15 dicas para organizar o guarda-roupa feito um profissional

Escrito por Priscila Horvat
Foto: iStock

Foto: iStock

Com a correria do dia a dia, acabamos por deixar tarefas domésticas “menos importantes” de lado, afim de conseguir alguns minutinhos de descanso. No caso do guarda-roupa, o problema de deixá-lo sem uma ordem definida é o que pode acontecer futuramente: o caos, a revolta das roupas. Quando nos damos conta, o estrago já está feito, com tudo fora do lugar.

Acredite, as roupas e os outros objetos guardados não têm absolutamente nada contra você. E, com alguns poucos minutos por dia – ou com um dia inteiro – você pode colocar ordem em tudo e se livrar de toda a bagunça.

Para te ajudar nessa – nem tão árdua – tarefa, conversamos com a especialista e personal organizer Fernanda Piva, fundadora da BellaOrdine. Sua atuação vai desde a organização rotineira de estabelecimentos comerciais e residências até assessoria na organização para recém-casados e gestantes.
De acordo com a profissional, manter a casa em ordem “traz ao cliente uma sensação de bem-estar, de qualidade de vida, já que viver com a bagunça é muito desgastante e estressante. Quando o seu espaço, seja ele pessoal ou profissional, está organizado, você economiza tempo, e isso já traz uma sensação boa. É horrível perder horas procurando uma roupa, um documento ou passar o final de semana arrumando a bagunça”, explica Fernanda Piva.

Bateu preguiça? Olhe bem para o estado atual do seu guarda-roupa. Agora feche os olhos por um momento e imagine o mesmo quarto, o mesmo guarda-roupa… Com tudo no lugar! Lindo, não é? Então “xô, preguiça” e mãos à obra!

15 dicas profissionais para organizar o guarda-roupa

Segundo Fernanda Piva, a maior dificuldade que seus clientes reclamam é a de definir o espaço certo para cada tipo de peça. E as dúvidas que mais aparecem é como lidar com a umidade e qual roupa deve ou não ser pendurada nos cabides. Confira, então, as dicas da profissional:

1. Faça descartes anualmente

Foto: iStock

Foto: iStock

Entenda como “destralhar”, “momento desapega” ou como achar melhor. O que importa é separar um momento para decidir o que fica e o que deve seguir um novo caminho. Se você se apega aos objetos e roupas, aqui vai a fórmula para facilitar sua vida: divida tudo em categorias:

  • Jogar fora: nesse grupo entram objetos quebrados, que perderam sua utilidade, roupas muito velhas. Não doe peças ruins. Se você não usaria pelo estado em que ela está, também não serve para outra pessoa.
  • Doar: você engordou ou emagreceu e as roupas não servem mais? Faça uma boa ação e abençoe a vida de outra pessoa com peças que já foram úteis para você, mas que hoje só ocupam espaço. Se você não tem certeza se você quer ficar com a roupa, pense se usou a peça no último ano. Usou? Pense duas vezes. Não usou? Doação!
  • Manter: essa parte é a que volta para dentro do armário. Suas roupas atuais, que servem em você, que possuem bom caimento e que estão em bom estado. Essas têm passe livre para o guarda-roupa.

2. Cada coisa em seu lugar

Foto: iStock

Foto: iStock

Determine os espaços para os itens e roupas, assim é possível guardar cada peça sempre no mesmo local definido e a organização permanecerá.

3. Coloque etiquetas de identificação

Foto: iStock

Foto: iStock

As etiquetas facilitam demais na hora de colocar tudo de volta no lugar, principalmente se você não tem o hábito de sempre voltar algo para o mesmo lugar, por exemplo, porque não lembra onde ele estava ou qual o cantinho mais apropriado para ele. Além disso, é uma forma de você contar com a ajuda do pessoal de casa e até de sua ajudante. Com o uso de etiquetas, não tem mais aquela desculpa de “eu não sei onde guardar”.

4. Padronize os cabides

Foto: iStock

Foto: iStock

De acordo com Fernanda, a padronização dos cabides colabora muito para a questão visual e facilita a hora de encaixar no varão. “Para casacos, ternos e roupas de festa, o ideal é usar cabides específicos. São diferentes e podem alterar um pouco o visual, mas eles conservam melhor os tecidos, evitando deformidades”.

5. Proteja peças delicadas

como-organizar-guarda-roupa-6

Foto: Reprodução / Casa Organizada

Proteja roupas de festas e outras de tecidos mais finos com capas. Se o seu armário tiver altura suficiente, guarde os vestidos no espaço maior do guarda-roupa, para que eles não fiquem com a barra dobrada. Caso a altura do seu móvel não seja suficiente, coloque as roupas de festa dobradas ao meio, pela cintura, em cabides que não vão deixar a peça escorregar – como os de veludo, por exemplo. O ideal é que não apenas os vestidos, mas todas as roupas de festa sejam guardadas na lateral dos armários, para que as peças fiquem juntas e não sejam mexidas para lá e cá a todo momento, o que ajuda na organização e conservação dessas roupas mais delicadas.

6. Limpe e higienize os sapatos

Foto: iStock

Foto: iStock

O mundo ideal seria ter uma sapateira à parte, fora do armário. Mas, se não tiver espaço para isso, sem problemas. O jeito certo de guardar um sapato (mesmo na sapateira!): primeiro, deixe o sapato respirar. Assim que tirar dos pés, dê um tempinho para ele “tomar um ar”. Depois, passe uma escovinha pelas laterais e solas, para tirar o pó e as sujeirinhas que grudam na rua. Você, inclusive, pode se surpreender e descobrir que pisou em um chiclete. Melhor tirar antes de guardar e não acabar sujando outros pares.

7. Cuide de cada peça de acordo com a instrução do fabricante

Foto: iStock

Foto: iStock

“Usou, lavou, está novo”. Já ouviu essa frase? Pois é… Não é bem assim. De acordo com a organizer, para que a peça esteja novinha em folha, a lavagem precisa seguir à risca as instruções do fabricante. Isso porque cada tecido tem um tipo de trama (mais fina, grossa, mais aberta, fechada, entre outras), além de um sempre ser mais delicado que o outro. Por isso, antes de jogar tudo na máquina, leia as etiquetas. Junte as que são iguais, escolha um programa de lavagem que seja adequado à elas também.

8. Hidrate as peças de couro

Foto: iStock

Foto: iStock

Depois de seis meses – ou mais – guardado lá no fundo do armário, é hora de usar aquele casaco de couro. E então você repara que ele está com uma aparência não muito atraente, com alguns pontos brancos. Uma peça de couro bonita é aquela que quase brilha. Mas, para isso, alguns cuidados são necessários. A hidratação do couro é bem simples. Passe um pano úmido em toda a peça. Em seguida, um pano seco (não deixe, jamais, a peça úmida para guardar). O último passo é passar um pano ou um chumaço de algodão com óleo de amêndoas. Depois de seco, pode voltar para o armário.

9. Abuse dos organizadores

como-organizar-guarda-roupa-10

Foto: Reprodução / Casa Organizada

As colmeias são 100% bem-vindas, assim como as caixas. Existem os organizadores específicos também, como no caso de lenços e gravatas, que podem ser usados de acordo com a quantidade, conforme alerta a personal organizer.

10. Use a criatividade para reutilizar produtos com outras funções como organizadores

como-organizar-guarda-roupa-11

Foto: Reprodução / Artesanato & Reciclagem

Sabe aqueles vidros que temos na despensa? De azeitona, geleias… E caixas de leite? Revisteiros que estão esquecidos em algum canto? Então, tudo é reaproveitado, inclusive na hora da organização. Coloque a criatividade em ação e reutilize esses produtos.

11. Cestos x caixas. Qual é melhor?

basket of towels on wooden

Foto: Reprodução / Westwing

Os cestos são tão bons organizadores quanto as caixas, mas é recomendado sempre um tipo específico dependendo da situação. Para as áreas de serviço e cozinha, a personal organizer recomenda as opções de plástico. Já na área íntima, cestos de vime ou tecido.

12. Troque de lugar as roupas da estação

como-organizar-guarda-roupa-13

Foto: Reprodução / Organize sem Frescuras

Fernanda explica que a melhor forma de trocar as roupas de lugar na mudança de estação é optar por caixas plásticas transparentes, com pequenos orifícios para circulação de ar. Os sacos plásticos space-bag são super indicados e devem ficar na parte superior do guarda-roupa.

13. Roupa de cama

Foto: iStock

Foto: iStock

Existe um jeito muito fácil de achar o conjunto coordenado. E não é mágica! A profissional ensina a tática: basta guardar todas as peças do jogo juntas e dobradas. Coloque as fronhas e o lençol de baixo dentro do lençol de cima, formando uma espécie de “pacote”.

14. Chapéus e bonés não precisam ficar amassados

Foto: iStock

Foto: iStock

Qualquer cantinho serve! Eles podem ser guardados em maleiros, nichos, caixas, baú (inclusive os de cama box). Fernanda ainda reforça que se tiver pouco espaço, coloque um dentro do outro para evitar amassar.

15. Mantenha a ordem diariamente

como-organizar-guarda-roupa-16

Foto: Reprodução / Lucy Mizael

Depois do guarda-roupa organizado, a melhor forma de continuar com tudo no lugar é a manutenção diária. Não deixe nada fora do lugar. Defina um lugar para cada coisa e, assim que possível, coloque cada peça de volta ao seu lugar.

30 ideias de organização de guarda-roupas para se inspirar

Agora que você já aprendeu como colocar ordem no seu armário com as dicas de uma profissional, veja algumas ideias super práticas e que dão certo. Inspire-se e aplique aí no seu cantinho.

1. Guarde peças que quase não usa em prateleiras mais altas

Foto: iStock

Foto: iStock

Use o método “quente, morno ou frio”. Se o objeto for usado constantemente, ele é quente e precisa ficar em um local de fácil acesso. Se o uso for eventual, pode ser guardado em um lugar não muito acessível. E se o uso é raro, pode colocar em locais de acesso mais difícil.

2. Separe as roupas por tipos

Foto: iStock

Foto: iStock

Blusa com blusa. Calça com calça. Vestido com vestido. E assim segue, com todas as peças. Fica organizado, visualmente mais bonito e é só bater o olho para você achar a peça que precisa.

3. Organize as roupas por cores

como-organizar-guarda-roupa-20

Foto: Reprodução / Ateliê Ordenar

Depois que você já separou as peças por tipos, que tal organizar por cores? Dúvidas? Só pensar na sequência de cores do arco-íris, ou, mais fácil ainda, visualizar uma caixa de lápis coloridos. A organização fica visualmente mais elegante e atraente – e, de novo, facilita na hora de encontrar uma peça.

4. Faça divisórias nas gavetas de roupas íntimas

Foto: iStock

Foto: iStock

A melhor forma de guardar roupas íntimas é em gavetas e, de preferência, em colmeias para facilitar a visualização geral das peças.

5. Guarde seus itens em caixas organizadoras

como-organizar-guarda-roupa-22

Foto: Reprodução / Casa Organizada

Se você tiver apenas uma peça (ou poucas) de um tipo de roupa ou algo que não se encaixa em nenhum outro grupo para guardar junto, use caixas!

6. Organize a disposição por tipos de itens

Foto: iStock

Foto: iStock

Se as roupas forem penduradas, separe uma sequência do mesmo item, como: saias, bermudas, vestidos, calças e assim por diante, mantendo sempre um “acumulado” do mesmo tipo de roupa. Isso facilitará a localização.

7. Use caixas, gavetas ou cabides específicos para guardar lenços

como-organizar-guarda-roupa-24

Foto: Reprodução / Ordenato

Sim, existe uma infinidade de modelos de cabides. Mas é importante usar os que são específicos para cada peça, já que eles foram criados com design diferenciado, desenvolvido especialmente para não deixar marcas no tecido.

8. A melhor forma de guardar os cintos: pendurados em cabides específicos

como-organizar-guarda-roupa-25

Foto: Reprodução / Casa Organizada

Eles podem ser de madeira, plástico ou acoplados ao armário, como na foto. O importante é mantê-los todos pendurados, garantindo que a peça dure por mais tempo sem rachaduras, por exemplo, além de ocupar menos espaço no armário.

9. As bolsas podem ficar em divisórias

como-organizar-guarda-roupa-26

Foto: Reprodução / Rio Center

As divisórias de acrílico deixam o espaço mais clean, além de contribuir ainda mais com uma melhor visualização das peças.

10. Mas também podem ficar uma ao lado da outra

como-organizar-guarda-roupa-27

Foto: Reprodução / Socie

Bolsas de festas são menos utilizadas que as demais. Sendo assim, podem ser guardadas com protetores e com enchimento para não deformar. Recomenda-se o enchimento também para bolsas de couro e de tamanho grande.

11. As divisórias abrigam as gravatas e proporcionam a sensação de tudo no seu devido lugar

Foto: iStock

Foto: iStock

Existem opções de marcenaria, plástico, emborrachado… O importante é conseguir guardar esses itens de forma organizada e separada em gavetas. Vale a pena recorrer às lojas populares, inclusive, para comprar separadores de peças íntimas e meias, já que você pode armazenar gravatas neles também.

12. Guarde malas e bolsas de viagem na parte mais alta do armário

como-organizar-guarda-roupa-29

Foto: Reprodução / Lucy Mizael

Como elas são grandes e ocupam bastante espaço, o ideal é ficarem o mais alto possível até, porque, somente se você for uma super viajante é que esses itens precisam ser utilizados com maior frequência. Você pode guardar as malas menores dentro das maiores, reduzindo ainda mais o espaço ocupado no armário. Se tiver itens que raramente você usa, vale a pena guardá-los corretamente dentro das malas.

13. O bom e velho cabideiro ou mancebo são ótimos para as peças usadas diariamente, que precisam ficar à mão

como-organizar-guarda-roupa-30

Foto: Reprodução / Buji Decoração Reuso

Ótima ideia para deixar um casaco à mão ou aquela bolsa que você usa quase todo dia, além de ser mais um item de decoração para seu quarto ou closet.

14. Na falta de calceiro, pendure cada calça em um cabide

Foto: iStock

Foto: iStock

É indispensável o uso de cabides para calças sociais, principalmente pelo fato de o tecido ser mais fino e delicado. Deixando-as em cabides, você garante que as peças não amassem e estejam bonitinhas para usá-las. Jeans e bermudas esportivas podem ser dobrados e guardados em gavetas, nichos ou também em cabides.

15. Aprenda a forma correta de dobrar meias e ganhe espaço na gaveta!

Foto: iStock

Foto: iStock

Atenção: não faça “bolinhas” com as meias! Embora seja o método que praticamente 4 em 5 pessoas faz, esse procedimento estica as tramas e pode, com o tempo, deformar a meia. Por isso, opte por juntar o par e dobrar ao meio, ou fazer um rolinho.

16. Pijamas e camisolas também precisam de um canto específico

Foto: iStock

Foto: iStock

Pijamas e camisolas podem ser guardados em gavetas. Os de tecidos frios devem ficar em cestos ou caixas. Se a camisola ou baby doll for de tecido mais leve, dobre delicadamente até ficar um quadrado pequeno. Caso seja um pijama com tecido um pouco mais firme, dobre as peças juntas, formando um pacotinho.

17. Defina uma gaveta específica ou uma caixa para as roupas de praia

Foto: iStock

Foto: iStock

O seu kit praia também precisa de um cantinho específico. Guarde tudo em uma gaveta ou caixa, acomode os biquínis, maiôs e saídas de praia. Cuidado com as peças que têm bojo, eles não podem ficar amassados. Guarde com cuidado para estarem impecáveis no próximo verão.

18. Cobertas e edredons não precisam ocupar todo o espaço

Cobertas finas e leves devem ser guardadas em forma de rolo. Edredons pequenos também podem seguir o estilo rolo. Os grandes devem ficar dobrados. O local ideal para armazenar essas peças são nichos ou maleiros.

19. Toalhas de banho também são organizadas

Foto: iStock

Foto: iStock

As peças devem ser guardadas em formato de rolos, se possível em pequenos nichos, ou dobradas e colocadas em roupeiros. Essa técnica serve para todos os seguintes tipos de toalha: de rosto, de corpo tradicional e de corpo banho. As toalhas de mão e de boca (aquelas bem pequenas) podem ser dobradas de forma simples mesmo, já que são peças pequenas.

20. Luvas e cachecóis fofinhos para o próximo inverno

como-organizar-guarda-roupa-35

Foto: Reprodução / Casa Organizada

Armazene em caixas, cestos ou gavetas, em rolinhos, dobrados ou simplesmente um sobre o outro. Se possível, coloque um saquinho de silica junto, para evitar umidade nessas peças que são delicadas.

21. Não guarde calçados em caixas de papelão

como-organizar-guarda-roupa-36

Foto: Reprodução / Futilish

Prefira caixas de plástico ou acetato e com aberturas. Evite as opções de papelão, que são mais suscetíveis à umidade. Ao padronizar as caixas, o visual fica mais clean. As aberturas facilitam a visualização do sapato que está guardado.

22. Vestidos de festa com muito bordado

como-organizar-guarda-roupa-37

Foto: Reprodução / Hardes Rigor

Os vestidos que são pesados devido à quantidade de bordado (isso inclui os de noiva) não devem ficar no cabide. O ideal é que fiquem dispostos em caixas, para não esticar o tecido.

22. Atenção com botas altas

como-organizar-guarda-roupa-38

Foto: Reprodução / Sandra Sanches

Caso vá guardar as botas dentro do armário, atenção. Prefira utilizar enchimentos próprios para manter os pares com os canos altos ou então guarda-los com cabides que tenham prendedor.

23. Meia-calça também tem vez

Foto: iStock

Foto: iStock

A forma correta de guardar é criar um rolinho. Estique a meia aberta sobre uma superfície. Dobre uma perna sobre a outra e enrole, de baixo para cima.

24. Óculos, relógios e demais acessórios

como-organizar-guarda-roupa-40

Foto: Reprodução / Cybball

A ideia é, no mínimo, brilhante. Quem não ficaria feliz com um desses? Além de organizado, muito bonito. Mas, caso você não tenha um desses, uma caixa específica para relógios (com almofadinhas) e outra para óculos (com espaços individuais) já é o suficiente.

25. Guardar casacos e roupas de frio

Foto: iStock

Foto: iStock

Os casacos podem ficar pendurados em cabides. Os que forem muito volumosos, o ideal é que fiquem dobrados na parte mais alta do armário.

26. Pashiminas

como-organizar-guarda-roupa-42

Foto: Reprodução / Casa Organizada

Mantinhas, echarpes e pashiminas podem ficar em gavetas ou em caixas transparentes. Tente dobrar todas do mesmo tamanho, e não faça muitas dobras. Isso evita que elas fiquem com muitas marcas.

27. Nem tudo pode ir para o cabide

como-organizar-guarda-roupa-43

Foto: Reprodução / Lucy Mizael

Atenção aos tecidos. Peças de tricô e lã não podem ser penduradas. Como essas peças são mais pesadas, correm o risco de perder o formato original.

28. Ganchos! Pra que te quero?

Foto: iStock

Foto: iStock

Se o seu guarda-roupas tiver portas que abrem para a frente, você pode utilizar as costas da porta para pendurar ganchos. Há ainda a possibilidade de colocar ganchinhos atrás da porta do quarto também. Eles são ótimos aliados da organização e decoração.

29. Como guardar roupas fitness

Foto: iStock

Foto: iStock

Algumas roupas fitness são confeccionadas em dry fit, aquele tecido bem molinho. Dobre as roupas com esse tecido de forma quadrada, e guarde cada “quadrado” de roupa em pé, uma atrás da outra. Dessa forma, elas ficam organizadas e não desmoronam na hora em que você tirar uma do lugar.

30. Camisetas do mesmo tamanho

Foto: iStock

Foto: iStock

A regra é clara: tudo do mesmo tamanho. Se você não conseguir deixar todas de um mesmo tamanho, use um molde. Você encontra para comprar, ou você pode fazer um em casa, com papelão. Você só precisa dele para deixar todas as peças iguais, é bem simples.

Achou um organizador caro? Veja três opções de “faça você mesmo”

Existem infinitos tipos de organizadores. Do mais básicos até os mais bonitos, que embelezam o armário só por estarem lá. Alguns você pode até encontrar em lojas populares. Caso seus olhos escolham o mais bonito, e mais caro, claro, você pode tentar economizar criando seu próprio organizador. Não é difícil, basta um pouco de coordenação, criatividade e poucos materiais. Confira algumas ideias:

1. Cesto organizador

Esse tipo você encontra para comprar em lojas de shopping. São muito bonitos, mas o preço é mais salgado. Tente fazer em casa e vai ver que não é tão difícil.

 2. Caixa organizadora

Essa caixa é uma graça! Além de você usar para organizar itens no seu guarda-roupa, pelo tamanho, ela também é ideal para ser usada no escritório, com itens pequenos e que facilmente são perdidos. Você pode aproveitar e montar um kit, com 2 ou mais peças e presentear alguém.

3. Organizador colmeia

Tudo é reaproveitado! A ideia aqui é fazer um organizador com cano de PVC. Existem canos de larguras diferentes, então você pode fazer tanto para peças que enroladas ficam mais enxutas e outras que ficam mais fofinhas.

Guarda-roupa organizado e bem cheirosinho

Ufa! Depois de colocar essas dicas em prática, com certeza seu guarda-roupa estará repaginado com um visual completamente novo. E agora vai uma dica extra: deixe “cheirinhos” espalhados no armário!

1. Sachê perfumado para armários e gavetas

Essa é mais uma ideia que também serve para presentear. É simples, barato, rápido de fazer, e deixa o armário perfumado, com cheirinho de roupa sempre limpinha.

2. Água perfumada para roupas, lençóis e tecidos

Uma outra ideia para manter suas roupas – e todos os outros tecidos da casa, como sofá, almofadas, cortinas, entre outros – cheirosas por mais tempo é a água perfumada (também chamada em alguns lugares de água de lençol). Também com poucos itens, você faz essa mistura, que pode ser espirrada nos tecidos sem medo, já que não mancha.

Achou que é muito trabalho? Calma, não é tão difícil assim. O primeiro passo para ter o guarda-roupa (e o quarto, e os outros cômodos… E a vida!) organizado é criar uma motivação. Pense num bom motivo para essa mudança. Por exemplo: suas manhãs ficarão mais fáceis sem experimentar 20 peças de roupas que não entram mais e você não ficará com aquele humor terrível.

Com essa organização, talvez seja possível até mesmo levantar 15 minutinhos mais tarde, já que tudo o que precisa estará ao alcance dos olhos e você não vai precisar pescar algo dentro do armário. Vamos entrar em ação?

PARA VOCÊ