Conheça os diferentes tipos de piso para uma garagem cheia de estilo

Escrito por Ana Kordelos
Foto: Reprodução / Maurício Arruda

Foto: Reprodução / Maurício Arruda

Antigamente considerada como um local destinado somente para a passagem, a garagem hoje se torna parte importante da casa, a qual, assim como os outros ambientes, merece uma decoração caprichada e com a cara de seus donos.

Muitas vezes a garagem se torna o único acesso ao interior da residência ou escritório, demandando uma maior atenção na hora de escolher os materiais e itens decorativos para este espaço. Segundo a arquiteta Sandra Pompermayer, este é um dos principais motivos para buscar escolher “materiais de qualidade, bonitos e inovadores, garantindo um visual mais agradável e elegante para esta área”.

Além disso, a garagem frequentemente é utilizada como um local para colecionadores estacionarem itens valiosos como carros e motos, onde estes serão apresentados para amigos e familiares apreciarem estas conquistas. “Neste caso, a garagem pode inclusive ter uma ambientação com sofás e pôsteres, remetendo ao item colecionável”, explica a arquiteta.

Outros ainda utilizam as garagens como locais como oficina, uma extensão da área externa, living, refúgio e até sala de jogos, abrindo um leque de possibilidades para a utilização deste ambiente, de acordo com o espaço disponível.

Como escolher o piso para garagem

Foto: Reprodução / Kika Prata

Foto: Reprodução / Kika Prata

Para a profissional, além da parte estética é importante levar em consideração a qualidade dos materiais a serem escolhidos para serem aplicados como piso da garagem. “Qualidade e não preço, já que muitas das vezes nem sempre o mais caro é o mais indicado ao uso”.

Ainda segundo Sandra, outro ponto a ser levado em consideração é o seu posicionamento. “Por exemplo, se a garagem estiver em uma posição mais escondida, onde somente os moradores terão acesso, então pode receber um piso tipo cimento queimado ou mais simples”.

Porém, se a garagem ficar exposta à fachada da residência, a estética deverá influenciar na escolha dos materiais a serem utilizados. A profissional ainda explica que muitas vezes é utilizado o mesmo material da calçada até o interior da garagem. Estas são consideradas garagens externas, e dentre os pisos mais utilizados pode-se citar os intertravados, o mosaico português e pedras naturais produzidas em diversos formatos.

Segundo Sandra, estes são os favoritos para a garagem externa por serem drenantes, permeáveis e resistentes ao tráfego de veículos. “Mas esse tipo de material tem um a agravante: por serem porosos, óleo e graxas que possivelmente se soltam dos veículos são absorvidos com facilidade pelo material, se tornando muito difícil de se limpar”.

Já em garagens internas, Sandra revela que os materiais antiderrapantes são os favoritos, evitando possíveis acidentes domésticos aos serem molhados, além de serem uma boa opção para que possui crianças em casa, não as machucando em caso de queda. “Dentre os pisos muito utilizados neste tipo de garagem pode-se citar o porcelanato com PEI 4, resistente ao alto tráfego e com facilidade na limpeza”.

Tipos de pisos para garagens

Atualmente existe no mercado uma grande gama de opções de piso destinados especificamente para esta área do lar, variando qualidade, preço e características. Confira abaixo uma lista elaborada pela arquiteta revelando um pouco mais sobre cada um deles:

Piso de concreto

Foto: Reprodução / Studio MK27

Foto: Reprodução / Studio MK27

Existem duas formas deste piso ser utilizado: uma sem a aplicação de pintura específica para ele, e a outra com a pintura. A primeira opção é econômica, tendo uma aplicação com baixo custo. Porém o concreto precisa ser feito da maneira correta, pois se a queima do cimento não for feita corretamente, ele pode começar a formar buracos e esfarelar. “Apesar do custo ser bom, com o passar do tempo ele terá de ser feito por completo, não compensando a economia”, opina a profissional.

Em relação a segunda opção, a tinta deve ser aplicada sobre o contrapiso queimado corretamente, e este deve ser bem preparado. É muito utilizado em garagens de prédios e de escritórios. “Um ponto negativo é que se estiver molhado, ele fica escorregadio”, informa Sandra.

Cerâmica

Foto: Reprodução / Josianne Madalosso Vassao

Foto: Reprodução / Josianne Madalosso Vassao

Mais barato que o porcelanato, estes possuem opções variadas de cores, texturas e até mesmo podem imitar madeira e mármores. Para este ambiente, o ideal que estes possuem PEI 4 (alta resistência), e é recomendável que possuam um acabamento antiderrapante para evitar acidentes. Segundo a arquiteta, a desvantagem da cerâmica é o barulho causado pelo atrito entre o piso e o pneu do carro, além de haver opções lisas e escorregadias.

Cerâmica emborrachada

Foto: Reprodução / LAM Arquitetura

Foto: Reprodução / LAM Arquitetura

“Já este piso de cerâmica, ao contrário do normal, é muito indicado, não faz barulho e mesmo que esteja molhado, ele não é escorregadio. Seu maior problema é a limpeza, pois a sujeira tende a grudar neste tipo de piso”, declara a profissional.

Piso de pedra

Foto: Reprodução / Sorolla Mancini Arquitetura

Foto: Reprodução / Sorolla Mancini Arquitetura

Muito utilizado conforme visto anteriormente, este tipo de piso é indicado para garagens externas, integrando-se à fachada da casa. “Ele é resistente, durável e quando bem instalado necessita apenas de uma manutenção anual. Seu custo é mais elevado, porém sua durabilidade compensa”, indica Sandra.

Piso de grama ou concregrama

Foto: Reprodução / Rhino Pisos

Foto: Reprodução / Rhino Pisos

“Utilizamos este tipo de piso quando necessitamos que uma área aberta seja drenada. Além de ser lindo, sua utilização é bastante sustentável”, pontua a arquiteta. Ainda segundo Sandra, muitas cidades estão aderindo aos conceitos de sustentabilidade para gerar possíveis descontos na taxa de IPTU, além de contribuir para a absorção da água nesta área.

Porcelanato

Foto: Reprodução / Aquiles Níkolas Kílaris

Foto: Reprodução / Aquiles Níkolas Kílaris

Assim como o piso de cerâmica, a arquiteta frisa que este deve ser específico para região de alto tráfego, com PEI 4. Disponível em variadas texturas e cores, seu valor é um pouco mais alto que o de cerâmica, porém seu acabamento mais belo. Como desvantagens, pode-se citar a possibilidade de ser escorregadio e o barulho na hora de manobrar o veículo.

Ladrilho hidráulico

Foto: Reprodução / Octavio Zillo Bosi

Foto: Reprodução / Octavio Zillo Bosi

Hoje em dia os ladrilhos hidráulicos possuem um acabamento bem semelhante ao porcelanato, seguindo assim as vantagens e desvantagens do piso em cerâmica ou porcelanato. Se estes forem feitos à mão, como antigamente, podem surgir problemas como a absorção de óleo, serem mais porosos e ficarem marcas deixadas por pneus. “Além disso, possuem a tendência de acumular sujeira e gordura, conferindo um aspecto de encardido”, saliente a arquiteta.

Fulget

Foto: Reprodução / Custer Design Group

Foto: Reprodução / Custer Design Group

Outro material que vem sendo utilizado é o fulget, ou granilite lavado. Este é o resultado da combinação de cimento, aditivos e granulados de pedras naturais de várias cores. Conforme Sandra relata, ele é “excelente para garagens em áreas externas por sua textura áspera e antiderrapante. Fácil de lavar, possui um custo acessível, é ainda durável e renovável, já que apenas as áreas danificadas podem ser refeitas. Sua manutenção dever ser feita a cada 1 ano com limpeza pesada e aplicação de resina impermeabilizante”, ensina.

30 pisos para garagem para se inspirar

Agora que você já aprendeu sobre os tipos de piso para garagem mais usados na construção de casas, que tal ver mais algumas fotos de modelos para se inspirar?

1. O azul vibrante foi a cor escolhida para este delicioso ambiente descontraído

Foto: Reprodução / Renata Bertoni

Foto: Reprodução / Renata Bertoni

2. Piso de pedras geométricas e pergolado para a garagem externa

Foto: Reprodução / MLisboa Arquitetura

Foto: Reprodução / MLisboa Arquitetura

3. Visual rústico, com toques de vermelho

Foto: Reprodução / Lab 606

Foto: Reprodução / Lab 606

4. Mármore e madeira conferindo sofisticação ao ambiente

Foto: Reprodução / Beth Nejm

Foto: Reprodução / Beth Nejm

5. E que tal integrar a garagem com outros ambientes do lar?

Foto: Reprodução / Roma Arquitetura

Foto: Reprodução / Roma Arquitetura

6. Um mix de dois tipos de pisos garante mais charme a esta garagem

Foto: Reprodução / Plena Madeira

Foto: Reprodução / Plena Madeira

7. As pedras com formatos variados deixam esta garagem mais especial

Foto: Reprodução / Lanza Arquitetos

Foto: Reprodução / Lanza Arquitetos

8. Decoração com ares industrial

Foto: Reprodução / FCstudio

Foto: Reprodução / FCstudio

9. Piso com o mesmo tom do restante na construção

Foto: Reprodução / Spaceworks

Foto: Reprodução / Spaceworks

10. Linda garagem com lounge integrado

Foto: Reprodução / Carolina da Mota

Foto: Reprodução / Carolina da Mota

11. O acabamento espelhado do piso garante mais elegância ao ambiente

Foto: Reprodução / Lanza Arquitetos

Foto: Reprodução / Lanza Arquitetos

12. Aqui a garagem é integrada aos outros ambientes da casa, caracterizando um loft cheio de estilo

Foto: Reprodução / Yamagata Arquitetura

Foto: Reprodução / Yamagata Arquitetura

13. Garagem pequena, porém com uma belíssima combinação de materiais diferentes

Foto: Reprodução / PJV Arquitetura

Foto: Reprodução / PJV Arquitetura

14. Outro exemplo de garagem embelezando e integrando-se aos outros cômodos da casa

Foto: Reprodução / J-Style Garage Co.

Foto: Reprodução / J-Style Garage Co.

15. Com um lounge integrado, o item de colecionador fica em exposição

Foto: Reprodução / Folio Desing

Foto: Reprodução / Folio Desing

16. Ares futurista e tons gélidos trazem seriedade ao ambiente

Foto: Reprodução / Bella Homes

Foto: Reprodução / Bella Homes

17. Padronagem divertida, combinando com o tom dos armários

Foto: Reprodução / A Closet Case

Foto: Reprodução / A Closet Case

18. Esta é também utilizada como um recanto masculino, para relaxar e se entreter

Foto: Reprodução / Premier Garage

Foto: Reprodução / Premier Garage

19. Para este ambiente, o escolhido foi o piso emborrachada antiderrapante

Foto: Reprodução / Angela Flournoy

Foto: Reprodução / Angela Flournoy

20. Cimento queimado no chão e pôster ao fundo deixando a garagem mais especial

Foto: Reprodução / Dallas Custom Home Builder

Foto: Reprodução / Dallas Custom Home Builder

21. Uma garagem com sala de TV: ideal para receber amigos

Foto: Reprodução / M_Royce Architecture

Foto: Reprodução / M_Royce Architecture

22. A iluminação diferenciada do ambiente deixa o piso ainda mais belo

Foto: Reprodução / Premier Garage

Foto: Reprodução / Premier Garage

23. O contraste do piso de comento queimado com a madeira e o exterior em grama traz um visual diferenciado e interessante à garagem

Foto: Reprodução / Beard Riser Architects

Foto: Reprodução / Beard Riser Architects

24. Simples e cheia de estilo, misturando materiais rústicos como pedra e madeira

Foto: Reprodução / ArchDesign STUDIO

Foto: Reprodução / ArchDesign STUDIO

25. Integrando-se à fachada da casa, contando com arandelas para iluminá-la

Foto: Reprodução / Plena Madeira

Foto: Reprodução / Plena Madeira

26. Espaço de relaxamento para a diversão do morador mistura dois pisos diferentes

Foto: Reprodução / Elmor Arquitetura

Foto: Reprodução / Elmor Arquitetura

27. Com piso quadriculado, formando o padrão tradicional da famosa marca de automóveis

Foto: Reprodução / Premier Garage

Foto: Reprodução / Premier Garage

28. Novamente o piso quadriculado aparece nesta garagem com ares de oficina retrô

Foto: Reprodução / Deverson Garage Works

Foto: Reprodução / Deverson Garage Works

29. A aplicação de adesivo e o piso rústico ambientam uma fazenda na garagem

Foto: Reprodução / Van Alan Homes

Foto: Reprodução / Van Alan Homes

30. O piso imitando tijolos confere maior variedade de estilo a este ambiente integrado

Foto: Reprodução / Anothony Catalfano Interiors

Foto: Reprodução / Anothony Catalfano Interiors

Muitas vezes deixada de lado, a garagem é um ambiente importante do lar, merecendo atenção especial na sua montagem e decoração. As opções de piso para este local são variadas, e pontos como espaço disponível, função a ser desempenhada, estilo de decoração desejada e orçamento são fatores importantes a serem levados em consideração no momento da escolha do material ideal. Aproveite as dicas acima mencionadas e deixe sua garagem ainda mais bela.

PARA VOCÊ