Plantas para banheiro: 36 espécies que trazem mais frescor ao ambiente

Escrito por Andressa Oliveira

Foto: Reprodução / Gisele Rampazzo

As plantas fazem a diferença na decoração e exercem uma influência positiva tanto nos espaços como nas pessoas. Elas podem estar presentes em todos os ambientes da casa, inclusive no banheiro.  

Mas para levar a natureza para esse espaço, é preciso estar atento na hora de escolher a espécie.  É necessário considerar se o banheiro tem ou não ventilação e luz natural. A umidade e presença de vapores também devem ser observadas para definir a escolha.

Confira a seguir indicações de plantas para banheiro e inspire-se para adicionar um toque de verde nesse ambiente.

1. Avenca

Foto: Reprodução / Escala Arquitetura

A avenca é indicada para banheiros pois não precisa de luz direta, podendo ser cultivada em uma luz difusa. Também aprecia bastante a umidade, por isso é recomendado regar com frequência para manter a sua terra úmida, mas sem encharcar.

2. Tillandsia

Foto: Reprodução / RSRG Arquitetos

A tillandsia é uma planta que não precisa de terra e vive no ar ou em suportes. É uma espécie fácil de cuidar que vive bem em ambientes internos, como o banheiro. Necessita de luz indireta e bastante umidade.

3. Espada-de-são-jorge

Foto: Reprodução / Patricia Fiuza

Planta de fácil cultivo que prefere o sol e a meia-sombra e vive bem em ambientes internos. É ótima para filtrar o ar e não precisa de muita área para se desenvolver. Regue uma vez por semana e aumente para duas vezes no verão. Atenção para o excesso de água que pode apodrecer a planta.

4. Costela de Adão

Foto: Reprodução / Carine Rocha

A costela de adão é uma planta que precisa de luz, mas sem insolação direta. As regas devem ser regulares, com frequência de aproximadamente uma vez por semana. Mantenha o solo sempre úmido, mas sem encharcar.

5. Jiboia

Foto: Reprodução / Linnea’s Jungle

Planta tropical com grande capacidade de se adaptar ao meio, por isso é perfeita para ambientes internos e para ser posicionada na janela do banheiro. Regue-a duas vezes por semana, aumentando a frequência no verão. É uma espécie de fácil manutenção e bastante resistente se cultivada em sol pleno ou meia-sombra.

6. Bromélias

Foto: Reprodução / Iara Kilaris

As bromélias toleram bastante umidade e por isso crescem com sucesso nos banheiros. Devem ser cultivadas com luz indireta, pois a luz solar queima suas folhas. Regue com frequência de dois em dois dias e lembre-se de não acumular água em suas folhas para evitar a proliferação de mosquitos.

7. Orquídeas

Foto: Reprodução / Studio Deux

Com suas belas flores, as orquídeas são uma ótima opção de plantas para banheiro. Para manter as suas sempre belas e vistosas, faça as regas preferencialmente quando o substrato estiver seco. Uma boa frequência costuma ser de 2 a 3 vezes por semana. Evite molhar as flores, pois elas são bastante delicadas. Cultive em locais iluminados, mas sem sol direto.

8. Planta Aranha

Foto: Reprodução / Casa Botânica

A planta aranha é uma planta que também pode ser cultivada no banheiro, a meia-sombra ou sol pleno. Regue regularmente, com maior frequência no verão, de modo que a terra nunca fique seca por completo, e vaporize as folhas à noite com borrifador. Verifique o vaso para que a planta fique bem drenada, sem acumular água em excesso.

9. Peperômia

Foto: Reprodução / Creato Arquitetura

A peperômia é uma planta bem fácil de cuidar e que se dá muito bem em banheiros, pois precisa de pouca água e luz indireta. Entretanto, no verão ela requer um pouco mais de atenção, pois precisa de mais água – regue a cada dois dias ou diariamente, se estiver muito calor.

10. Planta-mosaico

Foto: Reprodução / Cultive Amor

A planta-mosaico é uma bela folhagem decorativa e ótima para banheiros, pois deve ser cultivada com luz indireta, evitando correntes de ar e ar condicionado. Além disso, aprecia temperaturas amenas e umidade. É preciso ficar atento com as regas, pois a planta não tolera estiagens.

11. Bambu

Foto: Reprodução / Juliana Pippi

O bambu também é indicado como uma das plantas para banheiro, pois é uma planta que gosta de sombra e luminosidade indireta. Regue semanalmente e, durante os meses mais quentes, borrife água para refrescá-lo. Plante em um vaso que possibilite a drenagem da água, pois o bambu não gosta de solos encharcados.

12. Chifre-de-veado

Foto: Reprodução / Estudio Nodo

O melhor lugar para cultivar o chifre-de-veado é sob a luz solar, mas nunca na luz direta. A planta deve receber a luz de forma filtrada. Prefira cultivá-la em um local com ventilação natural. Com relação às regas, seu substrato ou apoio deve estar sempre úmido. Regue em maior quantidade no verão.

13. Samambaia

Foto: Reprodução / Histórias de Casa

Existem milhões de espécies de samambaias, mas os cuidados no geral são os mesmos. Devem ser cultivadas em luminosidade indireta e meia-sombra. Regue em torno de uma a duas vezes por semana, sempre tomando cuidado para não deixar o solo encharcado.

14. Rhipsalis

Foto: Reprodução / H2C Arquitetura

Essa planta é ideal para usar dentro de casa e no banheiro, pois adora sombra e meia-sombra, além de não exigir muitos cuidados. Regue de 1 a 2 vezes por semana, mantendo o solo úmido, mas sem encharcar. Se o solo estiver muito molhado, não regue.

15. Maranta

Foto: Reprodução / Estudio Nodo

A maranta adora ambientes frescos e com umidade, como o banheiro. Deve ser cultivada em luz difusa ou meia-sombra. Regue aproximadamente uma vez por semana. O solo deve ser mantido úmido, mas sem encharcar.

16. Filodendro-pendente

Foto: Reprodução / Selvvva

Planta tropical que apresenta um visual estonteante com sua folhagem. Deve ser cultivada em meia-sombra ou luz difusa e irrigada frequentemente, de 1 a 2 vezes por semana. É uma planta tóxica para animais domésticos e humanos, e por isso é melhor cultivar a planta de forma suspensa.

17. Aglaonema

Foto: Reprodução / GOOA Arquitetura

Essa bela folhagem tropical não vive bem em ambientes frios, secos e com ventos, portanto o banheiro é um bom espaço na casa para cultivar a aglaonema. Deixe-a perto da janela para receber luz indireta. Regue 1 vez na semana mantendo o solo sempre úmido. Também é uma planta tóxica para pessoas e animais.

18. Hera

Foto: Reprodução / Fernanda Marques

A hera tem folhas de coloração verde escura e prefere locais úmidos, assim, também é uma das opções de plantas para banheiro. Deve ser cultivada em uma luz moderada. Regue a cada dois dias no verão e, no inverno, uma vez por semana. É importante que o solo da planta tenha uma boa drenagem.

19. Kalanchoe

Foto: Reprodução / Lore Arquitetura

Essa espécie apresenta variadas cores de floração, uma boa opção para decorar a bancada do banheiro. Dispensa regas com frequência, portanto coloque água apenas quando o solo estiver seco. Deve ser cultivada em luz indireta.

20. Lírio da Paz

Foto: Reprodução / Selvvva

O lírio da paz é uma planta bastante utilizada em espaços internos. Precisa de luminosidade indireta e exige regas constantes, aproximadamente uma vez por semana. O solo deve ser mantido úmido, mas sem exageros. É ideal para banheiros, pois tem a capacidade de absorver esporos de fungos.

21.  Cactos e suculentas

Foto: Reprodução / Creato Arquitetura

Os cactos e as suculentas são espécies super resistentes que exigem poucos cuidados. A rega deve acontecer uma vez por semana no verão e a cada duas semanas no inverno. Lembre-se de regar somente a terra, não a planta inteira. Prefira deixa-los onde recebam ar fresco e iluminação solar.

22. Zamioculca

A zamioculca se adapta bem a ambientes internos e suporta ambientes úmidos como o banheiro. É uma planta bem resistente, durável e exige poucas regas. Não necessita de muita luz para se desenvolver, tampouco deve receber luz solar direta.

23. Chamaedorea

Foto: Reprodução / Ateliê Recul

A Chamaedorea é uma palmeira de pequeno porte que aprecia o calor e umidade. Deve ser cultivada em meia-sombra ou luz difusa. O solo deve ser irrigado com frequência, entre uma e duas vezes por semana. O substrato entre regas deve ser mantido úmido.

24. Dinheiro em penca

Foto: Reprodução / Studio RG

Planta de pequeno porte, apresenta uma folhagem densa e ornamental e aprecia locais úmidos. Deve ser cultivada em meia-sombra e com irrigação regular para que o solo seja mantido levemente úmido. Não tolera frio e ventos fortes.

25. Palmeira Ráfia

A palmeira ráfia se adapta bem aos ambientes internos, mas prefira locais iluminados e ventilados. Borrife água na planta uma vez por semana e regue a cada 15 dias. Água em excesso compromete o seu crescimento.

26. Begônia

Foto: Reprodução / Crochê Privê

Cultive as begônias em um ambiente que receba luz solar, mas não diretamente. Essa planta não suporta mudanças bruscas de clima, nem excesso de água. A dica é regá-la a cada quatro dias, diretamente na terra – não molhe as folhas, nem as flores. No calor, a begônia irá precisar de mais água.

27. Pacová

Foto: Reprodução / Piloni Arquitetura

A pacová é uma planta de clima tropical que aprecia ser cultivada na sombra com luminosidade indireta. A sua folhagem se destaca por sua aparência ornamental e decorativa. A rega deve ser realizada de duas a três vezes por semana.

28. Antúrio

Foto: Reprodução / Estúdio Minke

Uma espécie colorida e resistente, sendo ideal para decorar o banheiro com sua bela folhagem. Em relação à luminosidade, deve ser cultivada em meia-sombra. O sol da manhã ajudará a planta a florescer.  Regue de uma a duas vezes por semana.

29. Imbé

Foto: Reprodução / Suite Arquitetos

Planta bastante versátil que pode ser cultivada tanto na sombra, quanto na meia-sombra. A luz direta do sol o dia todo deve ser evitada, pois deixa suas folhas amareladas. É fã de clima úmido e a rega deve ser feita duas vezes na semana. Vale lembrar que esta também é uma planta tóxica, se ingerida por crianças ou animais de estimação.

30. Caládio

Foto: Reprodução / Selvvva

O caládio se destaca com suas folhas que misturam as cores verde, vermelho e branco. Mantenha sua planta em uma área bastante iluminada com sombra cheia ou parcial, de preferência próximo a uma janela. O caládio precisa de bastante água, portanto, assegure-se de manter a terra sempre úmida, regando com frequência.

31. Alocasia

Foto: Reprodução / Espaço do Traço

A alocasia deve ser cultivada com luz solar indireta. Evite correntes de ar e locais muito quentes. As regas no verão devem ser mais frequentes que no inverno. A planta gosta de bastante umidade, por isso borrife suas folhas.

32. Violeta

Foto: Reprodução / Apto 704

As violetas também podem decorar o banheiro, mas precisam receber claridade. Exigem poucas regas, pois suas flores absorvem a umidade do ambiente.

33. Asplênio

Foto: Reprodução / Aline Ferrari Arquitetura

Planta de folhagem larga que deve ser cultivada em luminosidade indireta, pois a exposição direta ao sol pode matá-la. A rega deve ser feita uma vez por semana, mantendo a terra sempre úmida.

34. Lavanda

Foto: Reprodução / Avner Posner

Além de decorativa, a lavanda é um aromatizador natural. A planta gosta de sol, de 3 a 4 horas de exposição diária, mas proteja a planta do excesso de calor. Muita água também é fatal, por isso mantenha o solo úmido com cascas de pinos ou outro substrato e realize regas esporadicamente.

35. Columéia

Foto: Reprodução / Selvvva

A columéia deve ser cultivada em meia-sombra, mas o sol da manhã também é benéfico para a planta. Regue de uma a duas vezes por semana, evitando encharcar o solo.

36. Comigo-ninguém-pode

Foto: Reprodução / Borealis Plantas

Planta ótima para banheiros, gosta de luminosidade indireta e água com mais frequência durante os meses quentes. Também é uma planta tóxica, coloque fora do alcance de crianças e animais.

Agora que você já conhece uma variedade de plantas adequadas para utilizar nesse espaço e os cuidados para cultivar cada uma, escolha sua preferida ou utilize várias espécies para decorar seu banheiro. Assim, você vai deixar o ambiente muito mais agradável com um toque de verde e frescor!

PARA VOCÊ