Apartamento de 38m² usa e abusa das cores sem ficar cansativo

Escrito por

Foto: Reprodução / Elena Fateeva

Continua após o anúncio



Vemos cada vez mais apartamentos com metragens reduzidas, algo que pode trazer desafios na hora de escolher o melhor projeto para quem está montando um lar para chamar de seu. No entanto, é diante das adversidades que as melhores ideias tendem a surgir, ainda mais quando se está em busca de um cantinho cheio de inspiração e personalidade.

É de Kiev, capital da Ucrânia, que vem um conceito que tem tudo a ver com quem procura uma forma de deixar seu espaço reduzido bastante funcional, sem perder o charme e o conforto. Trata-se de um apartamento de 38m² que sai do óbvio e apresenta cores marcantes e iluminação para ninguém botar defeito, em um projeto criado pela designer de interiores Elena Fateeva.

A amplitude do imóvel impressiona, já que consegue criar um espaço de escritório com uma mesa pra lá de espaçosa e até mesmo oferecer um closet para manter as roupas e outros objetos pessoais em perfeita ordem. É para deixar qualquer um impressionado!

Espaço pequeno e colorido: sim!

Foto: Reprodução / Elena Fateeva

O verde e o vermelho aparecem de forma predominante nesta decoração, que também se utiliza dos móveis de madeira e do cinza para a composição. A área de alimentação possui prateleiras que, não por acaso, trazem itens vermelhos que se conectam à luminária da mesma cor localizada ao lado do sofá.

Cozinha Verde

Foto: Reprodução / Elena Fateeva

Observando a cozinha mais de perto, percebe-se que todos os cantinhos foram aproveitados, com os eletrodomésticos escolhidos sob medida para não deixar nenhum item fora do lugar. Por mais que a geladeira não esteja aparente, ela está camuflada perfeitamente ao ambiente atrás de um armário falso.

Além de ser extremamente bem iluminada, trazendo spots de LED por toda a extensão da pia e da bancada, a cozinha ainda conta com vidros transparentes para proteger a parede de respingos e outros resíduos que teimam em surgir com a manipulação dos alimentos. Essas placas de vidro foram colocadas por cima do fundo verde e tornam a parede mais clara com a incidência da luz, o que dá contraste entre os armários e a área que conta com a pedra da bancada

Continua após o anúncio



Já a mesa de madeira traz o formato circular e está acompanhada de cadeiras com estofamentos brancos que não tiram a atenção dos objetos de decoração, muito pelo contrário. Com o conjunto de jantar mais sóbrio, o restante fica ainda mais destacado e bonito. Para completar, um lustre pendente, também redondo (vindo de uma base de gesso bem trabalhada), deixa o ambiente harmônico e aconchegante.

Piso claro

Foto: Reprodução / Elena Fateeva

O toque clássico que aparece na mesa também é visto no piso claro. Essa escolha não apenas deixa o restante das cores mais destacadas, como também dá amplitude ao ambiente de espaço limitado. Da mesma forma, usar o mesmo tipo e cor de piso em todos os ambientes também aumenta a sensação de que estamos em um lugar muito maior.

Sala confortável

Foto: Reprodução / Elena Fateeva

A escolha de um sofá em couro na sala de TV, porém em um tom mostarda, traz personalidade ao ambiente e permite que o morador fique confortável durante seu tempo de lazer, sem que isso deixe o ambiente pesado.

Assim como na cozinha, também aparecem como parte da decoração os tons vermelhos, seja na luminária ao lado do sofá, no quadro e até mesmo na manta que repousa no braço do estofado. Os tons de cinza, mais sóbrios, são vistos nas almofadas e cortinas, trazendo equilíbrio de cores ao design.

A luminária e o quadro seguem um estilo moderno e descolado, enquanto lustres pendentes e a mesa de centro, ambos em metal, complementam o charme da sala de estar e a deixam ainda mais contemporânea.

Foto: Reprodução / Elena Fateeva

Olhando por um novo ângulo, vemos na sala o tapete também vermelho, que completa a combinação do ambiente. Além disso, a mesa de centro aparece em sua totalidade e se mostra como um dos pontos de destaque da sala.

Continua após o anúncio



Foto: Reprodução / Elena Fateeva

Para dar a sensação de amplitude, dois espelhos foram colocados no espaço entre a sala e a cozinha. Entre eles, uma sacada genial: um revisteiro que vai do chão ao teto e deixa os jornais e outros objetos de leitura sempre à mão de quem está fazendo uso da mesa de refeições. A cor do revisteiro, inclusive, trabalha em conjunto com a cortina e as almofadas.

Vale destacar que as prateleiras que fazem parte da cozinha ainda conseguiram abrigar uma pequena adega para os vinhos favoritos do morador, um mimo à parte na hora de relaxar ou receber visitas.

Tem até um escritório

Foto: Reprodução / Elena Fateeva

O espaço de 38m² revela ainda um escritório ao lado do hall do apartamento, inclusive com direito a uma mesa bastante espaçosa quando o assunto é trabalhar ou estudar em casa. Um canto que poderia ser desperdiçado em outra situação acaba se tornando mais um lugar funcional dentro do imóvel, sem perder o estilo.

Foto: Reprodução / Elena Fateeva

A mesa branca com bordas pretas combina com a divisória que leva ao quarto, mantendo o tema deste lado do apartamento. A cadeira em metal conversa com os objetos da sala e conecta os dois ambientes, enquanto os quadros apenas pousados sobre a superfície da mesa trazem cores mais escuras se comparado com a peça de arte da sala, mas mantêm o ar contemporâneo.

Completam o ambiente a luminária de mesa moderna e os pendentes com detalhes em madeira, que seguem o tom usado para a mesa de jantar.

Muito conforto no quarto

Foto: Reprodução / Elena Fateeva

Continua após o anúncio



O quarto também é aconchegante, dando continuidade ao que se vê na sala no que diz respeito ao cinza da cortina. Iluminação é o que não falta, já que janelas vão do chão ao teto e dão amplitude também no cômodo de descanso.

O colchão está repousado sobre uma estrutura que, certamente, traz mais espaço para o armazenamento de objetos. Até mesmo a cama desarrumada é convidativa neste quarto arrojado.

Foto: Reprodução / Elena Fateeva

Todos os cantos possuem uma função neste projeto, e o quarto não é exceção. Mesmo o pequeno espaço abaixo de uma das janelas consegue acomodar os livros da pessoa que ali reside, enquanto a parede de drywall permite que exista luz na medida certa dentro deste ambiente.

Ao fundo, um painel com linhas sóbrias e iluminação em sua parte superior traz também luminárias pequenas e elegantes nas cabeceiras, feitas sob medida para quem quer relaxar e precisa de luz para a leitura de um bom livro.

Foto: Reprodução / Elena Fateeva

Manter a mesa de escritório no mesmo estilo da divisória faz todo o sentido, uma vez que um vidro faz a divisão entre os dois ambientes. As estruturas na cor preta marcam a separação do dormitório, mas não deixam o local pesado, já que o branco e os vidros, também na parte superior, predominam nesta separação.

Seguindo com o pé direito no quesito funcionalidade, a estrutura conta com uma porta de correr para quando for necessário uma maior privacidade. No entanto, a corrediça repousa do lado de fora do quarto, o que permite que um quadro também decore este ambiente internamente.

Foto: Reprodução / Elena Fateeva

O verde da cozinha e do hall de entrada retornam através dos armários que aparecem em frente à cama. No entanto, em vez de tomar o espaço da parede inteira, os móveis contam com uma disposição que cria uma espécie de bancada capaz de armazenar mais objetos e livros.

Closet organizado

Foto: Reprodução / Elena Fateeva

Você acha que o espaço de guarda-roupas deixa a desejar no quarto? Não se desespere, já que isso se dá tendo em vista o fato de que este apartamento possui um closet capaz de atender as demandas do morador. Sua existência agrega ainda mais valor ao imóvel de 38m², já que é praticamente impossível encontrar um closet em um espaço desse tamanho, e mostra o talento da responsável pelo projeto.

Mais uma vez, o verde aparece como protagonista através das paredes, no entanto, o ambiente não fica carregado, já que prateleiras e gavetas brancas e contrastam com a cor escura. A iluminação forte também ajuda a suavizar um espaço que poderia se tornar pesado demais por causa das paredes.

A organização é um destaque à parte: diversas prateleiras, espaço para os travesseiros, sapatos e casacos fazem a composição do local. As gavetas armazenam os itens menores, assim como as caixas organizadoras cinzas que se encaixam a alguns dos nichos.

Banheiro

Foto: Reprodução / Elena Fateeva

O banheiro, como não podia deixar de ser, segue o esquema temático do resto da casa, seja através do banquinho com pés metálicos ou pelo armário no mesmo tom de verde que armazena os objetos do local.

As pastilhas marcam a divisão entre os azulejos e os espelhos, os quais cobrem toda a parte superior de duas paredes e garantem a amplitude também deste cômodo mais reservado. O bege é a cor predominante aqui, fugindo um pouco do branco usual e dando mais vivacidade ao cômodo.

Portanto, metragem reduzida não é desculpa para deixar seu imóvel sem cor e personalidade. Além disso, com um pouco de planejamento, qualquer lugar pode se tornar aconchegante e espaçoso, por mais que não pareça à primeira vista.