Decoração afetiva e cheia de personalidade em um apê alugado

Escrito por Andressa Oliveira
Em 24.09.20

Roberta e Bruno se empenharam para decorar um pequeno apê alugado em São Paulo. Renovaram ambientes, consertaram imperfeições e apostaram em itens de decoração afetiva e cheios de significados para os dois, assim os espaços ganharam estilo e refletem bem a personalidade do casal. Conheça um pouco mais sobre esse lar:

Continua após o anúncio



Tipo de residência: apartamento

Área: 90 m²

Cidade: São Paulo, SP

Moradores: Roberta é matemática e musicista e tem como hobby o macramê e a costura. Seu marido, Bruno, é jornalista e músico. Ambos dividem o gosto por cuidar de plantas. Junto com eles, também vivem duas adoráveis cachorrinhas, a Duda e a Paçoca.

Diferencial: os desafios na decoração começaram com a metragem do apê, que era menor que a antiga residência do casal, e os móveis, que ganharam uma nova função na casa nova. Roberta conta: “o antigo buffet que suportava o aparelho de som precisou ir para cozinha, e hoje segura a lava-louças e guarda os alimentos”. Além disso, o ateliê de costura e macramê de Roberta teve que ser unido com o estúdio de música do casal. E por causa da pandemia de Covid-19, também acabou virando um escritório. Com surpresa, ela afirma “parecia que não iria caber, mas tudo se ajeitou”.

Estilo próprio em um apê alugado

O gosto de Roberta por decoração é antigo, ela diz que sempre gostou muito de cuidar da casa e relembra “ao longo dos anos, fui experimentando alguns estilos, como minimalista e escandinavo e percebi que seria difícil (para não falar sem graça) me manter fiel a qualquer um deles”. Assim, ela também percebeu que o mais legal é que o lar tenha a cara de seus moradores. Para o casal, a música é um elemento muito forte e está espalhada por todos os cantos da casa: “da vitrola de quando o Bruno era criança, passando por nossos discos, instrumentos musicais, até quadros com pôsteres de shows”.

Cores no hall de entrada

Meu Alugado

Continua após o anúncio



Roberta diz que o hall de entrada é “sem dúvidas, o hit do apartamento” e o aponta como uma das suas partes preferidas da casa. Com um fraco por quadros no chão e plantinhas, ela conta que de forma simples deixou o espaço charmoso e funcional e, claro, também colocou a mão na massa para executar o cabideiro. A cor que rouba a cena no arco é a Caipirinha, da Suvinil.

Música sempre presente na decoração

Segundo o casal, a vitrola é a alma da casa e passa quase o tempo todo ligada, embalando diferentes momentos do dia. Nesse espaço, Roberta instalou uma prateleira para quadros que usa como suporte para os vinis, que mudam conforme o dia. Para ela, “essa troca constante de discos ajuda a criar uma decoração viva, sempre em movimento”.

Luminária DIY e muitas plantas

Roberta adora criar itens de decoração para casa e um deles é essa luminária de mão francesa de pinus. Além de graciosa, a peça dá todo um charme para o ambiente à noite. As plantas estão sempre presente nos ambientes. E sobre isso, o casal afirma: “fomos adquirindo gosto por plantas e cuidar dessa natureza nos renova”.

Um sofá para se esparramar

Na sala, um grande sofá garante conforto para todos. Destaque para uma linda peça de macramê que Roberta produziu vendo um tutorial em vídeo.

Suavidade e força feminina na sala de jantar

Roberta relata que a sala de jantar é uma varanda fechada e para delimitar o espaço ela usou uma tinta rosa, que descreve como doce, e acrescenta “acho que a cor completou a sensação de aconchego da sala”. Quase tudo ali tem um pouco da mão, do empenho e do carinho de Roberta, desde a pintura até a instalação do pendente. Com graça, ela também diz “o Bruno quase sempre só observa”.

Continua após o anúncio



Uma queda por arranjos

Na mesas e em vários cantinhos do apê, há sempre um belo arranjo para arrematar a decoração. Roberta garante que nunca faltam flores pela casa, já que os arranjos também são uma de suas paixões. Ela também conta que, ao poucos, vem aprendendo mais sobre essa arte.

Um corredor gracioso

O corredor que leva para os quartos é pequeno. Para esse espaço, Roberta explica que preferiu usar itens que já tinha. Afirma, ainda, que a combinação planta e banquinho é uma de suas preferidas na decoração. O gancho moderno para a samambaia, comprado em uma loja local, chama atenção e é sempre alvo de perguntas.

Cores e formas delicadas no quarto

Há tempos, Roberta namorava a ideia de uma grande pintura circular na parede. E relembra: “quando cheguei nesse apartamento, tive certeza de que essa união estava na hora de acontecer”. A cor escolhida foi Nude, da Suvinil. Outro destaque no quarto é o charmoso lustre bola.

Criatividade nos arranjos

Roberta também aprecia os arranjos com flores secas e, com muita criatividade, transformou uma moringa em um elegante vaso que decora com charme a mesa de cabeceira.

Uma casa cheia de vida

Meu Alugado

Continua após o anúncio



As cachorras dominam todos os ambientes. E Roberta diz que adora vê-las juntos com as plantas: “sinto minha casa viva”.

Silêncio e paz para o repouso

O quarto é um lugar de repouso. Assim, o casal explorou elementos que transmitem calma, como as plantas que ajudam a relaxar e a mensagem no quadro: curtir o silêncio. A frase é a primeira imagem que veem ao acordar e a última antes de dormir. Além disso, faz referência a uma música do Depeche Mode, uma das bandas favoritas dos dois.

Um quarto de hóspedes multifuncional

O segundo quarto no apartamento virou um espaço multifuncional. Nesse ambiente, fica o estúdio que o casal faz músicas, o ateliê dos macramês de Roberta, um home office e, também, recebe hóspedes quando necessário. A faixa na cor titânio e o belíssimo macramê mostarda, que é o xodó de Roberta, dão o toque especial.

Home office e estúdio

Ainda nesse mesmo espaço fica o home office, a faixa cinza escuro também se repete para delimitar a área da escrivaninha. Nas prateleiras, os CDs que o casal mais escuta.

Praticidade e charme com prateleiras na cozinha

Roberta mostra o antigo móvel que acompanha o casal e antes servia de apoio para o rádio, “agora ele acomoda muito bem as coisas que precisamos na cozinha”. As prateleiras de pinus são práticas e armazenam copos, xícaras, panelas e travessas que o casal mais usa no dia a dia.

Armário aberto e mais plantinhas

Na foto, a estante que já acompanha o casal há um bom tempo. Sobre a peça, Roberta diz que em cada imóvel teve uma função e, agora, na cozinha, acomoda os pratos, utensílios e claro, mais plantinhas. Ela também revela que adora panos de pratos e ecobags com mensagens que signifiquem algo para ela.

Aproveitando todos os cantinhos

Roberta sempre arruma um jeito de aproveitar todos os cantinhos do apê, ao lado da porta da cozinha, ela colocou mais um gancho para pendurar sacolas e um banquinho com funções variadas, sobre o qual diz “ora nos acomoda na cozinha para um café, ora serve de apoio para o vaso de macela seca”.

Itens decorativos cheios de significados, plantas variadas e peças feitas com muito carinho adicionaram personalidade e transformam esse imóvel em um lar cheio de vida. E para deixar qualquer espaço mais agradável com um toque de verde, veja também ideias de plantas para apartamento.