Cozinha planejada: guia completo para montar e decorar com muita inspiração

Escrito por Ana Kordelos
Foto: Getty Images

Foto: Getty Images

Ambiente que une momentos de relaxamento e comunhão entre familiares e amigos, assim como utilidade e versatilidade ao possibilitar o preparo de refeições, a cozinha é um cômodo que deve refletir a personalidade de seus donos.

A busca por um lar com conforto e beleza nunca foi tão grande. Um exemplo disso, é a crescente opção por cozinhas planejadas. Um ambiente deve ser planejado de acordo com suas dimensões e funções a serem cumpridas, sempre primando pela funcionalidade e beleza.

Para a designer de interiores Fabiola Galeazzo, sócia da D2N Arquitetura e Interiores, “as cozinhas planejas recebem popularmente esse nome porque utilizam os espaços priorizando as necessidades do ciente, fazendo melhor aproveitamento de alturas e cantos do ambiente”.

Como fazer uma cozinha planejada

Segundo a profissional, o início do planejamento de uma cozinha funcional é feito com um levantamento das necessidades do usuário. Como primeiro passo, deve-se responder às seguintes questões: qual a frequência que uso a cozinha? Faço refeições na cozinha? Qual a quantidade de louças e utensílios eu possuo? Qual o número de eletrodomésticos?

Como segundo passo, Fabiola orienta que sejam identificados, dentro do espaço disponível, as quatro áreas necessárias para um bom funcionamento da cozinha: armazenagem de alimentos, área de armazenagem de louças e utensílios, área de lavagem, área de cocção.

“Outro passo importante é pensar no famoso ‘triângulo da funcionalidade’, onde a geladeira, fogão e pia formam um triângulo no layout eleito, pois estes três pontos são os mais importantes na dinâmica de uma cozinha bem planejada. Em relação à circulação, é importante deixar no mínimo 80cm livres, sendo que a circulação ideal é de 1.20cm”, define a designer.

Cozinha planejada em tons neutros

“Cozinhas com tons neutros podem abusar das texturas dos acabamentos e mesclar com tons amadeirados claros”, comenta Fabiola. Esse tipo de cozinha é mais clássico, ideal para quem deseja apostar em ornamentos e eletrodomésticos mais ousados.

Fácil de combinar, a cozinha em cores preto e branco garantem modernidade e sobriedade ao espaço. Vale investir em uma luminária ou banqueta de outro tom para quebrar a seriedade.

Cozinha com cores vibrantes

Neste caso, a designer indica eleger uma área para a aplicação da cor vibrante, como nos armários inferiores ou superiores. “Em relação às cores, sugerimos tons que remetam aos alimentos, como amarelos, laranjas, verdes e tons terrosos”, aponta. Escolha ideal para deixar o ambiente com mais personalidade e vivacidade.

Na hora de planejar uma cozinha colorida, é interessante primar pela combinação de cores entre os materiais, pintura, iluminação, objetos e utensílios. Outra dica é escolher uma cor principal e depois trabalhar com as cores que combinam com a eleita.

Cozinhas planejada simples

“Uma cozinha simples deve ter a escolha de um único acabamento e a aplicação de um puxador que dê personalidade ao espaço, como os modelos vintage, por exemplo. Outra dica é adicionar um toque de cor a um elemento, como um nicho”, recomenda Fabiola.

Caprichando nos pequenos detalhes, mesmo as cozinhas planejadas mais simples ganham charme especial. Aproveite o uso de utensílios domésticos à vista para deixá-la ainda mais bonita.

Cozinha com ilha

A profissional esclarece que o principal ponto a ser pensado no momento da decisão de ter uma cozinha com ilha é definir o seu uso; se funcionará como área de preparo e cocção, área de lavagem ou área de apoio/refeições. Essa determinação influenciará no desenho dos armários, especificações técnicas (pontos de hidráulica e elétrica) e escolha dos equipamentos e eletrodomésticos e iluminação.

Cozinhas pequenas: 7 truques indispensáveis e muitas fotos

Tire o maior proveito dessa área. Acrescente vasos com flores, fruteiras ou porta-temperos. Adicionar luminárias pendulas, além de ajudar a iluminar o ambiente, ainda garante um charme extra à decoração.

Cozinha planejada americana

“A cozinha americana faz parte do living (área de convívio) da residência e, por isso, deve-se dar atenção especial aos acabamentos, indo ao encontro da decoração proposta na sala de estar/jantar. Quanto à funcionalidade, o foco é a utilização de uma coifa com alto poder de exaustão, para que o vapor e gordura provenientes do cozimento dos alimentos fiquem restritos à área da cozinha, não deixando o cheiro dos alimentos se espalharem pela casa”, explica a designer.

As luminárias fazem a diferença novamente neste caso. Além de levar em consideração o conforte e facilidade de utilização, a escolha de banquetas deve estar de acordo com o visual do cômodo.

Cozinha pequena

Fabiola indica otimizar o espaço utilizando todo o pé direito disponível para criar uma maior área de armazenagem. O foco nesse tipo de cozinha é ter somente o necessário. Os itens utilizados no dia a dia, como facas, colheres de pau e temperos, quando bem dispostos, transformam-se na decoração da cozinha. Em relação à cor, o ideal para cozinhas pequenas é trabalhar com um único tom para o acabamento dos armários.

Funcionalidade é a palavra de ordem nesse momento! Utilize sua criatividade e imaginação para escolher móveis versáteis, que utilizem cada canto do cômodo e acessórios úteis e bonitos.

4 dicas para montar uma cozinha planejada

Foto: Reprodução / C. Arquitetura

Foto: Reprodução / C. Arquitetura

Ainda com dúvidas em como transformar sua cozinha? A designer de interiores destaca as seguintes dicas para montar uma cozinha planejada primando por sua funcionalidade:

  1. Pontos de hidráulica: “indicamos fazer uma vistoria técnica na hidráulica existente, a fim de verificar se há necessidade de algum reparo. Verificar as especificações técnicas dos equipamentos que necessitam de água: máquina de lavar-louças, geladeira, triturador de alimentos e filtro, e coordená-los com os pontos existentes. Caso haja necessidade criar novos pontos para os equipamentos escolhidos”, esclarece a profissional.
  2. Escolha dos eletrodomésticos: “para a melhor escolha dos eletros, é necessário que o morador faça uma análise crítica sobre a dinâmica das pessoas que usarão a cozinha. Algumas questões que precisam ser definidas são: quantas pessoas usarão a cozinha/habitam a residência? Qual a frequência de uso? Qual o consumo de alimentos frescos e congelados? Qual é mais indicado: uso do cooktop ou fogão de piso? Número de serviços da lava-louças”, numera a designer. Somente a partir destas informações que os eletrodomésticos devem ser escolhidos.
  3. Escolha de fornecedores: “as empresas se diferenciam pela quantidade de acabamentos disponíveis, tipos de ferragens, soluções de montagem e atendimento personalizado. Com isso, o cliente deverá analisar quais as necessidades e prioridades para eleger a empresa que melhor lhe atenderá”, orienta Fabiola.
  4. Ambientes pequenos: a designer de interiores reforça a ideia de que este tipo de cozinha deve conter somente o necessário. Uma boa opção são os móveis multifuncionais, os quais cumprem mais de um papel e não ocupam muito espaço.

5 dicas para decorar com estilo

Agora que a etapa da escolha dos móveis já está concluída, para deixar sua cozinha ainda mais charmosa e exclusiva, a profissional Fabiola seleciona cinco dicas para embelezar seu ambiente:

1. Quadros

“Eleja temas que representem o universo da cozinha. Escolha cores e tons que complementem os armários planejados. Os quadros podem ser dispostos em nichos, prateleiras ou em uma parede de ponto focal”, indica a designer.

2. Eletrodomésticos

Foto: Reprodução / BT Arquitetura

Foto: Reprodução / BT Arquitetura

A profissional orienta a escolher a mesma linha de um fornecedor, para que os acabamentos e design se mantenham uniformes. Cores e formas parecidas ajudam a manter o padrão.

3. Utensílios expostos

Foto: Reprodução / Poché Arquitetura

Foto: Reprodução / Poché Arquitetura

“Os utensílios do dia a dia funcionam como itens decorativos da cozinha. Aposte em expor as colheres de pau agrupadas em um recipiente charmoso. Os temperos podem ser organizados em aramados próximos ao fogão e aquela panela de barro ou prato de cerâmica podem ficar expostos em um nicho ou prateleira”, sugere Fabiola.

4. Luminárias pendentes

Foto: Reprodução / IE Arquitetura

Foto: Reprodução / IE Arquitetura

Para a designer, os pendentes valorizam áreas de bancadas para refeições rápidas. Os mesmos devem ser instalados considerando a altura de 70 a 80cm da bancada.

5. Adesivos de azulejo

Foto: Reprodução / Arq_in

Foto: Reprodução / Arq_in

“Adesivos de azulejos são um ótimo recurso quando o morador não pretende fazer grande intervenções na cozinha. A escolha desse item deve levar em conta as cores existentes na cozinha e o tamanho da área — para áreas menores, indicam-se estampas menores e vice-versa. Também se deve levar em consideração o tamanho do azulejo existente, assim o resultado será de melhor qualidade”, esclarece a profissional.

9 marcas de cozinhas planejadas para conhecer

O setor moveleiro vem crescendo e ganhando espaço na hora da escolha em decorar os lares brasileiros. Se você procura qualidade e opções para deixar sua cozinha mais bela e funcional, seguem abaixo algumas empresas que são referência no segmento de móveis planejados e que podem ajudar a você alcançar o seu objetivo:

1. Criare

Segundo o site oficial, a empresa acredita “que todo ambiente deve transmitir o que somos e sentimos, pois é nele que o nosso estilo encontra liberdade para se expressar e extravasar. Por isso, oferecemos móveis planejados de qualidade que promovem a liberdade para todos os estilos”.
Onde encontrar: Criare.

2. Dalmóbile

Conforme descrição da empresa, “Dalmóbile, a tecnologia que leva à excelência, qualidade, sofisticação e vanguarda, constituem a assinatura de uma marca que vai além, criando e desenvolvendo conceitos próprios, traços, contornos e encaixes capazes de agregar beleza e funcionalidade”.
Onde encontrar: Dalmóbile

3. Dell Anno

A empresa se descreve como uma das mais tradicionais marcas de móveis planejados do Brasil, tendo conquistado a confiança de seus clientes e o reconhecimento do mercado como referência de estilo, sofisticação e bom gosto. Com padrões de acabamento e centenas de acessórios e detalhes exclusivos, a Dell Anno tem uma linha completa de móveis para cozinhas, dormitórios, closets, home theaters, home offices, áreas de serviço, banheiros e também para ambientes comerciais.
Onde encontrar: Dell Anno

4. Favorita

Para a empresa, o estilo de vida de uma pessoa revela muito sobre sua personalidade e o seu jeito de ser. Independente do estilo, todos desejam viver em uma casa bonita e confortável. E é isso que a Favorita busca oferecer: uma casa onde cada um possa se identificar e ter prazer em viver.
Onde encontrar: Favorita

5. Finger

“A Finger é uma empresa que desde o seu início tem na precisão dos detalhes sua vocação. Nascida em Sarandi, no Estado do Rio Grande do Sul, a indústria foi criada pela família de origem alemã Finger. Fruto dessa descendência germânica, a marca traz a paixão pelo design, a ousadia e a preocupação com ambientes personalizados. Uma tradição que dura mais de 30 anos e que hoje se estabelece como uma das marcas que mais cresce no Brasil”, informa a marca.
Onde encontrar: Finger

6. Italínea

Segundo site oficial, a empresa foi fundada em 1997 por empresários com participação marcante no mercado moveleiro, a Italínea atende às exigências da vida moderna e faz da versatilidade uma importante aliada para ampliar ainda mais seus horizontes. Com lojas em todo Brasil, fabrica cozinhas, dormitórios, home theaters, home offices, áreas de serviço, mesas e cadeiras, banheiros e ambientes corporativos com excelente acabamento e desenvolvidos especialmente para satisfazer aos que buscam flexibilidade para planejar.
Onde encontrar: Italínea

7. Simonetto

De acordo com descrição no site da empresa, fundada em 1987, a Simonetto conta com mais de 25 anos de experiência no mercado moveleiro e produz móveis planejados para todos os ambientes (residenciais e corporativos). A Indústria, localizada na cidade de Ampere-PR, possui um parque fabril com mais de 20 mil metros quadrados e maquinário de última geração. Em todos os segmentos oferece soluções práticas para projetos de alta qualidade, dentro do conceito de personalização com 100% de aproveitamento do espaço. Os planejados Simonetto são editáveis a cada milímetro na largura e na altura, permitindo um ajuste perfeito ao ambiente.
Onde encontrar: Simonetto

8. Todeschini

Empresa autointitulada como uma das maiores fabricantes de móveis planejados da América Latina. Seus produtos, que incluem móveis e complementos para ambientes personalizados direcionados para residências, empresas e hotelaria, chegam ao mercado comercializados por mais de 200 lojas exclusivas e distribuídas em todo o Brasil e no exterior.
Onde encontrar: Todeschini

9. Evviva Bertolini

A empresa se define como “diferente de todas as outras”, porque “tudo o que fazemos tem um objetivo único: criar ambientes personalizados para sua casa. Não criamos apenas móveis, criamos espaços de vida onde você pode receber os amigos, viver o dia a dia da sua família, trabalhar ou simplesmente não fazer nada, confortavelmente. Afinal de contas a casa é sua, é o seu espaço… lugar para suas escolhas”.
Onde encontrar: Evviva

Como montar uma cozinha planejada sem gastar muito

Foto: Getty Images

Foto: Getty Images

Para Fabiola, quando se pretende gastar pouco em uma cozinha, é necessário se atentar aos acabamentos e às ferragens escolhidas, pois são itens que podem alterar significativamente o orçamento. Dê preferência às portas no lugar de gavetas, pois são itens com muitas ferragens. Opte por acabamentos em Melamina, pois vidro, espelho e pintura possuem maior investimento.

Outra sugestão seria optar pela compra de móveis modulares, que têm dimensões pré-estipuladas pelo fabricante, diminuindo seu custo devido aos tipos de acabamentos que são de um valor mais acessível. Desta forma, é possível escolher o número de módulos, seus formatos, a disposição interna das prateleiras, modelos de portas e até puxadores, de acordo com o fabricante, mostrando sua versatilidade e possibilidades de resultados personalizados.

Com essas dicas, fica ainda mais fácil tirar do papel o sonho de ter uma cozinha planejada e ver seu ambiente ficar do jeito que você sempre sonhou: exclusivo e funcional.

COMENTÁRIOS