O uso de trepadeiras para decorações espetaculares

Escrito por

Foto: Reprodução / Sabugosa Arquitetura

Continua após o anúncio



Com inúmeras espécies, as trepadeiras proporcionam toques verdes que acabam com a monotonia dos paredões e muros chapiscados. Percorrendo cercas, portões e treliças, preenchem os espaços disponíveis sendo uma das formas mais econômicas para a cobertura de muros.

Plantadas em vasos ou diretamente no solo, necessitam de terra orgânica e bem drenada para que se desenvolvam, agarrando-se em diferentes estruturas presentes, orientadas através de ramos presos com atilhos ou enrolados nesses suportes.

Com versões destinadas às diferentes estações, apresentam capacidade de disfarce de superfícies indesejáveis e geração de sombras, sendo plantas ornamentais que trazem sofisticação e perfume aos ambientes em que são aplicadas, complementando a decoração.

O conhecimento das principais características do ambiente se faz necessário para sua manutenção e aproveitamento de seus melhores potenciais de ornamentação. Considerando isso, abaixo reunimos algumas dicas e inspirações para a incorporação das trepadeiras em ambientes diversos.

Tipos de trepadeiras

Foto: Reprodução / Adriano Gronard Arquiteto

De flores simples até as mais rústicas, as trepadeiras são apresentadas em cores, estilos e funções variadas:

Arbustos Escandentes: com caule lenhoso, apresentam ramificações que são conduzidas como trepadeiras através de podas rentes ao solo e amarrilhos apoiados em pilares, treliças e colunas. Ideais para áreas sombreadas.

Trepadeiras Volúveis: quando tocam em obstáculos, se enrolam, subindo em espiral. Sua fixação ocorre em suportes mais estreitos como tubos plásticos e fios de arame e, quando atingem o teto, seus ramos ficam pendentes.

Continua após o anúncio



Trepadeiras Sarmentosas: apresentam órgãos naturais para fixação, como suas gravinhas, raízes adventícias e espinhos curvos, ou seja, elementos autofixadores que compõem toda sua extensão.

Trepadeiras Tipo Cipó: atingem grandes alturas e possuem caules rijos e longos que precisam de amarrilhos para que subam nas estruturas, ficando arqueadas devido ao peso de suas próprias flores e folhas.

Amor Agarradinho: conhecida por sua beleza romântica, suas flores mais famosas são na tonalidade rosa, mas também são encontradas em versões brancas com formato de coração. Necessitam de sol e solos ricos para que fiquem floridas.

Mandevilla: floresce quase desde o início de seu plantio, resultando em flores simples que pegam bem em cercas e pérgolas. Precisa de poucas regas e não suporta climas mais gelados.

Tumbérgia Azul: uma das plantas trepadeiras mais famosas, com flores rústicas em tonalidades azuis, lilás e branca. É resistente e precisa de sol mais suave, sendo indicadas para grades, cercas e muros.

Alamanda: com flores em tons amarelados, florescem o ano inteiro. Seus cuidados são mínimos, resultando em perfeitas decorações para cercas, muros e pérgolas, locais resistentes devido ao peso de suas flores.

Cuidado e manutenção

Foto: Reprodução / Mannu Mestre

Geralmente cultivadas no chão, as trepadeiras também se fazem presentes em grandes vasos de cimento ou jardineiras de alvenaria. O modo de fixação da planta, o suporte adequado para seu crescimento e o preenchimento proporcionado são fatores importantes a serem considerados.

Cada planta apresenta cuidados específicos, sendo necessárias pesquisas sobre a espécie escolhida para uma correta manutenção. Com crescimento controlável, sua poda as mantêm floridas, e o indicado são regas periódicas feitas com bastante cuidado em períodos mais quentes e com menos intensidade durante o inverno.

Continua após o anúncio



Jardim vertical com pouco esforço

Foto: Reprodução / Anna Filipa Santos

Para a criação de um ambiente aconchegante, as flores das trepadeiras deverão harmonizar com as demais flores do jardim, evitando a saturação de matizes em determinadas épocas, como na primavera, resultando nos melhores efeitos paisagísticos.

O jardim vertical aumenta a massa vegetal com o benefício do aumento da oxigenação do ambiente, assim como do conforto térmico em períodos mais quentes. São vários os suportes para a condução das trepadeiras, sendo os mais comuns as telas de arame, as de plástico, os pergolados e os caramanchões. Versáteis, as trepadeiras se moldam a diversas estruturas e embelezam qualquer jardim.

Itens aliados

Foto: Reprodução / Marcelo Faisal

Construídas com madeira tratada ou reciclada, as pérgolas apresentam formatos e tamanhos adequados para a recepção das trepadeiras. Para corredores pequenos, recomenda-se que apresente boa altura para que o crescimento das plantas não atrapalhe quem passe. Para recantos de lazer com mesa e cadeiras, seu tamanho mínimo será de 3,00 x 3,00 metros, enquanto espaços maiores demandam pérgolas com mudas colocadas diagonalmente.

45 ideias incríveis de trepadeiras para se inspirar

Embelezando vasos, muros, cercas e pergolados, conheça algumas inspirações para a utilização das trepadeiras na decoração de áreas internas e externas.

1. Decoração com tela aramada

Foto: Reprodução / Patrícia Bertonlino

Para a elaboração de uma decoração diferenciada, a tela aramada em formato de colmeias ganhou as folhagens da trepadeira depositada em um criado-mudo de madeira, resultando numa decoração rústica complementada pelas almofadas em tons terrosos e mesinhas com tampo de fibras de sisal.

2. Toques rústicos na decoração

Foto: Reprodução / Cándida Luz

Continua após o anúncio



A utilização de elementos em madeira acrescentou características rústicas à decoração do jardim. O pergolado repleto de trepadeiras transformou o teto em uma verdadeira cobertura verde, resultando em um ambiente aconchegante com boa iluminação natural.

3. Decoração minimalista em ambiente aconchegante

Foto: Reprodução / Margareth Maroto Paisagismo

Os móveis em fibras escuras contrastam com a parede de pedras aparentes claras e o chão em cimento queimado, resultando em uma decoração aconchegante, ideal para momentos de descanso e relaxamento. As trepadeiras acrescentam o verde que faltava no ambiente.

4. Mescla de tons verdes e azuis

Foto: Reprodução / LamegoMancini Arquitetura

Tonalidades verdes e azuis se misturam para a formação de uma decoração que mescla natureza com arquitetura. O muro aparente ganha a complementação das trepadeiras, que resultam em uma área de lazer mais verde e aconchegante.

5. Elementos verdes incrementam a decoração

Foto: Reprodução / ArquiFun

Entrada complementada por elementos verdes como árvores, arbustos e trepadeiras no muro aumentam a sensação de receptividade do ambiente. A parede em pedras, assim como a iluminação embutida colaboram com a sensação de conforto do ambiente.

6. Nichos luminosos na decoração

Foto: Reprodução / Mjarquitetura

A parede verde de trepadeiras ganhou a complementação de nichos com iluminação embutida, nos quais foram depositados itens decorativos como vasos e pequenas estatuetas. A madeira presente tanto no piso quanto no banco proporcionou toques rústicos, porém aconchegantes na decoração.

7. Decoração elaborada com elementos naturais

Foto: Reprodução / Espaço Cool

A decoração diferenciada se faz com a combinação de elementos verdes como plantas de espécies diversas e a elaboração de uma piscina biológica, que entre suas vantagens se utiliza de plantas e microorganismos para a manutenção de sua limpeza.

8. Área de lazer com sombra e água fresca

Foto: Reprodução / Arquitetura Sustentável

A combinação de pérgola em madeira, trepadeiras e chão com pequenas pedras contribuíram para a criação de uma ducha com toques naturais, ambiente perfeito não apenas para se refrescar, como também para se aproveitar o dia.

9. Decoração com fachada verde

Foto: Reprodução / Maurício Alito

As paredes, com acabamentos diversos como tijolos aparentes e pedras, ganham a incrementação de arbustos e trepadeiras, resultando em uma fachada verde bastante atrativa. O telhado também é complementado com alguns ramos, uma beleza natural.

10. Flores contrastam com cores neutras

Foto: Reprodução / Alpana Communications

A fachada, apresentada em tonalidades mais neutras como o preto e o branco, é contrastada com o lilás presente nas flores da trepadeira, que domina a árvore presente em sua entrada. Outros arbustos plantados em vasos acrescentam diferentes tons verdes à paisagem.

11. Fachada com invasão verde

Foto: Reprodução / Daphne Torquato

Arbustos escandentes que acrescentam a tonalidade verde na fachada predominantemente branca e sem grandes elementos decorativos. As grades dos diferentes andares serviram como o apoio necessário para o desenvolvimento das trepadeiras, que tomaram quase todo o espaço.

12. Paisagismo residencial em desenvolvimento

Foto: Reprodução / Flora JCN Paisagismo

Arbustos e trepadeiras são ideais para a elaboração de um bom paisagismo residencial, trazendo elementos verdes à lugares em que o concreto é predominante, resultando em uma decoração aconchegante e bastante receptiva aos moradores.

13. Trepadeiras no estilo colonial

Foto: Reprodução / Miguel Machado

A fachada em estilo colonial foi tomada pelas trepadeiras plantadas diretamente no chão. O verde incrementa a construção predominante em cores neutras e básicas, trazendo toques mais naturais para a decoração.

14. Combinação perfeita de arquitetura e paisagismo

Foto: Reprodução / Conrado Ceravolo Arquitetos

A decoração da área de lazer foi pensada com o mínimo de interferência da arquitetura no paisagismo natural do ambiente. O sobrado ganhou ainda a complementação de algumas trepadeiras nas janelas do primeiro andar, colaborando com a escolha de elementos verdes para essa decoração.

15. Parede verde no interior do ambiente

Foto: Reprodução / Cláudia Albertini Arquiteta

Se a ideia é ter uma parede verde, a recomendação é que a parede escolhida seja próxima de alguma janela ou abertura, para que as plantas tenham uma boa incidência de luz solar. Isso porque ainda que sejam espécies de sombra, necessitam de um mínimo de iluminação para seu crescimento.

16. Área externa charmosa

Foto: Reprodução / Talita Oliveira

A decoração charmosa é resultado da utilização das cores azul e rosa em tons pastéis, aplicados nas portas em modelo sanfona, capas de almofadas e roupas de cama. O estilo romântico dos móveis, com arabescos em tons puxados para o cobre complementam o aconchego proporcionado pelo ambiente.

17. Toque vintage na decoração

Foto: Reprodução / Histórias de Casa

A renovação do ambiente se deu através de mobiliários garimpados com estilo vintage combinado com a parede totalmente coberta por trepadeiras, escondendo a falta de pintura e acabamento, mas proporcionando uma elegância sem igual na decoração.

18. Portão com moldura de flores

Foto: Reprodução / Marcus Bruno

A casa antiga ganhou a decoração das trepadeiras floridas que ocuparam a cerca, formando uma espécie de moldura receptiva no portão. O laranja avermelhado das flores contrasta com o azul pastel da construção, resultando em delicadeza e muito charme.

19. Muros verdes invadindo as alturas

Foto: Reprodução / Julia Selyutin

Plantadas no chão, as trepadeiras são capazes do alcance de grandes alturas quando encontram locais que permitem sua expansão. O resultado são imensas paredes verdes que complementam a decoração não apenas das fachadas, mas também de diferentes ambientes de descanso e relaxamento.

20. Musgos para jardins verticais

Foto: Reprodução / Flowerbox Turkiye

Além das tradicionais trepadeiras, os musgos também são uma boa opção para a elaboração de jardins verticais ou paredes verdes. Entre as vantagens que apresentam, são ótimos fertilizantes, retém umidade colaborando com as regas e armazenam importantes nutrientes para o desenvolvimento das plantas.

Mais fotos de trepadeiras para suspirar de admiração

Conheça mais possibilidades de decoração que priorizam elementos verdes como arbustos e trepadeiras para uma composição aconchegante.

21. Elegância do cobogó com trepadeira

Foto: Reprodução / Eveline Sampaio

22. Estrutura de ferro acoplada na fachada

Foto: Reprodução / Prisma da Matta

23. Trepadeira cultivada em pleno sol

24. Pergolado com trepadeira sapatinho-de-judia

Foto: Reprodução / Gabriel Kehdi

25. Parede com fios de arame para trepadeira

Foto: Reprodução / Yougardener

26. Fachada embelezada por trepadeiras floridas

Foto: Reprodução / Paula Carmo

27. Trepadeiras do chão às árvores

Foto: Reprodução / Salvejo & Salvego Photography

28. Pergolado de madeira rústica em área de relaxamento

Foto: Reprodução / Amalficoast And Capri

29. Muro avermelhado com trepadeiras

Foto: Reprodução / Sílvia Magalhães

30. Trepadeiras ornamentam fachada rústica

Foto: Reprodução / Catarina Balão

31. Portão de ferro com portal de trepadeiras

Foto: Reprodução / Renata Guastelli Paisagista

32. Muro verde com baixa manutenção

Foto: Reprodução / Anni Verdi Paisagismo

33. Muro verde contrasta com a fachada em cores neutras

Foto: Reprodução / Fernando Roma

34. Trepadeiras em pergolado e deck de madeira tratada

Foto: Reprodução / Francisco Calio

35. Parede com elementos verdes do chão ao telhado

Foto: Reprodução / Camilo Garrido

36. O verde nos vãos da parede de pedras

Foto: Reprodução / Natália Tkatchenko

37. Um candelabro de flores

Foto: Reprodução / Guilherme Mazer

38. Decoração com trepadeiras e arbustos floridos

Foto: Reprodução / Ana Paula Nebias

39. Trepadeira ocupa muro de concreto da fachada

Foto: Reprodução / Sabugosa Arquitetura

40. Muros verdes como cobertura econômica

Foto: Reprodução / Darthtadam

41. Plantas para todos os estilos arquitetônicos

Foto: Reprodução / Miguel Marto

42. Decoração ocupando muros e grades

Foto: Reprodução / Mainarte

43. Arranjo decorativo com trepadeiras

Foto: Reprodução / Vila Nina Paisagismo e Flora

44. Jardim vertical com pergolado florido

Foto: Reprodução / Paisagismo Sheli Koller

45. Pergolado como estrutura de apoio para trepadeira

Foto: Reprodução / Depieri Paisagismo

O que se observa é que as trepadeiras trazem cores e vivacidade aos ambientes em que são plantadas, alegrando e embelezando. É necessário paciência e dedicação para o acompanhamento de seu crescimento, retribuído com flores e coberturas incríveis aliadas à decoração da sua casa.