Como organizar a geladeira de maneira prática e funcional

Escrito por

Manter a geladeira organizada está longe de ser um capricho: quando tudo está limpo, à vista e no lugar certo, seu dia a dia na cozinha se torna mais prático e você ainda evita o desperdício de alimentos. “Um dos principais objetivos de ter uma geladeira organizada é evitar que os alimentos estraguem”, revela a personal organizer da YUR Organizer, Juliana Faria. Confira nossas dicas para deixar sua geladeira limpa e organizada.

Publicidade

Como manter os alimentos organizados na geladeira

iStock

Cada parte da sua geladeira atinge uma temperatura diferente, já com o intuito de conservar melhor determinados alimentos de acordo com o local onde eles são armazenados. Além disso, “o ideal é manter os alimentos sempre bem fechados. Tudo que for cru deve ficar disposto na parte de baixo, enquanto o que estiver pronto para o consumo e/ou cozido deve ser colocado na prateleira superior”, complementa a nutricionista e gerente de franquias na VIP House Mais, Juliana Toledo.

Publicidade

Confira como armazenar os alimentos em cada parte da sua geladeira, começando de baixo para cima:

Tua Casa

Gaveta inferior

É o local menos frio da geladeira, sendo o mais apropriado para armazenar frutas, legumes e verduras, que são alimentos mais sensíveis às baixas temperaturas e podem até estragar. A conservação fica por conta de embalagens plásticas. “Morangos, framboesas e amoras têm um processo mais rápido de deterioração. Assim, estas frutas devem ser conservadas na parte mais fria do refrigerador, em embalagens com entrada e saída do ar”, aconselha Juliana Faria.

Última prateleira/Tampo da gaveta inferior

Ambos podem ser utilizados para guardar frutas – as mais macias em bandejas e as mais duras em sacos com fecho hermético. Alimentos para descongelar também ficam aqui.

Publicidade

Prateleiras intermediárias

Boas opções para conservar alimentos prontos para o consumo, cozidos e sobras de comida, ou seja, tudo que for consumido rapidamente. Bolos, doces e tortas, sopas e caldos, também devem ser guardados aqui. Se você prepara comida no dia anterior para levar ao trabalho no dia seguinte, este também é o lugar para conservar potes fechados com tampa, de plástico ou vidro.

Dica da personal organizer: “Opte por potes transparentes ou coloque etiquetas para que a visualização seja mais fácil e também para não ficar com a porta da geladeira aberta por muito tempo enquanto procura o que pegar”.

Prateleira superior: quanto mais para o alto da geladeira, mais frio. Por isso, a prateleira superior é ideal para acondicionar leites e seus derivados como queijo, requeijão, iogurte, em recipientes bem fechados. Se você gosta de bebidas bem geladas, este é o melhor lugar para refrigerantes, sucos ou água. Diferente do que é normalmente recomendado pelos fabricantes de geladeiras, as prateleiras intermediárias ou superiores também são o melhor lugar para armazenar os ovos. Assim, você evita a trepidação constante do abre e fecha da geladeira e ainda os mantém sob a mesma temperatura.

Dica da personal organizer: “Nesta parte, organize tudo em bandejas ventiladas, os alimentos separados por tipo e, se sobrar um espaço, monte uma cesta de café da manhã com todos os ingredientes para ir direto à mesa”.

Gaveta superior

Se houver uma gaveta superior logo abaixo do freezer, é lá que você deve guardar os frios, manteigas, temperos verdes, como salsinhas e cebolinhas, ou peixes e carnes que serão preparados. A personal organizer recomenda que os frios e embutidos sejam retirados das bandejas e colocados em potes apropriados, separados por tipos.

Congelador

O congelador é o lugar ideal para armazenar alimentos congelados ou que precisam ser conservados a uma temperatura mais baixa, como sorvetes e carnes, por exemplo. Mas, esses alimentos também podem estragar. “Use etiquetas de identificação e acrescente a data em que foi congelado. Organize-os por categoria: carnes, frangos, comidas prontas. Tenha um inventário com todos os alimentos e a data de validade de cada um, assim você não corre o risco de deixar que algo passe da validade e estrague”, instrui Juliana Faria.

Agora, se você quer congelar aquela comida que sobrou durante um almoço de família, o objetivo é garantir maior durabilidade. Além de identificar o que e quando foi congelado com etiquetas, verifique se os potes são resistentes às baixas temperaturas. “Lembre-se que uma vez descongelado, o alimento não deve voltar ao freezer”, reitera a nutricionista Juliana Toledo.

Porta

A porta da geladeira é o local que sofre maior variação de temperatura devido ao abre e fecha constante do dia a dia. Por isso, é ideal para alimentos industrializados de consumo rápido como bebidas (se você não gosta de coisas muito geladas), molhos (ketchup e mostarda), conservas (palmito e azeitonas), temperos e grupos de alimentos que não sofrem com a oscilação de temperatura. Vale separar os produtos por categoria, distribuindo cada uma em uma divisão.

6 truques para armazenar os alimentos na geladeira

Foto: Getty Images

Foto: Getty Images

Publicidade

Cada um guarda os alimentos na geladeira da forma que acha mais conveniente para seu estilo de vida, mas seguindo algumas dicas você pode ampliar a durabilidade dos alimentos; além de ganhar espaço na geladeira sem ter que deixar algum item de fora da sua lista de compras.

Quando o assunto é organização, o mais indicado é guardar os alimentos cortados ou cozidos em potes quadrados ou retangulares, já que ocupam menos espaço e podem ser facilmente empilhados.

  1. Lavagem de alimentos: é bom lavar frutas, verduras e legumes somente na hora do consumo. Depois de lavar em água corrente, deixe de molho em uma solução de água sanitária e água (1 colher de sopa para cada 1 litro de água), de 10 a 15 minutos. Enxágue com água filtrada para evitar recontaminação. Passe as verduras em uma centrífuga e coloque-as em potes plásticos com furinhos de ventilação, intercalando com papel toalha.
  2. Higienização de embalagens: embalagens compradas no supermercado também devem ser lavadas, antes de serem colocadas na geladeira. Lave com água e detergente, exceto aquelas que forem Tetra Pack. Nesses casos, passe apenas um pano úmido. Quando tudo estiver seco, é hora de guardar no refrigerador.
  3. Alimentos abertos: produtos como leite condensado e molho de tomate, quando abertos, devem ser retirados da embalagem original e colocados em potes de vidro ou de plástico. “Recomendo usar o papel filme para evitar manchas e também para proteger de toxinas. Identifique tudo com etiquetas, contendo informações como data de abertura e validade”, diz a nutricionista Juliana Toledo. Para evitar cheiro na geladeira, opte por bandejas de acrílico para agrupar alimentos como os itens de um café da manhã, por exemplo, que incluiriam margarina, manteiga, requeijão, frios, leite e iogurtes. “Além de facilitar na hora de tirar da geladeira aquilo que você realmente precisa, dispensa o abre e fecha, ganhando tempo, evitando a oscilação de temperatura e economizando energia”, completa a personal organizer Juliana Faria.
  4. Data de vencimento: para evitar a perda desnecessária de alimentos, adote uma regrinha bem útil chamada PVPS — Primeiro que Vence, Primeiro que Sai. Deixe os produtos que vencem primeiro na frente e na altura dos olhos para que eles não fiquem esquecidos na geladeira.
  5. Amadurecimento de frutas: mergulhe tomates maduros em uma mistura de água fria com sal. Para maçãs escuras, coloque-as em um recipiente com água fria e suco de limão. Isso fará com que elas fiquem claras mesmo depois de cortadas. Já aquela metade do abacate que sobrou deve ser armazenada junto com o caroço. O abacaxi, por sua vez, depois de descascado, deve ser mantido sob refrigeração.
  6. Dicas de conservação: a mandioca dura muito mais quando descascada, lavada e guardada no freezer dentro de um saco plástico. Os ovos também podem ser mantidos por mais tempo, quando armazenados com a parte pontuda para baixo.

14 itens que não devem ser colocados na geladeira

Foto: Getty Images

Foto: Getty Images

Você já parou para pensar se tudo o que você coloca dentro da geladeira realmente deveria estar lá? Tem coisas que normalmente são refrigeradas, mas que se fossem mantidas sob temperatura ambiente poderiam durar mais ou até conservar melhor os nutrientes. Confira:

  1. Latas: não devem ser guardadas abertas, pois enferrujam. Retire o alimento da lata e guarde em um pote bem fechado antes de colocar na geladeira.
  2. Panos ou papel: não devem ser utilizados para forrar as prateleiras da geladeira, já que elas são laváveis. Além disso, a forração impede a circulação, forçando o motor a trabalhar mais e, consequentemente, gastar mais energia.
  3. Tomates: embora seja de praxe colocá-lo na geladeira, esta não é a melhor forma de conservar o tomate. Ao contrário do indica senso comum, o tomate deve ser colocado na fruteira de cabeça para baixo, mantendo assim as características nutricionais e o sabor natural. A recomendação é comprar somente o necessário para a semana, evitando perdas.
  4. Batatas: também ao contrário da prática orientada pelo senso comum, a batata deve ser embalada em sacos de papel e guardada no armário. Quando colocada na geladeira, o amido é transformado em açúcar e a sua textura e cor que são alteradas quando o alimento é cozido.
  5. Cebolas: as cebolas precisam de ventilação e, por isso, devem ficar longe da geladeira. Lá elas sofrem com a umidade e tenderão a amolecer. O local mais indicado é na despensa, no escuro, em sacos de papel ou caixas de madeira. Se sobrar um pedaço depois de cozinhar, passe manteiga na metade cortada e guarde-a no refrigerador em um recipiente fechado. Isso evita que ela resseque, mas consuma logo. A mesma técnica vale para queijos duros.
  6. Alho: o alho pode durar até dois meses fora da geladeira, desde que conservado em um lugar fresco e seco. Se refrigerado, pode perder seu sabor característico, criar mofo devido à falta de ventilação e à umidade, e sua textura pode ficar macia e elástica. O ideal é conservá-lo em sacos de papel ou jornal, mas com pequenos furinhos para ventilar.
  7. Melão e Melancia: é comprovado que frutas como melão e melancia são melhor conservados fora da geladeira. Estar sob temperatura ambiente mantém as características nutricionais, principalmente os níveis de antioxidantes (Licopeno e Betacaroteno) intactos. Quando cortados, porém, o ideal é guardá-los sob refrigeração embalados por plástico filme.
  8. Maçãs: as maçãs duram por um longo tempo sob temperatura ambiente, podendo alcançar de duas a três semanas. A geladeira só deve ser utilizada se a ideia é guardá-las por mais tempo ainda. Devem ser conservadas na fruteira, longe das bananas para evitar que amadureçam rapidamente, ou em caixas de madeira. Uma boa pedida é armazená-las junto com as batatas para impedir o processo de germinação.
  9. Manjericão: evite guardar o manjericão na geladeira. Baixas temperaturas não são recomendadas. Lave, seque, corte os galhos em diagonal e conserve-os em um copo com água, longe do sol, e cobertos por um plástico. Troque o líquido todos os dias ou a cada dois dias.
  10. Óleo ou azeite: guarde o óleo e o azeite junto com os vinhos, deitados em local mais escuro e com temperatura amena. Quando refrigerados, ficam espessos, turvos e com aspecto amanteigado.
  11. Mel: o mel se conserva sozinho de maneira natural. Por isso, dispensa a geladeira, até mesmo depois de aberto. Temperaturas baixas podem engrossar e cristalizar os açúcares presentes no mel, alterando a consistência do produto. Feche bem o frasco e guarde na despensa ou no armário da cozinha, preferencialmente no escuro. Marmeladas e geleias, no entanto, devem sempre ser conservadas na geladeira, principalmente após abertas.
  12. Café: o café em pó, ao contrário do que alguns costumam fazer, deve ser guardado longe da geladeira, em recipientes fechados. Quando refrigerado, seu sabor e aroma são alterados, já que ele absorve qualquer cheiro que estiver por perto.
  13. Pão: a geladeira definitivamente não é lugar de pão, pois a baixa temperatura o ressaca rapidamente. Se a ideia é apenas preservar o que não será consumido em até quatro dias, o congelador é a melhor opção para conservar.
  14. Pimentas em conserva: fechado ou aberto, o vidro de pimentas em conserva deve ficar fora do refrigerador. A validade desses produtos pode chegar a até três anos, graças a ingredientes como vinagre e azeite, que contribuem para a conservação.

Como limpar a geladeira e evitar odores indesejados

Foto: Getty Images

Foto: Getty Images

Já que tudo estará em ordem e no seu devido lugar, é fundamental uma boa limpeza para começar em grande estilo. “Recomenda-se limpar a geladeira a cada 10 dias e, o freezer, a cada 15 dias”, acrescenta a nutricionista Juliana Toledo.

Então aprenda o melhor passo a passo para deixar seu refrigerador novinho em folha!

Limpeza externa

  1. Prepare uma mistura com 500ml de água e 8 gotas de detergente incolor ou de coco e coloque em um borrifador;
  2. Passe a solução na parte externa da geladeira;
  3. Retire a sujeira com um pano úmido ou tecidos de microfibra e, em seguida, passe um pano seco para não manchar;
  4. Desligue a geladeira para tirar o pó da parte de trás com um aspirador de pó ou uma escova macia.

Limpeza interna

  1. Com a geladeira já desligada, olhe a data de validade dos alimentos. Transfira o que estiver bom para uma caixa térmica, isopor ou bacia com gelo, e descarte o que for necessário;
  2. Se você não tiver uma frost free, lembre-se de descongelar aquela camada de gelo que se aloja no freezer;
  3. Partes removíveis como gavetas, prateleiras e divisórias da porta podem ser retiradas da geladeira e lavadas em água corrente;
  4. Para limpar, utilize uma esponja macia e sabão neutro;
  5. Com a mistura do borrifador, limpe toda a parte interna com a esponja e, em seguida, um pano úmido;
  6. Passe também uma solução de bicarbonato de sódio e água em um pano multi-uso, sem enxaguar. Isso neutraliza o odor;
  7. Deixe secar;
  8. Ligue a geladeira e guarde tudo.

Para completar, a personal organizer Juliana Faria destaca o truque caseiro do carvão, que serve para absorver cheiros desagradáveis dentro da geladeira. “Coloque pedaços do material dentro de um copo ou de um potinho destampado para impedir contato com os alimentos. Para sentir um cheirinho agradável toda vez que abrir a geladeira, coloque um pedaço de algodão umedecido com algumas gotinhas de essência de baunilha comestível dentro de um potinho plástico de café”, ensina. Para prevenir odores, a especialista recomenda manter os alimentos armazenados em recipientes fechados ou vedados com plástico filme.

Agora que você já sabe como organizar a geladeira, que tal algumas dicas de como preparar a lista de compras do mês e reabastecer o que esteja faltando?

Publicidade