Ardósia: muito mais do que uma simples pedra cinza para o piso

Escrito por Priscila Horvat

Mais conhecida como a pedra de cor cinza e que é difícil de limpar, a ardósia é muito mais do que isso. É encontrada em diversas cores e, ao contrário do que a maioria das pessoas acredita, tem fácil manutenção. E também pode ser encontrada em diversas texturas, como polida, escovada, lixada, envelhecida ou, claro, usada ao natural.



Antigamente, ela era usada até mesmo como quadro negro. As formas mais comuns de encontrar a ardósia é com a pedra aplicada no chão, em paredes, pavimentos, fachadas e tampos de pias. A seguir, confira outras informações sobre a ardósia e uma lista de inspiração para se apaixonar pela pedra!

Ardósia: características

De acordo com a designer de interiores Patrícia Covolo, a ardósia é uma pedra muito comum no Brasil, usada no mercado interno, mas também para exportação. Uma das suas características principais é o baixo custo, principalmente por ser uma pedra encontrada com facilidade. No Brasil, o polo de extração fica em Minas Gerais. De lá, saem 95% da produção brasileira de ardósia.

“A ardósia é um revestimento de alta qualidade a um preço acessível e com baixa absorção de água, o que facilita a limpeza e dificulta o acúmulo de sujeira, permitindo também seu uso em várias situações”, explica a profissional. Hoje a ardósia é considerada uma alternativa em projetos com decoração elegante e atemporal, e tem se tornado o queridinho no mundo da arquitetura.

Ardósia: cores

  • Cinza
  • Cinza bruto
  • Cinza polido
  • Ferrugem
  • Grafite
  • Matacão
  • Mont noir
  • Preta
  • Verde
  • Verde bruto
  • Vinho
  • Wales

As cores mais comuns são a cinza, a preta e a grafite, mas essa variedade de tons é perfeita para a decoração tanto de ambientes internos como externos.

Como usar ardósia em sua casa

Engana-se quem pensa que a ardósia serve apenas como piso. Ela pode aparecer também em fachadas, tampos de mesa, pias e balcões, bancadas, soleiras, telhas, revestimento para a lareira e até – pasme! – como lápide para túmulos. São infinitas possibilidades de uso. Confira algumas opções:

Pisos

Como é de fácil manutenção, ela é ótima aliada na limpeza e correria do dia a dia. Por isso, é muito comum encontrá-la sendo usada como piso. De baixa porosidade, é resistente às intempéries e abrasão, ou seja, serve tanto para a área interna como externa.

Assim como qualquer outro revestimento de pedra, a ardósia tem a capacidade de deixar o ambiente mais fresquinho, com a temperatura mais amena. Por isso, ela é bem-vinda em qualquer tipo de cômodo, até mesmo nos quartos.



Paredes

”Quanto aos formatos, a ardósia pode ser usada em diversas opções, como placas grandes ou em formatos irregulares”, conta Patricia. Usada como revestimento, a pedra pode aparecer de várias formas diferentes, e até mesmo em pequenos quadrados (como na imagem acima), formando um mosaico ou, em peças ainda menores, como filetes.

Hoje o mercado já disponibiliza algumas placas de ardósia, como se fossem azulejos, só que em versão trabalhada. Por exemplo: é possível encontrar um azulejo com filetes de ardósia, que facilita – e muito – a aplicação e o desenho na parede.

Fachadas

Usada em fachadas, ela dá certa imponência ao imóvel, já que suas cores (independente de qual escolhida) sempre dão destaque ao espaço. Além disso, como é resistente, não há com o que se preocupar quanto à aparência. Mesmo com o passar do tempo, a pedra continuará bonita e dando presença à construção.

Do lado de fora da casa, ela dá um ar contemporâneo. Vai dar ainda mais destaque à residência se usada em apenas parte do projeto, seja revestindo uma parede ou um bloco, como sugerido na imagem acima. Elas podem ser aplicadas em guarda-corpos, muros e até em pilares.

Lareira

Por ser uma pedra de tonalidade escura, em ambientes internos é necessário redobrar a atenção quanto à iluminação. “Deve-se ter cuidado para que o ambiente não fique ‘pesado’, por isso, vale a pena investir na iluminação e, se possível, combinar com ouros materiais mais claros”.

Uma alternativa, segundo Patricia, é combinar a ardósia com madeira. Quanto maior o contraste de cores da pedra e da madeira, melhor fica o resultado do visual. Como é um material “frio”, é perfeito para a lareira, para equilibrar as temperaturas.

Bancadas

Tatiana Guimarães Arquitetura



A ardósia é também indicada para uso em bancadas, “já que tem boa resistência ao calor e baixa absorção de líquidos e gorduras”, conta Patricia. Então, ela pode aparecer na bancada de lavabos, banheiro, cozinha e até lavanderia.

Ela pode aparecer tanto na versão mais rústica, com veios salientes, como na versão polida. As diversas cores e opções de acabamentos combinam com todo o tipo de decoração, seja no campo ou na cidade, num design mais simples ou mais sofisticado.

Escada

Como ela é resistente a intempéries, pode receber chuva, sol, frio ou calor, sem perder sua beleza. Em áreas externas, pode aparecer no quintal, varanda, na garagem, ao redor da piscina, e até em degraus de escadas, já que não é escorregadia.

Entretanto, para manter a beleza da pedra em áreas externas e, principalmente, a segurança, “evite usar acabamento polido, para que o ambiente não fique escorregadio em contato com a água”, indica Patricia.

Mesa

Por ser resistente ao calor, ela também pode servir como suporte para apoiar travessas e panelas quentes, na cozinha ou na mesa. A ardósia também não absorve líquidos, então pode muito bem servir de bandeja para a jarra de leite, de suco, a cafeteira e até para a garrafa de vinho.

Bandeja

Bandejas, tábuas de corte, tábuas para aperitivos, souplast, pratos, plaquinhas de identificação… A ardósia definitivamente chegou no universo da mesa posta! Ela oferece uma superfície diferente e original. Além do aspecto estético, que já conquista no primeiro olhar, ainda é possível indicar o que está sendo servido nela, escrevendo o nome de cada item com giz.

Como qualquer outra pedra, a ardósia é vendida em grandes pedaços, chamados de tamanhos especiais. Mas ela pode também ser encontrada em tamanhos tradicionais de pisos, lajões, lajotas, ladrilhos e até filetes, sendo ideais para um piso contínuo ou detalhes na parede, como uma faixa decorativa, por exemplo.



55 fotos surpreendentes que evidenciam o uso da ardósia na decoração e no design

Com todas essas informações, dá para perceber que a ardósia é uma pedra bem versátil, que se encaixa em quase todas as ideias que você tiver, não é mesmo? Confira então algumas inspirações:

1. Um ar rústico para a área da piscina, sendo usada no guarda-corpo

2. Na cor ferrugem, para dar uma graça à área gourmet

3. No piso do loft moderno e contemporâneo, ela tem seu lugar garantido!

4. Cores e formatos diferentes: lajota verde para o caminho e filete preto para a piscina

5. O revestimento lindo dessa lareira é composto por ardósia preta e metal com efeito ferrugem

6. Aplicado na frente da bancada principal, o mosaico foi projetado para captar a intensidade da luz em ângulos diferentes

7. Os ladrilhos na cor grafite revestem e dão destaque à churrasqueira

8. O banheiro com decoração clean e sofisticada recebeu ardósia na parede de fundo, como destaque no ambiente

9. O lavabo aparece cheio de charme com ardósia ferrugem

10. O piso em ardósia enferrujada cria uma conexão com o piso vinílico, dando amplitude para a cozinha

11. Tanque e bancada em ardósia polida

12. Que tal surpreender ainda mais com o café na cama, levando os utensílios em uma bandeja de ardósia?

13. Uma entrada principal cheia de imponência com um lindo caminho em ardósia

14. A pedra natural deu ainda mais charme para o cantinho do jardim de inverno

15. Piso de ardósia com placas de madeira, fazendo um desenho geométrico para o projeto rústico da residência

16. Nesse banheiro minimalista, lajotas de ardósia aparecem no piso e como revestimento de metade da parede

17. Invista no tratamento da pedra, com uma impermeabilização para realçar as características do material

18. A pedra é resistente a intempéries, por isso, seu uso é bem-vindo nas entradas de residências e garagens

19. Área molhada do banheiro com mosaico de ardósia

20. A ardósia é um piso fácil de cuidar e que requer pouca manutenção

21. Pedestal em ardósia, perfeito para servir deliciosos cupcakes e muffins

22. Área gourmet com a presença e rusticidade da ardósia preta

23. Iluminação dedicada valoriza ainda mais as texturas

24. A pedra escura cria um lindo contraste com o verde lá de fora, graças à parede de vidro

25. Na entrada da casa, o mix de cores da ardósia ferrugem faz contraste com a natureza encontrada no espaço

26. Aqui, a ardósia 3D tem como principal característica tons acinzentados com um toque de ferrugem

27. Mesa com tampo de ardósia e base de ferro

28. Simples e encantador: piso de lajota de ardósia

29. Ardósia cinza polida, usada para bancada e pia: tudo esculpido na pedra

30. Amor pelas pedras: ardósia e mármore no mesmo ambiente

31. E que tal surpreender seus convidados com um prato feito de ardósia?

32. Fachada com madeira, vidro e um pórtico em ardósia negra para valorizar a grande porta pivotante

33. Uma cozinha com muitos tons de cinza

34. No muro ladeando o jardim, a ardósia divide o espaço com o conjunto de arandelas

35. Um espaço decorado com ardósia, perfeito para o lazer e para receber os amigos

36. Sob o sol e a chuva: quer um conjunto de mesa e banquinhos resistentes para colocar lá fora? Aposte na ardósia!

37. Não é um charme só esse chalé que combina tijolinho brick no revestimento com telhas de ardósia?

38. Bancada da ardósia e mosaico de pastilhas de vidro colorem discretamente este banheiro

39. Lavabo moderno, com a parede do fundo revestida com azulejos geométricos e a cuba esculpida em ardósia

40. Por mais simples que seja o petisco, a impressão é que ele fica até mais bonito e suculento quando servido numa peça desse tipo

41. A escada toda revestida em ardósia grafite dá um toque especial ao ambiente

42. Cortada em chapas grandes, a ardósia marrom aparece na bancada com uma dupla de cubas esculpidas

43. Espaço gourmet com balcão em mármore branco e parede revestida com ardósia preta

44. A ardósia é tão versátil que pode ser usada até mesmo como etiqueta identificadora de lugares na mesa!

45. O revestimento externo dessa casa é um mosaico rústico de ardósia preta, em filetes

46. Para reforçar o aspecto natural da ardósia cinza, um pequeno jardim vertical

47. Um mix de boas ideias para deixar esse cantinho mais bonito

48. Chapas finas e pequenas servem também como tábua ou apoio na cozinha

49. A entrada dessa casa foi feita com basalto, ardósia ferrugem e pedra portuguesa grafite

50. Lavatório em ardósia grafite polida com cuba esculpida

51. No mercado há diversos tipos de tábuas de corte de ardósia. Inclusive, modelos com a opção de madeira junto

52. Pia de ardósia polida: por ser resistente à água, é bem-vinda na cozinha e em outras áreas molhadas da casa

53. Como bancada e revestimento no banheiro, por exemplo

54. Um recurso que caracteriza o ambiente: uma faixa de pedra natural em destaque na parede

55. Um quebra-cabeças de ardósia ferrugem cobre toda a extensão da parede de fundo do banheiro

A manutenção da ardósia é muito simples. “Pano úmido, detergente e aplicação de cera específica para a pedra, quando necessário, ou impermeabilização em locais de alto tráfego”, explica Patricia. Quando impermeabilizada, a pedra ganha uma membrana que diminui a absorção de água, facilitando ainda mais a limpeza e aumentando a durabilidade da peça.

No geral, a ardósia é considerada “uma opção muito versátil, que pode ser usada tanto em área externas quanto internas, com bom custo e fácil manutenção”. Invista nesse material e deixe sua casa com visual novo por um preço que cabe no bolso! E que tal combiná-la com o belíssimo mármore?!

PARA VOCÊ