do papel de parede: a enorme variedade de opções, texturas e formatos diferentes. Para a arquiteta, independente do estilo, existirá sempre um papel de parede para te satisfazer.

21. O jogo de iluminação valorizou a decoração e garantiu um clima mais intimista ao ambiente

Foto: Reprodução / Samara Barbosa

Foto: Reprodução / Samara Barbosa

Mais uma vez, optou-se pelo papel de parede listrado, este nas cores cinza, dourado e amarelo trouxe originalidade à cozinha do loft que foi integrada à sala.

22. O lustre ornou com o papel de parede e deu o toque final que a sala de jantar precisava

Foto: Reprodução / Renata Tolentino

Foto: Reprodução / Renata Tolentino

Apesar dos papéis de parede serem muito utilizados em salas e quartos, eles também podem ser considerados em paredes de banheiros e lavabos. “Existem papéis específicos para essas áreas, denominados vinilos, são laváveis e mais resistentes”, informa Zaghe.

23. O papel de parede também pode ser aplicado sobre portas para aumentar a dimensão visual da parede

Foto: Reprodução / Estúdio O Polvo

Foto: Reprodução / Estúdio O Polvo

A arquiteta afirma que se os cuidados especificados pelo fabricante forem levados em conta no que diz respeito a manutenção e regras de uso, os papéis de parede podem durar mais de 15 anos.

24. O adesivo na parede pode dar uma cara totalmente descontraída ao ambiente

Foto: Reprodução / Crippa & Assis

Foto: Reprodução / Crippa & Assis

Aproveite para investir em elementos que refletem a sua personalidade, como esse mapa mundi dos vinhos, que além de ser criativo é funcional.

25. É possível utilizar adesivos de frases e palavras sem que poluam muito o ambiente

Foto: Reprodução / Juliana Pippi

Foto: Reprodução / Juliana Pippi

A tradicional parede branca recebeu adesivos que complementaram o visual do quarto, deixando-o mais interessante. A dica é fazer uso de paredes de cores mais neutras e adicionar adesivos criativos.

26. Escolha adesivos coloridos e deixe sua cozinha mais alegre

Foto: Reprodução / Karla Amaral

Foto: Reprodução / Karla Amaral

A febre do patchwork chegou aos adesivos. Para aderir à moda e ao mesmo tempo evitar fazer muita sujeira na sua cozinha, utilize adesivos que simulam bem a aparência de azulejos e ladrilhos.

27. A delicadeza do adesivo de árvore forma uma ótima combinação com o lilás da parede

Foto: Reprodução / Marina Carvalho

Foto: Reprodução / Marina Carvalho

Se você gosta de adesivos, mas não quer ousar demais, adicione apenas um detalhe que harmonize com o resto do ambiente. Nesse caso, a árvore combina com os móveis ao mesmo tempo em que suaviza a cor da parede.

28. O jogo de luzes usado neste quarto realça a decoração moderna

Foto: Reprodução / Aquiles Nícolas Kílaris

Foto: Reprodução / Aquiles Nícolas Kílaris

O uso dos adesivos junto a outros artigos decorativos é muito comum, como neste quarto, em que a silhueta de uma pessoa tocando guitarra complementa os intrumentos que enfeitam a outra parede.

29. Brinque com a profundidade de disposição dos seus elementos

Foto: Reprodução / Gabriel e Luiz

Foto: Reprodução / Gabriel e Luiz

O interessante dos adesivos é que além de poderem ser aplicados em qualquer parte da casa, é possível usar a imaginação e criar paredes únicas, como essa que faz referência ao filme “O mágico de Oz”.

30. O vermelho presente em cada detalhe contrasta com as demais tonalidades da sala

Foto: Reprodução / Prisicla Fernandes

Foto: Reprodução / Prisicla Fernandes

Novamente podemos notar o uso dos adesivos de patchwork, o que mostra sua versatilidade no que diz respeito à aplicação. Neste caso, o resultado foi uma combinação elegante com o revestimento de madeira.

31. O branco e o amadeirado formam combinação sofisticada

Foto: Reprodução / Officina44

Foto: Reprodução / Officina44

Nesta sala optou-se por um revestimento mais rústico em apenas uma das paredes, feita com madeira de demolição. Além disso, uma produção do espaço com diversos quadros emoldurados.

32. Utilize locais bem iluminados para valorizar seu adorno

Foto: Reprodução / Wenk-Gama

Foto: Reprodução / Wenk-Gama

O hall de entrada com elementos em madeira combinado ao piso de mármore travertino é ideal para os que desejam ter o toque da madeira no ambiente, no entanto não desejam revestir uma parede inteira.

33. A adega forma uma charmosa combinação com a sala de estar

Foto: Reprodução / Cavalcante e Ferraz

Foto: Reprodução / Cavalcante e Ferraz

As pastilhas em madeira são ótimas opções para deixar a decoração mais delicada, além de dar destaque às paredes mais importantes e garantir textura a decoração.

34. O simples uso do revestimento em madeira em salas de estar dá outra aparência ao ambiente

Foto: Reprodução / Bender Arquitetura

Foto: Reprodução / Bender Arquitetura

Zaghe explica que, “atualmente estamos utilizando placas de MDF com corte a laser. Os desenhos são os mais diversos possíveis, e o resultado parece uma linda renda talhada na madeira a mão”.

35. Os pedaços de madeira deixam o ambiente com aparência campestre

Foto: Reprodução / Officina44

Foto: Reprodução / Officina44

Quando bem planejado, é possível usar a criatividade e fazer de tudo com o revestimento de madeira. Nesta sala, por exemplo, estão alocadas uma adega-bar, uma lareira e um esconderijo para o ar condicionado, tudo isso feito por meio de um projeto de marcenaria, que fez uso de madeira de demolição e laca.

36. A peça em madeira pode se tornar o principal elemento do ambiente

Foto: Reprodução / Ju Nejaim

Foto: Reprodução / Ju Nejaim

A escultura em madeira compõe praticamente toda a parede branca e dá movimento ao ambiente. O resultado é uma sala mais leve e contemporânea.

37. Cada elemento desta decoração chama atenção por seu estilo moderno e sofisticado

Foto: Reprodução / Conceição Barbosa

Foto: Reprodução / Conceição Barbosa

“Para quem pensa que a madeira está relacionada apenas a ambientes rústicos se engana! Muitos ambientes sofisticados e contemporâneos estão usando como principal material a madeira.”, afirma Zaghe.

38. A jovialidade está presente em cada elemento deste quarto

Foto: Reprodução / Andrea Pontes

Foto: Reprodução / Andrea Pontes

Já pensou em customizar o seu quarto e poder escrever uma frase inspiradora cada vez que sentisse vontade? Utilizar lousas na decoração te permite fazer isso e até mesmo utilizar paredes inteiras para exercitar a imaginação.

39. A cor amarela deu ao office uma aparência mais descolada e divertida

Foto: Reprodução / Cavalcante e Ferraz

Foto: Reprodução / Cavalcante e Ferraz

Uma das vantagens de escolher revestir a sua parede com uma lousa de cor preta, é que há diferentes opções de materiais no mercado, como a tinta que ao ser passada na parede ganha o aspecto e textura de uma lousa. E, também, um adesivo que basta ser colado na parede para que já possa ser utilizado.

40. A diversão da sala de jantar fica por conta dos desenhos feitos na parede

Foto: Reprodução / ONG&ONG

Foto: Reprodução / ONG&ONG

A parede de lousa preta compõe a atmosfera dessa cozinha super aconchegante, além de harmonizar com as cores do recinto. O preto é uma cor coringa e, por isso, pode ser usado em diversos locais da casa.

41. O verde água junto ao branco deixa o ambiente mais calmo e relaxante

Foto: Reprodução / Maria Claudia Stephanes

Foto: Reprodução / Maria Claudia Stephanes

A lousa tradicional também pode ser utilizada como decoração na parede da sua casa. Apesar de não ser tão versátil quanto a lousa de giz, ela também tem seu charme.

42. A umidade presente no banheiro não impede que ele também seja decorado com a tinta lousa

Foto: Reprodução / Triplex Arquitetura

Foto: Reprodução / Triplex Arquitetura

A arquiteta Roberta Zaghe comenta que as paredes pintadas com tinta são muito divertidas, e não há restrições para seu uso. Elas podem ser utilizadas em quartos infantis, salas, cozinhas, banheiros e até em áreas gourmet.

43. Você também pode utilizar a parede como um post-it gigante

Foto: Reprodução / Pires Xavier Arquitetura

Foto: Reprodução / Pires Xavier Arquitetura

“O ponto forte dessa tipologia é que seu ambiente sempre terá um toque pessoal e personalizado, visto que você, sua família e amigos, sempre estarão customizando “, explica Zaghe.

44. Sabe aquela bicicleta antiga que você não usa mais? Utilize-a em sua decoração, você pode até mesmo customizá-la

Foto: Reprodução / Jonathan Viegas

Foto: Reprodução / Jonathan Viegas

A vibe ecológica está presente neste banheiro, que apesar de ter todas as paredes na cor preta, ganhou um elemento surpresa que acabou deixando tudo mais leve.

45. Valorize a sua sala e combine o revestimento com uma peça de espelho grande

Foto: Reprodução / Sérgio Landim

Foto: Reprodução / Sérgio Landim

Essa sala de jantar recebeu um revestimento 3D de tijolinhos à vista que acabou harmonizando muito bem com o espelho e os vidros pintados nas laterais. É sempre muito importante levar em consideração o que está sendo refletido pelo espelho, há casos em que o reflexo acaba sendo indesejado, produzindo uma poluição visual.

46. A aplicação de muitos espelhos dá a sensação de infinito

Foto: Reprodução / Raduan Arquitetura

Foto: Reprodução / Raduan Arquitetura

O truque de usar peças grandes para dar a sensação de amplitude sempre funciona, principalmente quando se reveste a parede por inteiro.

47. A sala teve sua decoração complementada com elementos decorativos

Foto: Reprodução / Bender Arquitetura

Foto: Reprodução / Bender Arquitetura

Para Zaghe, espelhos tornam um ambiente mais sofisticado, a dica da arquiteta é utilizá-los fazendo composição em salas de jantar ou estar atrás de aparadores.

48. Ambientes com amplo espaço também podem ter grandes quantidades de espelhos

Foto: Reprodução / Iara Kílaris

Foto: Reprodução / Iara Kílaris

A sala de jantar recebeu um painel de madeira com alguns espelhos em sua superfície. As paredes não precisam ser necessariamente claras para combinar com espelhos, neste caso, os espelhos suavizaram o tom escuro da madeira.

49. Ao ocupar toda a parede, o espelho aumenta o campo visual da sala

Foto: Reprodução / Roberto Migotto

Foto: Reprodução / Roberto Migotto

Se você acha que apenas o espelho em sua decoração não é o suficiente, faça como nessa sala de jantar, em que arandelas foram aplicadas de forma espaçada.

50. O pendente junto a mesa grande é ótima combinação para salas amplas

Foto: Reprodução / Marília Veiga

Foto: Reprodução / Marília Veiga

“Uma bela moldura agregará mais nobreza ao seu espelho”, afirma Zaghe. No exemplo de sala de jantar, os espelhos retangulares foram aplicados de modo que a parede branca possa emoldurá-los e provocar um aspecto inusitado na sala.

51. O espelho que se transformou também em quadro foge totalmente do tradicional

Foto: Reprodução / Aquiles Nícolas Kílaris

Foto: Reprodução / Aquiles Nícolas Kílaris

O quadro de espelho é uma opção ousada para os que desejam algo diferenciado. Paredes de espelhos inteiriços podem ser cansativos, por isso, há formas mais contemporâneas de utilizá-lo nas decorações.

52. O dourado quebra a rusticidade da madeira e traz requinte ao local

Foto: Reprodução / Maristela Gorayeb

Foto: Reprodução / Maristela Gorayeb

A arquiteta Zaghe nos atenta para que tomemos cuidado com os excessos, pois uma sala ou quarto com muitos espelhos pode acabar sendo confuso e estressante. Neste caso, o espaço, além de ser amplo, não possui muitos detalhes, por isso a utilização de vários espelhos acabou dando mais charme ainda ao ambiente.

53. Os tijolos aparentes fizeram ótima combinação com o conjunto de imagens em destaque.

Foto: Reprodução / Villa Arquitetura

Foto: Reprodução / Villa Arquitetura

Imagens em preto e branco são clássicos e vão bem em qualquer lugar da casa, geralmente retratam memórias e provocam contemplação.

54. Para não precisar fixar cada foto individualmente na parede, adquira apoiadores e coloque quantas preferir

Foto: Reprodução / Villa Arquitetura

Foto: Reprodução / Villa Arquitetura

O corredor é uma área da casa que também merece ser decorado. Neste apartamento foi necessário fazer uma iluminação especial para ressaltar as fotografias da parede.

55. O painel de fotos deixa o quarto ainda mais aconchegante

Foto: Reprodução / Maria Helena Torres’

Foto: Reprodução / Maria Helena Torres

“Quando se trata de fotos, imagino dois tipos de organização: As das fotos pequenas e a das fotos grandes. Quando são várias fotos pequenas elas devem ser agrupadas e organizadas em uma só parede”, diz Zaghe. Os pendentes ajudam a iluminar as fotografias em preto e branco e também acabam substituindo o tradicional abajur.

56. Expor suas fotografias na decoração pode ser uma forma de demonstrar carinho e amor

Foto: Reprodução / Raduan Arquitetura

Foto: Reprodução / Raduan Arquitetura

Para dar harmonia e criar uma unidade, Zaghe dá a dica de organizar as fotografias com a mesma distância uma da outra.

57. Os pôsteres são emoldurados pela parede escura

Foto: Reprodução / LAM Arquitetura

Foto: Reprodução / LAM Arquitetura

“O ideal é criar uma altura central (mais ou menos 1,60 metros do chão, que á a altura média das pessoas) e a partir dela, instalar seus quadros.”, explica Zaghe. No caso de pôsteres, essa dica pode mudar, já que é importante que sobre pelo menos uma faixa de espaço na parte superior da parede.

58. O fundo marrom complementa as imagens organizadas na estante

Foto: Reprodução / Flávia Freitas

Foto: Reprodução / Flávia Freitas

No que diz respeito ao seu gosto pessoal, Zaghe afirma preferir criar um padrão mais conciso, por exemplo, mesmas cores de molduras com tipologias diferentes (clássica, reta, veneziana) ou mesma tipologia de cores diferentes.

59. Os vasos decorativos complementam bem tanto espaços externos quanto internos

Foto: Reprodução / Espaço do Traço

Foto: Reprodução / Espaço do Traço

A entrada dessa propriedade recebeu um painel de espelho bisotado e um luxuoso lustre. No entanto, são as imagens naturais na parede que dão movimento e tranquilidade ao espaço.

60. O espelho ao meio funciona perfeitamente na composição ao refletir a obra dourada localizada do outro lado da sala

Foto: Reprodução / Casa de Valentina

Foto: Reprodução / Casa de Valentina

O uso de molduras na decoração de paredes com fotografias é opcional, mas, neste caso, a imagem emoldurada ganha imponência e completa a sala de estar.

61. Se não deseja furar suas paredes, encoste os quadros sobre mesas ou aparadores, com certeza seu espaço ganha um charme a mais

Foto: Reprodução / Ju Nejaim

Foto: Reprodução / Ju Nejaim

A textura é uma opção interessante à parede pintada convencional. Nesta sala de jantar foi aplicado um tipo de pedra sintética 3D em forma de pirâmide, deixando apenas uma faixa para o espelho.

62. Com as texturas a parede branca deixa de ser monótona e até mesmo dispensa outros elementos decorativos

Foto: Reprodução / Rerthy Revestimentos

Foto: Reprodução / Rerthy Revestimentos

As texturas mais tradicionais são feitas a mão, utilizando a própria pintura da parede para criar desenhos padronizados. Mas, com o avanço na diversificação de materiais, e a fim de se economizar tempo e evitar muita sujeira, muitos tipos diferentes de revestimentos texturizados foram incluídos no mercado.

63. O quarto para as crianças também pode receber uma textura diferenciada

Foto: Reprodução / Rerthy Revestimentos

Foto: Reprodução / Rerthy Revestimentos

Utilizar texturas de cores neutras em quartos de bebês evita despesas extras no futuro, pois esse tipo de decoração fica bem em qualquer fase da vida. Neste quarto, a decoração infantil ficou por conta da estante recheada de bichinhos de pelúcia e mini vasos.

64. As cores escuras são elegantes, principalmente em painéis com texturas

Foto: Reprodução / Fotógrafa Le Anh Duc

Foto: Reprodução / Fotógrafa Le Anh Duc

Hoje em dia existe inúmeros tipos de textura no mercado. A que eu mais uso em meus projetos são as texturas que imitam concreto. A arquitetura industrial se encontra em alta novamente, e esse tipo de textura traz um ar vintage que esse estilo pede”, explica a arquiteta Zaghe.

65. O contemporâneo e o clássico se misturam nesse espaço

Foto: Reprodução / Renoir Design

Foto: Reprodução / Renoir Design

A alegria que a cor amarela traz ao ambiente é inegável, por isso, você pode aproveitar a ampla variedade de estilo e cores que o revestimento com textura permite e apostar nessa cor no seu ambiente.

66. Os revestimentos diferentes de cada parede dão personalidades diferentes para os ambientes

Foto: Reprodução / Raduan Arquitetura

Foto: Reprodução / Raduan Arquitetura

O revestimento de textura esconde qualquer defeito que a parede possa ter, deixando qualquer parede antiga com cara de nova. Utilizar texturas diferentes para cada parede é muito comum e pode ser uma boa pedida caso você queira renovar a aparência de um cômodo.

67. As plantas suculentas são delicadas e combinam com os mais variados lugares da casa

Foto: Reprodução / Eduardo Liotti Fotografia

Foto: Reprodução / Eduardo Liotti Fotografia

Esta sala de jantar tem como elemento decorativo principal sua parede revestida com uma textura 3D extremamente contemporânea. A predominância do branco acabou sendo valorizado pela iluminação presente.

68. A iluminação no teto ajuda a alongar a sala

Foto: Reprodução / Estúdio Cantuaria e Meireles

Foto: Reprodução / Estúdio Cantuaria e Meireles

O gesso possibilita uma grande variedade de estilos, para ajudar na hora de escolher o seu favorito, leve em consideração os demais revestimentos que ornamentarão seu espaço.

69. Os vasos decorativos são fundamentais na decoração

Foto: Reprodução / Complementto D

Foto: Reprodução / Complementto D

O gesso também pode vir revestindo apenas parte da parede, como no caso desta sala. Localizado na altura da visão, dispensa qualquer outro elemento decorativo.

70. As luzes que saem do painel amadeirado criam um ambiente diferenciado

Foto: Reprodução / Luana Gaspar

Foto: Reprodução / Luana Gaspar

O efeito provocado pelo gesso é único e confere personalidade ao ambiente. Esse material pode ser usado não só em residências, mas também em empresas e comércios, sem preocupações.

71. Revestimento 3D recebe ainda mais destaque devido à decoração sóbria

Foto: Reprodução / Luana Gaspar

Foto: Reprodução / Luana Gaspar

A aplicação do gesso se resume em dois tipos, a primeira é quando a aplicação é feita direto na chamada alvenaria, e a segunda consiste em uma estrutura já montada sob a parede.

72. Para contribuir com a decoração clean do banheiro, nada melhor do que adicionar gesso em sua cor natural

Foto: Reprodução / Mariana Arnellas

Foto: Reprodução / Mariana Arnellas

É comum que as pessoas procurem pelo gesso para ser adicionado como acabamento no teto de suas casas. No entanto, ele também pode vir ornamentando paredes inteiras, inclusive de banheiros.

73. As paredes ganham mais movimento com o acabamento em gesso

Foto: Reprodução / Casa de Valentina

Foto: Reprodução / Casa de Valentina

É possível encontrar esse tipo de revestimento em vitrines de lojas também, pois sua aplicação é relativamente fácil e qualquer profissional da área poderá orientar sobre futuras manutenções.

74. A parede em gesso ao fundo dá volume à parede e deixa a sala de banho ainda mais luxuosa

Foto: Reprodução / Mariana Arnellas

Foto: Reprodução / Mariana Arnellas

“A grande vantagem das placas de gesso é que são de baixo custo e rapidez na execução, e sobretudo podem resultar em decorações lindíssimas”, finaliza Zaghe.

75. O tecido permite que a aplicação seja feita também em outros elementos do quarto

Foto: Reprodução / Analore

Foto: Reprodução / Analore

O material têxtil, como o usado neste quarto, pode remeter as mais diferentes atmosferas. Neste caso, a decoração é de tema campestre, a parede combina com as almofadas e a colcha.

76. Os detalhes em verde revelam um local acolhedor e agradável

Foto: Reprodução / Conceição Barbosa

Foto: Reprodução / Conceição Barbosa

A cozinha com detalhes das típicas casas americanas recebeu a aplicação do tecido estampado em todas as suas paredes. A principal vantagem do uso do tecido, para Zaghe, é o baixo custo quando comparado aos papéis de parede. O resultado é similar mesmo sem a necessidade de uma mão de obra especializada.

77. A cabeceira recebeu um tecido de cores alegres e estampa divertida

Foto: Reprodução / Maxma Studio

Foto: Reprodução / Maxma Studio

Assim como os papéis de parede, os tecidos são diversos e podem atender todos os gostos. Para facilitar na aplicação do material, procure adquirir o tecido na medida certa da parede.

78. A facilidade em combinar elementos da cama com a parede é grande, uma vez que os tecidos podem ser aplicados a quase todos os materiais

Foto: Reprodução / Ana Luisa Previde

Foto: Reprodução / Ana Luisa Previde

“A parede não precisa estar totalmente lisa, e o material utilizado é basicamente cola e tecido. O resultado é como o do papel de parede, mas com aquele estilo hand made”, complementa Zaghe.

79. Devido a semelhança, pode ser difícil diferenciar o papel de parede do tecido

Foto: Reprodução / Espaço do Traço

Foto: Reprodução / Espaço do Traço

Já é possível encontrar tecidos que já vem com adesivos próprios para serem aplicados em paredes e alguns, até mesmo impermeabilizados, prontos para serem usados em banheiros e áreas úmidas.

80. A estampa pied de poule cai bem tanto em vestimentas, quanto em materiais de decoração

Foto: Reprodução / Ana Balbinot

Foto: Reprodução / Ana Balbinot

Independente do tipo de tecido que você escolher é possível você mesma aplicá-lo nas paredes de sua casa. O processo é simples e não demanda muito material. A dica é começar de cima para baixo e sempre garantir pelo menos um palmo de tecido para fazer o acabamento.

Tendência na decoração de paredes: o lambe-lambe

Foto: Reprodução / Papel Decor

Foto: Reprodução / Papel Decor

A arquiteta Roberta Zaghe também fez questão de nos inteirar sobre a mais nova tendência entre os designers e arquitetos: o lambe-lambe. De novo mesmo, a expressão lambe-lambe não tem nada, já que foi muito usada antigamente como um nome dado aos fotógrafos de rua, mas que depois de algum tempo passou a ser aderido pelos publicitários para dar nome a cartazes de finalidade comercial, explica Zaghe.

“Hoje, trouxemos o lambe-lambe para dentro das residências mais descoladas, colorindo paredes de um jeito diferente. O resultado é um papel de parede com uma estética de arte de rua. E o melhor, você mesmo pode fazer de maneira muito fácil e divertida. Existem inúmeras lojas que vendem o material pronto. Mas com criatividade, uma boa impressora e cola branca, voce pode desenvolver em sua própria casa e decorar suas paredes de forma personalizada”.

Depois de se inspirar na lista de diferentes ambientes decorados, que tal deixar as paredes lisas e monótonas de lado para apostar em novas tendências? Use sua criatividade e escolha a décor que mais combina com você.