Como trocar a resistência do chuveiro: passo a passo com segurança

Escrito por

Imagem: iStock

Continua após o anúncio



Se “como trocar a resistência do chuveiro” era uma questão extremamente difícil de imaginar como uma tarefa para você mesmo realizar, pare tudo o que você está fazendo! Não há nada pior do que, depois de um dia cansativo de trabalho, chegar em casa, correr para o banho e… nada de água quentinha para relaxar o corpo e a mente.

Saiba que podem existir dois tipos de problemas por aí: a rede elétrica de sua casa ou a resistência queimada do próprio chuveiro. Para o primeiro caso, é preciso contratar um profissional, como um eletricista, para resolver essa questão que é um pouco mais complexa. Já para o segundo caso, a solução é simples e prática, e para isso não tem jeito… A única saída mesmo é trocar a resistência por uma nova para conseguir ter um tempinho de relaxamento e prazer no banho morno ou quente.

Como trocar a resistência do chuveiro

Passo 1: Identifique o problema

Se ao ligar o chuveiro, a água não esquentou, desligue e ligue o disjuntor. Se o problema persistir e a água não voltar a aquecer, não tem jeito. Corra até uma loja específica e compre a nova resistência para seu chuveiro, de acordo com as especificações da peça, como modelo, voltagem e marca.

Passo 2: Desligue a energia

Nada de acidentes como choques elétricos ou quedas. Portanto, a primeira medida de segurança para trocar a resistência do chuveiro é desligar a chave geral e se certificar de secar o piso do banheiro, além de utilizar calçados com sola de borracha.

Passo 3: Posicione a escada

Utilize a escada ou banqueta para subir e se posicionar embaixo do chuveiro para conseguir abri-lo. Não se esqueça de se certificar de que o piso está mesmo seco, para evitar possíveis escorregões!

Passo 4: Abra o chuveiro

Com a chave de fenda, desmonte o chuveiro, retirando a parte de baixo, chamada de espalhador, e tome cuidado com a borracha que fica entre a câmara e a tampa para evitar futuros vazamentos. E desça da escada! Se a resistência estiver mesmo queimada, você notará o rompimento na espiral, além das marcas de queimado.

Passo 5: Limpe tudo

Se for necessário, antes da troca pela nova resistência, use a escova de dentes e a lixa para limpar a câmara e seus contatos, bem como os orifícios.

Continua após o anúncio



Passo 6: Faça a troca

Com o alicate, retire a resistência queimada. Seguir as instruções do fabricante é sempre uma boa na hora da recolocação da nova resistência. Entretanto, basta verificar a posição da resistência queimada e colocar a nova da mesma forma. Vale até tirar uma foto para seguir os mesmos passos.

Passo 7: Retorne o chuveiro

Trocou a resistência? Agora, utilize novamente a chave de fenda para remontar o chuveiro com a câmara, a tampa e o espalhador. Certifique-se novamente de parafusar corretamente para não ter problemas com vazamentos.

Passo 8: Água fria

Com tudo pronto, faça um simples teste. Ainda com o disjuntor desligado, abra o chuveiro e deixe a água fria cair por alguns minutos. O processo é importante para verificar vazamento e evitar que a nova resistência queime.

Passo 9: Água quente

Na sequência, ligue novamente a chave geral e faça um novo teste com o chuveiro, agora aquecido. Se houver água quentinha, então está tudo certo!

Encontrando o problema

Somente os chuveiros que são elétricos ou híbridos – aquele que mistura a energia elétrica e a energia solar – possuem resistência. A resistência é uma pequena peça metálica localizada internamente e praticamente responsável pelo total funcionamento do chuveiro. Ou seja, uma peça extremamente importante para seus banhos e aquele relaxamento tão esperado ao final do dia, certo?

Para que você entenda melhor, a resistência funciona, basicamente, da seguinte maneira: ao ligar o chuveiro, a corrente elétrica percorre todo o aparelho até a resistência e a esquenta. Com isso, a água também faz o mesmo caminho, inclusive passando pela resistência já aquecida – e também eleva sua própria temperatura. É aí que a água fica quente ou morna, dependendo do nível de temperatura desejado.

O chuveiro costuma ter dois modos específicos para que a água tenha a temperatura ideal, sem nos prejudicar. No modo “inverno”, por exemplo, a água fica bem mais aquecida, enquanto no modo “verão”, ao passar por uma área interna maior, a água permanece menos aquecida, proporcionando um banho mais agradável para seu bem-estar – e sua pele agradece!

O que provoca a queima da resistência do chuveiro?

Mas, você deve estar se perguntando o porquê que a resistência queima, certo? Bem, há algumas razões que podem explicar esse probleminha bem chato, além, claro, da própria vida útil de seu chuveiro elétrico. Entre as causas desse pequeno problema, estão:

  • – Banhos muito quentes e muito longos;
  • – Problemas com disjuntores elétricos;
  • – A voltagem de sua cada pode não ser a mesma do chuveiro;
  • – A sobrecarga do chuveiro, em função da pressão baixa;
  • – Problemas de fiação em seu banheiro.

Caso algum desses sinais apareça, você já pode ficar esperto quanto à troca da resistência do chuveiro de sua casa. Esse costuma ser um problema doméstico prático e rápido de ser resolvido, sem que você precise chamar ajuda ou pagar por um profissional para a troca da resistência. Exceto no caso de o problema ser maior, como o da rede elétrica, como já citamos por aqui. Neste caso, a ajuda profissional é mais do que recomendada, é necessária!

Continua após o anúncio



Tarefa simples e de fácil execução

Acredite, trocar a resistência do chuveiro é uma das tarefas mais simples e não coloca sua segurança em risco. Para isso, basta que você identifique que a peça, realmente, está queimada e siga passos bem rápidos para a colocação de uma nova peça. Entretanto, lembre-se: compre a resistência adequada ao modelo, voltagem e marca de seu chuveiro. Geralmente, essas informações estão identificadas no produto ou podem ser esclarecidas por uma simples conversa com um vendedor especializado no assunto.

A nova resistência precisa, necessariamente, ser compatível com o modelo e voltagem de seu chuveiro elétrico, caso contrário, mesmo que você realize a nova instalação de maneira correta, o funcionamento do aparelho ficará comprometido, além de fazer com que você gaste dinheiro à toa na compra. Tome cuidado com o produto e verifique também a qualidade da peça. Lojas especializadas em produtos como esse podem assegurar a compra da peça certa.