Saiba como otimizar o espaço para decorar uma sala de TV pequena

Escrito por
Em 26.05.22

Hobjeto Arquitetura

Por                                
Em 26.05.22

Nem todas as salas têm bastante espaço. Por isso, decorar uma sala de TV pequena é um grande desafio. Pensar em soluções práticas para não comprometer a livre circulação é um dos requisitos básicos na composição do ambiente. Veja as dicas abaixo.

Publicidade

Índice do conteúdo:

7 dicas para compor uma sala de TV pequena na medida certa

As dicas a seguir ajudarão você a criar uma sala de TV pequena completa sem renunciar à sua identidade e conforto. Veja:

  • Verticalize ao máximo: a premissa da criação da decoração de qualquer espaço pequeno é não comprometer a circulação. Para isso, é preciso usar o espaço com criatividade e otimização, pois quanto mais a decoração estiver presente nas paredes, melhor. Quadros, nichos e até um painel para pendurar a TV colaboram nessa missão.
  • Use o essencial: ter um espaço pequeno requer evitar certos objetos que criam volume no ambiente. Para suprir as necessidades do dia a dia, pense em mobílias que possam ser deslocadas do caminho, como pufes que se encaixam no rack, cadeiras e mesas dobráveis, etc.
  • Se possível, faça móveis sob medida: a marcenaria planejada otimiza o espaço de maneira inteligente e, apesar de ser um investimento alto, vale cada centavo. Para quem não dispensa uma estrutura completa com TV, home theater ou uma soundbar, este recurso ajudará a criar uma estrutura completa e sem fios aparentes;
  • Use as cores ao seu favor: normalmente, ambientes pequenos pedem cores claras para criar uma sensação de amplitude. Entretanto, uma coisa que poucos sabem é que setorizar cores mais marcantes colabora para criar um efeito de profundidade, pois é possível rebater a luz em locais que não precisam de iluminação em foco;
  • Capriche no conforto: tapetes, almofadas, cortinas e mantas são materiais indispensáveis se a sua ideia é garantir um ambiente aconchegante. Eles também ajudam a adicionar cores e identidade ao seu projeto decorativo;
  • O sofá perfeito: antes de investir em um sofá confortável e espaçoso, meça com carinho o tamanho de sua sala. Lembre-se que é necessário deixar pelo menos 60 cm de espaço para a livre circulação;
  • Poltronas e mesas laterais: criar assentos e espaços de apoio muitas vezes se torna necessário, mas o grande vilão da sala pequena é incluir poltronas e mesas que criam um volume excessivo no espaço já limitado. Opte por modelos pequenos que possam ser incluídos nas laterais do cômodo ou que se encaixem com a mobília principal.

Para uma sala de TV compacta, vale escolher a dedo poucos recursos com um apelo visual marcante, pois são esses pequenos detalhes que representam sua identidade.

Publicidade

70 fotos de sala de TV pequena carregadas de personalidade

Os projetos a seguir imprimem estilo e praticidade, comprovando que uma sala de TV pequena pode fugir da decoração básica. Confira:

1. A sala de TV é um espaço para relaxar e curtir um momento com a família

2. Para isso, precisa ser aconchegante e prática

3. É importante manter a área de circulação sempre livre

Vanessa Melo Arquiteta

Publicidade

4. Portanto, é primordial escolher móveis que não fiquem amontoados

5. Ou que se encaixem perfeitamente em outras mobílias do cômodo

6. Como pufes que se acomodam perfeitamente sob o rack

7. E painéis que escondem os fios da TV pendurada no suporte

8. Se o orçamento permite, invista em uma marcenaria planejada

9. Assim é possível aproveitar cada centímetro da sala pequena

10. E criar soluções sob medida para o dia a dia

11. Aproveite as paredes para verticalizar a decoração e a iluminação

12. E invista em uma cortina para inibir a luz natural enquanto assiste TV

Mandril Arquitetura

Publicidade

13. Paredes texturizadas ajudam a somar personalidade à decoração

14. Assim como tapetes, quadros e almofadas

15. Móveis alongados cabem perfeitamente em salas em formato de corredor

16. Já em áreas quadradas é possível adicionar uma poltrona no canto da sala

17. Aqui a mesa de centro compacta não atrapalhou em nada a circulação

18. Já este projeto investiu em uma mesa de canto que pode ser um apoio de copos

19. A TV instalada na parede dá espaço para elementos decorativos sobre o rack

20. E assim, cria-se uma composição pessoal na sala de TV

21. Você pode colorir a sala de TV com tapetes e almofadas

Degradê Arquitetura

Publicidade

22. Ou criar uma profundidade agradável na parede da TV com cores mais escuras

23. Atente-se na escolha de sofás retráteis

24. É necessário que ainda haja um espaço para circulação quando ele estiver aberto

25. Se o espaço não permite, pufes podem colaborar com o conforto

26. Em quitinetes, a sala e o quarto podem virar o mesmo espaço

27. Veja como o painel e a porta padronizadas deram uma sensação de continuidade

28. Esse recurso foi incluído com o rack nesta sala, garantindo o efeito de amplitude

29. Neste projeto, o sofá recebeu bolsos laterais para organizar os controles

30. Aqui os pufes foram adicionados para servirem como acomodações extras

31. Neste estúdio, a TV é dividida com o quarto

32. Os eletrodutos são baratos e ótimos para esconder a fiação

33. Veja como os armários suspensos deram uma vida a mais à decoração

34. Mas se você precisa de mais espaço, que tal apostar em uma estante?

35. Esse móvel tradicional é atemporal e de extrema elegância

36. As cortinas também podem ser substituídas por uma bela persiana

37. Um sofá em L pode substituir os famosos retráteis com mais precisão

38. Os nichos são perfeitos para camuflar os aparelhos de internet e TV a cabo

39. Para ambientes integrados, uma estante vazada pode criar singelas divisórias

40. E colaboram para manter a privacidade dos quartos

41. Mantinhas sobre o sofá dão aquele toque acolhedor no inverno

42. Deixando a decoração da sala de TV com um toque intimista

43. Uma sala de TV discreta conta com cores sóbrias e materiais naturais

44. Em decorações minimalistas, as plantinhas exercem uma função orgânica do espaço

45. Incluindo um toque de cor de forma singela

46. Para esconder os aparelhos no rack, conte com uma porta ripada para ventilação

47. E para deixar o piso livre, que tal trocar a luminária de chão por uma arandela?

48. Leds embutidos na marcenaria também podem ser uma troca justa

49. Veja como a prateleira recheada de objetos coloridos dá outra cara para a sala branca

50. Esta é a verdadeira prova de que uma sala de TV pequena pode ser muito aconchegante

51. O revestimento 3D ofereceu modernidade à decoração

52. Assim como os pequenos detalhes marmorizados desta estante

53. O truque do espelho é infalível, pois a sensação de amplitude é garantida

54. Em um projeto bem elaborado, cabe até um home office em uma sala de TV pequena

55. Você consegue garantir um cantinho extra em uma marcenaria contínua

56. Ou um banco bem espaçoso embaixo da janela

57. Os tons terrosos trazem todo o aconchego que uma sala de TV pede

58. Enquanto a sanca distribui a iluminação na medida certa

59. A sala de TV pode ser setorizada com o auxílio de uma porta de correr

60. Ou com delimitações criadas por móveis e tapetes

61. Aqui o blecaute de rolo impede que a iluminação externa atrapalhe a qualidade da imagem

62. Você encontra diversas medidas do produto para se adaptar a sua janela

63. Para um revestimento de destaque, uma marcenaria clean é um equilíbrio elegante

64. Esse truque vale também para a famosa parede de cimento queimado

65. E se esses dois elementos forem combinados com a madeira?

66. Ou com um painel ripado por toda a extensão da parede?

67. Embora seja um espaço reduzido, é possível criar um estilo de decoração

68. É só escolher elementos certeiros para a sala de TV pequena

69. Aproveitando toda a metragem e cada cantinho com precisão

70. E, assim, transformar um espaço pequeno na sala de TV dos seus sonhos!

Não existe o tipo de decoração perfeita para ambientes compactos e, sim, escolhas certas para compor o ambiente. Por isso, conheça as melhores cores para sala pequena para valorizar seu espaço e otimizar ainda mais o ambiente.