Sala de estar decorada: 120 ideias com estilos diferentes para te inspirar

Escrito por Gabriela Petrucci

Reprodução / Escala Arquitetura

Normalmente utilizadas como um ambiente de convivência especial para receber visitas, as salas de estar devem ser decoradas e mobiliadas de acordo com o gosto pessoal dos moradores, mas de forma que fique aconchegante, funcional e que passe uma boa impressão.

Para que o resultado seja harmonioso e não fique carregado ou impessoal demais, o arquiteto Eduardo Bessa, da Cactus Arquitetura e Urbanismo, de São Paulo, recomenda que sejam avaliadas as dimensões do cômodo. “O posicionamento dos móveis depende das aberturas do ambiente, como portas, janelas e vãos, e o tamanho do pé direito”, explica. Da mesma forma, esses fatores interferem em decisões a respeito do uso de gessos e da iluminação da sala, lembra a arquiteta Claudia Allionis, sócia de Eduardo.

A partir disso, pode ser interessante definir de antemão uma paleta de cores para compor o ambiente de forma equilibrada. “A mistura de cores conflitantes e de estampas que não combinam entre si cria uma sensação desconforto no ambiente”, alerta o profissional. O mesmo tipo de cuidado vale para a quantidade de móveis e objetos decorativos, que, salvo exceções, não deve ser exagerada.

De modo geral, as salas de estar contam com móveis básicos, que proporcionam conforto. “O que não pode faltar é um bom sofá, uma dupla de poltronas, uma mesa de centro e mesinhas laterais”, lista Eduardo. Para dar personalidade ao ambiente, a dica de Claudia é investir em um lindo tapete e obras de arte que correspondam ao estilo pessoal do morador.

Escolhendo o mobiliário e os objetos decorativos com cuidado, é possível criar ambientes agradáveis para todos os gostos e necessidades, tanto dos moradores quanto em adequação de espaço e medidas.

Salas de estar pequenas

“Duas coisas podem dar a sensação que o ambiente é maior, o uso de uma paleta de cores claras e o uso de espelhos, que dão a sensação de amplitude”, sugere o arquiteto. Se existe a vontade de usar cores mais escuras ou vibrantes em salas pequenas, é melhor apostar em elementos pontuais ou escolher apenas uma das paredes para pintá-la desse tom, o que ajuda também a criar delimitações do ambiente.

Em locais com tamanho reduzido, Claudia recomenda maior cuidado com o espaço livre para circulação, o que está diretamente relacionado com uma quantidade menor e uma disposição mais acurada dos móveis.

1. Cores claras para uma sala de piso escuro

Reprodução / Mandril Arquitetura

2. Um tapete no centro da sala ganha a moldura do piso de ladrilho retrô

Reprodução / Triplex Arquitetura

3. Com móveis do tamanho certo, sobra até espaço para as plantinhas

Reprodução / Lux Design

4. Branco e madeira é aquela combinação curinga

Reprodução / Mandril Arquitetura

5. Salas integradas precisam estar em total harmonia

Reprodução / Giovani Chisté

6. A estante sob medida acomodou até o split do ar condicionado

Reprodução / Paula Muller

7. Tapetes são bem-vindos mesmo em ambientes pequenos

Reprodução / Mandril Arquitetura

8. Tons terrosos são uma boa aposta para unificar o ambiente

Reprodução / Bloco Z Arquitetura

9. Os detalhes em amarelo quebram a calmaria do cinza com o azul turquesa

Reprodução / Adriana Fontana

10. Do claro ao escuro: as cores predominantes são o branco e três tons de cinza

Reprodução / Maira Schaeffer

11. O tapete estreito e com linhas ajuda a dar a sensação de amplitude para a pequena sala

Reprodução / Luciane Mota

12. Em ambientes pequenos, substitua o sofá tradicional por estofados menores

Reprodução / Gabriel Hering

13. … ou até mais estreitos que os usuais

Reprodução / Juliana Santana

14. A base neutra permite o uso de cores mais fortes nos objetos

Reprodução / Histórias de Casa

15. O cinza claro impera nesse ambiente!

Reprodução / Mandril Arquitetura

Salas de estar com espelhos

Um dos tipos de revestimento mais comuns para salas de estar é o espelho, justamente porque é utilizado como um recurso para ampliar o ambiente. No entanto, a arquiteta recomenda que o uso desse material seja feito com critério, para que o resultado não fique visualmente desagradável.

Vale lembrar também que se a intenção for utilizar espelhos para causar a sensação de que o cômodo é maior, é importante que a sala não seja pintada de cores escuras, que tendem a diminuí-la, tornando-a ainda menor por conta da combinação dos revestimentos.

16. A vivacidade do rosa avermelhado dá as caras nas almofadas e nas flores

Reprodução / The Graphics Fairy

17. Apostar numa paleta candy colors é certeza de sucesso!

Reprodução / Rachael Smith

18. O espelho com detalhes quadriculados lembra o desenho de uma janela

Reprodução / Blakes London

19. O espelho gigantesco é, sem dúvidas, o ponto alto da sala

20. A moldura do espelho segue o tom terroso do restante da decoração

21. E que tal duplicar o espaço com o cômodo refletido no espelho?

22. O espelho foi aplicado de maneira criativa, em cima do painel de TV, como um detalhe irreverente

23. Um projeto incrível com marcenaria que abusa das linhas orgânicas

Reprodução / Iara Kilaris

24. Projeto elegante, com destaque para o jogo de cores e texturas na medida certa

Reprodução / Casapronta

25. O painel de laca com peças que simulam o efeito 3D divide espaço com o espelho lateral na sala integrada

Reprodução / FM Arquitetura

26. A clássica ideia de usar o espelho na parede em que a mesa de jantar está encostada nunca sai de moda

Reprodução / Claudiane Dangui

27. O espelho na parede lateral é o melhor truque para ampliar o ambiente

Reprodução / MRV Engenharia

28. O espelho em L aparece na parte de cima e na lateral do painel da TV, até o chão

Reprodução / FM Arquitetura

29. O uso do espelho junto com o branco deixa o ambiente clean e contemporâneo

Reprodução / Iara Kílaris

30. O móvel da TV com madeiras pretas e brancas e com o uso de espelho dá leveza à sala

Reprodução / ArqDecor

Salas de estar modernas e contemporâneas

O estilo decorativo das salas de estar, assim como ocorre com outros cômodos da casa, depende principalmente dos gostos e da identificação dos moradores. “Se a pessoa quer um visual mais moderno, é interessante investir em móveis com linhas retas e design com referências contemporâneas”, indica a profissional. Para um resultado mais leve, o sócio de Claudia recomenda o contraste do ambiente com peças de estilos mais clássicos.

31. A composição do cinza com o preto e a madeira deixou o ambiente moderno, jovem e elegante

32. Sala de estar neutra: além de ser atemporal, não tem como errar!

33. Uma decoração com cores neutras e sóbrias resulta em uma sala sofisticada e contemporânea

34. O painel com ripas largas de madeira complementa a decoração com tons terrosos

35. O sofá colorido é o ponto alto dessa sala em tons de cinza

Reprodução / Spazio Arquitetura

36. Uma base neutra e clean permite ousar nas cores dos acessórios

Reprodução / Triplex Arquitetura

37. Peças de design – como a poltrona Lis – fazem toda a diferença no ambiente, sendo um elemento de destaque na sala

Reprodução / Trenna Arquitetura

38. Os tons dos mobiliários deixaram essa sala aconchegante e bem elegante

39. O espaço reduzido é perfeito para um sofá cama. O pequeno baú e as artes na parede complementam a decoração

Reprodução / Loft 80

40. Sala moderna com destaque na parede em azul petróleo e almofadas geométricas

41. A sala espaçosa em tons neutros recebeu um toque de cor com a arte que se destaca na parede branca, ao lado da porta de correr

42. Os tons neutros junto com a madeira fazem um casamento perfeito!

Reprodução / Fernanda Marques

43. O painel da TV em laca marrom e fendi assume todo o charme dessa sala

44. Não tem medo de grandes produções? Então aposte em um painel espelhado para a TV!

45. O terraço integrado ao living ficou cheio de estilo com essa composição de cores

Salas de estar clássicas ou tradicionais

Construídos com móveis que podem carregar consigo histórias da família, as salas de estar em estilo clássico envolvem molduras mais trabalhadas, objetos antigos, cores mais sóbrias e detalhes sinuosos.

46. As cores clássicas é a aposta que nunca sai de moda!

Reprodução / MJ Arquitetura

47. A mesa de centro de vidro fica perfeita em uma sala com estilo clássico

Reprodução / Beth Campos

48. Tem móvel mais clássico que um sofá de veludo com capitonê?

Reprodução / Sylvia Ribeiro

49. Papel de parede adamascado, espelho veneziano e muito capitonê!

Reprodução / Marbô Festas

50. O lustre imponente é o ponto central dessa sala com pé direito duplo

Reprodução / MJ Arquitetura

51. Espelhos, cores claras e pufe de couro com capitonê para esse ambiente

52. Madeira e preto e branco, para não fugir das combinações clássicas

Reprodução / Rodrigo Jorge

53. Overdose de dourado com um toque de adamascado, vinho, cristal e texturas diferentes

54. O destaque dessas salas integradas, sem dúvidas, são os lustres. Além de lindos, anda fazem um jogo de luz no teto

55. Esta sala de estar possui a beleza do clássico e a sofisticação do contemporâneo, e todo o ambiente passa uma sensação de aconchego e harmonia

56. Um ambiente clássico repaginado, com lareira revestida com mármore marrom imperador que traz a sobriedade e imponência ao espaço

57. O uso de elementos como a escultura de coral não se restringe apenas a projetos praianos, podem ser usados sem medo na cidade também

58. Clássica sala cinza com toques de azul

59. E que tal esse pendente maravilhoso em cima da mesinha de apoio?

60. A mesinha de vidro transparente deixa o destaque para o tapete com animal print

Salas de estar em cores claras e neutras

Ideais para espaços pequenos e básicas para a elaboração de ambientes mais clean, as cores claras e os tons neutros transmitem tranquilidade e serenidade, por isso são os preferidos do arquiteto Eduardo Bessa. Salas de estar fundadas em paletas de cores desse tipo também permitem jogos com objetos coloridos e detalhes vibrantes.

61. Uma sala clássica bem clean e neutra

62. As plantinhas dão o toque de cor nesse ambiente

Reprodução / CB Arquitetos

63. O living ampliado parece ainda maior graças às cores claras

Reprodução / Belisa Corral

64. A segurança da madeira e do cinza para quem tem medo de ousar

Reprodução / Graziella Nicolai

65. A paleta clean permitiu até um tapete mais ousado

66. A clássica combinação de branco com madeira clara nunca erra!

67. As almofadas em azul turquesa quebram o bege clarinho desse ambiente

Reprodução / Lugar Arquitetura

68. Branco, cinza clarinho e madeira!

Reprodução / Estúdio Klee

69. Texturas com tons naturais ficam ótimas em ambientes mais discretos

Reprodução / Ibagy

70. Sala de estar neutra com detalhes pontuais de cor para fazer a diferença!

Reprodução / ArqVita

71. O painel da TV em mármore e a iluminação indireta com fita de led dão todo o charme para essa sala compacta

72. Ambiente com tonalidades suaves, tom sobre tom em bege, com plantas em destaque sobre a tela para uma atmosfera leve e elegante

Reprodução / Juliana Basile

73. A monotonia do bege quebrada pelo verde-água das almofadas

74. Paleta de cores em tons neutros permitem o uso de cores pontuais, como essa poltrona verde, que deu uma alegrada no ambiente

Reprodução / Alexandre Queiroz

75. O painel que percorre a parede da sala até a cozinha transmite a sensação de integração dos ambientes

Salas de estar coloridas, escuras ou vibrantes

Além dos jogos de composição nos ambientes claros, cores escuras podem aparecer em salas de estar mais amplas e, segundo Claudia, são ótimas para completar cômodos que recebem bastante iluminação.

76. A sala com paredes e tapete escuro ganhou um estofado claro e pendentes de cristal

77. Um toque de cor para dar um up ao ambiente

Reprodução / d+Cor Arquitetura

78. Quer um toque alegre para a sala? Aposte no amarelo e vermelho!

Reprodução / Gabriel Valdivieso

79. E que tal uma sala toda trabalhada no azul?

Reprodução / Luma Botega

80. Uma sala em tons escuros nem sempre fica com a impressão de espaço reduzido

Reprodução / Rafa Lima

81. Um ambiente cheio de cor transmite alegria para quem chega

Reprodução / Casa Aberta

82. Sala contemporânea e cheia de estilo

Reprodução / Westwing Brasil

83. Ousadia é o que representa esse espaço que esbanja criatividade na decoração

Reprodução / Roof Magazine

84. A poltrona Egg traz um toque de cor para a sala íntima da família

85. Adesivos de molduras coloridas no papel de parede adamascado e uma dupla de poltronas listradas

Reprodução / Oscar Mikail

86. Sala em tons terrosos e escuros

Reprodução / Roberto Migotto

87. Muitas cores e texturas para esse ambiente incrível!

Reprodução / Chistian Lacroix

88. O ambiente integrado destaca o sofá escuro com as almofadas coloridas

Reprodução / Denise Barretto

89. Um estofado sob medida e luzes indiretas: cantinho aconchegante, perfeito para a família se jogar e curtir um bom filme!

Reprodução / ArqConcept

90. Sala que abusa da marcenaria: a mesma madeira do painel da TV e do rack também faz as vezes de revestimento do ambiente. As poltronas Peacock Chair dão o toque clássico

Reprodução / Studio Ro+Ca

Salas de estar com revestimentos

A variedade de materiais de revestimento que podem ser utilizadas em salas de estar é cada vez maior. Além dos espelhos, que auxiliam na criação de ambientes mais amplos, Eduardo afirma que esse tipo de cômodo também possibilita o uso de papel de parede, pedras, palha, bambu, cimentícios e porcelanato.

A escolha do tipo de material que será usado como revestimento depende do estilo desejado pelo morador e de sua personalidade. Os materiais cimentícios, por exemplo, são recomendados para a criação de ambientes com estilo mais industrial, com inspiração nova iorquina.

91. A sala cheia de personalidade recebeu revestimento de cortiça em uma das paredes

Reprodução / Arquitetando Ideias

92. O revestimento dá ao ambiente uma estética rústica

Reprodução / Mosarte

93. E que tal uma parede com um revestimento que imita centenas de pedras? Incrível!

Reprodução / Sandra Pini

94. Use revestimentos de madeira na decoração para deixar sua casa mais rústica e aconchegante

95. Esse revestimento imita a clássica parede de tijolinhos

Reprodução / Vattier Designr

96. Toda a versatilidade e ousadia do revestimento 3D

Reprodução / Tropo Bella

97. Já esse outro imita a clássica ideia da canjiquinha

98. Repare no detalhe: os desenhos do revestimento combinam com os recortes dos pendentes

Reprodução / Oka Store

99. A canjiquinha é um revestimento natural clássico nos projetos arquitetônicos

Reprodução / Flacon Mosaics

100. A textura formada pelo revestimento combinou perfeitamente com o estilo do ambiente

Reprodução / Mosarte

101. O living integrado ficou clean e sofisticado com o uso do revestimento clarinho

102. O revestimento com corte artesanal permite visualizar nos mínimos detalhes a essência interna da rocha com todas as suas nuances e minerais

103. Você já imaginou sua casa com uma parede como essa, em porcelanato aço corten?

Reprodução / Porto Design

104. A iluminação do ambiente evidenciou o revestimento 3D, que alia design arrojado e criatividade. Um projeto clean mas, ao mesmo tempo, com características marcantes

Reprodução / Oala Design

105. Um revestimento que imita dobras de papel, em total harmonia com os lustres que seguem o mesmo design

Salas de estar com papel de parede

Se a preferência for por papel de parede, a dica do arquiteto é optar por modelos neutros que ajudem a compor a decoração ou sirvam como destaque na sala, sempre tendo em mente que esse tipo de revestimento ajuda a transmitir a personalidade dos moradores.

Uma das opções disponíveis no mercado são os papéis de parede semelhantes a seda, que “são chiques e adequados para dar um toque de aconchego ao ambiente”, recomenda Claudia.

106. Cores ousadas, mas na medida certa, traz modernidade e elegância

Reprodução / Giuliana Monea

107. Olha que combinação bacana: o desenho do papel de parede imita as folhas da plantinha!

Reprodução / Leila Dionizios

108. O desenho clássico com molduras é certeiro para decorar sem erro

Reprodução / CJRivett Interiors

109. A estampa Chevron pode ser encontrada em vários tons. Um deles, com certeza, vai ser perfeito para sua sala!

Reprodução / As you see it!

110. O papel de parede com grafismos coloridos ganhou moldura na parede, como se fosse um quadro

Reprodução / Touch Interiors

111. O adamascado é uma aposta clássica

Reprodução / Karla Dreyer Design

112. O papel de parede branco com desenhos na cor areia segue as mesmas cores da decoração da sala

Reprodução / Jamie Keskin Design

113. Quando tudo está em harmonia: a cor do papel de parede se repete nas almofadas que, por sua vez, imita o desenho do tapete

Reprodução / Coddington Design

114. O desenho da parede também aparece como estampa das poltronas estofadas

115. O papel de parede florido em total sintonia com o restante do cômodo

116. A belíssima escada ganha ainda mais destaque com o papel de parede que ilustra o local preferido dos moradores. Os raios de Sol que entram pelos recortes na estrutura deixam a ideia mais real

Reprodução / Cristiane Liogi

117. O papel de parede cinza em sintonia com a paleta de cores escolhida para a sala

118. E que tal um papel de parede com um dragão? Bem impactante, não é?

119. As almofadas seguem os mesmos tons dos detalhes coloridos do papel de parede

Reprodução / Vinícius de Mello

120. Essa sala de estar super vibrante tem um papel de parede com geometria em vários tons de roxo

Reprodução / Graziela Lara

Não importa se sua sala de estar não tem muito espaço, se você tem um estilo mais clássico ou se gosta de espelhos: o importante é que o ambiente tenha personalidade e esteja adequado com a proposta, e, para isso, a melhor maneira de unir beleza e funcionalidade na sua sala de estar, é se inspirando nos diversos exemplos acima e experimentando diferentes objetos decorativos e até móveis. Em caso de dúvidas, pode ser interessante consultar um especialista.

PARA VOCÊ

COMENTÁRIOS