Plantas fáceis de cuidar: 40 espécies práticas para cultivar em casa

Escrito por Andressa Oliveira

Foto: Reprodução / Elkis Paisagismo

Ter plantas em casa, no jardim ou na varanda, deixa o ambiente mais agradável, bonito e aconchegante. Mas, nem todas as espécies precisam de cuidados especiais, algumas são plantas fáceis de cuidar e demandam pouca manutenção. Há aquelas que resistem a alguns descuidos, esquecimentos ou pequenos excessos.



Conheça alguns tipos que você pode cultivar facilmente na sua casa e que são ótimas opções para quem não tem muito tempo ou nenhuma habilidade para a jardinagem. Confira a seguir uma lista com sugestões de plantas fáceis de cuidar:

1. Espada-de-São-Jorge

Foto: Reprodução / Catê Poli Paisagismo

A espada-de-são-Jorge é resistente e pode ser cultivada em pleno sol ou a meia-sombra. É facilmente cultivada em pequenos vasos ou canteiros no jardim. Vive bem também em ambientes internos. Regue uma vez na semana, mas cuidado com o excesso de água para não deixar o solo encharcado.

2. Tillandsia

Foto: Reprodução / Botânica e tal

A tillandsia é uma planta que vive no ar ou em suportes, dispensando o cultivo na terra ou em vasos. Necessita de um local protegido do sol, com luz indireta e não precisa de muita água, pois absorve a umidade do ar. Vive bem em varandas e ambientes internos e úmidos.

3. Hibisco

Foto: Reprodução / Wolff Garden Paisagismo

O hibisco é uma das plantas fáceis de cuidar para jardim. Suas flores são encantadoras e de diversas cores. Não são exigentes quanto ao tipo de solo e resistem à falta de água, sobrevivendo com chuvas e regas ocasionais. Pode ser cultivado em pleno sol ou meia-sombra. Sua floração é duradoura e surge no final do inverno ou começo da primavera. No jardim não necessita de poda, mas se plantando em vaso requer a retirada de galhos secos.

4. Jibóia

Foto: Reprodução / Botânica e tal

Uma planta tropical, resistente e bem fácil de cuidar. Ideal para ser cultivada em vasos na varanda ou em ambientes internos. Requer pouca manutenção: basta regar duas vezes na semana e garantir um pouco de luz natural.



5. Dracena-de-Madagascar

Foto: Reprodução / Adriano Gronard Paisagismo

Uma planta arbustiva de aparência exótica e escultural. Deve ser cultivada em ambientes com boa iluminação, com sol pleno ou sombra parcial. É uma planta fácil de cuidar em vasos ou jardins. Crescerá lentamente, mas sem dificuldade. Apenas lembre-se de irrigar periodicamente e remover folhas baixas e velhas. Também não tolera frio ou ventos fortes.

6. Pata-de-elefante

Foto: Reprodução / Gil Fialho Paisagismo

Com aspecto único e frondosa folhagem, as patas-de-elefantes são plantas fáceis de cuidar em vasos ou jardins, pois crescem com pouca água. Praticamente não exigem manutenção e suportam longos períodos de estiagem, armazenando água em seu tronco. Muito usada para a decoração de varandas ou sacadas e também como ponto de destaque em jardins.

7. Violeta

Foto: Reprodução / Sandra Marques de Leon

As violetas são práticas e de cultivo bem simples. Com dimensão compacta são plantas fáceis de cultivar em vasos e ótimas para decorar qualquer cantinho da casa. Além disso, adicionam cor e beleza com suas flores delicadas. Devem ser cultivadas em um local protegido do sol direto, mas com bastante claridade. Exigem poucas regas, porém sempre coloque água quando notar que a terra está seca.

8. Aglaonema

Foto: Reprodução / Selvvva

A algaonema é uma bela folhagem tropical, que cresce inclusive na sombra e com pouca água. Evite cultivá-la em ambientes secos ou com ar-condicionado constante. Regue uma vez na semana, mantendo o solo sempre úmido. Sua folhagem é tóxica, portanto mantenha-a fora do alcance de animais e crianças.

9. Aspargos-pluma

Foto: Reprodução / Marcelo Bellotto

Cultivar aspargos-pluma é muito fácil: basta colocá-los em um local sob o sol. Não precisa se preocupar com mais nada. São plantas muito fáceis de cuidar para jardins ou em vasos na varanda, pois não exigem podas e precisam de pouca água.



10. Cactos e suculentas

Foto: Reprodução / Elkis Paisagismo

Os cactos e as suculentas são espécies bem resistentes e que exigem poucos cuidados. São plantas fáceis de cuidar em vasos, pois requerem pouco espaço de cultivo. Apenas exigem um ambiente com bastante luz natural. Precisam de pouca água e toleram eventuais esquecimentos.

11. Árvore-da-felicidade

Foto: Reprodução / Jardim Recanto do Encanto

São plantas fáceis de cuidar para varanda, pois devem receber uma boa quantidade de luz natural, mas sem a incidência do sol durante o dia todo. Acredita-se que exemplares dessa espécie trazem felicidade para o lar. Devem ser regadas diariamente, mantendo o solo sempre úmido. Também devem ser feitas podas de limpeza e formação. Durante seu crescimento, pode ser necessário amarrar seu caule em uma estaca para que não caia.

12. Clorofito

Foto: Reprodução / Botânica e tal

Planta de fácil cultivo, em vasos ou interiores, é pouco exigente com manutenção e capaz de sobreviver um tempo sem água. Mas procure regar regularmente, evitando que a terra fique seca por completo. Pode ser cultivada a meia-sombra ou sol pleno.

13. Aspidistra

Foto: Reprodução / Minhas Plantas

É uma planta com uma grande capacidade de desenvolver em diferentes condições. Exige pouca manutenção, sobrevive com pouca luz e com pouca umidade, tolera regas irregulares e mudanças de temperatura. Não deve receber sol direto, ideal para ser cultivada em meia-sombra ou sombra.

14. Areca-bambu

Foto: Reprodução / Wolff Garden Paisagismo

Bastante popular, a areca-bambu é uma planta bem comum em jardins e interiores. Apresenta rápido crescimento e apesar de tolerar sol pleno, o ideal é seu cultivo em meia-sombra ou luz difusa. Seu solo deve ser irrigado regularmente e ambientes com ar-condicionado devem ser evitados.



15. Lírio da paz

Foto: Reprodução / Adriano Gronard Paisagismo

Com sua inflorescência durável e de cor branca, é muito usado na decoração de ambientes internos. É uma espécie que se adapta bem ao cultivo em vasos. Precisa de luminosidade indireta e regas constantes, aproximadamente uma vez por semana. Aprecia local quente e úmido.

16. Zamioculcas

Foto: Reprodução / Wolff Garden Paisagismo

É uma planta bem resistente à ausência de água, exigindo poucas regas em intervalos espaçados. Não necessita de muita luz para se desenvolver, crescendo bem na sombra e em ambientes internos pouco iluminados. Ideal para quem se esquece de regar ou tem pouco tempo para se dedicar às plantas.

17. Samambaia

Foto: Reprodução / Catê Poli Paisagismo

As samambaias são bastante comuns e com presença constante em diversas varandas de casas. No geral elas preferem ambientes bem iluminados e arejados, mas sem sol direto, pois pode queimar suas folhas. As regas devem ser frequentes, em torno de uma a duas vezes por semana, mantendo o substrato úmido, mas não encharcado.

18. Orquídea

Foto: Reprodução / Luiz Carlos Orsini

Algumas espécies de orquídeas são plantas duráveis e de fácil cultivo. Com suas belas flores, trazem um toque de cor e delicadeza para a casa ou jardim. Com relação aos cuidados regue com frequência de 2 a 3 vezes por semana ou sempre que o substrato estiver seco. Cultive em local iluminado, sem sol direto. Sua floração depende muito de sua adaptação ao ambiente.

19. Cróton

Foto: Reprodução / Gil Fialho Paisagismo

Com sua folhagem colorida que mescla variados tons de roxo, amarelo e verde, os crótons são plantas fáceis de cuidar para jardim. São indicados para serem utilizados de forma isolada ou como cerca-viva. Também podem ser cultivados em vasos, em locais com bastante luz. As regas devem ser regulares.

20. Palmeira-ráfia

Foto: Reprodução / planteamor_colhaalegria

A palmeira-ráfia é amplamente utilizada no paisagismo de jardins, varandas ou ambientes internos. Pode ser cultivada em sol pleno, meia-sombra, sombra ou luz difusa. Aprecia a umidade, mas não tolera o encharcamento, por isso, borrife água em suas folhas uma vez por semana e regue aproximadamente uma vez a cada 15 dias.

21. Bromélia

Foto: Reprodução / Luiz Carlos Orsini

As bromélias são plantas tropicais resistentes e ótimas para serem cultivadas em maciços no jardim ou isoladas em vasos. Apreciam o calor e a umidade, portanto, suas regas devem ser regulares, mas sem encharcar suas raízes. Prefira locais com luz indireta para mantê-las, pois a luz solar queima suas folhas.

22. Begônia

Foto: Reprodução / Fina Flor

Em climas quentes, as begônias florescem durante todo o ano, com flores brancas, amarelas, rosadas ou vermelhas. Suas folhas também são altamente ornamentais. Não devem ser expostas a luz direta do sol, nem toleram excesso de água ou mudanças bruscas no clima. Regue a cada 4 dias para manter o solo úmido. Coloque a água diretamente na terra, sem molhar as folhas.

23. Costela-de-adão

Foto: Reprodução / Studio Caetê

Com folhas espetaculares, a costela-de-adão, pode ser plantada em vasos ou cultivada em canteiros no jardim. É uma planta que precisa de luz, mas sem insolação direta. Além disso, as regas devem ser regulares, mantendo o solo sempre úmido.

24. Singônio

Foto: Reprodução / Oriental Garden Paisagismo

Uma das folhagens mais flexíveis com a iluminação, tolerando tanto o sol forte, quanto muita sombra. Sua forma de cultivo também é bastante versátil, podendo ser plantado em vasos, em canteiros ou se transformar em uma trepadeira escalando muros e árvores. Cresce rapidamente e, por isso, pode ser necessária a poda para mantê-lo baixo. Aprecia a umidade e regas regulares.

25. Kalanchoe

Foto: Reprodução / Marília Veiga

Suas flores simples e de variadas colorações apresentam grande durabilidade. Pode ser plantada no jardim em formas de maciços ou em pequenos vasos para decorar a casa ou varanda. Deve ser cultivada em pleno sol ou meia-sombra. Dispensa regas com muita frequência. Coloque água apenas quando o solo estiver seco.

26. Planta Jade

Foto: Reprodução / Roberto Riscala Paisagismo

Uma planta ideal para o cultivo em pequenos vasos, tanto em áreas externas como internas. Com crescimento rápido, adapta-se facilmente ao ambiente, exige pouca rega e requer uma dose de luminosidade diária. Floresce no inverno e primavera.

27. Maranta

Foto: Reprodução / Helânice Costa

Com folhas com uma estampa interessante, a maranta é uma planta perfeita para ambientes internos ou varandas e espaços no jardim que recebem pouca luz. Regue aproximadamente uma vez por semana para manter seu solo sempre úmido.

28. Peperômia

Foto: Reprodução / Histórias de Casa

A peperômia é uma planta bem fácil de cuidar, pois precisa de pouca água e luz. O ideal é a planta não pegar sol diretamente, por isso seu cultivo deve ser em ambientes internos ou na varanda. Exige apenas um pouco mais de atenção no verão, quando deve receber mais água. A rega deve ser feita a cada dois dias.

29. Antúrio

Foto: Reprodução / Roberto Riscala Paisagismo

Uma planta rústica, resistente e que dá pouquíssimo trabalho. Cresce bem em ambientes internos e iluminados, mas não suporta o sol o dia todo. Pode ser cultivada em vaso ou em locais menos iluminados do jardim. Suas flores rendem belos arranjos tropicais. Mantenha a terra úmida na primavera e verão, com regas de uma a duas vezes por semana e diminua a frequência no inverno.

30. Chamaedora

Foto: Reprodução / Minhas Plantas

É uma pequena espécie de palmeira com baixa manutenção. Pode ser plantada em vasos ou diretamente no solo. Cresce muito bem em ambientes internos, pois deve ser cultivada em meia-sombra ou luz difusa. É necessário que seu solo esteja sempre úmido, por isso tem que receber regas entre uma e duas vezes por semana.

31. Dinheiro-em-penca

Foto: Reprodução / Vaso & Cor

Uma vegetação de pequeno porte, indicada para forração em jardins ou para decoração em vasos. Não é resistente ao sol forte, por isso, prefira seu cultivo em meia-sombra. Realize regas regulares para que o solo esteja sempre úmido.

32. Beijo-turco

Foto: Reprodução / Nossa Casa 684

Uma planta de alta popularidade que cresce em qualquer pedaço de terra mesmo em solos mais pobres de nutrientes. É muito fácil de cultivar e não exige cuidados especiais. Suas flores possuem uma variedade de cores e florescem o ano todo. É ótima para compor maciços nos jardins em locais com meia-sombra ou embaixo de árvores. Excelente também para ser plantada em vasos ou floreiras. Tem crescimento rápido e resiste alguns dias sem água, mas o ideal é manter a terra sempre úmida.

33. Primavera

Foto: Reprodução / Elkis Paisagismo

A primavera pode ser cultivada como arvoreta ou trepadeira apoiada em muros e cobrindo pérgolas. Há muitas variedades de cores e suas flores surgem logo no fim do inverno. Plante em local que receba sol o dia todo e regue somente quando a terra secar. Resiste bem ao frio e geadas. Requer podas de formação e manutenção.

34. Onze-horas

Foto: Reprodução / iracemamendes77

As onze-horas são plantas pouco exigentes que gostam muito do sol e tem florescimento o ano inteiro. Também podem ser cultivada em meia-sombra. Regue de duas a três vezes por semana quando plantada em canteiros. No caso de vasos, as regas podem ser menos frequentes. Em ambientes externos atraem abelhas com suas flores.

35. Moreia

Foto: Reprodução / Tatiana Pavei

Uma planta vigorosa e boa para jardins, tanto por sua folhagem como por suas pequenas flores. Indicada para formar maciços ou bordaduras. Resiste ao frio e ao calor, mas prefere um clima moderado. Plante sob sol pleno ou meia-sombra. As regas devem ser periódicas.

36. Agave

Foto: Reprodução / Valeria Jabbur Paisagismo

Muito utilizada em jardins em composição com outras plantas ou em destaque. Também pode ser cultivada em vasos. Deve ser plantada em sol pleno, mas tolera o cultivo em meia-sombra. É resistente à falta de água, porém as regas devem ser regulares e sem exageros.

37. Pleomele

Foto: Reprodução / Minhas Plantas

Uma planta rústica boa para quem viaja bastante, quem se esquece de regar ou está começando a se aventurar pela jardinagem. Em jardins pode ser utilizada de forma isolada ou em grupos. Nos vasos pode muito bem ser cultivada em ambientes internos e varandas. Tolera condições de baixa luminosidade e também o sol direto. Aprecia o calor e a umidade. As regas devem ser regulares.

38. Comigo-ninguém-pode

Foto: Reprodução / Keila Barcelos

Folhagem indicada para o plantio em vasos em ambientes internos e varandas. No jardim, é indicada para bordaduras e maciços sombreados por árvores ou muros. Tem crescimento lento, mas é muito resistente e seu cultivo é bem simples. Gosta de luminosidade indireta e solo úmido. As regas devem ser regulares, com maior frequência no verão. Suas folhas são tóxicas, por isso deve ser colocada fora do alcance de crianças e animais.

39. Bambu da sorte

Foto: Reprodução / Marília Veiga

Uma planta que segundo a tradição chinesa é fonte de energia positiva e transmite boas vibrações. É uma espécie bastante resistente, demanda poucos cuidados e pouca luz natural. Ótima opção para vasos em ambientes internos ou varandas. A rega deve ser feita de duas a três vezes por semana. Certifique-se de que as raízes da planta estão molhadas e regue sempre que o substrato estiver seco.

40. Capim-do-texas

Foto: Reprodução / Catê Poli Paisagismo

Sua folhagem densa e inflorescências são bastante ornamentais. Ótima para jardins de baixa manutenção, pois requer quase nenhum cuidado, pedindo poucas regas. Desenvolve-se bem a pleno sol, mas tolera meia-sombra e temperaturas mais frias. Pode ser cultivado em maciços, bordaduras ou canteiros.

Mesmo sem muita dedicação ou até mesmo para os jardineiros principiantes, existem algumas espécies que você pode cultivar facilmente em casa ou no jardim. Com essa lista é só escolher as suas novas plantinhas e deixar o seu lar muito mais agradável, aconchegante e verde.