Platibanda: estilo e funcionalidade para uma fachada contemporânea

Escrito por Ana Kordelos

Fonte: Reprodução / Happy Arquitetura

Destaque na fachada da residência, a platibanda pode ser considerada o coroamento da residência ou de um edifício. Com a função estética de esconder o telhado e as calhas, garante um ar mais contemporâneo e “clean” para a construção.

De acordo com os arquitetos Daniel Szego e Fernanda Sakabe, sócios do escritório SZK Arquitetura, a tendência em utilizar este recurso tem influência do período neoclássico e contemporâneo da arquitetura. “No primeiro, a platibanda era criada como adorno da cobertura, valorizando este coroamento. Já no estilo contemporâneo, este elemento começou a ser utilizado como fechamento da laje, impermeabilizando ou escondendo o telhado, criando a sensação de continuação da fachada”, esclarece a dupla.

Beiral X platibanda

Fonte: Reprodução / Patricia Azoni

Além da aparência, os dois tipos de coberturas se diferem em função e na forma em que são instalados. Conforme explicam os arquitetos, enquanto a platibanda é o fechamento vertical da cobertura, com a função de esconder as calhas e os telhados, ou a laje plana, maquinários como ar condicionados e a impermeabilização, o beiral é um elemento horizontal, podendo ser do próprio telhado ou algum outro material, como alvenaria, madeira ou placa cimentícia. “O que determinará a escolha entre platibanda e beiral é o estilo arquitetônico desejado para a construção”, concluem Daniel e Fernanda.

Vantagens e desvantagens

Fonte: Reprodução / PVJ Arquitetura

Dentre as vantagens em se optar pelo uso da platibanda, os profissionais destacam sua função construtiva, onde ela serve de anteparo para construções que possuam laje em sua cobertura, escondendo calhas e maquinários. “A escolha por um telhado embutido pode ser benéfica no quesito financeiro, já que é uma construção mais barata e rápida do que o telhado convencional”, explicam os arquitetos.

Outro ponto de destaque é sua função estética, que garante um estilo “mais clean, evidenciando a fachada e a verticalidade da construção”, complementam. Com ela, o telhado fica oculto, escondendo toda a estrutura das vigas de madeira e telhas.

Conforme opinam os profissionais, a única desvantagem na utilização de platibanda é que, sem o beiral, a fachada fica mais exposta aos efeitos das chuvas e do Sol, deixando de criar uma espécie de proteção para as janelas e portas.

50 casas com platibandas para uma fachada sensacional

Ainda com dúvidas de que a platibanda é uma ótima opção de cobertura? Então confira uma seleção de belas fachadas que utilizam este elemento e inspire-se:

1. Com paredes recuadas

Fonte: Reprodução / Happy Arquitetura

Uma das grandes vantagens do beiral sobre a platibanda são as áreas de sombra proporcionadas por este elemento. Este projeto demonstra que com planejamento e paredes recuadas, esse objetivo pode ser atingido também com a platibanda.

2. Contraste de cores e materiais

Fonte: Reprodução / Gramaglia Arquitetura

Para garantir uma fachada com visual diferenciado, uma boa dica é apostar em materiais diferentes e cores variadas e contrastantes.

3. Presente também em casas térreas

Fonte: Reprodução / Cornetta Arquitetura

Apesar deste estilo de cobertura estar mais presente em construções com mais de um andar, as casas térreas também ganham mais charme com a platibanda. Este foi elaborada com cimento, garantindo visual único.

4. Utilizando diferentes alturas

Fonte: Reprodução / Grupo PR Arquitetura

Como a residência está alocada em uma rua em desnível e é formada com blocos diferentes, o uso de platibandas com alturas diferentes incrementa o visual da fachada.

5. Em um só tom

Fonte: Reprodução / 1:1 Arquitetura:Design

Como a fachada não possui divisões, sendo contínua do chão até a platibanda, nada melhor do que eleger apenas uma cor para garantir visual marcante à residência.

6. Mix de cores e materiais

Fonte: Reprodução / Guardini + Stancati

Enquanto o primeiro e segundo andar recebem acabamento padrão em cor branca, uma parede com tijolos aparentes se estende pelos dois níveis, deixando a fachada com mais personalidade.

7. Que tal utilizar as duas coberturas?

Fonte: Reprodução / Kako Braga

Enquanto a maior parte da fachada utiliza a platibanda como elemento de cobertura, a torre localizada na lateral da residência ganha um telhado de uma água para um visual diferenciado.

8. Contando com uma cobertura para a entrada

Fonte: Reprodução / Janine & Sagarra Arquitetura

Para quem deseja utilizar a platibanda na construção, mas não abre mão de uma entrada protegida do vento, chuva e Sol, basta adicionar uma cobertura dedicada à está área.

9. Com visual divertido e cheio de estilo

Fonte: Reprodução / Andrea Andrade

Para garantir uma fachada diferenciada, este projeto ganha diferentes níveis e cores, utilizando a platibanda como cobertura em cada um deles.

10. Tendência contemporânea e muita privacidade

Fonte: Reprodução / Frederico Zanelato Arquitetos

Quem busca privacidade vai adorar esta fachada. Com amplas paredes e platibanda, o visual minimalista garante privacidade por não possuir janelas amplas que possam expor seu interior.

11. Destacando o segundo andar

Fonte: Reprodução / Camila Fleck

Para deixar a fachada mais interessante, o segundo andar ganhou revestimento de pequenas placas de madeira, se destacando junto às paredes pintadas na cor branca.

12. Trio de estilo: branco, cinza e madeira

Fonte: Reprodução / Zaav Arquitetura

Uma das combinações mais utilizadas e que é sucesso garantido é mesclar a cor branca, com o cinza do cimento e a madeira em seu tom natural, garantindo uma fachada cheia de personalidade e estilo.

13. Destaque especial para a porta

Fonte: Reprodução / Renata Matos

Contando com tons neutros e uso de madeira, o destaque desta fachada fica por conta da entrada, onde a porta ganha uma moldura especial, alongando sua dimensão.

14. Brincando com contrastes e proporções

Fonte: Reprodução / HAUS Arquitetura

Enquanto algumas paredes permanecem na cor branca, outras ganham revestimento com material em tom escuro, garantindo uma composição moderna e marcante.

15. Curvas e telhado convencional

Fonte: Reprodução / Aquiles Nícolas Kílaris

Esse projeto é uma prova de que a platibanda também pode ganhar curvas para incrementar o visual. Nesta residência, além deste elemento, o telhado tradicional também pode ser visualizado em parte da casa.

16. Pequenos detalhes ajudam a mudar o visual

Fonte: Reprodução / AS Arquitetura e Engenharia

Para garantir maior destaque para a entrada desta casa, um portal em cor vibrante destaca a região da porta, garantindo que ela seja vista mesmo ao longe.

17. Diferentes tons de marrom

Fonte: Reprodução / Angela Meza

Cor que nunca sai de moda e que incrementa o visual de qualquer parede, o marrom é visualizado em diferentes momentos desta fachada: na longa coluna em tom mais escuro, na madeira que adorna a garagem em tom mais claro e na ampla porta de entrada.

18. Vale brincar com formas diferentes

Fonte: Reprodução / Renata Bertoni

Adicionando mais estilo e deixando a fachada ainda mais interessante, a parte central desta residência conta com amplas janelas de vidro e cobertura arredondada, além do tom vibrante em conjunto com a cor branca.

19. Sem janelas, mas com ampla porta

Fonte: Reprodução / A1 Arquitetura

Contando com uma arquitetura moderna, esta casa não possui janelas em sua fachada, mas uma ampla entrada que atravessa a construção. O uso da madeira deixa o visual ainda mais interessante.

20. Paredes recuadas e entrada coberta

Fonte: Reprodução / Deborah Roig

Outro belo exemplo de como utilizar paredes recuadas garantem espaços cobertos sem a necessidade de uma construção adicional na fachada da casa.

21. Linhas retas e continuidade

Fonte: Reprodução / Thiago Borges Mendes Arquitetura

Para quem busca uma fachada com ares minimalista, uma boa opção é apostar em uma construção que utilize linhas retas, garantindo a sensação de continuidade.

22. Design simples, mas marcante

Fonte: Reprodução / Rafael Paiva

Sem a necessidade de muitos detalhes, esta casa térrea ganha destaque pelos materiais utilizados e paleta de cores escolhida. Destaque especial para a porta em vermelho vibrante.

23. Amplas janelas e paredes contínuas

Fonte: Reprodução / Denise Barreto

Como a platibanda é a continuação das amplas paredes sem detalhes, nada melhor do que eleger o vidro como material que quebre esta seriedade.

24. Vale utilizar recortes e portais

Fonte: Reprodução / Biazus Arquitetura

Para deixar a fachada ainda mais interessante, é possível adicionar portais ou recortes na platibanda para destacar áreas específicas da construção, como a área da porta de entrada.

25. Escondendo a área de lazer

Fonte: Reprodução / FCstudio

Nesta construção, a platibanda possui uma função extra: ela delimita a área de lazer, escondendo-a de quem visualiza a construção da rua, garantindo maior privacidade aos moradores.

26. As curvas garantem suavidade, mudando o visual

Fonte: Reprodução / Biazus Arquitetura

Uma boa alternativa para quem vai utilizar a platibanda, mas deseja fugir da seriedade das linhas retas, é apostar em modelos com curvas orgânicas, suavizando a fachada.

27. Com a garagem no mesmo estilo

Fonte: Reprodução / Ana Paula e Sanderson

Como esta construção não conta com muitos detalhes, sua garagem acompanha o mesmo estilo decorativo, apostando em uma cobertura em linha reta.

28. Em formato de cubo

Fonte: Reprodução / Estudio Sespede

Apesar de possuir dois andares, este sobrado tem sua estrutura em formato de cubo, onde a fachada conta com paredes recuadas para garantir as áreas cobertas.

29. Como um bloco único

Fonte: Reprodução / Angela Pinho

Elaborada em cimento, esta fachada ganha estilo industrial e contemporâneo, garantindo toda a privacidade e estilos que os moradores tanto desejam.

30. Mesmo material nas duas portas

Fonte: Reprodução / Projeto3design

Possuindo formato diferenciado, contando com colunas e linhas retas, esta fachada ainda aposta na harmonia de utilizar o mesmo material nas duas portas: na porta de entrada e na garagem.

31. A beleza do tom sobre tom

Fonte: Reprodução / Delmondes Arquitetura

Para quem busca uma bela composição de cores, mas deseja fugir dos contrastes, vale a pena utilizar tons parecidos na fachada, sendo o mais claro em abundância e detalhes com o tom mais escuro.

32. Cores fazem a diferença, mesmo se não estiverem muito expostas

Fonte: Reprodução / Biazus Arquitetura

Uma boa dica para adicionar um charme extra na fachada é utilizar tons marcantes em pequenos detalhes, mesmo que não estejam tão visíveis – como a coluna que esconde a caixa d’água nesse projeto.

33. Madeira em abundância

Fonte: Reprodução / Elmor Arquitetura

Material que confere mais charme e requinte, apostar no uso de madeira para revestir áreas específicas da fachada pode garantir mais personalidade à construção.

34. Garagem garantida pelo recuo

Fonte: Reprodução / Brasil Rodrigues Arquitetos

Novamente o recurso do recuo de paredes associado ao uso da platibanda demonstra ser uma boa opção para quem deseja área cobertas, em qualquer espaço ou andar.

35. Design moderno e minimalista

Fonte: Reprodução / Jayme Bernardo

Com visual contemporâneo, esta casa em formato de cubo não possui muitos detalhes. Para manter seu design minimalista, tanto a janela do andar superior quanto a porta de entrada foram alinhadas.

36. Com ares industriais e tons de cinza

Fonte: Reprodução / Marcela Wandenkolk

Além do uso da cor cinza na decoração de todo o exterior, esta fachada é complementada por elementos decorativos no estilo industrial, como o guarda-corpo em metal pintado de preto.

37. Misture diferentes materiais

Fonte: Reprodução / Sbardelotto Arquitetura

Para um visual mais rico, uma boa opção é postar em diferentes materiais para decorar a fachada. Aqui, com um mix de tijolos aparentes, vidro e madeira, a residência se destaca em meio às outras.

38. Madeira faz a diferença

Fonte: Reprodução / Studio Gilson Barbosa

Um dos materiais que vem ganhando espaço também na decoração de áreas externas, a madeira garante mais charme e requinte a qualquer projeto. É importante optar por um material tratado para aguentar as variações climáticas.

39. Ideal para os amantes do branco

Fonte: Reprodução / Rita Albuquerque

Quem busca uma fachada em tons claros possui a cor branca como grande aliada. Uma boa dica para incrementar o visual do espaço, mesmo utilizando apenas um tom, é apostar em revestimentos com texturas diferentes.

40. Que tal um visual marcante?

Fonte: Reprodução / Seferin Arquitetura

Construções que utilizam este tipo de cobertura permitem ousar mais na escolha do formato da residência. Vale soltar a imaginação e apostar em uma construção fora do comum e cheia de estilo.

41. Ou então um visual mais rústico?

Apostar em um exterior elaborado com cimento queimado pode ser o toque que faltava para uma decoração contemporânea e com ares rústicos. Os cobogós em amarelo se destacam em meio ao cinza.

42. Vale apostar em materiais diferentes em uma mesma parede

Fonte: Reprodução / Habitat Arquitetura

Se a parede possuir grande extensão, vale brincar com materiais diferentes com cores parecidas para incrementar o visual e não deixá-la com aparência sem graça.

43. Presente também em projetos mais simples

Fonte: Reprodução / Martins Lucena

Versátil, a platibanda pode ser utilizada em construções de tamanhos variados, abrangendo desde sobrados com espaço de sobra e até embelezando e mudando o visual das menores casas.

44. Dupla de estilo: madeira e metal

Fonte: Reprodução / Taguá Arquitetura + Design

Ao utilizar a mistura de madeira como revestimento com elementos confeccionados em metais pintados de preto, é possível garantir um resultado belo e contemporâneo para a fachada.

45. Sem muitos detalhes, mas cheia de beleza

Fonte: Reprodução / Poché Arquitetura

Com poucos elementos de destaque, este sobrado conta com dois tons complementares nos diferentes níveis, e janelas idênticas nos dois andares. Estaque especial para a porta em madeira clara.

46. Com colunas e portais

Fonte: Reprodução / Sakaguti Arquitetos Associados

Para incrementar o visual da fachada, os elementos principais ganham a companhia de portais e colunas, os quais recebem o mesmo tom das paredes e ajudam a destacar os elementos principais da residência.

47. Com o recuo em destaque

Fonte: Reprodução / Pau Brasil Arquitetura

Com a parede correspondente à sacada em recuo para garantir uma área coberta, este elemento ganha formato de “L”, com pintura em tom diferente, destacando-se na fachada.

48. Vidro para mais estilo

Fonte: Reprodução / Rafael Grantham

Apesar de diminuir a privacidade dos moradores, adicionar vidro na fachada pode garantir economia de energia, já que este material permite a entrada da luz solar, inundando os ambientes internos de luminosidade.

49. Branco envolto no verde

Fonte: Reprodução / Dantas Bento

Com seu exterior todo em branco, esta casa garante destaque para o verde da natureza, cor abundante ao redor da construção, que deixa que o tom predomine na decoração da área externa.

50. Duo branco e preto para não errar

Fonte: Reprodução / Barbara Becker Arquitetura

Combinação clássica, a mistura de elementos nas cores branco e preto garante um resultado seguro para quem busca charme e beleza, independentemente do estilo decorativo eleito.

Os arquitetos ainda citam a possibilidade de transformar a fachada com telhado tradicional adicionando uma platibanda. “Neste caso, é importante procurar um arquiteto para avaliar a estrutura existente e a viabilidade de se fazer”, explicam.

Outros cuidados ao optar pela platibanda incluem garantir que ela possua boa fixação, evitando fissuras ou inclinação para dentro da laje com a exposição ao Sol e chuva. “Além disso, outro ponto importante é chanfrar o topo da platibanda no sentido da laje, para que não emposse água no topo, evitando que a sujeira escorra na fachada”, concluem os profissionais.

PARA VOCÊ