25 truques para agilizar a rotina na cozinha

Escrito por Natália Cagnani
Foto: Getty Images

Foto: Getty Images

Foi-se o tempo em que gastar horas na cozinha era exclusivamente parte da rotina ou trabalho da mulher. Hoje, o gosto e a necessidade de cuidar da casa também passam pelos homens. E, como tempo anda curta para os dois lados, a prioridade é apostar na praticidade em tudo que fazem, inclusive na hora de organizar os utensílios, manter todo o ambiente limpo e preparar as refeições.

Com o dia a dia cada vez mais corrido, nada melhor do que dicas práticas para tornar as tarefas gastronômicas mais ágeis, poupar tempo e facilitar o cotidiano. Para ajudar homens e mulheres que gostam de pilotar o fogão e de manter a cozinha sempre limpa e organizada, mas que contam com pouco tempo no dia a dia, há alguns truques simples que são capazes de tornar a rotina mais agradável e rápida em todos os aspectos na hora de encarar as panelas. Afinal, praticidade na cozinha é tudo e pode fazer uma diferença grande na forma como você usa seu tempo.

A rotina na cozinha pode ser desgastante quando o tempo é escasso e a jornada de trabalho ou estudos é longa. “O ideal é deixar ao alcance dos olhos os materiais que são utilizados com frequência para facilitar a rotina do dia a dia. Outra dica para amenizar a correria diária é preparar porções de comida e congelar. Hoje, existem empresas que realizam esse trabalho proporcionando praticidade e economia”, revela a personal organizer, gerente da marca Dona Resolve, Paula Roberta Silva.

Por isso, confira a seguir 25 truques para manter os utensílios mais usados no dia a dia sempre à mão, o ambiente limpo e organizado e ainda garantir a qualidade no preparo das refeições, sem contar a economia de tempo, proporcionando mais horas livres para o descanso, um passeio com os amigos ou a companhia da família.

Organização

Foto: Getty Images

Foto: Getty Images

Tarefas domésticas como cozinhar, lavar e guardar fazem parte do dia a dia de quem cuida da casa, mesmo que a atenção não venha em tempo integral. Para agilizar o trabalho, algumas dicas são essenciais na hora de organizar.

1. Louças: a recomendação básica é deixá-las em locais acessíveis — prateleiras e armários mais baixos, as louças utilizadas com uma frequência maior. Peças sem tanto uso podem ser alocadas em prateleiras à parte ou na área superior dos armários, sem correr o risco de misturar com os itens do dia a dia e desorganizar a cozinha.

2. Alimentos em geral: alguns alimentos como macarrão, farinhas e sementes podem ser armazenados em recipientes de vidro para uma conservação melhor. Para facilitar a organização, vale indicar o nome do produto e a data de vencimento depois de retirá-lo da embalagem original.

3. Alimentos em lata: enlatados, depois de abertos, devem ser guardados na geladeira para que não corram o risco de oxidar. Quando as latas ainda estão fechadas, podem ser armazenadas na dispensa, da maior para a menor e divididas por categorias.

4. Eletrodomésticos: mantenha os eletrodomésticos dentro do armário para que a cozinha fique sempre organizada. Deixe para fora somente os aparelhos utilizados com maior frequência, como o liquidificador e a cafeteira, por exemplo.

5. Balcão da pia: esta é a sua área de trabalho, então deve estar sempre disponível para agilizar a rotina na cozinha. Deixe neste espaço somente o necessário, retire lixos de pia e opte por aqueles que ficam de pé para evitar risco de contaminação.

6. Temperos: para agilizar as tarefas domésticas e manter a cozinha sempre organizada, utilize um porta-tempero, deixando assim todos os condimentos ao alcance das mãos. Indique cada um pelo nome, sem esquecer-se de colocar a data de vencimento.

7. Talheres mais utilizados: os talheres devem ser separados por tipo. Garfos em uma parte, colheres em outra, facas, e assim por diante. Os menos utilizados podem ser guardados em locais diferentes, pode até ser em um lugar mais alto.

8. Panelas: há duas formas de organizar as panelas para ganhar mais agilidade na cozinha. Mantenha a simetria e separe cada uma por tipo. “Uma dica é virar a tampa da panela para fazer sobreposições de uma para a outra, ganhando ainda mais espaço”, ensina a especialista.

9. Prateleiras e armários: como as prateleiras e os armários baixos são mais acessíveis, opte por guardar tudo que for útil e prático no seu dia a dia. Nos lugares mais altos, armazene materiais e peças com menor frequência de uso.

10. Livros de receita: livros de receita são sempre bem-vindos, principalmente se for para ficar à mão na hora do aperto ou para uma consulta rápida. Separe-os em uma gaveta e tente deixar todos em único local, mantendo a organização e facilitando a busca.

Limpeza

Foto: Getty Images

Foto: Getty Images

Além do desafio de manter a cozinha organizada, a limpeza também é uma tarefa que requer dedicação e certo tempo. Isso, no entanto, não precisa ser sinônimo de demora ou longas horas do dia. É possível limpar bem e de forma rápida com a ajuda de algumas dicas práticas.

11. Fogão: o fogão exige alguns produtos específicos para facilitar a limpeza e agilizar a tarefa. Os mais recomendados são os desengordurantes e os detergentes neutros, encontrados em supermercados.

12. Geladeira: para limpar a parte interna da geladeira, aplique uma mistura de bicarbonato de sódio com um pouco de água em um pano úmido. Além da limpeza, a solução removerá qualquer cheiro indesejável que possa ter. Outra dica para facilitar o trabalho é acrescentar ali dentro um pequeno pedaço de carvão para manter longe os cheiros indesejáveis.

13. Lava-louças: o lava-louças pode ser limpo com detergentes neutros, evitando assim qualquer tipo de dano às peças que ali forem colocadas. Vale destacar que tudo que for delicado e lavado ao modo antigo (na mão) deve ser com o lado amarelo da esponja.

14. Piso: cada piso pede um determinado produto, específico para ele. Antes de comprar, confira as especificações no rótulo da embalagem.

15. Panelas queimadas: para facilitar a limpeza de resíduos de alimentos queimados e evitar aquele esforço excessivo de esfrega para cá e para lá, a melhor forma é deixar a panela no fogo com um pouco de água e detergente neutro. Na hora de lavar, o queimado sairá fácil.

16. Louça engordurada com azeite de oliva: para retirar excesso de óleo, deixe a louça em um recipiente com água morna e detergente neutro por alguns minutos.

17. Pratos com arranhões: louças mais desgastadas devem ser utilizadas no dia a dia. Reserve pratos especiais para receber visitas.

18. Cafeteira: aqui valem os mesmos ingredientes, detergente neutro e um pano úmido, para deixar a cafeteira limpa sem esforço.

19. Tábua para cortar alimentos: as melhores tábuas para cortar alimentos são as de bambu, pois correm menor risco de contaminação e não prejudicam o fio da faca. Para higienizá-las e remover gordura, utilize detergente neutro.

20. Micro-ondas: a limpeza do micro-ondas pode ser feita com detergente neutro, bicarbonato ou vinagre branco. Esta última opção é ótima para remover cheiros indesejados.

Preparação de alimentos

Foto: Getty Images

Foto: Getty Images

21. Cortar alimentos: muitos alimentos como cebolinha, pães, milho, ervilha, entre outros, podem ser cortados, armazenados e congelados para manter os nutrientes. “Cebola pode ser descartada e armazenada na geladeira dentro de um recipiente, bem como o pimentão e a salsinha”, acrescenta a personal organizer. Para o corte, separe uma tábua e a faca. Faça cortes verticais, começando pelo comprimento, e termine na horizontal no sentido da largura para cubinhos bem pequenos. Você também pode fazer tiras ou rodelas, dependendo do prato.

22. Cozinhar macarrão: massa é um dos pratos mais fáceis e rápidos de fazer. Use 1 litro de água para cada 100g de macarrão. Quando começar a ferver, adicione a massa, o sal e observe o tempo de cozimento na embalagem. Depois de cozinhar o macarrão, você pode congelar em porções variadas para levar ao trabalho ou agilizar uma janta futura.

23. Cortar e grelhar carne: um bom grelhado pede uma boa carne. Escolha peças de procedência confiável, embaladas a vácuo e com selo de inspeção. Corte a carne visualizando o sentido em que as fibras correm, mantendo a gordura para garantir suculência. Depois de selar o corte, acrescente o sal a gosto. Por fim, é só grelhar. Em caso de grande quantidade, você pode congelar o excedente.

24. Saladas: alface, rúcula, agrião, todas as folhas devem ser lavadas em uma solução de água e vinagre e, posteriormente, secadas antes de serem armazenadas em refratários na geladeira. Evite sacos plásticos, pois podem acelerar o amadurecimento dos vegetais e estragá-los. Outra dica é preparar saladas naqueles potes grandes de vidro, sem molho ou qualquer tipo de tempero. Na hora de servir o almoço ou a janta, basta temperar a gosto.

25. Comida congelada para a semana: fazer comida a mais e de uma única vez pode ser trabalhoso no início, mas o resultado rende para toda a semana e traz muita economia de tempo. Para quem trabalha o dia inteiro, os finais de semana são perfeitos para esta maratona gastronômica. Prepare porções para o decorrer dos dias e congele. Se preferir, consulte um profissional de nutrição para montar um cardápio saudável e variado. “Uma grande dica para armazenar os alimentos na geladeira e mantê-los com maior vida útil é utilizar refratários (recipientes de vidro) de acordo com a quantidade. Evitar armazenar pouca comida em vasilhas grandes”, destaca Paula Roberta Silva.

Nada melhor do que preparar a própria comida e ainda assim ter mais tempo livre sobrando, não é? Principalmente para quem tem o hábito de cozinhar, mesmo depois de uma jornada de trabalho. Agilizar a rotina gastronômica, sem ter que passar horas na frente do fogão, traz até mais gosto no preparo de um prato e mais sabor no tempero.

PARA VOCÊ

COMENTÁRIOS