20 plantas para jardim vertical que deixarão sua parede verde

Escrito por
Em 17.12.21

Por                                
Em 17.12.21

As plantas para jardim vertical devem ser muito bem escolhidas. Afinal, ninguém quer plantas mortas ou que não combinem com a decoração. Dessa maneira, nesse post você verá 20 plantas que se dão bem nesse tipo de jardim. Além disso, poderá conferir mais informações e tutoriais sobre essa forma de cultivar em casa. Confira!

Publicidade

Índice do conteúdo:

20 plantas para jardim vertical para ter uma selva na parede

As plantas para jardim vertical mudam a aparência de qualquer ambiente, não é mesmo? Então, é preciso escolher bem quais delas estarão no seu jardim. Além disso, as condições de iluminação ideal para cada planta é uma característica importante. Então, veja algumas plantas para o seu jardim vertical.

Aspargo-pluma

KMGiannattasio

Publicidade

Essa é uma daquelas plantas para jardim vertical resistentes ao sol. Ela é muito resistente. Ou seja, aceita sol e chuva. Além disso, é fácil de se propagar e não requer muita manutenção. Essa planta é a queridinha dos paisagistas na hora de pensar em um jardim vertical externo.

Barba-de-serpente

Esse tipo de planta pode ser usada para destacar uma determinada região da parede. Isso acontece porque ela é mais clara e ilumina o que está perto. Além disso, a Ophiopogon jaburan é uma planta que pode ficar no sol direto ou em ambientes de meia sombra. Depois de adulta, ela não requer muita rega.

Brilhantina

Beekind

Publicidade

A Pilea microphylla tem folhas muito brilhantes e bonitas. Isso faz com que ela chame atenção onde quer que esteja. Sua estrutura é bem rígida. Isso faz com que ela fique em destaque caso esteja próxima a outras plantas, principalmente as que são pendentes. Além disso, essa é uma das plantas para jardim vertical em vasos.

Colar-de-pérolas

Enganou-se quem achou que não teria uma suculenta nessa lista. Essa planta é muito delicada, apesar de ser uma suculenta. Além disso, ela requer uma rega mais frequente, por ser mais delicada. A planta colar-de-pérolas costuma crescer e ficar pendente, então é ideal para um jardim vertical, seja em vasos ou não.

Clorofito

Essa planta é muito conhecida pelos brasileiros. Ela também é chamada de gravatinha ou paulistinha. Ela tem vários benefícios. Por exemplo, ela purifica o ar do ambiente no qual se encontra. Isso faz com que ela seja indicada para ambientes internos. A gravatinha deve ser regada de duas a três vezes na semana, dependendo da umidade do ar.

Flor-canhota

Ela recebe esse nome devido à posição de suas flores. Além disso, seus caules pendentes fazem com que ela seja uma ótima opção para quem quer colocá-la em um jardim vertical em vasos. Contudo, é preciso cuidado ao combiná-la com outras plantas, porque ela pode sufocar as vizinhas.

Flor-de-coral

A russélia é muito usada em jardins em muros ou paredes. Isso acontece devido aos seus ramos longos e arqueados. As flores em forma tubular dão um ótimo aspecto ornamental à composição. Além disso, sua formação de baixa densidade traz informalidade à decoração. Ela é ideal para ambientes externos porque atrai beija-flores e borboletas. Além disso, é uma planta para jardim vertical com sol pleno.

Publicidade

Hera-inglesa

A hera é uma planta que tem características de trepadeira. Então é ideal para um jardim vertical feito em um muro ou parede externa. Contudo, é preciso atenção: seus frutos são tóxicos aos seres humanos. Além disso, seu solo deve ser bem drenado e com regas periódicas, porém, o substrato não deve ser encharcado.

Jiboia

Quem pensou em uma planta que é fácil de cuidar, fácil de propagar e de crescimento rápido? A resposta para isso tudo é a Jibóia. Essa planta é a queridinha do momento por várias pessoas. Ela é ideal para quem está começando. Porque ela é uma planta muito adaptável. Em climas quentes, sua rega deve ser feita ao menos três vezes na semana.

Lambari-roxo

O lambari-roxo é outra planta de rápida propagação. Além disso, ela é resistente, versátil e de crescimento muito rápido. Devido a isso, ela precisa de muita atenção e muito adubo. Essa planta deve ser cultivada à meia sombra.

Orquídea-grapete

Já pensou em ter uma orquídea que é barata e fácil de cuidar? A resposta para essa pergunta é a orquídea-grapete. Ela pode ser cultivada em vasos ou diretamente no chão. Seu substrato deve ter muita matéria orgânica. Por exemplo, o húmus de minhoca. Além disso, diferente das outras orquídeas, ela gosta de muito sol.

Tilândsia

acupom

Publicidade

Essa planta faz parte da família das bromélias e adora um ambiente externo. Além disso, elas devem ter muita luz, ventilação e boa umidade. Contudo, seu solo não deve ser encharcado. Ela se propaga fácil e pode ser plantada em lugares inusitados. Por exemplo, elas podem ser plantadas em troncos de árvore.

Trapoeraba-roxa

Já pensou em uma planta de cor viva e com muito volume? Essa é a trapoeraba. Além disso, é uma planta muito resistente ao sol e pendente. Ideal para jardins verticais externos. Ela é ideal para quem quer dar mais cor ao jardim ou à composição de plantas.

Antúrio

Quem busca uma bela flor para compor um jardim de parede, deve apostar no antúrio. Essa planta é muito resistente. Além disso, suas folhas são longas e com uma cor muito escura e viva. O antúrio é uma planta de meia-sombra. Lembre-se de mantê-la longe dos pets!

Asplênio

Essa planta é uma prima distante das samambaias. Sua origem é asiática e igualmente tropical. Por isso, ela é indicada para dar mais vida aos jardins de parede. Seu solo deve sempre ser úmido e a sua adubação deve estar em dia. Além disso, o asplênio não gosta de muita luz direta nas folhas.

Babosa-de-pau

Ela também é conhecida como Pacová. Por ser uma planta escandante, pode ser usada em muros e paredes. Ela pode ser cultivada tanto na área interna quanto na área externa. Os cuidados especiais com essa planta são vários. Por exemplo, seu substrato deve ter muita matéria orgânica e ser bem drenado. Além disso, as regas devem ser frequêntes.

Dinheiro-em-penca

Que brasileiro não gosta de uma boa superstição. Não é mesmo? Então, que tal unir isso à beleza de ter uma planta pendente na sua parede? O ideal para isso é o dinheiro-em-penca. Essa planta também é chamada de tostão. Ela prefere solos úmidos e meia sombra. Apesar disso, é uma planta de fácil propagação.

Peperômia

Existem vários tipos de peperômias. Porém, todas elas são ideais para o jardim vertical. Essa planta é de fácil cuidado e fica muito bonita se for colocada suspensa. Isso acontece devido à sua característica pendente. As regas devem ser feitas sempre que a terra estiver seca. Além disso, a peperômia deve ser plantada em um local com meia sombra. A luz direta pode queimar suas folhas.

Samambaia

A samambaia é outra planta recomendada para quem está iniciando as aventuras na jardinagem. Ela é uma planta de fácil cuidado. Porém, ela precisa de meia sombra para ser totalmente feliz. Seu solo deve sempre ser úmido. Dessa forma, sempre que a terra estiver seca, é hora de regá-la.

Rabo-de-macaco

Por incrível que pareça, essa planta é um cacto! Seu corpo é pendente, mas lotada de espinhos muito finos. Ela deve ficar em floreiras ou vasos suspensos. O efeito criado será incrível e trará muito contraste para um jardim na parede. Por ser um cacto, essa planta precisa de pouca água. Além disso, ela gosta de ficar ao sol direto.

Todas essas plantas ficarão incríveis em um jardim na parede. Dessa forma, você pode combiná-las de maneiras diferentes a fim de obter a melhor composição. Combine entre plantas pendentes e plantas que se sustentam. Além disso, lembre-se que as plantas ficam mais alegres se estiverem juntas de outras plantas.

Mais informações sobre plantas para jardim vertical

Agora que você já sabe quais plantas usar, que tal saber mais sobre elas? Além disso, veja também como preparar um jardim vertical incrível. Tudo isso pode ser conferido nos vídeos selecionados sobre esse tema. Veja!

35 plantas para jardim vertical

O canal Minhas Plantas mostra 35 plantas ideias para serem plantadas na parede. Para isso, a jardineira Carol Costa dá detalhes de cada uma das espécies e como cuidar delas. Dentre as plantas citadas estão as mais famosas. Por exemplo, as avencas e a samambaia.

Plantas para jardim vertical de sol pleno e meia sobra

Conhecer as condições de iluminação que as plantas gostam é ideal para que elas vivam por muitos anos. Por isso, ao fazer um jardim vertical, essa condição deve ser leva em conta. Dessa maneira, o canal Claudia Vida Florida conta quais plantas se dão bem em jardins de parede ao sol e à meia sombra.

Plantas para jardim vertical em vasos

Algumas pessoas não podem plantar direto na parede. Isso pode acontecer por diversos motivos. Por isso, o canal Vida no Jardim conta quais plantas podem ser plantadas em vasos e compor um jardim vertical. Essas espécies são de fácil cultivo e ideais para quem está começando.

Como fazer jardim vertical

Quem nunca viu várias plantas na parede e ficou com medo delas caírem de lá? Para que isso não aconteça, veja todas as dicas do vídeo do jardineiro Henrique Buttler. Nesse vídeo, ele ensina a fazer um jardim vertical com plantas de meia sombra. Ao longo do vídeo o jardineiro dá várias dicas de como preparar e cuidar das suas plantas de parede.

Com todas essas dicas fica fácil decidir como será ficará o seu jardim vertical, não é mesmo? Contudo, algumas pessoas não podem usar a parede toda para fazer o jardim. Dessa forma, use as dicas desse post e veja como fazer um jardim vertical de pallet.

Este conteúdo foi útil para você?
SimNão