Plantas pequenas e bonitas para cultivar sem jardim

Foto: Reprodução / Gardenista

Foto: Reprodução / Gardenista

Publicidade

Plantas não são apenas peças chaves para criar uma decoração bacana, mas também purificam o ar e proporcionam uma sensação de frescor aos ambientes. Por isso, são elementos fundamentais para quem deseja ter uma casa cheia de vida!

Para casas e apartamentos pequenos, há diversas opções de plantas que podem ser mantidas sem jardim, desde que condições de iluminação natural e ventilação sejam observadas. Por conta disso, mesmo as espécies que se adaptam bem a ambientes internos e não precisam de muito espaço para se desenvolver necessitam de dedicação de um lugar especial.

Conheça espécies que são próprias para interiores e também dicas de como integrá-las à decoração do seu lar.

Vantagens de ter uma plantinha dentro de casa

Segundo o técnico agrícola e fundador da Ecojardim Vaner da Silva, existem inúmeras vantagens de se ter uma plantinha dentro de casa que a maioria das pessoas não conhece, e essas vantagens vão desde a decoração dos ambientes até a saúde física e mental dos moradores. Dentre os diversos benefícios, sete destaques foram feitos pelo profissional:

  1. O contato e a visualização do verde pode acalmar e diminuir os índices de pressão alta, depressão e conflitos;
  2. Plantas como o Lírio da paz, a Hera e o Clorofito purificam o ar e ajudam a diminuir a incidência de pó dentro de casa, por conta da renovação natural causada pela absorção de carbono e devolução de oxigênio para o ambiente;
  3. As plantas elevam o percentual de umidade dentro do ambiente;
  4. Ambientes com plantas podem se tornar mais frescos, já que elas minimizam a temperatura;
  5. A quantidade de bactérias e esporo de mofo do ar podem ser reduzidas por contribuição das plantas;
  6. Íons negativos produzidos por plantas compensam os positivos emitidos por eletrodomésticos e aparelho eletrônicos;
  7. Ambientes com plantas demonstram mais beleza e potencializam a integração de móveis na decoração.

Segundo Ana Beatriz Chamati, mestre em psicologia experimental pela PUC-SP e especialista em clínica analítico comportamental, ter plantas em casa auxilia na diminuição das preocupações e frustrações do dia a dia, a medida que canaliza a atenção para algo que dá prazer aos moradores. “Mexer com a terra é cuidar de outra vida, e isto tem um valor imenso para a saúde emocional. A jardinagem também pode ajudar a desenvolver outras habilidades, como responsabilidade e disciplina já que ter um jardim demanda cuidados constantes”, afirma.

A psicóloga, que atua com crianças e adolescentes, além de trabalhar com orientação parental no Núcleo Paradigma de São Paulo ainda dá a dica: “é ótimo ter ajuda das crianças nos cuidados com as plantas, assim elas desenvolvem essas características ao longo da infância”. Além disso, vale mencionar que essa também é uma ótima maneira de ensiná-las a cuidar do meio-ambiente e, assim, despertar o amor à natureza.

Ideias criativas para minijardins

Foto: Reprodução / A Bullseye View

Foto: Reprodução / A Bullseye View

Os minijardins tem se tornado um importante item na decoração de ambientes. “Conhecidos como terrários, esses espaços são pequenos oásis que possibilitam a entrada do verde em qualquer ambiente, precisando apenas de boa iluminação” afirma o técnico agrícola. Segundo Vaner, existem dois tipos de terrários, os abertos e os fechados e para a produção dos mesmos é necessário apenas um recipiente de vidro ou cerâmica, pedras rio que deverão ser colocadas ao fundo, pequenas lascas de carvão que auxiliam na absorção do excesso de umidade, substrato e as plantas”.

Publicidade

Minijardins fechados

Os terrários fechados costumam ter umidade alta, por isso pedem plantas que se comportem bem nesses ambientes. Nesta situação, o calor faz com que a água evapore e condense nas paredes do minijardim, escorrendo depois para o substrato.

Foto: Reprodução / <a href="  http://ambientalsustentavel.org/2014/aprenda-como-montar-um-terrario/"target="_blank">Ambiental Sustentável</a>

Publicidade

Foto: Reprodução / <a href="http://www.crateandbarrel.com/blog/closed-terrarium-how-to/"_blank">Crate and Barrel</a>

Publicidade

Foto: Reprodução / <a href="http://www.instructables.com/id/Stained-Glass-Terrarium-A-weekend-Project/">Instructables</a>

Foto: Reprodução / <a href="http://brooklyn-spaces.com/2012/03/twig-terrariums/">Brooklyn Spaces</a>

Foto: Reprodução / <a href="http://blog.kmnelsondesign.com/?p=437">Kmnelson Design</a>

Foto: Reprodução / <a href="http://blog.kmnelsondesign.com/?p=437">Kmnelson Design</a>

Foto: Reprodução / Houzz

Foto: Reprodução / Houzz

Minijardins abertos

Nos terrários abertos, é possível o cultivo de muitos tipos diferentes, desde que as espécies tenham a mesma necessidade hídrica. As mais utilizadas nesse tipo de minijardim são os cactos e as suculentas, mas nada impede que outros tipos também sejam cultivados.

Foto: Reprodução / <a href="http://www.instructables.com/id/Stained-Glass-Terrarium-A-weekend-Project/">Instructables</a>

Foto: Reprodução / <a href="http://brooklyn-spaces.com/2012/03/twig-terrariums/">Brooklyn Spaces</a>

Foto: Reprodução / <a href="http://blog.kmnelsondesign.com/?p=437">Kmnelson Design</a>

Foto: Reprodução / <a href="http://blog.kmnelsondesign.com/?p=437">Kmnelson Design</a>

Foto: Reprodução / Houzz

Foto: Reprodução / Houzz

Foto: Reprodução / <a href="https://minijardins.wordpress.com/2014/11/13/mini-jardim-em-saladeira/" target="_blank">Mini Jardins</a>

Foto: Reprodução / <a href=" http://www.elo7.com.br/terrario-suculentas-taca-marinhoprata/dp/48050A?selectedWebCode=B1D781" target="_blank">Elo 7</a>

Foto: Reprodução / <a href=Mini Jardins

Foto: Reprodução / <a href="https://minijardins.wordpress.com/Mini Jardins</a>”>

Foto: Reprodução / <a href=" http://soniaguriaarteira.blogspot.com.br/2014_08_01_archive.html">Sonia Guria Arteira</a>

Foto: Reprodução / <a href="http://blog.westelm.com/2012/04/17/mothers-day-terrarium-by-nicole-balch-of-making-it-lovely/>Westel</a></p>
<p class=Foto: Reprodução / Westelm

Foto: Reprodução / <a href="http://www.angelasbellaflora.com/product_detail.php?id=13">Angelas Bella Flora</a>

Foto: Reprodução / <a href=" http://ideas.hallmark.com/spring-ideas/how-to-make-a-terrarium/">Hallmark</a>

Foto: Reprodução / <a href="http://www.instructables.com/id/How-to-make-a-beautiful-Terrarium-in-Minutes/">Instructables</a>

Foto: Reprodução / <a href=" http://www.mossandstonegardens.com/blog/one-tall-dish-baby/">Moss and stone gardens</a>

Foto: Reprodução / <a href="www.gotofurniture.com/earth-drop-table-terrarium-medium/" target="_blank">Go to furniture</a>

Foto: Reprodução / <a href=" http://www.thesill.com/blogs/theplanthunter/42336900-terrariums-101" target="_blank">The Sill</a>

Foto: Reprodução / <a href=" http://www.thesill.com/blogs/theplanthunter/42336900-terrariums-101" target="_blank">The Sill</a>

Foto: Reprodução / <a href=" http://www.thesill.com/blogs/theplanthunter/42336900-terrariums-101" target="_blank">The Sill</a>

Foto: Reprodução / <a href="http://livinator.com/terrariums-interior-design/ target="_blank">Livinator</a>

Foto: Reprodução / <a href="www.westelm.com" target="_blank">Westelm</a>

Nesses ambientes, a água evapora com maior facilidade e, por isso, é necessário que as plantas sejam regadas com mais frequência.

Melhores plantas para cultivar sem jardim

Para montar seu próprio terrário ou mesmo investir em vasos isolados para trazer o verde para dentro de casa, confira as espécies de plantas que melhor se adequam a espaços pequenos!

1. Suculentas

Foto: Reprodução / Serendipity

Foto: Reprodução / Serendipity

A capacidade de armazenar água e sua grande resistência faz com que as suculentas exijam pouca manutenção. Com um substrato bem drenado, água e algumas horas de diárias de sol, elas estarão presentes nas casas e apartamentos por um bom tempo.

2. Mini Cacto

Foto: Reprodução / Darby Smart

Foto: Reprodução / Darby Smart

Existem diversas espécies de cactos e, embora cada uma delas possua suas especificidades, todas necessitam de iluminação e uma boa nutrição à base de adubos orgânicos, minerais ou químicos para se desenvolverem.

3. Violetas

Foto: Getty Images

Foto: Getty Images

A violeta é uma planta delicada, mas de fácil cultivo. Essa é uma espécie perfeita para ser cultivada em vasos pequenos e em locais de iluminação difusa, como o lado interior de uma janela. Deve ser regada regularmente e não tolera o frio intenso.

4. Jades

Foto: Reprodução / KMID

Foto: Reprodução / KMID

A jade é uma espécie que gosta do sol, mas pode ser cultivada à meia sombra. A irrigação deve ocorrer com intervalos esparsos, porém deve ser regular. Essa planta se adapta bem a regiões litorâneas e é tolerante ao frio.

5. Pau D’água

Foto: Reprodução / Blog da Paisagista

Foto: Reprodução / Blog da Paisagista

Essa é uma espécie que gosta do calor e da umidade ambiental, por isso é uma boa opção para ser cultivada em minijardins abertos. Quando as folhas estão com as pontas secas, mostram um sinal de que a umidade está baixa, nesse caso é preciso que as regas sejam feitas com maior frequência.

6. Zamioculca

Foto: Reprodução / Leedy Interiors

Foto: Reprodução / Leedy Interiors

A zamioculca é ideal para ambientes com sombra, por isso pode ser uma boa escolha para apartamentos e casas pequenas que não possuem um local externo. São ótimas para quartos, salas de estar e escritórios, pois sua manutenção é muito baixa e sua resistência é enorme. Para quem não tem muito tempo e não consegue se dedicar tanto às plantas, essa é uma das espécies mais recomendadas!

7. Echeveria

Foto: Reprodução / Carter Rohrer

Foto: Reprodução / Carter Rohrer

A echeveria é uma espécie para minijardins abertos e pode formar uma linda composição com outras plantas, como bromélias. Além disso, também ficam lindas em vasos e podem arrematar a decoração de ambientes externos. Devem ser cultivadas a pleno sol e são bem tolerantes ao frio subtropical.

8. Ráfis

Foto: Reprodução / 1158 Design

Foto: Reprodução / 1158 Design

A Palmeira-Rápis é uma espécie elegante e ereta, muito utilizada na decoração de ambientes. Essa planta cresce lentamente, mas pode alcançar até 4 metros de altura, por isso é necessário que o morador tenha um espaço compatível se desejar ter uma ráfis dentro da sua casa. Pode ser cultivada em meia sombra em solo fértil e bem drenável com irrigação regular.

Em todos os casos acima, pontos como a luminosidade, a nutrição e a irrigação devem ser considerados. Apesar de se adaptarem em ambientes internos, as plantas são seres vivos que necessitam de luz para se desenvolver. Desde o substrato do plantio à nutrição periódica, diversos fatores são essenciais para que as plantas fiquem menos suscetíveis à doenças. A irrigação, por exemplo, está diretamente ligada à sobrevivência, por isso é necessário que o solo seja analisado antes da rega e que as espécimes de áreas internas recebam menos água que as plantas de áreas externas.

Como escolher o melhor lugar para o minijardim

Foto: Reprodução / West Elm

Foto: Reprodução / West Elm

A iluminação é o ponto principal para o desenvolvimento de qualquer planta. Por isso, mesmo que esteja em área interna, a iluminação natural deve ser priorizada para um bom desenvolvimento. Existem inúmeras espécies que podem ser cultivadas dentro de casas pequenas e apartamentos, porém é preciso que o morador se atente ao porte de cada tipo para escolher um que se adeque ao espaço disponível para o cultivo. “Plantas como algumas palmeiras, por exemplo, tendem a tomar mais espaço no ambiente e demandam vasos maiores”, adverte o técnico agrícola.

Vídeos que vão te ajudar na hora de montar seu minijardim

Depois de analisar o espaço que você tem disponível e as orientações gerais do profissional para o cultivo de plantas sem jardim, inspire-se em quatro ideias criativas para montar oseu próprio minijardim e dar um pouco mais de vida à sua casa!

Como fazer uma minifloreira de apartamento

Passo a passo de como fazer uma estrutura com materiais simples e reciclados para prender vasos e formar uma microfloreira para ser colocada em um apartamento pequeno.

Passo a passo minijardim de cactos e suculentas

Aprenda montar um minijardim utilizando um único vaso para diferentes espécies de plantas.

Aprenda a montar um terrário

Como montar um minijardim dentro de um vaso transparente pequeno para decorar sua casa de uma maneira fácil e bonita, com plantas da sua preferência.

Minijardim

Demonstração de como montar um jardim decorado dentro de um vaso de cerâmica.

Hoje em dia, existem diversas opções para cultivar um jardim, seja de solo ou em vasos. Não deixe que a falta de espaço lhe prive dos benefícios de ter uma plantinha dentro de casa! Agora que já sabe como cultivar as espécies certas nos ambientes internos, mãos à obra.