60 maneiras de utilizar porcelanato para área externa em seu projeto

Escrito por
Atualizado em 07.06.22

Ketlein Amorim Arquitetura

Por
Atualizado em 07.06.22

Escolher o porcelanato ideal para a área externa requer alguns cuidados básicos. Isso porque uma área que comumente fica exposta ao sol e a chuva precisa oferecer não só segurança aos moradores, como também durabilidade. E para trazer informações precisas sobre o tema, a arquiteta Marcela Zampere traz uma lista de sugestões certeiras de peças ideais para a sua obra.

Publicidade

Índice do conteúdo:

6 tipos de porcelanato para área externa que valem a pena investir

Um fator muito importante que deve ser levado em conta na hora de escolher a textura do porcelanato é se a área externa é coberta ou não. Caso não seja, é importante escolher um modelo de alta porosidade, por uma questão de segurança. Mas se tratando de estética, Marcela sugere os seguintes modelos:

Tipo cimento queimado

Ana Toscano Arquitetura

Publicidade

O porcelanato que imita o cimento queimado combina com todos os estilos de decoração e sua versatilidade permite que você o instale em qualquer tipo de área. Marcela aconselha que, para áreas descobertas, é fundamental que tenha acabamento hard, como o Downtown GR, da Portinari. Para áreas cobertas, como área gourmet ou corredor, o porcelanato acetinado está liberado.

Com textura de madeira

“A opção hard deste revestimento confere um toque mais rústico, ideal para áreas externas, como o modelo Giardino Be Hard 20×120, da Portinari. Os porcelanatos madeirados podem ser utilizados no lugar de decks na área da piscina, garantindo durabilidade, além de facilitar a manutenção se comparado ao deck de madeira. Também ficam interessantes em composição de paredes e fachadas externas”, sugere a arquiteta.

Textura Terrazo

Guilherme Torres

Publicidade

O porcelanato tipo terrazo é a opção para quem procura por um material de maior resistência, sem perder a elegância: “o terrazo traz a beleza dos grânulos de pedra e mármore, aliados à durabilidade e facilidade de manutenção do porcelanato. Esse material tem um valor mais alto que os demais, pois é considerado um porcelanato técnico, de alta performance com relação à durabilidade e resistência. A massa interna é da mesma coloração da superfície, sendo possível ótimo acabamento em meia esquadria e em escadas por exemplo”, explica Marcela.

Tipo Pedra

Para Zampere, porcelanatos que remetem texturas de pedras são opções certeiras para quem deseja criar uma atmosfera mais natural para a área externa: “para compor áreas próximas de jardins e piscinas, o porcelanato tipo pedra cria ambientes bastante acolhedores”.

Textura rústica

“O Eco Off White Ext, da Decortiles é ideal para um acabamento rústico na área externa, principalmente as que possuem espaço amplo, pois garantem uniformidade visual ao espaço e maior liberdade de composição com outros revestimentos. O tom bege, mais natural está super em alta também”, afirma Marcela.

Tipo mármore

Para quem deseja um toque de elegância no projeto, o porcelanato com aspecto de mármore travertino romano é o ideal. Para a arquiteta, o mármore natural além de mais caro, pede por uma manutenção mais rigorosa, e substitui-lo pelo porcelanato garante um melhor custo benefício.

Para a área externa, porcelanatos polidos devem ser evitados, pois além de escorregadios, mancham com mais facilidade. As nomenclaturas “hard” e “ext” são muito usadas pelas marcas para sinalizar o piso como apropriado para essas áreas, mas caso haja dúvida ao comprar, consulte um vendedor para te auxiliar da melhor maneira.

60 fotos de áreas externas com porcelanato para encherem os olhos

Os projetos a seguir contam com toda uma estrutura segura e caprichosamente charmosa que o porcelanato para a área externa oferece.

Publicidade

1. O porcelanato cimento queimado oferece um toque urbano

2. Assim como outros acabamentos com toque rústico

3. Além de serem versáteis, combinando com tudo

4. Garantem um toque de acolhimento de maneira elegante

5. Ambos combinam bem com variações de móveis e outros acabamentos

6. E deixam o projeto com um resultado requintado

7. Perceba como o piso marmorizado tem uma elegância única

8. Já neste projeto, a peça escolhida combinou com a alvenaria

9. A prova de que o cimento queimado vai bem com tudo, da madeira a corda

Ana Toscano Arquitetura

Publicidade

10. Para áreas descobertas, é importante escolher o porcelanato ideal

11. Pois quanto mais poroso, menos escorregadio ele será

12. Assim, acidentes em dias de chuva serão evitados

13. Tons escuros disfarçam manchas que podem surgir com o tempo

14. Que tal trocar a madeira natural pelo porcelanato que imita madeira?

15. Essa troca também é válida com pedras naturais

16. Pois além de maior durabilidade, a manutenção é muito mais em conta

17. Basta um produto neutro para manter a limpeza do porcelanato

18. E misturados a água, uma vassourinha para esfregar é suficiente

19. Isso para as áreas descobertas, que ficam expostas ao tempo

20. Pois para áreas cobertas, um pano úmido com produto é suficiente

21. Ao escolher o porcelanato, tente pensar em todas as características da área

22. Como o visual das paredes, e tudo o que irá compor a parte externa

23. Se haverá móveis, o ideal é que o porcelanato colabore com o destaque das peças

24. No projeto, você pode criar espaços com pisos diferentes

25. E também criar algo mais homogêneo, usando o mesmo acabamento para escadas e garagem

26. Um casamento perfeito entre o porcelanato da área gourmet e o deck

27. Que tal este acabamento rústico em meio ao gramado?

28. Já neste projeto, o porcelanato compôs não só o piso como também a bancada

29. Falando em combinações, o piso rústico possui a mesma cartela de cores da parede

30. Assim como esses diferentes porcelanatos da parte interna e externa

31. Aqui o cimento queimado foi certeiro para agregar no estilo industrial

32. Quanto maior o porcelanato, maior a sensação de amplitude

33. A porosidade do porcelanato é fundamental para a área da piscina

34. Assim ninguém corre o risco de escorregar ao sair descalço de dentro dela

35. Um piso rústico para móveis rústicos

36. Porcelanatos com bordas retificadas oferecem um acabamento incrível

37. Pois o rejunte de 1 centímetro fica quase invisível na instação

38. E dessa forma, o efeito alongado e sensação de amplitude é ainda mais garantido

39. Para a garagem, escolha uma peça que não seja danificado por possíveis manchas

40. Essa dica vale também para áreas com piscina

41. O acabamento que imita madeira é ideal para esta função

42. Além de dar um aspecto acolhedor ao ambiente

43. A parede em tom terroso ficou perfeita com o piso claro

44. E o mesmo efeito é garantido com a combinação com o tijolinho

45. No mesmo ambiente há o porcelanato madeira, o rústico e o terrazo

46. Para a transição de pisos, o porcelanato madeira também foi usado

47. Repare no design diferente criado entre o piso e a borda da piscina

48. Criar espaços com piso e gramado criam uma área acolhedora

49. O porcelanato na área externa deixa o visual ainda mais sofisticado

50. Podemos dizer o mesmo do acabamento terrazo

51. Aqui os acabamentos diferentes demarcaram cada área

52. Essa combinação de materiais distintos ficou fantástico, não acha?

53. Ao escolher o porcelanato, atente-se a nomenclatura das peças

54. Pois peças para área externa são identificadas como ext ou hard

55. Conte com a ajuda de um vendedor para encontrar tais especificações

56. Assim você não corre o risco de comprar porcelanato inapropriado

57. E ainda pode aproveitar a deixa para pedir aquele descontinho

58. Saiba também que o preço pode variar de acordo com o acabamento

59. Mas acredite, o investimento valerá cada centavo

60. Pois o seu projeto de área externa merece todo o carinho

Um projeto para a área externa requer cuidados, assim como a escolha ideal para o revestimento da piscina. Se em seu projeto esta categoria também está presente, não deixe de conferir a matéria para que sua obra fique ainda mais completa.