100 formas de usar cores em sala pequena

Escrito por
Atualizado em 05.05.22

Todos Arquitetura

Por
Atualizado em 05.05.22

Há quem acredite que uma sala pequena deve seguir o padrão das cores claras, mas isso não é uma regra – a verdade é que é possível usar e abusar da criatividade para decorar o espaço, utilizando inclusive tons escuros, quentes ou clean. E aqui você aprenderá a escolher a cor ideal e ainda por cima valorizar o espaço com precisão.

Publicidade

10 melhores cores para sala pequena

As cores a seguir foram listadas pela arquiteta Marcela Zampere, e não são especificamente uma regra, porém são as mais populares em diferentes estilos de projeto.

Branco

“O branco é uma cor básica e que traz amplitude ao espaço. Ela pode ser trabalhada com diversos outros tons e oferece inúmeras possibilidades de estilos para decoração”, explica a arquiteta.

Publicidade

Com o branco você pode ir longe: é possível criar desde uma decoração clássica, até a famosa e queridinha escandinava, passando pela contemporânea, a moderna e até a rústica. O que vai diferenciar uma da outra são os complementos que você adicionará ao projeto.

Cinza

“O cinza também é uma cor clássica, e pode ser utilizada tanto em decorações mais contemporâneas como decorações mais sérias e sofisticadas – o cinza é uma cor curinga que combina com todas as cores. Meia parede pintada é uma ótima opção para salas pequenas, por exemplo, pois a parte de cima mais clara reflete a luz natural, enquanto a parte baixa, mais escura, traz todo o charme e conforto para o ambiente”, elucida Marcela.

Bege

Bianchi & Lima Arquitetura

Publicidade

O bege já foi muito utilizado em estilos mais clássicos de decoração, hoje é tendência na decoração contemporânea de ambientes inspirados na natureza. Zampere complementa: “o bege é versátil e ainda pode navegar por diversos estilos, como o hygge, escandinavo, boho e clássico”.

Rosa

Os tons mais claros, queimados e antigo do rosa trazem delicadeza, e está muito em alta na decoração de interiores: “em salas pequenas podemos usar em portas coloridas, elas dão destaque, e se tornam um ponto de cor sem pesar o ambiente. Até no estilo industrial o rosa combina de forma harmoniosa”, sugere a arquiteta.

Verde

“Os tons de verde mais claros são certeiros para uma decoração mais jovem e trazem amplitude ao ambiente. Tons mais frios podem ser perfeitos para criar ambientes minimalistas, já os tons de verde mais escuros ficam lindos pra criar uma parede de destaque e trazer aconchego paro o ambiente”.

Azul

Segundo Marcela, os tons de azul deixam o ambiente mais sereno e acolhedor. “Tons claros podem compor mais de uma parede em salas pequenas, e os mais intensos ficam lindos em destaque ou meia parede, pois trazem muita elegância para o ambiente. Decorações contemporâneas e minimalistas combinam muito com este tom mais intenso e acinzentado”, complementa.

Tons terrosos

“Os tons terrosos estão em alta e combinam muito com o Boho, design que é caracterizado pela mistura de diversos estilos. Ambientes mais rústicos ficam lindos nessa cor também”.

Publicidade

Amarelo

O amarelo, independentemente do tom, é uma cor que ilumina o ambiente. A arquiteta explica que em salas pequenas é preferível usá-lo em detalhes, peças, móveis ou paredes em destaque. Combina muito bem em projetos modernos.

Preto

Há todo um estigma que o preto não pode ser usado em cômodos pequenos de forma alguma, mas Marcela não concorda com isso: “A cor pode ser usada em ambientes pequenos sim! Porém, sugiro que seja utilizada em uma parede ou detalhe. As demais paredes e itens decorativos tornam o ambiente mais agradável e mais amplo se forem em tons claros”.

Marsala

“Tons de vinho sempre foram muito utilizados na decoração, mas em ambientes pequenos é necessário um pouco de cautela – tons mais intensos podem cansar, mas quando utilizados em detalhes trazem um toque elegante ao projeto”, finaliza a arquiteta.

Dos tons pastéis aos quentes, as cores incluídas em sua sala podem ser adicionadas desde as paredes até em móveis e pequenos elementos. Ou seja, vai de você escolher a dosagem que mais deseja.

Como escolher cores para sala pequena

Se ainda há dúvidas com qual cor pintar a sua sala, seja de jantar, de estar, de TV, tome nota dessas dicas simples que podem colaborar com uma escolha definitiva:

  • Defina o estilo: primeiramente você precisa escolher o estilo que deseja adotar para a sua sala. Com isso definido, fica mais fácil focar em algumas opções mais limitadas.
  • Inspire-se: procure por projetos que tenham a planta um pouco parecida com a da sua sala, e que tenha um estilo semelhante ao que você deseja. O site Tua Casa é uma ótima fonte para este caso.
  • Teste a cor: se a ideia é pintar a parede, há aplicativos que te ajudam a simular a cor no cômodo, tirando apenas uma foto do espaço e aplicando filtros. Facilidade maior que esta não há. Você também pode adquirir latinhas de teste para as cores desejadas, e escolher a que oferecer o melhor resultado em sua parede.
  • Escolha a dosagem: defina como você pretende adicionar a cor em sua sala – pintar uma parede inteira? Ou o teto? Uma meia parede talvez? Na cor de seu sofá? Em objetos decorativos?
  • Gosto pessoal: todas as dicas acima devem ter algo muito valioso sendo levado em conta – o seu próprio gosto pessoal. Escolha cores que tenham a ver com você, pois as cores exercem uma função importante nas sensações de uma ambiente e, principalmente, que faça sentido para você.

Escolher as cores da sua sala é uma tarefa importante que definirá uma série de coisas, principalmente o estilo. Pense com carinho, capriche na missão e boa reforma!

Publicidade

100 projetos de salas pequenas das mais variadas cores e estilos

A lista a seguir contempla os mais diferenciados estilos de salas pequenas, que receberam diferentes cores em sua decoração e que podem servir de inspiração para você executar a sua reforma.

1. Alguns truques podem ajudar a transformar um ambiente pequeno

2. E valorizar o espaço limitado de forma inteligente

3. Você pode criar profundidade usando uma cor impactante, por exemplo

4. Ou dar sensação de amplitude com cores mais claras e clássicas

5. Uma porta pintada as vezes é o ponto de cor que sua sala precisa

6. Um tapete pode contribuir perfeitamente na missão de colorir

7. As cores primárias ficam ótimas em uma parede colorida

8. Veja que combinação perfeita entre o verde e o azul

9. E falando em pintar o teto…

10. Perceba como a sala de jantar ficou estilosa com a parede verde

11. O truque clássico: cores neutras e espelho para amplitude

12. Perceba que o toque de cor ficou com o tapete de tom terroso

13. O vermelho terroso deixa a sala bem charmosa

14. Falando em tons terrosos, que tal essa paleta de cores?

15. Um rosa queimado para garantir aconchego

16. A profundidade da sala de TV ficou por conta do verde hortelã

17. Como não se apaixonar pela parede de cimento queimado?

18. Ela é perfeita, principalmente em projetos de estilo industrial

19. Seu tom cinza permite combinar qualquer cor com ele

20. O bege pode ser aplicado no projeto com materiais amadeirados

21. Uma sala com diversos tons de cinza

22. As vezes tudo o que sua sala precisa é de uma poltrona verde

23. Essa é uma prova que uma decoração sóbria pode ser bem estilosa

24. O casamento perfeito entre o cinza, o bege e um tom terroso

25. Você também pode aplicar cores na sala com a ajuda de elementos naturais

26. Ou apostar tudo em um sofá com cor bem impactante

27. Como esta, que não nos deixa mentir

28. Uma cartela formada pelo bege, o branco e uma nuance de amarelo

29. Essa parede ficou um espetáculo, não acha?

30. A porta cinza fez toda a diferença

31. Umas plantinhas para alegrar a casa

32. Com a luz natural garantida, você pode investir em texturas diferentes

33. Aliás, texturas dão um toque de requinte em projetos clean também

34. Aqui o colorido ficou por conta dos objetos decorativos

35. Um painel amarelo, um sofá azul

36. O tapete amarelo quebrou a seriedade do branco e cinza

37. A elegância pura de uma parede preta

38. Quem disse que projetos industriais não incluem o rosa?

39. O bege também pode ser usado em projetos contemporâneos

40. Uma parede pequena ganhou um grande destaque

41. Para a sala de TV, um projeto “caverninha” vale a pena

42. A sala toda branca ganhou um toque aquecido com os móveis

43. Jogue uma manta colorida no sofá e repare no resultado

44. Uma sala pequena e altamente confortável

45. Combinar cores de forte presença deixa o espaço alegre e jovial

46. Em pequenas doses, o amarelo ganhou grande destaque

47. O cinza e o branco deixam tudo com uma elegância única

48. Você pode utilizar as cores para demarcar ambientes distintos

49. Ou valorizar cores claras com uma boa iluminação direta

50. Este teto em cinza queimado ficou um espetáculo

51. Por falta de uma, há diversas cores no tapete

52. A serenidade de um projeto clean

53. Cores tão aconchegantes que mais parecem um abraço

54. Com a parede de cimento queimado, os móveis claros fizeram a diferença

55. O minimalismo não podia ficar de fora dessa lista

56. Tudo bege, na medida certa

57. Perceba a sutileza dos detalhes coloridos

58. Tons pastéis sempre foram bem vindos em espaços pequenos

59. O preto marcando presença na marcenaria

60. Tons de cinza se misturando com o verde

61. Perceba como uma boa iluminação valoriza até as cores mais sutis

62. Um projeto que representa todo o significado de paz

63. E muitas vezes com as cores certas, móveis tradicionais nem fazem falta

64. A parede pintada dispensou o uso de um painel para a TV

65. Branco em cima para rebater luz, escuro embaixo para ficar tudo confortável

66. O móvel claro ganhou destaque no constraste cinza escuro

67. O amarelo fazendo a diferença em doses homeopáticas

68. Adicionar cor nas almofadas é sempre uma saída fácil

69. E quando não há medo de ousar, uma pintura diferente vai bem

70. Vetorizar a cor no projeto oferece um resultado cheio de personalidade

71. O chão escuro pedia por alternativas mais claras

72. A sala é um dos cômodos mais utilizados da casa

73. E é importante você pensar com carinho nas cores que utilizará

74. Para oferecer a sensação que mais lhe agrada

75. Se o ambiente é usado para assistir TV, aposte em tons confortáveis

76. Se você gosta de receber convidados, cores alegres são bem vindas

77. Se você gosta das duas opções, crie um equilíbrio entre as duas propostas

78. É importante também que você mantenha a sua identidade na decoração

79. E estudar os seus gostos com carinho faz parte do projeto

80. Você pode vasculhar seu closet para descobrir as cores que gosta mais

81. Você prefere uma sala pequena contemporânea?

82. Ou acredita que o estilo boho faz mais o seu estilo?

83. O industrial está em alta

84. E o moderno nunca deixou de ser tendência

85. Para a parede da TV, o preto ajuda a criar um efeito cinema

86. Tons terrosos em um projeto contemporâneo

87. Toda uma identidade reproduzida na decoração

88. O bege ganhou uma outra cara com a combinação do cobre

89. A rusticidade do cimento queimado

90. Aquela sensação de amplitude garantida

91. O colorido entre quadros e almofadas

92. Olha só como a alegria pode ser adicionada com apenas algumas cores

93. Tons pastéis marcando presença

94. O azul escuro é um clássico

95. Marsala nas cadeiras para animar a decoração

96. Em ambientes integrados, as cores precisam ornar entre si

97. Você pode escolher a pintura das paredes de acordo com os móveis

98. Ou o contrário, definir os móveis de acordo com as cores das paredes

99. A verdade é que as cores influenciam totalmente no estilo da sala

100. E escolher a paleta ideal é uma questão de gosto e personalidade

Depois de definir as cores para o espaço, é necessário pensar também no projeto de marcenaria e mobiliário, não é mesmo? Para esta missão, confira estas sugestões de racks para sala pequena.