Como emassar parede você mesmo – e sem complicações!

Escrito por Nathália Barreto

Foto: iStock

Quem vai reformar ou pintar a casa, deve estar atento à uma importante etapa desse processo: a aplicação de massa nas paredes. É a massa que garante uma parede lisinha, sem furos ou irregularidades, e pronta para receber a pintura.

Antes de tudo, é preciso saber a diferença entre os tipos de massa e, assim, escolher o mais adequado para você. A massa acrílica possui maior durabilidade e é resistente à água, por causa disso é indicada para áreas externas e ambientes úmidos, como cozinhas e banheiros. Fácil de aplicar, esse tipo de massa possui um bom poder de preenchimento, por isso pode ser usada para cobrir diversos tipos de materiais, como vidro, concreto e cerâmica. Já a PVA, também conhecida como massa corrida, não é resistente à umidade, por isso é indicada para áreas internas e secas, como salas e quarto.

Tem alguma parede na sua casa precisando de uma reforma? Não tenha medo de fazer tudo você mesmo. Inicialmente pode até parecer complicado, mas emassar parede é algo que você pode fazer sozinho, mesmo que não seja um expert no assunto. Basta seguir o passo-a-passo abaixo e por, literalmente, a mão na massa.

Como emassar parede

Mesmo que você nunca tenho emassado uma parede antes, é possível fazer você mesmo e conseguir o resultado desejado. Basta seguir direitinho as orientações abaixo. Vamos lá conferir uma por uma!

Imagem: Tua Casa

Antes de iniciar, é importante estar atento a algumas instruções básicas.

Sempre que for fazer qualquer reforma em casa, lembre-se que segurança é indispensável. Nesse caso, não esqueça de proteger cabelo, olhos, mãos e corpo. O ideal é utilizar roupas fechadas, boné, luvas e óculos de proteção.

Não esqueça também de calcular direitinho a quantidade de produto, tanto para evitar desperdício, quanto para não precisar sair no meio da obra para comprar mais. Para isso, o melhor é seguir a indicação do fabricante. Caso não seja possível, procure conversar com um especialista ou alguém com mais experiência ou perguntar ao vendedor da loja. Mas lembre-se que a quantidade vai depender da forma de aplicação, do estado da parede e do resultado que você deseja alcançar.

Materiais necessários

Foto: iStock

Para emassar a parede, além da massa, você vai precisar de:

  • – Selador;
  • – Lixa de parede;
  • – Desempenadeira de aço;
  • – Espátula;
  • – Rolo de lã;
  • – Pincel;
  • – Máscara de proteção para os olhos;
  • – Boné;
  • – Luvas.

Passo 1: Proteja móveis e objetos

Foto: iStock

Qualquer tipo de reforma faz bagunça, suja e pode danificar móveis e materiais do local. E na hora de emassar a parede não poderia ser diferente. Lembre-se de retirar todos os móveis e objetos do cômodo em que que irá fazer o procedimento. Caso algum móvel não possa ser retirado, como é o caso dos armários embutidos, cubra-os com papelão, plástico ou algum tecido bem grosso. Isso vai evitar que arranhem ou sejam danificados durante a obra.

Passo 2: Cubra o piso

Foto: iStock

Depois de retirar todos os móveis, pode parecer que não há mais nada para proteger, certo? Errado! O piso também pode ser danificado durante a obra e, por causa disso, também precisa de proteção. Sem falar que sujeira de massa e tinta são trabalhosas de limpar. A solução é forrar todo o piso com papelão ou tecido grosso. Isso vai evitar arranhões ou rachaduras nas cerâmicas, além de facilitar a limpeza do cômodo quando terminar tudo.

Passo 3: Prepare a parede

Foto: iStock

Antes de receber a massa, a parede precisa estar sem furos, mofo, sujeira ou umidade. Para isso, primeiro lixe toda a superfície, buscando uniformizá-la e deixando-a com uma textura lisinha. Dependendo do estado da parede, pode ser necessário utilizar a espátula para retirar restos de reboco. Em seguida, com a ajuda de uma vassoura macia, retire a poeira da parede. Isso vai garantir um efeito homogêneo e facilitar a aplicação do selador e, consequentemente, da massa.

Passo 4: Aplique o selador de parede

Foto: iStock

Agora é a hora de aplicar a emulsão seladora. É ela quem vai selar a parede, preencher os poros e auxiliar na fixação da massa. Mas, não esqueça: antes de aplicar, é preciso diluir o produto. Para isso, fique atento à indicação do fabricante contida na lata.

Com a parede já lixada e limpa e o produto diluído, aplique o selador com a ajuda de um rolo de lã ou pincel e deixe secar conforme o tempo indicado pelo fabricante. Normalmente, a parede estará seca e pronta para receber a massa depois de um período de 1 a 4 horas.

Passo 5: Aplique a 1ª demão

Foto: iStock

Depois de esperar o selador secar, finalmente chegou o momento de aplicar a massa. Para isso, faça uso de uma espátula e de uma desempenadeira de aço liso. Antes de iniciar, lembre-se de não misturar a massa, pois quanto mais mexer, mais fácil será criar bolhas, que poderão acabar marcando a parede e arruinando o efeito lisinho e uniforme desejado. Vá retirando a massa cuidadosamente da lata com a ajuda da espátula, procurando não deixar furos ou criar bolhas no produto. Em seguida, aplique na parede com o auxílio da desempenadeira.

Para evitar desperdício, o ideal é aplicar a massa em movimentos de baixo para cima. Isso evita que o excesso do produto caia no chão. Comece aplicando nos cantinhos da parede, em movimentos horizontais ou verticais, e então vá se afastando, até cobrir toda a superfície.

Uma dica é cobrir pequenas áreas, de 2m X 2m, por exemplo, esperar a massa secar por cerca de 3 minutos, passar a desempenadeira para retirar o excesso e então continuar a emassar o resto da parede, repetindo esse mesmo processo.

Passo 6: Aplique a 2ª demão

Foto: iStock

Para alcançar um melhor resultado, será preciso aplicar  pelo menos duas demãos de massa. A primeira irá reparar as principais irregularidades, enquanto a segunda vai corrigir os possíveis desníveis e retirar o excesso de massa.

Antes de aplicar a segunda, é preciso esperar a primeira secar completamente. Normalmente demora cerca de 12 a 24 horas, dependendo do ambiente. Mas, para saber o tempo de espera exato, observe as instruções do fabricante indicadas na lata.

Quando a parede estiver completamente seca, aplique a segunda demão de massa do mesmo jeito da primeira, procurando corrigir as imperfeições que ainda ficaram e uniformizar os possíveis desníveis.

Passo 7: Finalização

Foto: iStock

Depois que terminar de emassar, espere secar por completo e lixe mais uma vez. Esse passo vai retirar as possíveis bolhinhas que ficaram e garantir uma superfície lisinha. O ideal é utilizar lixa 180 ou 200. Depois de lixar, passe uma vassoura macia em toda a parede para retirar a poeira e pronto! Sua parede está devidamente emassada e pronta para receber a pintura!

Depois de seguir esse passo-a-passo, ficou fácil emassar parede sozinho. Agora é só escolher qual parede você quer modificar, comprar o material e deixá-la novinha.

PARA VOCÊ

COMENTÁRIOS