Pedra portuguesa: opções e propostas para diferentes ambientes

Escrito por Amanda Barata

iStock

Famosa por decorar o calçadão de Copacabana, a pedra portuguesa tem seu espaço garantido entre as preferências de arquitetos e designers. Em meio a tantas opções de pedras naturais disponíveis, as decorações de exteriores e interiores vêm trazendo a pedra portuguesa como elemento principal em diferentes ambientes.



Versátil e fácil de compor, o revestimento conta com variações que podem se adequar a todo tipo de ambiente. Para que você saiba como usar essa pedra no acabamento da sua decoração, trouxemos algumas informações importantes:

Índice do conteúdo:

Cores da pedra portuguesa

Tua Casa

Com o aumento da procura por esse tipo de revestimento, as pedras preta e branca ganharam concorrentes com cores diferentes, que proporcionem uma composição mais flexível e diferente, como as listadas abaixo:

Branca

A cor branca é uma das mais comuns e conta com as variações de tons neve e gelo, que se diferenciam por serem mais claras ou escuras. Muito utilizada em fachadas ou como elemento decorativo de interiores, o branco traz uma proposta mais clean e sofisticada.

Amarela

Apesar de amarelo, o tom conta com um efeito mais rústico e discreto, diferente da proposta original da cor. Muito usada em ambientes externos, faz ótima composição com pedras brancas e tem ótima aderência quando utilizado em mosaicos.

Vermelha

É a cor mais forte e chamativa dentre todas as opções. O vermelho tem variações de tonalidade desde a mais forte e marcante, que muito se assemelha a cor de argila, até um tom mais terroso, como um marrom de tom mais leve. É mais usada para ambientes externos, pelas características da cor.

Preta

Disputando com a cor branca, a pedra portuguesa preta também é bem acessível. Muito usada para compor mosaicos, essa tonalidade, que mais lembra um grafite, acaba sendo mais procurada para ambientes externos. As propostas de interiores usando esse tom são bem características e exigem muita atenção, não só por ser uma cor escura, mas também pelo acabamento da pedra.

Cinza

Também bem popular, a pedra portuguesa cinza tem maior aderência a ambientes internos e externos, em sua maioria para a segunda opção. Seja para revestimento de paredes ou do chão, essa tonalidade agrega bem por valorizar bastante o corte da pedra, trazendo uma proposta bem natural de acabamento.



Multicor

Nem tão conhecida, a pedra multicor sugere uma proposta diferenciada e inspira cuidados na hora das combinações. Por se tratar de uma pedra de acabamento rústico e aparência bem marcada, busque fazer combinações que tenham um efeito final que seja agradável e leve.

As características das pedras portuguesas são evidenciadas de acordo com a cor escolhida, ou ainda, pela combinação das mesmas. É importante que você avalie o espaço disponível, bem como as características desse ambiente, antes de escolher a sua cor favorita. Para te ajudar, vamos te mostrar algumas formas de usar os diferentes tipos de tons.

25 maneiras de usar a pedra portuguesa e transformar ambientes

A fim de desconstruir a imagem de um revestimento que até então era pensado exclusivamente para ambientes externos, trouxemos algumas inspirações modernas e totalmente acessíveis de diferentes espaços que foram transformados quando decorados com a pedra portuguesa.

1. Para uma entrada bem criativa

2. Na proposta de uma escada clean

3. Ou mais moderna e cheia de detalhes

4. Usar em degraus também é uma boa iniciativa

5. Para um toque sutil no banheiro

6. Ou um efeito incrível na sala

7. Uma outra proposta para degraus da área externa

Carla Mateuzzo Arquiteta



8. E até para uma proposta mais arrojada

9. Invista em uma boa iluminação para um efeito diferente

10. A combinação para a área externa é certeira

11. E deve combinar com o estilo da fachada

12. Sempre harmonizando com os demais revestimentos

13. Seja em fachadas mais imponentes

14. Ou em um hall de entrada mais discreto

15. Para um detalhe paginado no lavabo

16. Ou uma parede inteira no banheiro

17. Use para um efeito clean

Rabisco Arquitetura



18. Ou mais rústico e despojado

19. Para um quintal charmoso e personalizado

20. Em uma fachada moderna

21. Ou para uma área de convivência muito especial

22. Perfeita para ambientes mais rústicos

23. E aderente aos mais modernos espaços

24. Compondo sutilmente

25. Evidenciando com elegância

A pedra portuguesa conta com efeitos incríveis nas mais diversas formas de aplicação. Seja no detalhe do banheiro, ou para uma fachada inteira, a proposta é moderna, marcante e versátil.

Preço da pedra portuguesa

Como a maioria dos revestimentos, a pedra portuguesa é comercializada por metro quadrado. A variação de preços se dá não somente pelo fornecedor, mas também pela tonalidade da pedra escolhida.

As pedras mais comuns, como as de cor branca, preta e cinza têm variação de preço desde R$ 15 até R$ 30 o m², enquanto as mais diferentes, como a amarela, tem variação de preço entre R$30 e R$ 35 o m². Já os mosaicos costumam contar com um investimento inicial mais alto, que pode variar entre R$ 36 a R$ 55 o m².

Assentamento da pedra portuguesa

  1. Prepare a superfície para que ela esteja sem nenhuma irregularidade e livre de qualquer inconformidade que possa afetar a aplicação das pedras na região. Escolha preferencialmente terrenos planos e amplos a fim de garantir um resultado visual mais bonito.
  2. Dê início ao assentamento aplicando a argamassa, que deve estar seca, e assente as pedras sobre ela. Para compor essa argamassa, use 1 parte de cimento e 3 de areia. É importante que as pedras sejam aplicadas bem juntas umas das outras e que não haja vão entre elas. Depois de assentadas as pedras, deve ser aplicada uma mistura de cimento e areia nos vãos que ficarem entre elas.
  3. Após a aplicação das pedras, faz-se necessário o nivelamento das mesmas, com o uso de um soquete. Ao terminar esse processo, deve-se regar as pedras com um pouco de água, utilizando uma vassoura, mas tendo cuidado para não remover a argamassa.
  4. O acabamento deve ser realizado 24 horas após o nivelamento e aplicação das pedras. Esse processo consiste em jogar água, de forma mais abundante, sobre as pedras que devem ser mantidas úmidas por um período de cinco dias. É recomendado evitar todo e qualquer tipo de contato com o local assentado, de forma a não comprometer o resultado final.

Geralmente, as empresas que fornecem esse tipo de revestimento se encarregam de calcular a quantidade de cada material necessário, e muitas delas oferecem também o serviço de aplicação do mesmo. É importante que você conte com um projeto prévio de posicionamento das peças, para que sejam selecionados os desenhos do mosaico e sua coloração. O assentamento de pedra portuguesa permite uma infinidade de padrões e, dependendo do estilo pretendido, é necessário escolher com cautela o tamanho das pedras para que haja uniformidade. No geral, utilizam-se pedras de 3 x 3 centímetros, com altura de 4 a 6 centímetros. Dessa forma, você consegue um acabamento padrão e um resultado incrível. Aproveite as dicas e capriche na sua criação!