Pedras para jardim: conheça as mais indicadas para compor esse espaço

Escrito por Alexandre Poletto

foto: reprodução / Patricia Martinez Arquitetura

As pedras para jardim são úteis e embelezam o ambiente. Agora, você já parou para saber quais são os tipos que combinam com o seu jardim? Será que elas mudam de acordo com a área interna ou externa? O Tua Casa traz hoje, além das espécies mais usadas, as dicas para quem deseja montar um espaço verde lindo e harmônico. E tem também projetos para você se inspirar!

Tipos de pedras

Existem vários tipos de pedras para jardim. São tantas opções que é comum ficar confuso na hora de escolher. “Existem variedades de pedras no mercado com diversos tamanhos e cores para a composição do projeto paisagístico. Tradicionalmente conhecidas no mercado temos a argila expandida e pedra branca, que são as mais indicadas para a decoração e de fácil acesso”, explica Rafael Sera, arquiteto e paisagista da Master House Manutenções e Reformas. Veja abaixo uma lista com 7 tipos de pedras mais comuns para jardim:

1. Pedra de rio

foto: reprodução / tt interiores

Essas são as pedras para jardim mais comuns. Isso porque essa espécie, como diz o nome, é facilmente encontrada em rios e lagos. Além disso, quem resolve comprar, encontra um preço bem acessível, normalmente R$ 5 reais o quilo.

2. Seixo natural

foto: reprodução / JUNIA LOBO PAISAGISMO

Bem parecida com a pedra de rio, a seixo natural também tem o tom mais bege ou amarronzado. Quem quiser pode usá-las para dar um ar mais natural ao espaço. O quilo deste tipo de pedra custa em torno de R$ 5 reais.

3. Pedra brita branca

foto: reprodução / Apê 102 Arquitetura

Essa pedra é bastante usada para dar elegância ao jardim. Por ter um branco forte e mais brilhante, é indicada para dar um certo destaque a um ponto específico da decoração no jardim. Em média, o valor do quilo é de 4 reais.

4. Pedra Dolomita

foto: reprodução / Vanja Maia Arquitetura

Se você quer uma pedra mais branca e com uma textura mais bonita, a dolomita é perfeita. Essa pedra também ajuda a dar um certo destaque, sendo indicada principalmente para fazer uma espécie de caminho no jardim. Essas pedras são mais facilmente encontradas em grandes quantidades de quilos, como em um saco de 10 kg, em que o valor fica em torno de R$ 25 reais.

5. Argila expandida

foto: reprodução / DH Arquitetura

Sabe aquelas famosas pedrinhas marrons que encontramos em decoração de shopping, por exemplo? Então, elas são feitas de argilas, são leves e deixam o ambiente muito bonito. O marrom escuro tem esse dom e passa até uma certa elegância. Essas pedras para jardim também são utilizadas para decorar a superfície de vasos. O quilo em média custa R$ 6 reais.

6. Peças de mármores ou granito

foto: reprodução / Fabricio Roncca Arquitetura

Se uma roupa de cor preta é uma peça chave para quem tem medo de errar no look, pode-se dizer que a mesma ideia vale para quem tem jardim e aposta nas peças de mármores ou granito. Como uma espécie de caminho, essas pedras grandes são sinônimos de elegância e bom gosto na área verde.

Já as placas de granito são mais indicadas para quem quer usar um espaço para curtir e aproveitar o jardim. Serve também para construir um banco natural, por exemplo.

7. Brita

foto: reprodução / so guarden

A brita é um tipo de pedra muito comum na construção civil, e é mais usada exatamente em áreas externas, principalmente em chácaras e sítios. O formato das pedras é irregular e elas são indicadas para grandes espaços. O saco é normalmente vendido com 2 0kg e chega a custar cerca de R$ 3,50.

Lembre-se que você pode usar as pedras como desejar na decoração, porém é comum entre os especialistas o consenso de que algumas combinam mais com determinados objetivos, como explica o arquiteto e paisagista Felipe Mascarenhas.  “Para acabamentos de vasos, usa-se mais pedriscos ou seixos. Na área interna, uso mais as pedras brancas. Na parte externa, é possível fazer acabamentos que vai desde forração de plantas até um tapete de pedras. Tudo vai do conceito, seja algo mais moderno, tropical ou até oriental, cultura que usa muito esse tipo de acabamento.”

Vantagens e desvantagens

foto: reprodução / DT Estúdio

Usar as pedras para jardim tem inúmeras vantagens. Podemos destacar a importância desse elemento natural com o viés decorativo. As pedras são práticas, não necessitam de uma manutenção recorrente. Além disso, ao contrário das plantas, você não precisa podar ou irrigar periodicamente. Ou seja, além de bela, elas não dão gastos extras. A melhor das vantagens é que as elas diminuem significativamente o acúmulo de sujeira e afastam os insetos (no caso de quem tem pouca grama na área verde).

A desvantagem pode estar relacionada à escolha da pedra. Algumas precisam de um solo diferenciado e também necessitam do calor, da exposição. Vale lembrar que as pedras trazem também mais umidade, por isso devem estar no local certo, dentro ou fora de casa.

Agora, além desses pontos, existe uma série de questões que deve ser levada em conta na hora de montar esse espaço e também escolher as pedras para decorar o local. Sera traz uma dica importante antes de iniciar seu jardim. É preciso realizar um estudo do espaço, verificar a iluminação, profundidade do solo, clima e circulação de pessoas. Com todas as informações, procure as espécies que se adequem ao projeto, como planta específicas para Sol ou sombra, de grande, médio ou pequeno porte. Monte um cenário que gostaria de estar e solte a imaginação.

Vale lembrar que para algumas culturas, como a dos japoneses, as pedras tem significado e fazem parte, por exemplo, do famoso Jardim Japonês. Para eles, pedras significam resistência. E você, o que acha?

50 jardins encantadores com pedras decorativas

Separamos ao todo 50 modelos com pedras para jardim. É cada projeto lindo, com espécies diferentes e para diversos ambientes… Confira!

1. Pedras para jardim na entrada

foto: reprodução / Maciel e Maira Arquitetos

Aqui a decoração do jardim ganhou pedras bem na entrada, mais precisamente na lateral. O tom predominante aqui é branco, mais claro, e combina com o contexto externo da casa.

2. Área de descanso ganha decoração específica

foto: reprodução / CP PAISAGISMO  foto: reprodução / MeyerCortez Arquitetura & Design

Aqui as pedras para jardim demarcam exatamente o espaço para sentar e relaxar. Facilita também para que ninguém pise diretamente na terra, principalmente em dias chuvosos.

3. Espaço verde dentro da casa

A parte de baixo da escada ganha vida com este tipo de decoração. Neste projeto, é possível perceber como as pedras brancas dão destaque para o ambiente.

4. O caminho das pedras

foto: reprodução / Sandra Henriques Paisagismo

Você pode usar mais de um tipo de pedra na decoração – e isso é ideal para quem tem um espaço considerável, podendo assim criar desenhos como esse.

5. Cantinho do jardim

foto: reprodução / Alexandre Casasco Paisagismo

Aqui é possível notar que o jardim ganhou as famosas pedras de rio. Elas dão um aspecto mais natural à decoração.

6. Pedras dão vida ao jardim

foto: reprodução / DT Estúdio

Além dos coloridos da planta, é inevitável não conseguir reparar na decoração com um jardim cheio de pedras, principalmente essas, com aspecto mais natural.

7. Britas são usadas para abrir caminho no jardim

foto: reprodução / Casa Aberta

O caminho que leva até a casa é feito com britas, as pedras pequenas com formatos diferentes. Essa pedras são bem-vindas porque também deixam o ambiente mais bonito e evitam a sujeira do contato direto com a terra.

8. As pedras ajudam no formato da decoração

Foto: reprodução / Rafael Guimarães Design de Interiores

Inúmeros são os projetos que unem diferentes espécies de pedras e as usam para criar formatos ou caminhos, como neste projeto acima.

9. Pedras ligam ambientes

foto: reprodução / Barbara Dundes

As pedras para jardim são usadas normalmente para ligar diferentes ambientes, são bem comuns em caminhos que indicam áreas específicas também, como a piscina ou a área interna da própria casa.

10. Pedras maiores são usadas com plantas maiores

Foto: reprodução / Eder Mattiolli Paisagismo

O ideal é usar as pedras para jardim maiores onde há plantas maiores, como na paisagem acima. Fica proporcional e bonito!

11. Pedras ajudam a decorar o fundo do quintal

foto: reprodução / BYARQ Arquitetura

O cantinho no fundo do quintal pode ganhar mais vida e o jardim pode receber algumas placas grandes de pedras para tornar acessível a entrada no espaço verde.

12. Diferenças de pedras para jardim interno ou externo

foto: reprodução / Gisele Taranto

Sera reforça um detalhe importante para quem está buscando pedras para jardim. “Existem pedras que absorvem mais temperatura e podem prejudicar na troca de calor e, em alguns casos, chegam a ‘sufocar’ algumas espécies de plantas. Fazendo os devidos cuidados para deixar a planta arejar, é possível soltar a imaginação na hora de fazer a composição do paisagismo em áreas internas ou externas. Pedras ornamentais, como a Moledo, são ótimas para dar um destaque no jardim”.

13. Pedras grandes para quem gosta de grama

foto: reprodução / Gislene Lopes Arquitetura

Se você gosta do verde da grama e não quer colocar muitas pedras no jardim, aqui está uma ótima alternativa: usar pedras grandes apenas para um corredor. Fica bonito e preserva mais a grama!

14. Pedras pequenas para áreas pequenas

foto: reprodução / Eneida Paisagismo

Se o espaço que você tem para decorar não é grande, aqui vai uma dica legal: utilize pedras pequenas para cobrir a superfície de terra, como no projeto acima. Sera lembra que o objetivo do jardim é “aproximar-se da natureza, deixando o espaço único e idêntico ao natural. É importante ter a consciências de que algumas espécies vivem de forma natural e é preciso cuidado periódico para manter o jardim sempre vivo.”

15. Pedras decoram lago embaixo da escada

foto: reprodução / Água Viva Lagos e Paisagismo

Quem tem um espaço legal debaixo da escada pode se inspirar neste projeto aqui. Apesar de todo o contexto de construção do lago, as pedras e as plantas dão um charme no pé da escada.

16. Pedras para vasos no jardim

Foto: reprodução / FELIPE MASCARENHAS PAISAGISMO

As pedras de argila expandida são as mais usadas em vasos dentro ou fora do jardim. Elas são leves e não necessitam de cuidados especiais.

17. As pedras podem ser usadas na água

foto: reprodução / JARDINS BY MC3

As pedras para jardim não precisam estar exatamente no contato com a terra ou grama. Neste projeto, dá para notar o uso das pedras diretamente na fonte, na água.

18. Pedras podem compor projeto detalhado de paisagismo

Neste projeto, a pedra está entre os principais elementos decorativos. Além delas, é possível perceber a parede verde trabalhada com diferentes espécies de plantas e presença da decoração com bambus. Uma dica que o Felipe Mascarenhas dá é utilizar a manta bidim, um tecido preto que se coloca sob a terra, preferencialmente com uma camada de areia, e recebe as pedras por cima. “Isso evita que o solo suba e suje as pedras”.

19. Pedras também estão presentes no jardim coberto

foto: reprodução / Bizzarri Pedras

As britas foram as pedras escolhidas para compor esse ambiente verde coberto. O jardim também recebeu piso para compor o corredor de passagem.

20. Cobertura com espaço verde

foto: reprodução / JARDINS BY MC3

Seja uma área comum do prédio ou uma cobertura de um único morador, aqui fica uma sugestão incrível de inserir o verde neste ambiente.

21. Espaços maiores permitem uma variação de pedras

foto: reprodução / BIZZARRI PEDRAS

Se o espaço externo da casa for grande, faça como neste projeto. Utilize várias espécies de pedras para jardim, dando um ar ainda mais naturalista ao ambiente.

22. Jardim também pode ser feito na sacada

foto: reprodução / PRISCILA BOLDRINI

Neste projeto, a sacada do apartamento virou o jardim da casa. O resultado é inspirador e as pedras marcam presença no paisagismo do local.

23. Pedras na decoração de espaço comum

foto: reprodução / Sandra Henriques Paisagismo

Decorar espaços verdes comuns, como a área de entrada de um prédio, é uma boa alternativa para deixar o espaço bonito e valorizado.

24. Área de descanso trabalhada em pedras

foto: reprodução / Capri Design

As pedras aqui são usadas para demarcar o ambiente de descanso. Além do banco, a superfície recebe também algumas espécies de plantas. Quem quer evitar um aspecto sujo nas pedras deve evitar as cores brancas em ambientes externos.

25. Decoração de entrada pode ser inspirada em pedras

foto: reprodução / Maciel e Maira Arquitetos

Além das pedras na entrada, aqui podemos ver também o revestimento de pedras feito na fachada da casa.

26. Deck de madeira com decoração de pedras

foto: reprodução / alexandre galhego

O deck de madeira, juntamente com as pedras britas, se tornou um espaço para relaxar e curtir o jardim. Detalhe que as plantas estão em uma parte mais fechada, mais para trás do ambiente.

27. Pedras combinam com a decoração

foto: reprodução / Sandra Henriques Paisagismo

Tem coisa mais natural do que unir pedras com madeira? Este projeto é prova de que a combinação fica linda. Além do banco, há uma espécie de proteção de madeira decorando o ambiente.

28. Banco de pedra natural para o jardim se tornar mais aconhegante

foto: reprodução / Bizzarri Pedras

Além de colocar pedras no chão, você ainda pode se inspirar neste projeto de paisagismo e criar um banco natural de pedra. Felipe Mascarenhas lembra que pedras mais esculturais são normalmente mais caras, porém valorizam muito o jardim.

29. Pedras diferentes para vários tipos de planta

foto: reprodução / Mateus Motta Paisagista

Usar diferentes pedras para cada tipo de planta também é legal, e esse é um bom exemplo dessa ideia. A imagem motra o projeto de um espaço em frente a um prédio.

30. Cantinho relax feito todo com pedra

foto: reprodução / Espaço Pau Brasil

Se você não quiser ter terra ou grama no quintal, aqui está uma ótima inspiração. Se o espaço não for grande, você cobrir todo ele com pedras e criar um espaço mais intimista.

31. Combine as pedras com as flores

foto: reprodução / GREICE PERALTA

Por encontrar diversas cores e tamanhos, as pedras podem ser facilmente combinadas com os diferentes tipos de flores e plantas. Esse colorido deixa qualquer jardim bonito.

32. Pedras brancas ajudam na iluminação

foto: reprodução / Stuchi & Leite Projetos

As pedras brancas, assim como a própria cor, ajudam a clarear durante a noite. As luzes bem posicionadas facilitam esse processo de iluminação.

33. Pedras servem para formar desenhos e paisagens

As pedras para o jardim não só decoram o ambiente, mas também permitem uma certa “brincadeira” com formas e desenhos.

34. Pedras menores são indicadas para locais de passagem

foto: reprodução / Jader Nunes Jose

Além das placas de pedra, as pequenas pedras juntas podem servir também de passagem. Ou seja, as pessoas podem circular no ambiente, pisando nelas, sem passar por qualquer tipo de desconforto.

35. Pedra presente no projeto externo da casa

foto: reprodução / Maciel e Maira Arquitetos

Em casas mais projetadas é possível pensar no uso da pedra em diversos pontos, como na entrada, no jardim lateral e até mesmo como revestimento. Lembre-se que pedras criam umidade e, por isso, antes de colocá-las é preciso da consultoria de um especialista para evitar problemas futuros.

36. Pedras no entorno da casa ajudam a evitar sujeiras

Foto: Reprodução / SuperLimão Studio

O entorno do imóvel pode ganhar uma decoração totalmente de pedra na parte do chão. Esse cuidado ajuda a evitar sujeitas excessivas em dias mais chuvosos.

37. Pedras brancas ajudam a destacar parte da decoração

foto: reprodução / LIGHTINOX

Se o seu jardim é bem decorado, aposte em pedras brancas para destacar alguma parte da área verde. Neste caso, o destaque fica para este vaso retangular, que em cima das pedras brancas, atrai o olhar pelo seu tom mais escuro e pelo fogo aceso.

38. Pedras maiores são indicadas para área de uso externo comum

As pedras grandes são ótimas para compor cenários verdes de áreas externas em comum, como garagem de prédios residenciais e comerciais. Elas são mais pesadas e dificilmente se deslocam do local com a chuva, por exemplo. O contrário, as pedras pequenas, podem dar um pouco mais de trabalho.

39. Pedras fora da área de passagem

foto: reprodução / alexandre galhego

Já vimos até aqui diversos projetos com pedras para jardim. Neste aqui nota-se que o elemento não foi usado para a área de passagem, mas sim para uma área de descanso.

40. Pedras mais escuras ajudam a valorizar o piso externo

foto: reprodução / ODVO arquitetura e urbanismo

Uma jogada legal é usar as pedras mais escuras para dar destaque ao piso, principalmente se ele for em um tom mais claro, como no projeto acima.

41. Pedras para demarcar caminho do lago

foto: reprodução / Flavia Maria Nogueira Brandão

As pedras aqui usadas servem para acompanhar o caminho que o lago faz. O efeito desse elemento decorativo é deslumbrante neste cenário de tranquilidade dentro do imóvel.

42. Fonte natural com pedras de diferentes espécies

foto: reprodução / Atelier Jardins do Sul

As pedras para jardim podem ser usadas também em locais bem rico de natureza. Em um sítio ou chácara, que tal montar um espaço com uma fonte? Note que, além da pedra maior que recebe a água, há inúmeras pedras menores no entorno.

43. Espaço para receber

foto: reprodução / Ana Sawaia Arquitetura

O espaço sob a árvore parece até que abraça o banco e as cadeiras. Um espaço perfeito de convivência, tanto para sentar sozinho sob a sombra e colocar a leitura em dia ou um bate-papo com amigos.

44. Canteiro com pedras para jardim

foto: reprodução / Mateus Motta Paisagista

Por menor que seja um canteiro de um imóvel, ele pode e deve receber diferentes plantas e pedras.

45. Pedras ajudam a evitar sujeira onde há terra

foto: reprodução / Folha Paisagismo

Neste projeto, há uma vantagem especial: em dia de chuva, sem pedras, essa área de terra certamente causaria uma certa sujeira excessiva nas janelas de vidro.

46. Pedras para o jardim de entrada

foto: reprodução / Maciel e Maira Arquitetos

As pedras também são utilizadas para abrir caminho. É comum encontrar mármores e ardósia, que é uma rocha em piso, para ambientes de entrada ou mesmo garagem.

47. Pedras para destacar o jardim

foto: reprodução / Álvaro Camiña Arquitetura

O jogo das pedras está presente em muitos projetos. Aqui, é possível notar as pedras marrons, essas mais próximas da raiz, e as brancas, mais no entorno do desenho do jardim.

48. Pedras para compor diferentes ambientes

foto: reprodução / ODVO arquitetura e urbanismo

Quem usa um deck de madeira para a área externa pode também inserir as pedras ou placas de pedra para ligar um ambiente ao outro, como no caso deste projeto.

49. Pedras podem dar o contorno da área verde

foto: reprodução / GRAU.ZERO Arquitectura

Aqui o projeto envolve o uso de duas pedras para jardim, as placas quadradas e também as brancas, que formam o contorno da área verde.

50. Placas de pedra dão mais firmeza

foto: reprodução /ArkDek

Você encontra no mercado também algumas placas de pedras para decoração. Neste exemplo, é possível perceber que vasos que estão no jardim encontram mais firmeza do que se estivessem sob as pedras soltas. Vale lembrar que, além do chão, há também revestimentos para paredes.

Alerta: Se você tiver criança em casa, cuidado com o uso das pedras. Na área externa, principalmente, é comum o ambiente receber a criançada. “Se for um playground, por exemplo, é mais fácil usar areia do que pedrisco”, orienta Felipe Mascarenhas. Agora que você já sabe quais pedras são as mais indicadas para usar no jardim, que tal descobrir as flores mais comuns para jardim? Confira as 100 espécies mais comuns para embelezar sua casa.

PARA VOCÊ