150 ideias para decorar diversos ambientes da casa com móveis coloridos

Escrito por Priscila Horvat

Reprodução / Sandra Pompermayer

Sala marrom e creme. Quarto cinza e branco. Cozinha preta e branca, para não errar. Na sacada, móveis de vime. Todas essas combinações são certezas de acerto, mas não tem novidade em nenhuma delas. Para dar um tom diferente à sua casa, ou a um cômodo específico, aposte em móveis coloridos!

Com a variedade de móveis em MDF e MDP no mercado, além da laca e das milhares de opções de acabamentos, o que não faltam são ideias para sair do lugar-comum na hora de decorar. Às vezes, vale a pena investir em combinações de cores mais básicas como base em um cômodo, e investir em apenas um móvel, ou alguns objetos de decoração que chamem a atenção por causa da cor.

Você pode comprar o móvel da cor que mais agrade, ou colocar a mão na massa e personalizar alguma peça que está deixada de lado e precisa de uma nova cara. Vale tudo para deixar a casa mais bonita e atraente. Assim, você sentirá cada vez mais orgulho do seu cantinho, e as visitas não vão parar de tecer elogios! Acompanhe nossas dicas de como usar as cores no banheiro, quarto, sala, cozinha, e até na varanda, e inspire-se a dar um toque de cor por aí.

Dicas para acertar na escolha do móvel colorido

Reprodução / Sandra Pompermayer

A arquiteta urbanista e design de interiores Sandra Pompermayer explica que a cor do móvel depende muito da sensação que você quer causar em um ambiente ou em um visitante. A melhor parte? Não há regras! A cor escolhida precisa ser de acordo com o gosto pessoal do morador da casa. Se optar por duas cores, use a mais forte com moderação, em pequenos objetos ou em estampas. “Inúmeros fatores podem influenciar na escolha da cor, como o humor, o tempo e o estado de espírito”, conta a profissional.

Além de não haver regrinhas para a escolha de cores, o mesmo se aplica para o estilo dos móveis. As cores podem ser aplicadas em móveis mais modernos, com aspecto industrial, ou para os de estilo vintage. Essa aposta deixa o ambiente legal e charmoso. Se possível, combine móveis novos com antigos, e com um toque de cor, claro. A combinação fica incrível!

Móveis coloridos para o quarto

Reprodução / Emmil Cores

De acordo com a arquiteta, é necessária muita atenção para inserir móveis coloridos nos quartos, para não causar cansaço visual. Uma ideia é evitar muitos objetos no mesmo tom, muito grandes e em tons fortes. “Quando se tem área de estudos nos dormitórios, aposte em cores que influenciam, estimulam, que gerem sensações renováveis e ao esmo tempo equilibradas, como tons de verde”, explica Sandra.

Especificamente no caso de dormitórios de criança ou adolescentes que sejam muito ativos, a arquiteta aconselha empregar a cor azul, que transmite sensação neutralizante e acalma, já que os tons de azul remetem às emoções profundas e aos sonhos. “Com as cores podemos neutralizar as energias, por isso, o ideal é não utilizar azul muito escuro, como os que tenham muito pigmento preto misturado na composição”.

Confira abaixo 30 inspirações de móveis coloridos para usar nos quartos:

1. Ao seu lado

Reprodução / Lojas KD

O criado-mudo é indispensável no quarto! É ele quem serve de apoio para o abajur, despertador, o livro de cabeceira e o celular. Dê ao móvel um toque alegre, com sua cor preferida.

2. Quase um arco-íris

Para um quarto infantil, dá para variar nas cores. Se tiver gaveteiro ou cômoda, por exemplo, pinte cada gaveta de uma cor. Você pode pintar os puxadores também, e inverter as cores – e até usá-los para ensinar as cores para o dono do quarto!

3. Vintage moderno

Reprodução / Tommy Design

A penteadeira no estilo bombê, rechonchuda, cheia de curvas e que ostenta um espelho igualmente charmoso remete aos tempos antigos. O amarelo aparece para dar uma cara de modernidade à peça.

4. Design no criado-mudo

O criado-mudo, mesmo se tiver uma cor neutra, não precisa ser sem graça. Você pode pintar ou aplicar um adesivo nele, com suas preferências de imagens ou cores. Quer inovar? Aposte em imagens pop art.

5. Aposte no clássico

Foto: Reprodução / Claudiny Cavalcanti

Se o receio das cores aparecer, não tenha dúvidas: escolha uma paleta de cores que você gosta, e some a ela um objeto ou outro de uma cor mais acentuada. Esse quarto tem como base o branco, creme e azul bebê, e o diferencial fica a cargo dos travesseiros rosa.

6. Cores para menina

Reprodução / Mamybela

O quarto da princesinha da casa não precisa ser exclusivamente rosa. Aposte em móveis de madeira, para dar o equilíbrio, e use cores nos acessórios e objetos de decoração, como molduras e quadros.

7. Estilo fashion

Reprodução / 1 Up Móveis

A penteadeira vermelha chama a atenção de longe, e será o centro das atenções do quarto. A banqueta exibe uma almofada bem colorida, perfeita para uma jovem mulher que é super ativa e antenada no mundo fashion.

8. Cor na organização

Reprodução / Sandra Pompermayer

As cores podem aparecer em qualquer tipo de móvel. Prova disso é esse painel, exclusivo para guardar e exibir a coleção de bonés do dono do quarto. A mesma cor aparece no gaveteiro da escrivaninha. Organização e um toque moderno ao mesmo tempo no ambiente.

9. Escolha uma cor-base

Reprodução / Fast Shop Kids

Opte por uma cor neutra para ser a base do quarto – aqui, a cor branca. Depois, junte elementos de duas ou três cores para decorar e obter um resultado lindo (tons de azul, amarelo e preto).

10. Quarto montessoriano

Reprodução / Mundo Mágico Baby

Tons bebês de rosa e azul claro dão as caras nesse quartinho cinza e branco. Detalhes bem sutis em outras cores, como marrom e amarelo, aparecem para quebrar a monotonia e alegrar o ambiente. A parede, forrada com tecido cheio de tramas, colabora com a sensação de conforto.

11. Candy color

Reprodução / 1 Up Móveis

Cores suaves, como as candy colors, ficam muito charmosas quando aplicadas em móveis mais antigos. A combinação resulta em um efeito lindo de vintage! E as cores lembram as nuvens de algodão doce que permeia os pensamentos e te leva de volta à infância.

12. Pingos de cor

Reprodução / Maternar Mais

O quarto do bebê não precisa ser apenas em tom sobre tom. Aqui o papel de parede traz irreverência à decoração, com desenhos em azul e laranja. As demais cores aparecem nos brinquedos e no fio de luz que serve como decoração do berço.

13. Qual sua cor preferida?

Reprodução / Casa Decorada

Se a resposta para essa pergunta for “várias”, não tenha medo. Escolha uma cor para ser a predominante no quarto. Depois, use as demais para aparecer em detalhes e em enfeites fofos.

14. Só uma cor não basta

Reprodução / Tranqueira Chic

Para um ambiente alegre e descontraído, use amarelo! A cor naturalmente ilumina e combina muito bem com outras, claras ou mais fortes. Aqui, o ciano aparece nas molduras dos quadros, além de branco, rosa, e o preto nos detalhes.

15. Tudo azul!

Reprodução / 1 Up Móveis

Um mundo azul, cheio de bolinhas, para encantar uma mocinha! A combinação da parede petit poá com os balões coloridos, usados unicamente com a finalidade de decorar, ficou um charme só. E até a roupa de cama entra no clima das cores descontraídas.

16. Branco também é cor!

Engana-se quem pensa que móveis brancos não dão personalidade ao ambiente. Esse quarto recebeu parede amarela, e todos os móveis são brancos. Para compensar, jogo de cama, almofadas, prateleiras e acessórios coloridos, para ninguém colocar defeito!

17. Listras candy

Reprodução / Redecorei

Uma aposta linda para quartos de bebês, tanto menino quanto menina, é investir em candy color, do chão ao teto, dos móveis aos acessórios. Os tons candy combinam entre si, e tornam o quarto ainda mais charmoso, um mimo só!

18. Rosa pink

Dizem por aí que mulheres de 1 a 100 anos gostam de rosa, não necessariamente de pink, mas de algum tom de rosa! Se essa afirmação é verdade, o que vale é descobrir qual o seu tom preferido, e investir em algum móvel com a cor desejada.

19. Muitas cores para o bebê

Reprodução / 1 Up Móveis

Móveis de quarto de bebê geralmente são de cores bem clarinhas. Se quiser dar uma mudada na ideia, invista em uma poltrona de amamentação super colorida, com almofadas e pufe solto, cheio de desenhos e cores.

20. Dividindo o quarto

Reprodução / Keley Hand Made

Quando os pais e o bebê compartilham o quarto, nada de tudo branco! A ideia é compartilhar a decoração também. Invista em móveis e acessórios que sejam funcionais para os adultos e de apoio para o mais novo membro da família. Use cores que combinem entre si para maior harmonia.

21. Quarto de princesa

Foto: iStock

Algumas meninas fazem questão de ter o quarto todo rosa. Para agradar as pequenas e não deixar um visual carregado, use tons claros, balanceado sempre com o branco, creme ou nude. Dá para satisfazer os desejos da princesa e não causar bagunça no visual.

22. Azul e amarelo

Reprodução / Ateliê Craft Decor

O azul e o amarelo são primos próximos. Quaisquer tons das duas cores, sempre combinam entre si. Sempre que usar duas cores fortes, preencha o restante do espaço com branco – ou tons crus, como o da madeira dos pés da escrivaninha e abajur – para equilibrar o visual.

23. Pitacos coloridos

Reprodução / Bubble Bee

No quarto do bebê, é possível usar cores sem medo. Invista em um jogo de cama cheio de estampas alegres e divertidas. Se possível, tenha brinquedos educativos bem coloridos por perto também, para chamar a atenção dos pequenos.

24. Quarto da moça

Reprodução / Studio da Lu

Nem criança, nem adulto. Agora a adolescente está numa fase em que as coisas de bebê não agradam mais, e as de adulto parecem chatas. Por isso, mescle os móveis, e deixe a decoração com itens mais sérios e outros mais fofos, como os bichinhos de pelúcia e a cadeira da escrivaninha.

25. Um pouco de cada cor

Reprodução / Bubble Bee

Quartos de criança permitem brincar com as cores, sem medo de ficar extremamente colorido e com ambiente pesado. Nessa opção, com parede clarinha e tapete com estampas que ornar com as demais cores do quarto, as camas das duas parceirinhas vêm para coroar a linda decoração, básica e, ao mesmo tempo, cheia de detalhes.

26. Adulto também pode!

Reprodução / Blog Organização

As cores podem ser aplicadas em qualquer ambiente, até em quartos de casal. Para isso, escolha cores que combinem entre si, não necessariamente tom sobre tom, mas combinações que darão um up no visual.

27. Cores e sabores

Reprodução / Bubby Store

Ao olhar essa foto, não dá para imaginar o carrinho do sorvete, com aquela musiquinha animada, que passava nas ruas nos anos 1980? Pois é! Esse quarto inteiro foi inspirado nas cores de um dos doces preferidos da criançada.

28. Pink lemonade

Reprodução / Tranqueira Chic

Amarelo e verde são cores próximas, e qualquer tonalidade dessas cores combinam entre si. Para dar uma “esquentada” no visual clarinho, o criado-mudo foi pintado de pink. Na parede, pratos adornam, com detalhes brancos.

29. Dois universos em um quarto

Dois universos cabem dentro desse quarto, que abriga um casal de irmãos. As personalidades diferentes podem ser percebidas pelo design, cores e decoração do cantinho de cada um, da parede até a escrivaninha.

30. Bebê antenado

Reprodução / Amiga Nordestina

Quartos de bebês podem ser alegres e irreverentes também. Invista em acessórios e brinquedos coloridos. Aqui, o chão, paredes, móveis e tapete são básicos, sem cores chamativas. Os detalhes que chamam a atenção, como a almofada de melancia.

Móveis coloridos para a sala

Reprodução / Sandra Pompermayer

A arquiteta explica que para ambientes grandes, como as salas, é possível utilizar a cor de preferência, sem medo. “Aposte no tom que combina com a personalidade do morador ou da família, sem medo, e não se esqueça de mesclar com tons neutros – como cinza, bege e tons de marrom – para dar um equilíbrio”, conta Sandra.

31. Cores na geometria

Reprodução / Oppa Design

Uma sala colorida precisa ter alguns itens de cores neutras ou clássicas, para equilibrar o visual. Nessa opção, as cores aparecem no tapete geométrico, almofadas, pufe e poltrona. As demais cores são básicas e não brigam com os itens mencionados.

32. Dourado básico

Foto: iStock

Não, o dourado não é básico, mas aqui ele quase se torna comum. Como a sala é toda branca, com móveis com cores neutras, o diferencial fica nos detalhes, como nas plantinhas, que dão um toque de verde ao ambiente. A poltrona dourada reina absoluta!

33. Preto e branco

Reprodução / Oppa Design

O efeito geométrico na parede fica incrível, e quase não dá para perceber que a decoração tem base no clássico branco e preto. A mistura das duas cores resulta no cinza, que aparece em várias tonalidades.

34. Sofá branco

Reprodução / Oppa Design

Por mais que essa sala tenha vários itens coloridos, o que merece destaque, na verdade, é o sofá branco. Ele permite o uso de diversas cores de almofadas e texturas, ampliando o leque de opções para quem vai decorar o ambiente.

35. Estilo moderno

Reprodução / Moda e Café por Mim

Cinza e roxo são cores que sempre dão as caras em ambientes com decoração mais moderna. Dê ao seu cantinho um toque de atualidade, abusando das duas cores e suas diversas tonalidades.

36. Embaixo da escada

Reprodução / Oppa Design

O espaço embaixo da escada pode e deve ser usado! Aproveite o design inclinado e aposte em móveis baixos. Você pode fazer um pequeno bar ou colocar um buffet com suas louças mais finas. Aproveite a superfície para colocar objetos de decoração.

37. Equilibre com madeira

Reprodução / Fruto Decor

Se tiver um espaço generoso, use um tapete na sala. Aposte sem medo de errar e invista em uma peça bem colorida. O sofá, poltronas e almofadas podem seguir o estilo super cheio de cores. Para equilibrar o ambiente, use peças de madeira.

38. Geometria colorida

Reprodução / Oppa Design

Ideia perfeita para um entusiasta de artes, já que a geometria aparece nos desenhos da parede e no tapete. Aproveite os traços para usar e compor diversos grupos de cores: para cada cantinho, uma paleta.

39. Cores da primavera

Reprodução / Tranqueira Chic

Dizem por aí que cores clarinhas dão boas-vindas e celebram a chegada da primavera, já que a estação enche os canteiros e jardins com as flores de diversos tons. Se não puder trocar um móvel, use capas, para dar uma nova roupagem à ele e mudar a cara do ambiente.

40. Todas as cores!

Reprodução / Oppa Design

Se um ambiente for grande, é possível apostar no uso de muitas cores. Para isso, equilibre o cenário geral com o uso de branco e objetos em tons neutros, como cinza e nude. Use cores no chão, nas paredes e nós móveis.

41. Amarelo sem medo

O amarelo representa modernidade na decoração, e geralmente aparece em projetos contemporâneos. Essa sala tem duas paredes forradas com o mesmo móvel, uma espécie de estante, que cumpre as funções de rack e abriga também os livros.

42. Cor neles!

Reprodução / Oppa Design

Além de usar o colorido nos móveis, inove e use também uma parede com uma cor bem proeminente, como o laranja – ninguém espera dar “de cara” com uma parede nesse tom, e essa é a melhor parte, a inovação no seu décor.

43. Ambiente feminino

Reprodução / Decor & Trends

Para montar um ambiente bem feminino, a aposta sempre certeira é a cor rosa. Aqui, ele aparece no sofá, em detalhes nas almofadas e na cortina. Para não deixar o ambiente muito pesado, móveis e objetos em tons neutros e clarinhos.

44. Cantinho colorido

Reprodução / Oppa Design

Se sua casa é toda em tons clássicos e neutros, use apenas um móvel colorido, em algum cantinho, para fazer diferente. Independente do tamanho, ele já vai causar um belo impacto de modernidade ao seu cantinho.

45. Sentado em cores

Reprodução / 1 Up Móveis

Em ambientes cheios de madeira, no chão e nos móveis, vale a pena investir em cores em pontos isolados, como nas cadeiras acima, que têm sua estrutura pintada e encostos e almofadas revestidos de tecido super colorido.

46. Cores que casam

Reprodução / Oppa Design

Para acertar em cheio no uso das cores, aposte naquelas que sempre dão certo – pense, por exemplo, nas combinações de cores das roupas de inverno, com uma cor neutra e outra forte. Por exemplo: cinza com vermelho, azul marinho com vinho, entre outras.

47. Cor e tom

Reprodução / Isso me Faz Bem

Qual sua cor preferida? Você pode usar não a cor, mas o tom. Se você falar “azul” para várias pessoas, cada uma delas vai pensar em um tom diferente. Então, aposte nessa ideia, e use diversas tonalidades na sua decoração.

48. Preto também conta

Reprodução / Oppa Design

Quando dizemos cores neutras, quase sempre o preto fica esquecido, mas ele é uma ótima base para soltar a imaginação e usar cores no ambiente que ele aparece. Se possível, use em alguma parede, mesmo que pequena.

49. Vermelho sem enjoar

Reprodução / Oppa Design

Seu batom é vermelho, seu esmalte, scarpin e vestido preferido, também. Então traga o vermelho para dentro da decoração também, em suas diversas tonalidades, desde os mais abertos, até os mais fechados, quase vinho.

50. Ambiente de trabalho

Reprodução / 1 Up Móveis

Para montar o mobiliário de um ambiente de trabalho, use cores para deixar o clima bem animado e elevar o clima de todo mundo que aparecer por lá, os funcionários e clientes também.

51. Rosa e azul

Reprodução / Oppa Design

A dupla rosa e azul não precisa significar, necessariamente, um ambiente com aspecto infantil. Use tons fortes e que fogem dos clássicos para criar uma pegada mais contemporânea. O cinza é um bom aliado para compor.

52. Mosaico no ambiente

Reprodução / Oppa Design

O ambiente ganha cores em cada cantinho. No chão, tapete estilizado e com desenhos. Paredes com cores diferentes e geometria colorida. Para finalizar, um grande sofá cheio de personalidade, com acessórios para ajudar na composição: abajur, almofadas e quadros.

53. Quadriculado amigo

Foto: iStock

O quadriculado preto e branco é super aliado da decoração. Ele faz com que o ambiente fique, automaticamente, “descolado”. Aposte em móveis que sejam inteiros de uma só cor. Aqui, por exemplo, é como se fossem blocos de cores: cinza na parede, vinho na poltrona e mostarda no sofá.

54. Tapete que coopera

Reprodução / Oppa Design

Ele ficou esquecido e aos poucos está novamente tomando seu lugar no centro da decoração, literalmente, e aparece reinando nas salas. Escolha um de boa qualidade, para não desgastar com facilidade.

55. Paleta azul

Reprodução / Oppa Design

O azul-petróleo é uma cor curinga, sempre combina com as demais. Nessa sugestão de uso, ele aparece em uma parede, e a ideia é combinar com itens um pouco mais claros, como o azul piscina.

56. Sala de jantar

A sala de jantar pode ganhar um destaque de peso, que é a mesa. Se ela for em uma cor diferente das clássicas, aposte em materiais com acabamento mais fino, como a laca, para dar mais brilho e imponência à peça.

57. Dupla queridinha

Reprodução / Oppa Design

Cinza e amarelo é a dupla queridinha da vez. Vale usar na parede, no piso, tapete, móveis e estofados, e em tons mais claros ou mais fortes. Nos acessórios, invista em peças pretas e brancas.

58. Pequeno notável

Reprodução / Oppa Design

Um armário pequeno, estilo buffet, para guardar aquelas peças de família, ou um aparador, para ter um local para despejar as chaves e as correspondências: uma peça multiuso e charmosa, com um destaque pela cor.

59. Madeira que salva

Reprodução / Oppa Design

A madeira, em seu tom natural, salva qualquer decoração. Nesse ambiente, com cinza e amarelo, ela traz maior equilíbrio ao cômodo, que tem a dupla de cores usada em cada cantinho.

60. Suntuosidade colorida

Um ambiente com ar mais chique também pode receber móveis coloridos. Claro que depende muito do gosto pessoal para compor a decoração, mas é possível aliar peças que são consideradas suntuosas com o colorido para alegrar.

Móveis coloridos para a cozinha

Reprodução / Sealy Design

A cozinha permite mais opções de combinação de cores. Segundo Sandra, a aposta certa são as cores quentes (vermelho, amarelo e laranja) e suas variações. “Mas também é possível apostar numa mescla de cores quentes com o branco e a madeira. Tons muito claros deixam a cozinha com um ar clean, mesmo com as cores”.

61. Um toque de vermelho

A pia vermelha faz dupla com a pequena bancada. O destaque fica por conta dos pequenos pontos de brilho na peça. Os demais armários, nas cores branco e madeira, para não competir visualmente.

62. Peça de destaque

A cozinha com ares clássicos ganhou destaque em uma peça no cantinho, uma cristaleira linda, em um azul vivo e bem forte. Para compor o restante da decoração, as cores branco e creme. Pequenos detalhes em tons de azul ainda aparecem.

63. Cores que se completam

Piso e móveis de madeira, para o básico das cores. Uma parede com pastilhas verde-água para levantar o astral do cômodo, que ainda ganhou banquetas e objetos de decoração em vermelho.

64. Sobriedade na cozinha

Um cômodo pequeno pede cores mais claras, para criar a sensação de amplitude. Nesse caso, a ideia era criar um ambiente mais sóbrio, por isso a escolha do azul fechado. O branco e os tons claros de madeira são perfeitos para não diminui visualmente o espaço.

65. Toque retrô

Reprodução / Adam Butler

Algumas marcas estão apostando fortemente com o lançamento de eletrodomésticos retrô. São aqueles que você bate o olho e lembra que tinha um igualzinho na casa da avó. Além de dar um up na decoração, ainda traz uma memória afetiva à tona.

66. Luz branca-amarela

Reprodução / Pushh Construction

As lâmpadas amarelas caíram em desuso por uma lista de motivos. Em seu lugar, as brancas reinam. Use lustres amarelos com lâmpadas brancas, de preferência em ambientes grandes, o resultado é impressionante.

67. Combo menta

Não basta um móvel colorido, tem que ter também um item extra no mesmo tom, e bem charmosinho, para chamar a atenção. No caso, a mesma cor do armário aparece na batedeira e utensílios.

68. Vermelho suave

Reprodução / A2 Arquitetos

Das muitas nuances do vermelho, opte por uma tonalidade mais suave se desejar usar com abundância na cozinha, principalmente se o cômodo for pequeno ou estreito. Utilize eletrodomésticos pretos ou de inox para criar uma combinação de cores interessante.

69. Cozinha amarela

Reprodução / Adrienne DeRosa

Um ambiente amarelo suave pode ficar ainda mais interessante quando combinado com pequenos detalhes em cores bem diferentes, como vermelho vivo e um azul mais delicado. Use eletrodomésticos de inox.

70. Um detalhe faz a diferença

Às vezes um (ou dois, três…) detalhe de cor faz toda a diferença, como um eletrodoméstico colorido (ou só uma parte dele), por exemplo, como esse forno embutido. Ou então, uma pequena lixeirinha, ou uma parte do piso diferente, como essa ideia de ladrilho.

71. Armários laranja

Foto: Reprodução / Melina Romano Interiores

O laranja com os azulejos geométricos deixaram o ambiente moderno na medida certa. Até a chaleira segue a mesma paleta de cores!

72. Azul quase piscina

Reprodução / Casa Casada

O uso de tijolinho aparente nas paredes e móveis de cores clássicas (como o armário em tom amadeirado, a bancada de granito e as banquetas pretas) permite um toque de descontração nos armários. A cor escolhida foi um azul clarinho, quase na versão piscina.

73. Cores primas

Reprodução / Green Goods

Sabe a ordem da caixa de lápis coloridos? Do branco para o preto? Se você tem medo de errar em cores próximas, ou primas, basta seguir essa dica! As cores que estão próximas sempre combinam quando usadas juntas na decoração.

74. Mistura de cores

Reprodução / Kitchen Art Design

A definição do branco é, na verdade, “ausência de cor”. O preto, por sua vez, é a junção de todas as cores. Mas, se misturar o branco com o preto, o resultado é cinza. Então, use esse trio para decorar sua cozinha. A combinação é, sem dúvida, perfeita.

75. Combo candy

Reprodução / Pierce Allen

Candy colors são cores clarinhas, bem daquelas dos espetinhos de algodão doce (resgate aí sua memória de infância). Os móveis aparecem num cinza esverdeado, bem claro, deixando o ambiente clean, e as cadeiras altas em amarelo candy.

76. Apostas certeiras

Reprodução / Amazing Spaces

Móveis de cores fortes pedem muita parcimônia no restante do cômodo, para o visual não ficar carregado demais. A ilha central tem a base preta, e a bancada branca deixa tudo mais equilibrado. Para fechar com chave de ouro, bancadas de inox.

77. Cinquenta tons de azul

Reprodução / Studio Lux

Armários altos em azul marinho, armários sob a pia, no famoso tom “azul calcinha”. Na bancada, o kit de utensílios azul claro e a dupla de moedores de tempero com dégradé do tom. Na prateleira, cocotes azul-piscina, e sobre a pia, mais objetos em tonalidades de azul. Perfeito para quem é apaixonado por essa cor!

78. Um pontinho vermelho

Reprodução / DiSalvo Interiors

Não, esse não é um daqueles “O que é, o que é?”, mas poderia ser. O pontinho vermelho em questão aqui é um conjunto de cadeiras que aparecem no fundo da cozinha, que ganha mais destaque ainda num cômodo completamente neutro.

79. Medo de cores

Se o medo de arriscar nas cores falar mais alto e te proibir de ousar, opte por usar cor em um móvel pequeno. Aqui, as cadeiras da pequena bancada, que serve como mesa de apoio e de refeições rápidas, foram as escolhidas para ganhar um toque de cor.

80. Verde bandeira

Reprodução / S2 design

O uso da parede e os armários nesse tom de verde ficou incrível nessa cozinha super espaçosa e cheia de madeira, do chão ao teto. A combinação fica ainda mais interessante por não ter uma cor única da madeira. O uso de madeira natural é a contribuição da natureza para uma decoração diferenciada.

81. Abuse das nuances

Reprodução / Studio Lux

Para não deixar a cozinha com uma cor só, você pode escolher uma cor e usar outras nuances da mesma em alguns detalhes. Além de fazer o armário com mais de uma cor, os utensílios podem seguir a mesma paleta.

82. Cristaleira imponente

Quer um estilo imponente em algum canto da sua cozinha? Aposte em uma cristaleira bem grande, em estilo fazenda. De preferência a alguma que tenha uma cor clarinha, já que seu tamanho já chama atenção por si só.

83. Cômodo básico

Reprodução / Cafofo Número 5

Essa cozinha não tem muitos detalhes em sua estrutura, é bem básica, mas foi bem decorada, com o gabinete da pia em verde menta, parede adesiva com ladrilhos, janela colorida e alguns poucos utensílios, cada um de uma cor.

84. Total black

Reprodução / MN Interiores

O visual total black não é requisitado apenas nas passarelas de moda. A cozinha ganhou azulejo de metrô preto, armários e bancada também no mesmo tom. Os eletrodomésticos em inox deixam o ar mais sofisticado.

85. Petróleo e laranja

Uma aposta de cores que não é muito usual, mas que dá muito certo: azul petróleo e laranja escuro, da cor de cenoura. Você pode usar em móveis e estofados, e em detalhes, como nos lustres e utensílios.

86. Quebre o branco

Se você adora uma cozinha completamente branquinha, essa é uma ideia que pode te agradar. Em vez de deixar 100% branca, dê um leve toque de cor com pendentes de cores diferentes. Se possível, use um conjunto.

87. Branco é cor?

Se levarmos em consideração que branco é a soma de todas as cores, então ele pode sim ser considerado uma cor! Essa cozinha retangular parece ser ainda maior com armários brancos cobrindo toda sua extensão.

88. Bancada de apoio

Reprodução / MN Interiores

A ideia de superfície contínua fica ótima em ambientes pequenos. Note que colado à janela, um buffet toma toda a extensão da parede. Rente a ele, uma mesa branquinha. Para finalizar o espaço uma bancada azul bebê, que também tem prateleiras, sendo mais uma opção de armário para o cômodo pequeno.

89. Inspiração das artes

Pode-se dizer que quem decorou essa cozinha é um entusiasta das artes e adora o trabalho do Romero Britto, já que os armários têm as extremidades bem definidas, geométricas, e cada pedacinho tem cores fortes, como as obras do artista.

90. Mesinha como destaque

Reprodução / MN Interiores

Do chão ao teto, a cozinha foi completamente decorada com preto, branco e cinza, cores que se complementam e são certeiras em qualquer cômodo. Para quebrar o trio, dois pontos vermelhos: a pequena mesa de refeições (com lindas cadeiras de acrílico) e a batedeira dos sonhos, lá atrás na bancada.

Móveis coloridos para banheiros

Reprodução / m.a.p. Interiors

Normalmente, os banheiros são esquecidos na hora da cor, e quase sempre a aposta são cores mais básicas, claras ou combinações monocromáticas. A inovação fica por conta, no máximo, de uma mosaico de pastilhas.

Se você faz parte desse grupo de pessoas, em vez de usar uma cor forte em predominância, o conselho da arquiteta é que você aposte em pontos significativos para receber cor. “O banheiro é um ambiente pequeno e usado muitas vezes ao dia. É possível usar cores, não existe uma regra fixa. O importante é seguir o estilo e personalidade do cliente na decoração desse cômodo também”, que é, muitas vezes, quase esquecido.

91. Verde-folha

Se você quer dar um toque de cor ao banheiro da suíte, mas que não brigue com o restante da decoração do quarto, a opção é o verde-folha e suas variações. A cor tem efeito calmante, perfeita para criar um clima relaxante no banho depois de um dia cansativo.

92. Azul da cor do mar

Parece que esse banheiro tem várias cores, mas na verdade são algumas tonalidades de cinza. A mais clarinha no vaso sanitário, um tom mais escuro no azulejo, outro tom acima na moldura do espelho e a mais escura no piso. Por isso, a madeira azul (usada como revestimento da hidromassagem, parede da pia e gabinete) ganha destaque.

93. Cobre e chumbo

Reprodução / Jeff Sheats Designs

O ambiente mescla o clean com o sóbrio, com cores claras no piso, parede e bancada, e o sóbrio tom de azul chumbo no armário sob a pia e moldura do espelho. O diferencial é a cuba, acobreada e com detalhes em prata.

94. Preto rococó

Preto é sempre uma boa pedida, seja na decoração ou nas passarelas. E aqui, mais uma vez ele prova que pode ser chamado de “pretinho básico”, e que muda qualquer ambiente. Esse lavabo tem um ar refinado graças a combinação da cor com os elementos rococó.

95. No banheiro também pode

A dupla cinza e amarelo está cada vez mais presente nas decorações dos diversos cômodos da casa, e podem aparecer no banheiro também, seja na cortina do box, num banquinho de apoio para a banheira ou em outros móveis auxiliares e detalhes em itens de banho.

96. Inspiração das Índias

O uso do revestimento preto e branco na diagonal já é diferente por si só. Daí já é possível identificar que a moradora tem gostos bem refinados e é ousada. E é a ousadia falando mais alto também no espelho, com moldura em espelho colorido com desenho de toque indiano e detalhes dourados espalhados pelo cômodo.

97. Bancada azul

O banheiro pequeno recebeu uma bancada azul, bem forte. O uso de cores fortes diminui o ambiente. Por isso, toda a parede recebeu revestimento de espelho, que ajuda a ampliar (e, no caso, equilibrar) o banheiro.

98. Armarinho retrô

Reprodução / KB Arquitetura

O lavabo ganhou um charme com o armarinho retrô. Ele serve como base para a pia, transparente, para mostrar completamente o móvel. As portas ganharam uma cor nova, para dar um toque de modernidade à peça.

99. Papel de parede no mesmo tom

Se você não tem medo de ousar, envelope todo o seu lavabo com um papel de parede que tenha detalhes nos desenhos no mesmo tom usado nos móveis. O verde aparece na cômoda antiga, que serviu de base para a pia, e muda um pouco de tom na cortina, mas continua na mesma paleta.

100. Candy claro

Reprodução / Templer Interiors

Um verde bem clarinho, mais claro que o candy, mais claro que o chamado tom bebê. É como se fosse um pingo de tinta verde em um balde de tinta branca. Mesmo sendo tão sutil, dá uma outra cara ao ambiente.

101. Molduras destacadas

Reprodução / KB Arquitetura

Esse lavabo ganhou um revestimento de papel de parede que imita uma madeira bem clarinha. O toque de cor vem no amarelo, que aparece na moldura do espelho, na mini prateleira e no pendente.

102. Azul calmante

Segundo a cromoterapia, o azul é uma cor calmante. Então ele é perfeito para compor o banheiro da suíte. Na parede, um tom bem clarinho. O armário escuro não foge da paleta, e é perfeito para abrigar aquelas toalhas de banho bem fofinhas e o estoque de produtos de higiene.

103. Tons terrosos

Um ambiente com tons terrosos não precisa ser sem graça. Aqui, a madeira aparece em abundancia em seu tom natural (na porta, viga em arco e mesa de apoio para a pia). A cor da parede, bem na cor de barro, aparece também na pia. E um detalhe que pode passar despercebido: a mesa de apoio é, na verdade, a cabeceira de uma cama, virada de cabeça para baixo.

104. Armário no banheiro

Se você tem um banheiro espaçoso, vale a pena investir em um belo armário para armazenar toalhas, roupões e produtos de higiene. A sugestão é o uso de uma cor clarinha. O pulo do gato é: quanto maior o armário, mais clara a cor deve ser.

105. Infanto-juvenil

Se os irmãos dividem o banheiro, é possível agradar a gregos e troianos também, ou melhor, a criança e ao adolescente. As cores alegres na bancada e na parede repleta de pastilhas, deixam o banheiro descontraído, e até os decorativos entram na paleta de cores.

106. Spa em casa

Reprodução / Colin Cadle

O banheiro enorme ganha ares de spa com a combinação dos elementos: as cores (branco, azul e branco), os móveis (espelho com moldura, armário sob a pia e banheira clássica) e os itens de decoração (cortina com leve transparência, lanterna de chão e tapete).

107. Cristaleira no banheiro

E que tal se mudar os móveis de cômodo? Casas que tem banheiros grandes permitem a utilização de móveis maiores. Aqui, uma cristaleira marrom e espelhada ganha destaque, abrigando os produtos de higiene. A madeira é exatamente do mesmo tom do detalhe no piso.

108. Cores invertidas

Reprodução / Keesee Associates

Em vez de móveis coloridos, use móveis de cores neutras, como o preto – uma cor ainda pouco explorada nos móveis. Seu uso permite inovar no restante da decoração, como uma parede com uma cor pouco usual para o cômodo.

109. Branco nele!

Reprodução / Marcenaria Baraúna

Assim como a cor preta, o branco também muitas vezes passa despercebido, por ser neutro, a ponto de não ser considerado um móvel colorido quando nessa encontrado nessa cor. Entretanto, ele cai super bem em móveis que tenham uma parte de madeira natural, além de sempre ficar ótimo em banheiros.

110. Cor de algodão doce

Reprodução / Up na Casa

O banheiro ganha ares retrô com o conjunto de itens usados. O destaque fica por conta da dupla azul e rosa, bem clarinhas, nas cores de algodão doce. O armário antiguinho combina seu charme com o azulejo, quadro, espelho e itens de decoração.

111. Cor camuflada

Reprodução / Teakwood Builders

Às vezes a cor é tão “neutra” que parece até mesmo estar camuflada. Esse banheiro, em tons terrosos, tem a moldura do espelho e a base da bancada da pia na cor marrom. A parede rosa e as arandelas com luzes amarelas ajudam a criar uma atmosfera intimista.

112. Ponto de cor

O gabinete da pia do banheiro aparece em um tom bem candy color, um rosa clarinho muito bonito. Um vaso de flor sobre a bancada dá um toque de feminilidade ao ambiente, e o ponto de cor vem com o banquinho de apoio.

113. Tonel reaproveitado

Uma decoração mais sofisticada recebe bem itens reutilizados. Esse banheiro, todo trabalhado em cores sóbrias e revestimentos finos, ganhou um tonel azul marinho, que serve como base para a cuba.

114. Banheiro nude

Reprodução / Catalano Architects

Nude foi a aposta para o banheiro da suíte. A cômoda antiga sob a pia ganhou uma repaginada, com um banho de tinta cinza. As arandelas com lâmpadas amarelas criam um clima aconchegante ao banheiro.

115. Salmão delicado

Reprodução / VRÅ Homestyling

O banheiro só não é completamente branco pelo piso, em tom acinzentado, bem parecido com a cor da ardósia. Ao lado do chuveiro, um carrinho salmão serve de apoio para os itens e acessórios de banho.

116. Branco e azul

Reprodução / NWC Construction

Mesmo quando pequenos, se bem projetados os lavabos podem ganhar armários para armazenar as toalhas e itens de decoração. Nessa ideia, o mesmo tom da madeira aparece na faixa destacada de azulejos, e uma parede ganha um toque de cor da mesma paleta.

117. Gabinete colorido

Foto: Reprodução / Braccini + Lima Arquitetura

Banheiro inteiro clarinho com um gabinete azul para quebrar o gelo.

118. Espaçoso e colorido

Reprodução / Morph Interior

O banheiro espaçoso ganhou uma divisória de mármore, que serve como apoio para a pia e o espelho e divide a área molhada. O gabinete grande, abaixo da bancada com duas pias, recebe o tom de amarelo opaco, que fica super bem em ambientes grandes.

119. Cinza e magenta

O branco do banheiro é quebrado pela área da bancada, que ganha também um contorno no espelho na cor cinza. A parte de baixo do armário, em magenta, deixa o banheiro com uma combinação incrível, delicada e feminina.

120. Luxo na medida certa

Foto: iStock

O design antigo da peça é o responsável por criar o clima de elegância, e o tamanho do armário e bancada dão o ar de luxo fica na medida certa. A cor amarela deixa o ambiente com um toque de modernidade.

Móveis coloridos para varandas e sacadas

Foto: iStock

A varanda pode ser considerada uma tela em branco. Seja uma sacada pequena, de apartamento, ou varandas enormes, com jardins cheios de plantas e flores: as cores sempre são muito bem-vindas. Do azul escuro aos tons amarelados e amarronzados, ou tom sobre tom de verde, junto com vermelho. Ou ainda vários tons de uma mesma cor. Opções não faltam!

“A combinação de cores com contraste fica linda nesses cômodos. Se tiver receio de ousar nas cores dos móveis, use tecidos específicos para área externa, em cores diversas”, explica Sandra. “Hoje já é possível encontrar no mercado uma infinidade de produtos coloridos, até fibra colorida. Móveis coloridos desse tipo de material deixa o ambiente mais significativo. Caso a fibra seja colorida, o indicado é que o tecido dos estofados seja neutro”, avisa a profissional.

121. Espaço para relaxar

A varanda semiaberta é um convite ao relaxamento. Se estiver calor, abra as janelas e deixe a brisa entrar para refrescar. Num dia cinzento de frio, aninhe-se na poltrona com uma xícara de chá e o livro do momento. O aparador colorido dá um toque descontraído ao espaço.

122. Azul escuro nos armários

A área da churrasqueira ganhou um conjunto de armários azul escuro, sob a pia e altos. Como esse espaço tem alta circulação de pessoas, geralmente suja com facilidade, e a cor escura ajuda a não deixar a madeira com manchas encardidas.

123. Ar praiano

Reprodução / Anthony Baratta

Essa varanda de casa de praia é fantástica, perfeita para um bate-papo gostoso, sentindo o cheiro de mar e aquela brisa de final de tarde. Os tons de azul, emoldurados pela estrutura branca, faz a cena parecer um cenário de filme.

124. Vime vinho

A varanda ganhou um ar clássico com os móveis apropriados para o espaço. O vime ganhou tom de vinho e estofados com listras, com cores da mesma paleta. As almofadas, em três cores (vermelho, cinza e creme), dão suavidade ao ambiente.

125. Gazebo de vidro

Reprodução / JML Interior Design

A varanda era apenas uma extensão da casa, como um quintal. Mas foi completamente envidraçada, se tornando um gazebo. Os móveis têm diversas cores, mas que combinam entre si.

126. Papo de verão

Sabe aquele dia de calorão que pede uma limonada bem gelada, de preferência acompanhando um ótimo papo? Para essa ideia, o cenário perfeito é uma varanda com móveis de cores bem quentes, cores de verão.

127. Vidro transparente

Reprodução / Efeito Home

As cadeiras são vermelho sangue, bem vivo, e a decoração fica completa com a base da mesa, feita de treliça cheia de cores (com destaque, também, para o vermelho). A tampa de vidro transparente permite a visualização total do conjunto.

128. Cantinho zen

A varanda foi decorada de forma que se tornasse o cantinho zen da casa, perfeito para o descanso, leitura ou meditação. Para isso, pufes e futons coloridos no chão, uma rede pink para a sesta da tarde, e um buffet bem alegre.

129. Dupla dinâmica

Reprodução / Butzke Móveis

Até parece um quadro! A decoração super criativa prova que com poucos recursos é possível criar um cantinho lindo. A simplicidade torna a cena ainda mais encantadora. Duas cores, apenas, na parede, com as mesmas cores nas espreguiçadeiras, invertidas.

130. Miniatura de varanda

Reprodução / Atelier Marvipol

Tem varandas que são enormes, cabem até jogos de sofá. Se esse não é o seu caso, não desanime. Uma mesinha dobrável e uma cadeira já são o suficiente para você poder tomar um café “lá fora”. Invista em cores alegres para dar um up no espaço pequeno.

131. Cores nos detalhes

Essa varanda recebeu vidro em toda sua extensão, para ficar fechada – ideal para local com muito vento ou frio. O tapete felpudo dá a sensação de acolhimento, e as cores aparecem nos detalhes da decoração.

132. Cadeiras primárias

Reprodução / Efeito Home

As cores primárias, aquelas que são puras (não podem ser criadas a partir de outras cores) sempre são uma opção certeira para uma decoração alegre. O azul e o amarelo das cadeiras podem, ainda, receber uma almofada ou um garden seat vermelho, para completar o trio de cores.

133. Ambiente alegre

Reprodução / Butzke Móveis

As varandas são, basicamente, lugares em que as pessoas passam um tempinho para relaxar. Por isso, use cores alegres, para levantar o astral do lugar. Aqui, o uso de duas mesinhas de apoio.

134. Reunião de amigos

Reprodução / Grupo Novo Tok

Esse tipo de decoração pode ser tanto para um espaço de lazer de um hotel ou para a varanda de casa. As cadeiras da mesma cor e os banquinhos de outra formam um conjunto agradável visualmente, perfeito para os amigos sentarem enquanto apreciam a natureza.

135. Varanda cheia de cores

Reprodução / Apezinho 103

A pequena varanda gourmet é cheia de detalhes coloridos. Pode-se dizer que a base dela é neutra, com a parede da churrasqueira em tijolinho branco, piso cinza claro, armário branco e banco de madeira. As cores aparecem nos assentos, almofadas, futons, utensílios da mesa e quadros e objetos decorativos.

136. Varanda especial

Foto: Reprodução / Studio Novak

A varanda é o espaço perfeito para relaxar com as pessoas que você mais gosta ou fazer um belo de um churrasco. As cadeiras coloridas harmonizam com os azulejos e o tom marrom da madeira, que traz um sensação de aconchego à varanda gourmet.

137. Casa de interior

Reprodução / De Tudo Um Pouco

É muito difícil (quase impossível) encontrar casas térreas com grandes varandas em alguma capital. Mas no interior é comum encontrar esses espaços, tão gostosos para passar horas colocando o papo em dia. Geralmente bem grandes, essas varandas são perfeitas para soltar a criatividade na hora de decorar.

138. Era uma vez… Uma cama

Reprodução / Loja Sandra Santos

As camas antigas trazem o charme de todas as curvas e desenhos com inspiração rococó. Se as cabeceiras forem reutilizadas, podem formar bancos incríveis! Pinte com cores bem alegres para deixar o móvel com mais cara de peça única!

139. Happy hour

Reprodução / Efeito Home

Final de ano é sempre a mesma pergunta: onde será a despedida, com happy hour com direito a amigo secreto? Esse seria o cenário perfeito! Calorão, móveis adequados para relaxar, ombrelone para não pegar o sol do final do expediente e muita cor para animar o clima!

140. Pequeno detalhe

Pense num móvel versátil…. É aquele antigo criado-mudo! Era da avó, passou para a tia, e agora é seu. Dê uma cara nova ao baixinho e mude ele de lugar. Ele não precisa ficar, necessariamente, dentro do quarto. Pode servir como aparador de livros no jardim e fazer um charminho por lá.

141. Chumbo também é cor

 

Foto: iStock

Cinza-chumbo é aquele tom de cinza que está mais próximo do preto. Além do benefício fantástico de sujar pouco (para a alegria das donas de casa), ele ainda permite combinações de cores bem alegres, como vermelho, vinho, cobre e dourado.

142. Material reaproveitável

Reprodução / Cenarium Locações

Madeira: material que sempre pode ser reaproveitado, de diversas formas diferentes, e para fabricar infinitos projetos. Sobrou madeira da obra de casa? Que tal fabricar um jogo de bancos bem coloridos para o jardim?

143. Varanda gourmet apaixonante

Foto: Reprodução / Agueda de Pádua Ferreira

Armários azul royal, cadeiras azul tiffany e branco para todos os lados: impossível uma combinação charmosa como essa dar errado. A luz natural fecha com chave de ouro esse espaço.

144. Tons pasteis

Reprodução / Rute Rocha

Antes do termo candy color, muito já se falava por aí em tons pasteis. E são eles que aparecem nessa micro varanda gourmet. As cores mais intensas que aparecem são as folhas dos cactos e suculentas e uma única cadeira vermelha.

145. Varanda gourmet

As construtoras cada vez investem mais em prédios com amplas sacadas e varandas gourmet. Solte sua imaginação na hora de decorar, e use cores marcantes para deixar esse cantinho do apartamento bem alegre para receber seus convidados.

146. Preto e branco

Preto e branco está para a decoração assim como o arroz está para o feijão na culinária (tanto no gosto, quanto na cor). A combinação é certeira, e as cores passam a sensação de bom gosto!

147. Um dia de férias

Reprodução / Ecotek

Férias de verão, criançada empolgada com a viagem… E o que você imagina? Praia, piscina, frutas, picolé, canga, guarda-sol… Uma profusão de cores! Empenhe-se para criar um cantinho que transmita a ideia de relaxamento especialmente pensado para aumentar a alegria das férias!

148. Paz de espírito

A cromoterapia é um método terapêutico que utiliza cores para regular o equilíbrio entre o corpo, a mente e as emoções.  Segundo a técnica, a cor azul traz paciência e serenidade, sensações que, com certeza, é possível sentir ao descansar nessa varanda.

149. Manualidades no décor

Foto: iStock

 

Se você domina as artes das agulhas e entende crochê e tricô, confeccione pufes coloridos, e combine a cor usada neles com outros detalhes no mesmo ambiente, como objetos de decoração e capas de almofadas.

150. Cantinho do descanso

Um feriado à tarde pede um descanso, para recuperar as energias para o próximo dia letivo. Por isso, capriche na escolha dos móveis no seu cantinho de descanso. Use cores alegres para te deixar cheio de energia e animação para o dia seguinte.

Como pintar os móveis em casa

Foto: iStock

A maior parte dos móveis usados hoje em dia é de MDF ou compensado, com acabamento de fórmica ou laminado. Algumas etapas básicas são iguais para móveis de madeira maciça. Confira o passo a passo:

1º passo – Lixar: a primeira tarefa, para iniciar o processo de pintura é lixar! Passe a lixa vigorosamente por toda a peça, inclusive nos cantinhos – dá para aproveitar nesse momento e tirar rebarbas e cantinhos que possam machucar. Deixe a superfície bem lisa. Não é possível ver a olho nu, mas a madeira estará mais porosa, perfeita para receber a tinta.

2º passo – Conserto: caso o móvel tenha sofrido alguma queda ou esteja amassadinho em algum lugar, use massa específica para madeira. Use uma espátula para preencher o espaço desejado, espere secar, e lixe novamente para deixar a superfície completamente uniforme.

3º passo – Base: a ideia é a mesma que se usa para a base de unhas: não é item obrigatório, mas ajuda e facilita muito a cobertura e durabilidade da tinta. De preferência, opte por uma base da mesma marca que a tinta que será usada.

4º passo – Tinta: agora é correr para o abraço e caprichar na pintura! Não esqueça que existem tintas especificas para algumas áreas. Se for pintar algum móvel que vai ficar exposto no tempo, prefira esmalte sintético, à base de óleo. Se o móvel for preencher um cantinho de dentro de casa, há mais opções: tinta acrílica, em spray e esmalte sintético.

5º passo – Secagem e cobertura: agora já é possível visualizar a mudança no móvel. Espere secar a primeira camada de tinta e dê mais duas demãos de tinta, respeitando os intervalos para secagem entre uma aplicação e outra. Depois de finalizada a pintura, é hora da cobertura. Para isso, aplique uma camada de verniz fosco em spray por toda a superfície. O produto ajuda a manter o brilho e proteger o móvel.

Qual a melhor aposta?

20 móveis coloridos para comprar pela internet

Móveis coloridos sempre dão um toque diferente ao ambiente, seja ele qual for. Veja algumas ideias de produtos que podem dar uma nova cara à sua casa:

  • Produto 1: Prateleira Cartoon Oval. Compre na Aiup
  • Produto 2: Gaveteiro Tag Amarelo Canário. Compre na Meu Móvel de Madeira
  • Produto 3: Criado-mudo Pop 3 Gavetas. Compre na Muma
  • Produto 4: Buffet 3 Portas Dylan Maxima. Compre no Extra
  • Produto 5: Cômoda Doors. Compre na Aiup
  • Produto 6: Cadeira Medalhão II Entalhada Provençal. Compre na Cidade dos Móveis
  • Produto 7: Criado-mudo inglês. Compre na Objetos de Madeira
  • Produto 8: Penteadeira Vintage. Compre na Shoptime
  • Produto 9: Estante Colorida Em Madeira e Mdf. Compre no Submarino
  • Produto 10: Mesa lateral Triky. Compre na Tok Stok
  • Produto 11: Poltrona Decorativa Suede Acetinado. Compre na Americanas
  • Produto 12: Nicho Adapte Uva. Compre nas Lojas KD
  • Produto 13: Sofá 2 lugares Rock My Child Couro Sintético. Compre na WMB Store
  • Produto 14: Mesa lateral Azalea. Compre na Mobly
  • Produto 15: Aparador Luís XV com Duas Gavetas. Compre na Cidade dos Móveis
  • Produto 16: Buffet 3 Gavetas 2 Portas Vintage. Compre na Madeira Madeira
  • Produto 17: Cômoda Dress. Compre na Aiup
  • Produto 18: Criado-mudo Caixa de Verduras. Compre na Trekos e Cacarekos
  • Produto 19: Aparador Home. Compre nas Lojas KD
  • Produto 20: Armário Losangulo. Compre na Lojas KD

Os móveis coloridos são uma aposta certeira para dar um up na sua decoração! Invista em uma peça colorida, seja comprada pronta, ou um móvel antigo, que pode ganhar uma cara nova! O que vale é deixar sua casa cada vez mais bonita.

PARA VOCÊ

COMENTÁRIOS