Como cuidar de tulipas e manter sua beleza por muito mais tempo

Marilia Veiga Interiores


Atualizado em 16.02.24

As tulipas são flores de origem asiática, que foram levadas à Holanda em 1560 e se tornaram um símbolo do país. Essa espécie pertence à família de plantas Liliaceae e apresenta uma variedade de tipos e cores. Como é uma das primeiras flores a nascer na primavera, a tulipa simboliza renascimento e renovação, além de representar o amor perfeito. Tê-la no Brasil é uma atividade complexa, pois o solo e o clima brasileiro não favorecem seu desenvolvimento, mas é possível com os cuidados adequados. Confira dicas para cultivá-la no seu jardim e alegrar sua decoração!

Como cuidar de tulipas

As tulipas exigem cuidados específicos e bastante atenção, especialmente quando plantadas em vasos. Lembre-se que ela é uma planta de inverno, ou seja, é preferível deixá-la em ambientes com temperaturas amenas e frias. A seguir, você vai conferir mais dicas para cultivar e manter sua flor bonita e saudável:

Como cuidar de tulipas floridas

  1. Escolha um lugar sem muito sol: as tulipas gostam de sol, mas não excessivo. Portanto, elas se desenvolvem melhor à meia-sombra. Posicione-as em um espaço que pegue apenas o sol da manhã.
  2. Molhe-as: também sem excessividade. Use um borrifador apenas para umedecê-las, pois elas não se adaptam a um solo encharcado. Regue cerca de 2 vezes por semana.
  3. Plante no vaso ideal: tenha atenção com o tamanho do vaso que a sua tulipa será plantada. Indica-se que tenha 30 centímetros e furos de drenagem para a água circular de maneira ideal. Quando for fazer isso, divida em três camadas: uma com pedras, outra com terra e a terceira com areia.
  4. Fertilize sua tulipa: faça isso no começo do outono e no começo da primavera, favorecendo seu crescimento. Use um fertilizante de boa qualidade, especialmente os líquidos. Eles são ideais, uma vez que potencializam o crescimento.
  5. Faça manutenção: verifique sempre se não há plantas invasivas, consideradas pragas, ou bichos que danifiquem a planta. Os pulgões são um exemplo de problema, que podem ser evitados com água na medida certa. Além disso, retire as folhas e flores murchas para que o resto da flor não se contamine.

Como cuidar de tulipas depois que as flores morrem

  1. Deixe a tulipa secar: quando você perceber que a tulipa secou e morreu naturalmente, pare de regar e adubar a planta. Só assim ela terá uma oportunidade de se desfazer por completa e você poderá iniciar o processo de plantio de novo.
  2. Remova as folhas amareladas: faça isso só depois que a planta estiver completamente murcha e seca, para dar oportunidade ao florescimento novamente.
  3. Desenterre o bulbo: desenterre a planta e quando fizer isso vai encontrar algo parecido com uma “cebola”, que é o bulbo. Lave-o, deixe secar, enrole em um papel toalha e guarde em uma gaveta, para que ele seja usado no replantio.
  4. Caso ela esteja plantada em um vaso, mova-o para um local fresco: seja um porão, uma garagem ou um quarto, deixe ela descansar por alguns meses que antecedem a primavera.
  5. Plante-a novamente: quando o próximo inverno chegar, é hora de plantá-la de novo. Plante a tulipa com o lado liso para baixo, e cubra o bulbo com 5 centímetros de mistura de terra, areia e composto orgânico, em um local ensolarado.
  6. Redobre o cuidado: cuide do solo da tulipa, regue diariamente e verifique sempre se ele está completamente úmido, mas não encharcado.
  7. Espere: feito o trabalho, agora é hora de esperar e deixá-la cultivar até que floresça na primavera.

A tulipa é uma flor muito delicada e por isso é fundamental que o cuidado seja diário. Por ser de uma região com clima bem distinto do brasileiro, vale se atentar e redobrar a atenção para que sua tulipa floresça da melhor forma.

Qual é o melhor local para se plantar tulipas?

  • Em vasos: indica-se o outono para plantar suas tulipas. O motivo? O bulbo da planta, que nada mais é uma parte correspondente do caule, precisa de frio para se desenvolver e favorecer o crescimento. Quando ela já estiver plantada, deixe a planta em um local fresco, sem muito sol. Esse processo de resfriamento potencializa o seu florescimento.
  • Diretamente no solo: as tulipas funcionam se plantadas em vasos, mas a beleza se multiplica quando elas são cultivadas em jardins ou canteiros de flores. Para começar esse plantio, escolha um lugar com muita luz (e não sol excessivo) e solo que não receba água em abundância. É fundamental que seja analisado o solo, considerando que esteja livre de ervas daninhas e outras pragas. Na hora de plantar, cave um buraco com cerca de 4 centímetros, coloque o lado achatado do bulbo para baixo e espace-os com 5 centímetros de distância um do outro. Após isso, preencha o buraco com terra e dê água levemente, com auxílio de um borrifador.

As tulipas exigem uma atenção redobrada quando se inicia o processo para plantá-las. Por isso, atente-se às dicas e cuidados no local que irá plantá-las para que elas consigam se desenvolver de forma saudável.

Publicidade

Como plantar tulipas?

  1. Plante os bulbos no outono: após o verão, as noites ficam mais frias e esse é o momento ideal para plantar seus bulbos. Eles devem ser plantados quando a temperatura do solo estiver acima de 15ºC. Essa atividade deve ser feita uma semana após comprá-los, já que não é indicado eles ficarem acima do solo por muito tempo.
  2. Escolha seus bulbos: você pode consegui-los em floriculturas, lojas de jardinagens, com cultivadores de tulipas ou até pela internet. Dependendo da variedade, cada bulbo produz até 4 caules e flores. É fundamental que eles sejam firmes ao tocar e possuam pele marrom-clara e uma consistência leve, semelhante à casca da cebola.
  3. Decida onde plantar os bulbos: as tulipas geralmente são plantadas em fileiras, a fim de controlar a direção delas. Descubra o lugar ideal e prepare-se para plantá-las. É ideal que a área seja ensolarada e não excessivamente úmida.
  4. Consulte o solo de plantio: as flores crescem na maioria dos solos, porém atente-se à umidade dele. Além disso, remova qualquer erva-daninha ou pedras que estejam presentes.
  5. Cave buracos para os bulbos: separe os buracos para que eles fiquem a uns 10 centímetros de distância um do outro e cave-os de maneira que se disponham com 20 centímetros de profundidade a partir da base do bulbo. Quanto maior o bulbo, mais intenso deve ser o buraco. Enquanto faz isso, retire as raízes, rochas e outros resíduos que possam impedir o crescimento das tulipas.
  6. Plante os bulbos: distribua-os em buracos e deixe os lados pontudos para cima, se não as plantas florescem de cima para baixo. Coloque a terra novamente nos buracos e junte-o com suas mãos.
  7. Regue as tulipas suavemente: após o plantio, coloque água nas flores. Isso ajuda que elas comecem a crescer. Cuidado para não molhá-las demais e apodrecer os bulbos.
  8. Atente-se ao florescimento das tulipas na primavera: a partir de setembro ou outubro, os bulbos se transformam para tornarem-se lindas tulipas na primavera.

Plantar flores é uma atividade que garante bem-estar. Plantar tulipas ainda mais, já que o cuidado deve ser redobrado e diário. Ao final do processo, você terá lindas flores para alegrar seu jardim ou a decoração da sua casa.

10 fotos de tulipas para te inspirar a ter seu jardim

As tulipas são flores encantadoras e que possuem um charme peculiar. De cores diversas, são ótimas opções para colorir o jardim e dar um significado especial a ele. As tulipas vermelhas, por exemplo, são associadas ao amor. Já as lilás e roxas simbolizam o luxo e glamour. As brancas definem o perdão, paz e tranquilidade.

Foto de como cuidar de tulipas x3 - 8

Abraço em Flor

Publicidade

Foto de como cuidar de tulipas 110 - 15

Vamos receber

Publicidade

As tulipas são espécies belíssimas encontradas em extensa variedade de cores. A sua haste extensa e ereta sustenta uma linda flor solitária, que combina com a decoração de varandas ou colore jardins. Com essas dicas, fica muito fácil tê-las em sua casa. Mãos à obra!

comentários
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments